Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013

Fotos e
cobertura
completa do
Lagôpirô
10 anos
Lagoa da Prata, 27 de setembro d...
2

Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013

Quatro jogos e quarenta gols na Copa Lagoacred Card de Futsal
O público tem ...
Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013

Auditoria aponta irregularidades
na Prefeitura em 2012

3

No relatório final d...
4

Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013

Pegue o seu JORNAL DA CIDADE
nestas empresas. É de graça.
PADARISO/SANTA EUG...
5

Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013

Divininho envia nota de esclarecimento à população
Em respeito ao povo
ordei...
6

Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013

Associação Sara Aparecida atende 65 crianças
carentes em Lagoa da Prata
Popu...
7

Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013

Dicas para cozinhar no seu dia a dia.

Arroz mais soltinho

Use água quente ...
Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013

8
Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013

9
10

Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013

Comissão da Assembleia realiza
audiência pública em Lagoa da Prata
INFORMAT...
11

Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013

Saúde & Qualidade de Vida

Saúde da visão: escolha do
óculos é essencial pa...
12

Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013

Agro Ambiental

Bugg Baby

Atual Modas e Magazine

1/2 Expediente

Auto Car...
13

Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013

Evelim Móveis

Wender Silva

Top Sol

Vegas Motel

Ótica Márcia

Leão dos V...
Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013

Bugg Baby e o Dia das Crianças
No ano de 1924, o
deputado federal Galdino do Va...
15

Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013

Alinhamento

e-mail: nenapneus@nenapneus.com
site: www.nenapneus.com

Balan...
16

Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013

Dia das Crianças do Grupo Minasprev irá beneficiar alunos da Apae

Foto: Ar...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal Cidade - Ano I - Nº 12

3.189 visualizações

Publicada em

http://www.jornalcidademg.com.br
>Acesse e veja mais notícias
Jornal Cidade - Ano I - Nº 12 - 27 de Setembro de 2013

Principais notícias das cidades do centro-oeste mineiro. Notícias de Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte, Moema, Pedra do Indaiá e Japaraíba.

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.189
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.846
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal Cidade - Ano I - Nº 12

