12 de fevereiro de 2012
<ul><li>A  Pastoral da Comunicação  é o conjunto de ações realizadas dentro de uma comunidade eclesial. É a pastoral do se...
 
<ul><li>1.  Entre as maravilhosas invenções da técnica  que, principalmente nos nossos dias, o engenho humano extraiu, com...
<ul><li>2. A mãe Igreja sabe que estes meios, rectamente utilizados, prestam ajuda valiosa ao género humano, enquanto cont...
<ul><li>É a pastoral da integração das ações internas da Igreja e da conexão da Igreja com a sociedade, levando a todos a ...
<ul><li>Os objetivos da PASCOM </li></ul><ul><li>Evangelizar pela divulgação da mensagem e dos testemunhos; </li></ul><ul>...
<ul><li>TAREFAS DA PASCOM </li></ul><ul><li>Acolhida </li></ul><ul><li>Capacitação </li></ul><ul><li>Mural </li></ul><ul><...
<ul><li>Site </li></ul><ul><li>Arquivo </li></ul><ul><li>Estudo </li></ul>
<ul><li>a) Acolhida:  Em primeiro lugar, o agente da Pascom deve adotar o espírito acolhedor, em casa, na Igreja, no traba...
<ul><li>b) Capacitações:  os agentes pastorais são sedentos de formação. A Pascom pode colaborar na formação dos agentes d...
<ul><li>c) Mural:  nada mais feio do que um mural, exposto na parede da Igreja, abarrotado de cartazes (uns até vencidos),...
<ul><li>d) Avisos:  o final da missa é um momento complicado para informações. Quando o padre diz: “por favor, sentem um p...
<ul><li>e) Divulgação:  há muitas ações importantes acontecendo em nossas paróquias.  É atividade da Pascom divulgar as aç...
<ul><li>f) Jornal:  As equipes paroquiais da Pascom devem enviar, sistematicamente, notícias para serem publicadas no Jorn...
<ul><li>g) Rádio:  hoje em dia, com a expansão das Rádios Comunitárias, é muito comum nossas paróquias ganharem espaços pa...
<ul><li>h) Site:  com o advento e desenvolvimento da internet, chegando até mesmo às cidades interioranas, é interessante ...
<ul><li>i) Estudo:  nem só de programas de rádio, de boletins, avisos, murais, sites, vive a Pascom. Para que o trabalho s...
<ul><li>Avaliação do cumprimento das metas. </li></ul><ul><li>Apresentação de uma coordenação. </li></ul><ul><li>Assessori...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Os fundamentos da Pascom

1.747 visualizações

Publicada em

PASCOM, Forania de Ipanema, diocese de Caratinga, MG.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.747
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
81
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
127
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os fundamentos da Pascom