  1. 1. Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013 Fotos e cobertura completa do Lagôpirô 10 anos Lagoa da Prata, 27 de setembro de 2013 - Ano I - Nº 12 Páginas 8 e 9 AUDITORIA APONTA IRREGULARIDADES NAS CONTAS DA PREFEITURA EM 2012 O prefeito Paulo César Teodoro contratou a empresa Libertas Auditores & Consultores para fazer uma auditoria nas contas da prefeitura no exercício de 2012, último ano do mandato do ex-prefeito Antônio Divino de Miranda (Divininho). Um requerimento apresentado pelo vereador Adriano Moraes/ PV na última reunião da Câmara Municipal, segunda-feira 23, tornou público o relató- rio da auditoria externa. De acordo com o balanço das investigações, há indícios de diversas irregularidades encontradas nas contas da prefeitura. O prefeito Paulo César Teodoro encaminhou ao Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais uma representação informando as irregularidades e ilegalidades que teriam sido cometidas na administração ex-prefeito Divininho em 2012. Paulo Teodoro também enviou o relatório da auditoria para o Ministério Público, como o fez também o vereador Adriano Moraes. Divininho afirma, por meio de nota enviada ao Jornal da Cidade, que “está com a consciência tranquila” e acrescenta: “Tenho plena convicção que se trata de perseguição política e forma de desviar a atenção das pessoas para o que realmente importa: administrar a cidade”, diz a nota. Páginas 3 e 5 Polícia Militar agora tem ponto de apoio na sede da ACE/CDL Diretores da ACE/CDL e Polícia Militar: parceria em prol da segurança pública Foi inaugurado na manhã de ontem um ponto de apoio da Polícia Militar na sede da Associaçã Comercial e Empresarial de Lagoa da Prata (ACE/CDL). De acordo com o presidente Valdir José de Andrade, a iniciativa vai facilitar o trabalho da polícia e oferecer mais segurança às pessoas que usam os serviços da associação. “Os comerciantes do Centro que precisarem da Polícia Militar terão esse Posto de Apoio para registrar o boletim de ocorrência. Isso facilita o trabalho da PM e agiliza o atendimento. Outro ponto positivo e a sensação de segurança por parte dos nossos funcionários e dos usuários da associação, que hoje oferece atendimento rápido no caixa ‘Atende Bem’”, disse Andrade. URGENTE: Vendo esta casa Área grande na frente e no fundo. Sala, 3 quartos, cozinha e banheiro. Coberta de laje e telha. Barracão nos fundos, com 1 quarto grande, 1 cozinha, 1 banheiro e 1 área pequena. Terreno todo cimentado. Documentação em dia. R. Ceará, 275, bairro Nossa Senhora das Graças. Contato: Luiz Puentes 3261-4036 Vereador Adriano Moraes conversa com o promotor Luis Augusto sobre as denúncias
  2. 2. 2 Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013 Quatro jogos e quarenta gols na Copa Lagoacred Card de Futsal O público tem comparecido em massa nos jogos da Copa Lagoacred Card de Futsal em Lagoa da Prata. Os jogos começaram na sexta-feira (20), quando a Farmel, vice-campeã da última edição da copa, venceu por 10 a 1 a BioSev. Na mesma noite a atual campeã, Transportadora Pontual, enfrentou o Sicoob Lagoacred Gerais, ficando em 5 a 1 para a Transportadora Pontual. Na terça-feira (24), a segunda rodada trouxe o duelo entre a Prefeitura de Luz e Souza Paiol. A partida terminou empatada em 4 a 4. Na mesma noite, o Cruzeiro, de Ar- cos, enfrentou o Topo KV Campos Altos, com 15 gols, sendo 10 do time de Campos Altos e 5 para o Cruzeiro de Arcos. Na sexta-feira (27) a Prefeitura de Santo Antônio do Monte enfrentou American Pell às 20h e as 21h15 foi a vez do Sonho de Craque/Trevinho enfrentar o time de Bom de Despacho. Até o fechamento dessa matéria o resultado ainda não havia saído. Os jogos da Copa Lagoacred Card de Futebol seguem até o dia 8 de novembro, quando as equipes finalistas se enfrentarão para decidi- rem quem será a campeã de 2013. Os resultados dos jogos serão divulgados no Portal TV Cidade na internet.
  3. 3. Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013 Auditoria aponta irregularidades na Prefeitura em 2012 3 No relatório final da auditoria, gestão do último ano do governo Divininho foi qualificada como temerária e irresponsável. Ex-prefeito afirma estar tranquilo e que está sofrendo perseguição política Um requerimento apresentado pelo vereador Adriano Moraes/PV na última reunião da Câmara Municipal, segunda-feira 23, tornou público o relatório de uma auditoria externa contratada pela atual administração para analisar os aspectos orçamentário, financeiro, fiscal e contábil do exercício 2012, último ano da gestão do ex-prefeito Antônio Divino de Miranda (Divininho). De acordo com o balanço das investigações feitas pela empresa Libertas Auditores & Consultores, há indícios de diversas irregularidades encontradas nas contas da prefeitura do referido ano. O prefeito Paulo César Teodoro encaminhou ao Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais uma representação informando as irregularidades e ilegalidades que teriam sido cometidas na administração do ex-prefeito Divininho em 2012. “De acordo com o relatório técnico de auditoria (...) foi qualificada como temerária no aspecto administrativo e irresponsável no aspecto fiscal, o que enseja a rejeição das contas do referido exercício”, argumenta Teodoro, no texto da representação, sobre a gestão do ex-mandatário. Paulo Teodoro ainda enviou o relatório da auditoria para o Ministério Público, como o fez também o vereador Adriano Moraes. Divininho afirma, por meio de nota enviada ao Jornal da Cidade, que “está com a consciência tranquila” e acrescenta: “Tenho plena convicção que se trata de perseguição política e forma de desviar a atenção das pessoas, para o que realmente importa: administrar a cidade”, diz a nota. IRREGULARIDADES APONTADAS RENÚNCIA DE RECEITA: O Município não adotou medidas administrativas para robustecer a arrecadação de suas receitas próprias, especialmente do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e do ISSQN (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza), no tocante à cobrança, recadastramento da planta de valores e fiscalização efetiva, descumprindo a determinação do artigo 11 da Lei de Responsabilidade Fiscal. Constatou-se a renúncia de receita em razão da ausência de retenção na fonte do ISS sobre a prestação de serviços para a própria Prefeitura. De acordo com o relatório, o Município deixou de arrecadar de uma empresa prestadora de serviços de engenharia e pavimentação o equivalente a R$ 15.349,88. De uma outra empresa que prestou serviço de pavimentação, foi comprovada a ausência de recolhimento no valor de R$ 25.308,63 GASTOS ACIMA DA ARRECADAÇÃO: Comparando-se a Receita Arrecadada com a Despesa Realizada no exercício de 2012 foi apurado um déficit orçamentário na ordem de 1,41% do total da arrecadação efetivada, novalor de R$ 940.132,47. Tal conduta, de acordo com o relatório da auditoria, demonstra que o ex-gestor descumpriu o preceito fundamental da Responsabilidade Fiscal, previsto na Lei Complementar nº 101/2000, que determina que nunca devem ser realizadas despesas além da receita efetivamente arrecadada. DÍVIDAS PARA O PRÓXIMO GOVERNO: A Libertas Auditores e Consultores constatou que em 31/12/2012 o total geral das disponibilidades de caixa era suficiente para cumprir com o montante da dívida passiva da Prefeitura Municipal. No entanto, no que se refere aos recursos não vinculados, observou-se que o comprometimento das obrigações em 31/12/2012 superava as respectivas disponibilidades de caixa no valor de R$ 650.508,49. CONTRATAÇÃO IRREGULAR DE PESSOAL: A auditoria identificou a contratação de pessoal sem concurso público ou processo seletivo, sendo que algumas delas foram realizadas através de pregão ou inexigibilidade. Referida contratação, de acordo com a Libertas, caracteriza a terceirização ilícita de mão de obra, sendo que tais gastos não foram computados como despesa de pessoal. LICITAÇÕES: Foram apurados diversos casos em que o Município de Lagoa da Prata incorreu na ausência/dispensa de licitação, ou em seu fracionamento, quando esta era exigida. Merece destaque o ocorrido em relação ao pregão realizado em 29 de dezembro de 2011, que deu origem à ata 127/2011, para a contratação de combustível. De acordo com o relatório da auditoria, após a contratação foram realizados três aditivos à ata de registro de preços de número 127/2011. Através do primeiro termo, firmado em 30/01/2012, foi acrescido o valor de R$ 52.360,00 ao total da licitação. O segundo, realizado em 02/03/2012, alterou o valor do óleo diesel para R$ 1,96 – quando este era de R$ 1,87. O terceiro termo aditivo, por sua vez, aumentou 200 litros de gasolina ao quantitativo. A auditoria também verificou situações que podem, eventualmente, indicar indícios de direcionamento de licitação e contratação direta de artistas sem observância de diversas formalidades legais, realizadas de forma lesiva ao interesse público. Na maioria dos processos licitatórios auditados foram verificadas fragilidades no que se refere aos preços contratados pela Administração de Lagoa da Prata como: valores divergentes e falta de cotação de preços ou orçamentos deficientes e incompletos. Foram constatadas situações em que houve desvantagem para a Administração em razão da adoção de critério de licitação inadequado. A auditoria constatou a existência de diversos contratos firmados no exercício de 2012 sem justificativa, desprovidos da indicação do interesse público em adquirir os materiais e serviços. CONVÊNIO COM A FUNDAÇÃO SÃO CARLOS: A auditoria constatou irregularidades no convênio nº 36/2012, firmado com a Fundação São Carlos (FSC). De acordo com as prestações de contas apresentadas, alguns profissionais acumularam plantões em especialidades diversas, sobrepondo períodos, horários e dias, gerando o pagamento cumulativo pela entidade. Dentre outras irregularidades apresentadas no convênio, de um total de R$ 1.036.800,00 repassados à FSC , apurou-se em 2012 o pagamento de R$ 401.954,55 a um médico pelos serviços prestados de obstetrícia, pediatria, clínica médica e anestesia, com carga horária sobreposta, sendo que no currículo apresentado e nas informações disponibilizadas no site do Conselho Regional de Medicina, a especialidade do médico em questão é em “medicina geral comunitária”. RAIO-X DO PAM: Um dos principais casos de prejuízo para a Administração em razão da falta de fiscalização