  1. 1. 12 de fevereiro de 2012
  2. 2. <ul><li>A Pastoral da Comunicação é o conjunto de ações realizadas dentro de uma comunidade eclesial. É a pastoral do ser e estar em comunhão com a comunidade. É a pastoral da participação, das inter-relações humanas, da organização solidária e do planejamento democrático do uso de recursos e instrumentos que facilitem o intercâmbio de informações e de manifestações das pessoas no interior da comunidade ou da comunidade para o mundo que o rodeia. Não é uma pastoral a mais, mas aquela que integra todas as demais pastorais. </li></ul>
  3. 4. <ul><li>1. Entre as maravilhosas invenções da técnica que, principalmente nos nossos dias, o engenho humano extraiu, com a ajuda de Deus, das coisas criadas, a santa Igreja acolhe e fomenta aquelas que dizem respeito, antes de mais, ao espírito humano e abriram novos caminhos para comunicar facilmente notícias, ideias e ordens. Entre estes meios, salientam-se aqueles que, por sua natureza, podem atingir e mover não só cada um dos homens mas também as multidões e toda a sociedade humana, como a imprensa, o cinema, a rádio, a televisão e outros que, por isso mesmo, podem chamar-se, com toda a razão meios de comunicação social. </li></ul>
  4. 5. <ul><li>2. A mãe Igreja sabe que estes meios, rectamente utilizados, prestam ajuda valiosa ao género humano, enquanto contribuem eficazmente para recrear e cultivar os espíritos e para propagar e firmar o reino de Deus; sabe também que os homens podem utilizar tais meios contra o desígnio do Criador e convertê-los em meios da sua própria ruína; mais ainda, sente uma maternal angústia pelos danos que, com o seu mau uso, se têm infligido, com demasiada frequência, à sociedade humana. </li></ul>
  5. 6. <ul><li>É a pastoral da integração das ações internas da Igreja e da conexão da Igreja com a sociedade, levando a todos a mensagem e o testemunho da fé. </li></ul>
  6. 7. <ul><li>Os objetivos da PASCOM </li></ul><ul><li>Evangelizar pela divulgação da mensagem e dos testemunhos; </li></ul><ul><li>Dar unidades às ações comunicativas da Igreja; </li></ul><ul><li>Construir comunhão entre as pessoas a exemplo das primeiras comunidades; </li></ul><ul><li>Promover a pessoa humana, estimulando a cidadania. </li></ul>
  7. 8. <ul><li>TAREFAS DA PASCOM </li></ul><ul><li>Acolhida </li></ul><ul><li>Capacitação </li></ul><ul><li>Mural </li></ul><ul><li>Avisos </li></ul><ul><li>Divulgação </li></ul><ul><li>Jornal </li></ul><ul><li>Programa de Rádio </li></ul><ul><li>Fotografia e vídeo </li></ul>
  8. 9. <ul><li>Site </li></ul><ul><li>Arquivo </li></ul><ul><li>Estudo </li></ul>
  9. 10. <ul><li>a) Acolhida: Em primeiro lugar, o agente da Pascom deve adotar o espírito acolhedor, em casa, na Igreja, no trabalho... Depois, deve ter consciência que quem vai à Igreja (templo ou secretaria da paróquia) espera ser bem acolhido, principalmente quando vai pela primeira vez. É a mesma coisa que acontece quando se vai a uma loja ou a outra instituição qualquer: sempre esperamos que nos recebam bem. Quanto mais na “Casa de Deus”! É tarefa da Pascom receber bem as pessoas dentro e fora da Igreja. Nada de artificialismo, de sorrisos forçados. Mas ser simpático e atencioso com quem pede uma informação, ver se as pessoas estão bem acomodadas etc. </li></ul>
  10. 11. <ul><li>b) Capacitações: os agentes pastorais são sedentos de formação. A Pascom pode colaborar na formação dos agentes das demais pastorais, promovendo capacitações sobre temas relacionados à comunicação. Afinal, ninguém vive sem ela (a comunicação). Como falar em público, Comunicação Pessoal e Grupal (como trabalhar com grupos), Comunicação na Liturgia, Curso para Leitores das Celebrações Litúrgicas, Linguagem e Produção Radiofônica, Acolhida, Fotografia, são apenas alguns exemplos de capacitações que a Pastoral da Comunicação pode oferecer para os agentes de outras pastorais. </li></ul>
  11. 12. <ul><li>c) Mural: nada mais feio do que um mural, exposto na parede da Igreja, abarrotado de cartazes (uns até vencidos), avisos mal elaborados, prestações de contas, entre outras “informações”. A Pascom tem a missão de atualizar, semanalmente, os murais, deixando-os bem apresentáveis, com informações atualizadas e objetivas. Uma moldura bonita, fotos, um mural colorido (sem exageros) chama a atenção das pessoas e desperta o interesse delas para a leitura. </li></ul>
  12. 13. <ul><li>d) Avisos: o final da missa é um momento complicado para informações. Quando o padre diz: “por favor, sentem um pouco para ouvir os avisos paroquiais”, logo se ouve o cochicho rolando. São as pessoas reclamando, por terem que esperar cinco ou dez minutos, até que acabem os intermináveis e confusos avisos. Para evitar as reclamações dos fiéis, a Pastoral da Comunicação deve montar um plantão na sacristia ou na secretaria da paróquia para receber todos os avisos, antes da missa. Daí, então, é só os agentes da Pascom redigirem os avisos, de forma objetiva, simples e com todas as informações necessárias.  </li></ul>
  13. 14. <ul><li>e) Divulgação: há muitas ações importantes acontecendo em nossas paróquias. É atividade da Pascom divulgar as ações e eventos que acontecem nas paróquias. Como e onde divulgar? Em primeiro lugar, é necessário ter uma lista, atualizada, com endereços (telefones, fax, e-mails) e o nome dos responsáveis pela redação de todos os Meios de Comunicação da cidade e/ou região, além dos Meios pertencentes à diocese. Lista na mão, prepare uma notícia, bem elaborada, com todas as informações. Daí, então, é só enviar para os Meios de Comunicação. </li></ul>
  14. 15. <ul><li>f) Jornal: As equipes paroquiais da Pascom devem enviar, sistematicamente, notícias para serem publicadas no Jornal. Mas, atenção: se forem notícias de eventos (festa do padroeiro, encontros, congressos, gincanas, romarias etc) devem ser enviadas antes de serem realizadas. Vale lembrar que não só eventos são notícias. Notícia é algo diferente, um fato, uma ação realizada na Paróquia. Não vale dizer que não há notícia na Paróquia. Há, sim! Basta “garimpar”! </li></ul>
  15. 16. <ul><li>g) Rádio: hoje em dia, com a expansão das Rádios Comunitárias, é muito comum nossas paróquias ganharem espaços para programas radiofônicos. É missão da Pastoral da Comunicação produzir (ou, pelo menos, colaborar) na produção e apresentação dos programas. </li></ul>
  16. 17. <ul><li>h) Site: com o advento e desenvolvimento da internet, chegando até mesmo às cidades interioranas, é interessante que a paróquia possua um site, para divulgar sua história, suas pastorais, suas ações, notícias, informações diversas. A Pastoral da Comunicação deve ser a responsável pela produção e atualização (que é fundamental) do site da paróquia. Atualmente, os “blogs” também fazem sucesso, na internet. Caso fique oneroso para a Paróquia manter um site, a turma da Pascom pode criar um blog, que é um espaço gratuito. </li></ul>
  17. 18. <ul><li>i) Estudo: nem só de programas de rádio, de boletins, avisos, murais, sites, vive a Pascom. Para que o trabalho seja desenvolvido com profissionalismo, sem atropelos e improvisações, é fundamental que todos os agentes da Pascom busquem se capacitar, principalmente para as tarefas a eles incumbidas.  </li></ul>
  18. 19. <ul><li>Avaliação do cumprimento das metas. </li></ul><ul><li>Apresentação de uma coordenação. </li></ul><ul><li>Assessoria no uso das mídias. </li></ul><ul><li>Programação de novas atividades. </li></ul>

×