é o contrato firmado com uma empresa, em que servidores municipais operavam o serviço de raio-x no Pronto Atendimento Municipal, sendo que o objeto do contrato tratava exatamente desta prestação de serviço. O edital da contratação do serviço, de acordo com a auditoria, contemplava o seguinte objeto: “Serviços de raio-x no Pronto Atendimento Médico 24 horas, incluindo mão de obra, equipamento próprio, material de consumo, manutenção do equipamento e substituição de peças quando necessários, atendendo à solicitação da Secretaria Municipal de Saúde”. No entanto, de acordo com a Libertas, houve a utilização inadequada de servidores do Município de Lagoa da Prata na operacionalização do raio-x, sendo que, somente no ano de 2012, os vencimentos dos empregados públicos somaram a quantia de R$ 52.866,49. O relatório completo da auditoria, com um volume de aproximadamente três mil páginas, está disponível na Câmara Municipal de Lagoa da Prata. Matéria continua na página 6.
  4. 4. 4 Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013 Pegue o seu JORNAL DA CIDADE nestas empresas. É de graça. PADARISO/SANTA EUGÊNIA II Padaria e Lanchonete Ponto do Café CENTRO Panificadora Prado Panificadora Pão Quente Drogaria Minasprev Panificadora Samantha Padaria Central Laboratório Geraldo de Almeida O Franguinho Umuarama Clube Droga Rede AMÉRICO SILVA Disk Tudo do Juninho Panificadora e Lanchonete Pão Quente Panificadora e Lanchonete Sabor do Trigo Mundo Animal Mercearia do Casquinha GOMES Casa do Pão de Queijo Panificadora Pão da Vida ETELVINA MIRANDA/NOSSA S. DAS GRAÇAS Padaria João Paulo MARIA CLARA LUCIANO MARÍLIA Padaria Pão Quente Panificadora Pão Quente Bar do Paulista Mini Mercado Marília Mercearia Santa Clara SANTA EUGÊNIA Panificadora e Lanchonete Sabor do Trigo Panificadora e Lanchonete Real Panificadora Pão de Ouro SANTA HELENA O Franguinho Panificadora e Lanchonete Trigo da Terra CHICO MIRANDA Panificadora Pão Quente SOL NASCENTE Panificadora Pão de Mel SÃO JOSÉ Mercearia do Zizico Açougue Cupim de Boi SANTA ALEXANDRINA Supermercado Ki Barato CIDADE PROPRIEDADE CNPJ INSCRIÇÃO ESTADUAL INSCRIÇÃO MUNICIPAL A viagem mágica HENRIQUES Esquina Lanches Quer receber o JORNAL DA CIDADE no conforto de sua casa? Ligue para 9938-6310 JORNAL DA CARTA AO LEITOR Quem é você? Quais são os seus medos e traumas? O que impede você de ser feliz? Provavelmente, poucas pessoas saberão responder a estas perguntas. Por medo de morrer, deixam de viver. Por desconhecer as suas fraquezas, criam subterfúgios para mascarar os seus verdadeiros sonhos. O certo é que cada um nós carrega o dom de mudar a sua própria história a partir da forma como enxergamos o mundo. É possível mudar o mundo com a mudança da mente. Várias pessoas em Lagoa da Prata tem se permitido reencontrar e viajar nas profundezas da mente durante um treinamento para desenvolvimento pessoal, intitulado “Você”. Fui um dos passageiros da última viagem mágica e recomendo. Transcrevo a seguir um e-mail que recebi nesta semana acerca de uma crônica do humorista norte-americano George Carlin, morto em 2008, que reflete sobre as mudanças de paradigmas da sociedade moderna e tem a ver com a experiência que você pode vivenciar no curso: “Nós bebemos demais, gastamos sem critério. Dirigimos rápido demais, ficamos acordados até muito mais tarde, acordamos muito cansados. Lemos muito pouco, assistimos TV demais e raramente estamos com Deus. Multiplicamos nossos bens, mas reduzimos nossos valores. Nós falamos demais, amamos raramente, odiamos freqüentemente. Aprendemos a sobreviver, mas não a viver; adicionamos anos à nossa vida e não vida aos nossos anos. Fomos e voltamos à Lua, mas temos dificuldade em cruzar a rua e encontrar um novo vizinho. Conquistamos o espaço, mas não o nosso próprio. Fizemos muitas coisas maiores, mas pouquíssimas melhores. Limpamos o ar, mas poluímos a alma. Dominamos o átomo, mas não nosso preconceito; escrevemos mais, mas aprendemos menos; planejamos mais, mas realizamos menos. Aprendemos a nos apressar e não a esperar. Construímos computadores para armazenar DIRETOR PRESIDENTE COMERCIAL DIRETOR EXECUTIVO DISTRIBUIÇÃO CHEFE DE REDAÇÃO FALE CONOSCO mais informações, produzimos mais cópias do que nunca, mas nos comunicamos cada vez menos. Estamos na era do “fast- food” e da digestão lenta; do homem grande, e de caráter pequeno; lucros acentuados e relações vazias. Essa é a era de dois empregos, vários divórcios, casas chiques e lares despedaçados . Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e moral descartáveis, das rapidinhas, dos cérebros ocos e das pílulas “mágicas”. Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouca na dispensa. Uma era que leva essa carta a você, e uma era que te permite dividir essa reflexão ou simplesmente clicar “delete”. Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama, pois elas não estarão aqui para sempre. Lembre-se de dar um abraço carinhoso em seus pais, num amigo, pois não lhe custa um centavo sequer”. PAULINHO x DIVININHO A auditoria contratada pelo prefeito Paulo Teodoro para fazer um raio-x Juliano Rossi - Editor nas contas da prefeitura no último ano da administração do ex-prefeito Divininho não tem força de lei. Apenas, após minuciosos estudos, recomenda aos órgãos competentes do Estado a punição ao ex-gestor e indica onde estão as possíveis irregularidades na gestão. Se o atual mandatário, ao assumir o cargo, encontrou indícios de malversação dos recursos públicos, é natural e desejável que ele tome as providências, mesmo que seja contratando uma auditoria externa, caso contrário, poderá ser conivente com o erro, se ele realmente existir. O que há de fato, até o momento, é um pente fino nas contas da prefeitura que encontrou possíveis irregularidades. Os órgãos de fiscalização e controle do Estado já foram comunicados e em breve teremos um parecer oficial sobre a rejeição ou aprovação das contas do ex-prefeito Divininho. IMPRESSÃO
  5. 5. 5 Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013 Divininho envia nota de esclarecimento à população Em respeito ao povo ordeiro e sempre amigo de Lagoa da Prata, a quem sempre tratei com respeito e atenção, desde o mais jovem ao mais idoso, e que por isso me conhecem, sabem de minha seriedade, de meu caráter e de minha honestidade; venho a público, em virtude de denúncias contra mim representadas pelo atual Prefeito, junto ao Tribunal de Contas do estado de Minas Gerais e ao Ministério Público Municipal; ESCLARECER que: PRIMEIRO: TODAS as Prestações de Contas, relativas aos 8 anos, em que pude honradamente, representá-los estando à frente da Prefeitura Municipal, foram dentro do prazo legal, enviadas ao Tribunal de Contas do estado de Minas Gerais, inclusive a do ano de 2012, último ano de meu governo. SEGUNDO: Todas as Contas de meu Gover- no (7 primeiros anos) já analisadas pelo Egrégio Tribunal de Contas de Minas Gerais, foram APROVADAS. E mesmo quando o Tribunal questionou alguma situação, esta foi prontamente explicada e aceita pelo Tribunal. TERCEIRO: As contas do ano de 2012 se encontram sob análise do Egrégio Tribunal de Contas do estado de Minas Gerais, que é o ÓRGÃO DE ESTADO RESPONSÁVEL PELA ANÁLISE TÉCNICA E APROVAÇÃO DAS CONTAS DE TODOS OS MUNICÍPIOS MINEIROS E SEUS PREFEITOS, e este ainda não concluiu seu trabalho. QUARTO: Sempre tive, e continuo tento TO- TAL confiança nas pessoas que trabalharam comigo na Prefeitura, e que, de acordo com a denúncia apresentada, foram também responsáveis pelas irregularidades cometidas: os CONTROLADORES INTERNOS; A EQUIPE DE COMPRAS, CONTRATOS E LICITAÇÕES; A CONTABILIDADE; O SETOR JURÍDICO, todas são pessoas competentes e zeladoras dos bons princípios da administração Pública. FATO É, QUE CONTINUAM NA ATUAL ADMINISTRAÇÃO, NOS MESMOS SETORES E PRESTANDO OS MESMOS SERVIÇOS. QUINTO: A EMPRESA contratada pela atual “Tenho minha consciência tranquila, e nada temo com relação às denúncias contra mim representadas”. Antônio Divino de Miranda Jovens louvam a Deus durante o IX Conjadelp Foto: Arquivo pessoal A Igreja Assembleia de Deus, Ministério Lagoa da Prata, realizou o IX Conjadelp. O tema este ano foi “Jovens Fazendo a Diferença na Liberdade em Cristo”. O evento, realizado entre os dias 20 e 22 de setembro, reuniu jovens de Lagoa da Prata e outros municípios que vieram buscar a palavra de Deus, louvando e interagindo uns com os outros durante os três dias. Segundo o pastor Elton Batista, 1° vice-presidente do ministério da igreja, quando se trata de eventos e acontecimentos voltados para o lado religioso, os jovens não estão tendo muitas opções e isso os distancia da palavra de Deus, deixando-os vulneráveis aos perigos do mundo. E o objetivo do Conjadelp é justamente ofere- cer para essas pessoas uma opção. “Os jovens precisam ter esse apoio. Um apoio do ministério, dos pastores, da igreja, para que eles possam ter uma chance. O mundo oferece muitas coisas lá fora e hoje quando você vê um jovem voltado para as coisas de Deus, pra mim que sou pastor, é muito gratificante, uma alegria muito grande”, disse Batista. De acordo com os organizadores, obreiros, coordenadores de jovens, presididos pelo pastor Silvano Vidal, o evento teve um resultado muito positivo e contou com a presença, não somente de jovens membros da Igreja Assembleia de Deus, mas de outras crenças e igrejas. Durante os três dias do Conjadelp mui- tas orações e louvores fizeram com que os jovens refletissem sobre a importância da palavra e do caminho de Deus. “E é isso que é importante. Conscientizar o jovem de que o que o mundo oferece é passageiro, mas o que eles estão aprendendo os farão homens e mulheres, no futuro, abençoados por Deus”, ressalta o pastor. Na sexta-feira (20) o evento teve início às 19h. No sábado (21) começou às 18h. No domingo (21) o congresso iniciou-se as 18h30 e contou com a presença dos preletores, Clésio Silva e Naiton Alves, ambos de São Paulo. Os jovens adoraram a Deus com louvores nos shows de Sarah Alencar, Conjunto Peniel e diversos grupos evangélicos da região. administração NO VALOR DE R$ 60.000,00 (SESSENTA MIL REAIS), para realizar tal auditoria, foi contratada para fazer um trabalho que é de COMPETÊNCIA do TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS, e pelo qual não se paga NADA. Se é de fato verdade que o Município não tem dinheiro para nada (como quer fazer crer a atual administração), gastar SESSENTA MIL REAIS com uma empresa para fazer o trabalho que já é de competência do TCE, me parece no mínimo um DESRESPEITO com o DINHEIRO PÚBLICO, com o CONTRIBUINTE e com o próprio TRIBUNAL DE CONTAS; que tem sua competência para analisar e julgar as contas dos municípios colocada em dúvidas pelo atual prefeito e empresa contratada. SEXTO: Tenho minha consciência tranquila, e nada temo com relação às denúncias contra mim representadas. Tenho plena convicção que se trata de perseguição política e forma de desviar a atenção das pessoas, para o que realmente importa: ADMINISTRAR A CIDADE, sem que para isso seja necessário avançar com DESREPEITO e sem qualquer ESCRÚPULO contra o bolso dos contribuintes. POR ÚLTIMO, e não menos importante, quero deixar claro que as pessoas, SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS, que estiveram à frente dos setores que diz o denunciante, cometeram irregularidades, continuam a desempenhar as mesmas funções na atual administração, o que por si só ATESTA SUA COMPETÊNCIA e o ZELO com a coisa pública. Motivo pelo qual volto a repetir: GASTOU-SE SESSENTA MIL REAIS de DINHEIRO PÚBLICO, para pagar uma empresa, para realizar um trabalho que é COMPETÊNCIA DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Lagoa da Prata, 24 de setembro de 2013. Antônio Divino de Miranda (Divininho)
  6. 6. 6 Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013 Associação Sara Aparecida atende 65 crianças carentes em Lagoa da Prata População pode ajudar a manter os trabalhos com a doação de qualquer valor Hoje em dia é normal marido e esposa saírem de manhã para o trabalho. A necessidade de aumentar ou melhorar o orçamento da família faz parte da rotina de muitos casais no Brasil. O grande problema enfrentado por famílias assim, às vezes, nem é o fato de encontrar emprego para o homem e para mulher. O grande dilema é: onde os filhos vão ficar? Há oito anos, em Lagoa da Prata, esse tipo de suporte se faz presente na vida de muitas famílias. Diversas crianças que estudam na Escola Estadual Monsenhor Alfredo Dhor e na Escola Municipal José Fernandes são amparadas e acolhidas pela ASA (Associação Sara Aparecida), no Bairro Sol Nascente. A entidade presta esse tipo de serviço para as crianças que passam o dia longe dos pais que trabalham e lá elas recebem o que para a coordenadora da entidade é o mais importante: carinho e afeto. “Dizer que atendemos crianças carentes é difícil, por que hoje em dia existem vários tipos de carência e uma dessas carências que a gente vê aqui na associação é Foto: Arquivo pessoal Associação Sara Aparecida atende atualmente a 65 crianças a ausência dos pais, que precisam trabalhar o dia todo e não têm como ficar com a criança. É nesse momento que a Associação Sara Aparecida entra, oferecendo esse carinho. Lógico que aqui nós beneficiamos com outras coisas, inclusive com as quatro refeições do dia, mas eu hoje vejo como prioridade na associação o carinho com essas crianças”, disse a coorde- nadora Helenice Martins. De acordo com Martins, a ASA atende hoje 65 crianças que encontram diversos tipos de suporte para garantir que o dia da criança seja divertido, cultural e ao mesmo tempo produtivo. A entidade tem hoje uma professora de artes que trabalha as crianças em diversos tipos de projetos culturais, esportivos e com dinâmicas. Durante a semana elas fazem visitas na Praia Municipal onde praticam esportes e aproveitam para passear. Dentro da ASA elas têm ajuda nas tarefas escolares e aprendem artesanatos. A sexta-feira é da informática. As crianças recebem aulas de instrutores diretamente nos computadores da entidade. A coordenadora disse que a ASA mantem con- tato direto com as escolas e professores das crianças atendidas na associação. “Se alguma criança da associação se envolver em qualquer problema na escola, nós e a assistente social que nos ampara somos imediatamente comunicadas”, disse Helenice. Hoje a entidade sobrevive de doações que podem ser feitas através de carnês, preenchidos na ASA ou pela conta de água do SAAE. “A pessoa que quiser abraçar essa causa e nos ajudar, mas não tem como vir até aqui pra fazer o seu cadastro, pode ligar para o telefone (37) 3261-6305. Nós mandaremos um de nossos voluntários até sua casa para preencher o formulário. O valor é espontâneo e nossas crianças agradecem”, concluiu a coordenadora Helenice.
  7. 7. 7 Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013 Dicas para cozinhar no seu dia a dia. Arroz mais soltinho Use água quente no preparo, pois a fria retarda o cozimento. Adicione algumas gotas de suco de limão para que o arroz fique leve e solto. O tipo agulhinha pede duas partes de água para cada parte de arroz. Para que a água não transborde da panela adicione um pedacinho de manteiga ao cozimento. Bolo fofo a qualquer hora Verifique se você tem todos os ingredientes, acenda o forno e unte a forma. O bolo cresce melhor se assado logo após o preparo da massa. Use os ingredientes em temperatura ambiente, nunca gelados. Bata as claras até que fiquem firmes, mas não passe do ponto, pois a massa pode ressecar. Se a receita pedir para alternar ingredientes secos e líquidos, comece e acabe pela farinha. Não guarde o fermento na geladeira, porque mudanças de temperatura tendem a alterar seu sabor e textura. Para verificar se ele está bom, coloque um pouquinho de fermento em um copo de água em temperatura ambiente. Se o pó borbulhar como um efervescente, significa que ainda pode ser usado. Bolos de chocolate ganham um tom avermelhado se você acrescentar uma pitada de bicarbonato de sódio durante o preparo. Feijão maravilha Para engrossar o caldo, retire uma concha do feijão cozido e amasse os grãos. Retorne à panela e deixe no fogo por mais alguns minutos. Quer que ele cozinhe rapidamente, mantendo a cor e a textura? Então ferva os grãos por cinco minutos em água abundante, troque a água e termine o cozimento. Acrescente o sal apenas no fim, para ele ficar macio. Carnes suculentas Amacie a carne de panela: acrescente 1 colher (café) de fermento em pó no cozimento. Frite os bifes em fogo alto para que fiquem suculentos. Tempere qualquer carne com sal somente na hora de servi-la. Isso ajuda a conservar o caldo e a maciez do corte. Frango saboroso Para tirar o cheiro forte, lave o frango com água, esfregue suco de limão ou vinagre e, em seguida, enxágue. Antes de levar ao forno, pincele toda a superfície com manteiga ou margarina, para evitar que a carne resseque. Omelete mais fofinha Ao preparar uma omelete macia, bata as gemas e as claras separadamente e, só depois, junte-as. Isso deixa o prato mais fofo. Macarrão no ponto Use 5 litros de água para cozinhar 500 gramas de massa. Quando a água ferver, acrescente uma colher (sopa) de sal. Guarde o óleo para as massas frescas. Fios longos devem ser colocados inteiros na panela e dobrados, sem quebrar, com a ajuda de uma colher. Mexa com um garfo logo no início e, de vez em quando, durante o cozimento. Preste atenção no ponto, que deve ser ao dente (cozido, mas resistente à mordida). Não confie na indicação da embalagem: vá experimentando a massa. Para que ela não grude, escorra a água assim que tirar do fogo, coloque em uma travessa e distribua o molho. Verduras e legumes coloridos Quer manter a cor dos legumes e verduras? Cozinhe-os no vapor, assim eles também conservam seus nutrientes e seu sabor. Av. José Bernardes Maciel,1430 Marília Lagoa da Prata Fone: (37) 3261-7533 Av. Cel. Amâncio Bernardes, 350 R. Pará, 29 Centro Santa Helena Santo Antônio do Monte Lagoa da Prata Fone: (37) 3281-3544 Fone: (37) 3261-2133
  8. 8. Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013 8
  9. 9. Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013 9
  10. 10. 10 Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013 Comissão da Assembleia realiza audiência pública em Lagoa da Prata INFORMATIVO PARLAMENTAR Foto: Guilherme Dardanhan/ALMG O deputado Tiago Ulisses (PV) destacou a necessidade de investimento federal na segurança. A Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais realizou, no dia 16 de setembro, uma audiência pública em Lagoa da Prata para tratar do aumento da violência no município. Presidida pelo Deputado João Leite, estiveram presentes também os deputados estaduais Sargento Rodrigues, Fabiano Tolentino e Tiago Ulisses. Presentes ainda o comandante da 7ª Região da Polícia Militar, Eduardo Campos de Paula, os promotores Eduardo Almeida da Silva e Luís Augusto de Rezende, o delegado regional de Bom Despacho, Ivan José Lopes, autoridades locais e membros da comunidade de Lagoa da Prata. Segundo o comandante da 7ª Região da Polícia Militar a impunidade é um dos grandes problemas para o combate à criminalidade. “Se a população tivesse receio da punição, não haveria pessoas cometendo o mesmo crime várias vezes. O Brasil é o país que mais prende e também o que mais solta”, pontuou. O comandante também questionou a maioridade penal. “Os maiores usam os menores para cometerem certos crimes. Isso precisa ser levado em consideração”. Ele enfatizou que a maior parte dos crimes cometidos em Lagoa da Prata tem relação com o tráfico de drogas. O promotor Luís Augusto deu destaque à sobrecarga de trabalho dos funcionários do Ministério Público e do Poder Judiciário. “Se uma terceira vara fosse instalada, ela já chegaria sobrecarregada. Se eu não tivesse vida social, nem família, e dedicasse 24 horas por dia ao meu trabalho, ainda não daria conta de todos os processos que tenho”, afirmou. O promotor destacou ainda a ineficiência do sistema carcerário e socioeducativo como uma causas da criminalidade . “O Estatuto da Criança e do Adolescente, para mim, é uma farsa. A gente não solta os menores porque quer. Não somos nós quem mandamos, quem manda é a lei”. Esforços - O delegado regional de Bom Despacho, Ivan José Lopes, destacou que já têm sido feitos esforços relevantes para diminuir a criminalidade em Lagoa da Prata. Segundo ele, 80% dos homicídios cometidos neste ano na cidade já foram resolvidos. “A situação aqui não está tão alarmante. O problema de segurança não é só na cidade, o aumento da criminalidade é nacional”. Ele também defendeu a criação de uma delegacia regional em Nova Serrana, para não sobrecarregar a de Bom Despacho e melhorar o atendimento em Lagoa da Prata. O deputado Tiago Ulisses (PV) destacou a necessidade de investimento federal na segurança. “Não tem uma só vaga em presídio federal em Minas Gerais. E a proteção das fronteiras do País é muito precária”, criticou. O parlamentar citou, ainda, iniciativas bem sucedidas em Lagoa Prata, como a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac) e o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd). CRIAÇÃO DA APAC Criada em 2005, a Apac - Associação de Proteção e Assistência aos Condenados – da Comarca de Lagoa da Prata , é resultado da luta da comunidade, com grande contribuição do Ministério Público e do Dr. Luiz Carlos Rezende Santos, juíz da Comarca na época e atual coordenador-executivo do “Programa “Novos Rumos” do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. De acordo com o Deputado Tiago Ulisses, que participa desde o início da luta pela Apac, a implantação da Associação na Comarca trouxe uma grande contribuição para o combate violência: “Primeiro, que o índice de recuperação do condenado nesse modelo é muito superior ao do modelo tradicional. Segundo, a principal diferença entre a Apac e o sistema carcerário comum é que, na Apac, os presos são co-responsáveis pela recuperação deles, bem como são colaboradores da própria segurança e disciplina. Como o modelo dispensa a presença de policiais e agentes penitenciários, sobram mais homens para a segurança nas ruas”. O Deputado Tiago Ulisses lembra que o método Apac está implantado em 33 cidades de Minas, entre as quais Lagoa da Prata. “Tenho lutado para a implantação de novas unidades no Estado, por entender que a solução do problema prisional para por esse modelo. Além de eficiente, é muito mais barato do que o modelo tradicional”, afirma o Deputado. O Governo do Estado destinou para a Apac de Lagoa da Prata, em maio último, cerca de 244 mil reais e em agosto cerca de 235 mil reais. “Tenho sempre notícia do bom trabalho desenvolvido pela direção da Apac de Lagoa. Em contato com Dr. Luiz Carlos Rezende e com os órgãos do Estado, levo a preocupação nossa em fazer com que o trabalho tenha sempre apoio para continuar dando os resultados apresentados até agora”, afirma o Tiago Ulisses. “Outra grande contribuição que pudemos dar para o município, foi conseguir que o Governo do Estado absorvesse, no sistema prisional, todos os presos que estavam sob a custódia da Policia. A medida permitiu a liberação na época de 12 policiais para o cumprimento de suas funções constitucionais de policiamento ostensivo”, concluiu o Deputado.
  11. 11. 11 Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013 Saúde & Qualidade de Vida Saúde da visão: escolha do óculos é essencial para o tratamento correto Os olhos fazem parte da região mais exposta do corpo, recebem muita luz, principalmente no verão, e têm quinze vezes mais terminações nervosas que as pontas dos dedos, por exemplo. Para cuidar da saúde da visão, portanto, é preciso saber escolher os óculos certos, caso contrário, a pessoa pode estar procurando problemas irreparáveis para a visão. Em primeiro lugar, a pessoa deve levar em conta se o produto será usado no dia a dia, na praia ou para a prática esportiva. Isso porque cada modelo, material, tamanho, cor e tipo de lente tem uma especificidade. Mas você não precisa pagar caro nem procurar muito, basta ficar atento no que o mercado oferece e que tipo de comércio você pode realmente confiar. Óculos de sol, comprados em camelô, por exemplo, não têm a proteção anti-UV necessária nem qualidade ótica, mas não chegam a prejudicar a visão (é como se a pessoa simplesmente não usasse nada), segundo alguns oftalmologistas. Para não ter dúvidas, é importante que o produto tenha sempre certificado de origem. Uma dúvida bastante comum entre as pessoas que usam óculos é saber qual comprar. Qual tipo de lente escolher e qual armação fica melhor são perguntas bastante comuns, e um especialista óptico é a pessoa mais indicada para orientar você na escolha de uma armação, pois vários fatores interferem: o tipo de correção a ser feita (miopia, hipermetropia, etc), formato do rosto, cor do cabelo e dos olhos, seu estilo pessoal, dentre outros. Óticas existem muitas, e em todos os lugares, porém as pessoas têm que prestar atenção, e muito, na maneira de trabalhar de cada uma. Na verdade é um cuidado muito delicado, pois, segundo especialistas, algumas não se enquadram nas normas de segurança e podem prejudicar ainda mais sua visão. A Ótica Acuidade Visual, em Lagoa da Prata, coloca à disposição dos clientes profissionais qualificados que orientam detalhadamente a escolha do óculos para que o paciente possa ter os melhores resultados. A loja está instalada na Rua Cirilo Maciel, 16, pertinho Praça da Matriz São Carlos Borromeu. A variedade de modelos de óculos de grau e de sol é enorme. E os preços, somados às condições de pagamento, é muito propício para quem foi pego de surpresa em um exame oftalmológico. O cliente tem a comodidade de fazer o pagamento no cartão de crédito e com garantia em todos os óculos adquiridos. Se você ou alguém da sua família está precisando comprar um óculos, seja de sol, para o passeio ou receituário, visite a Ótica Acuidade Visual. Rua Cirilo Maciel,16 - Centro Lagoa da Prata 3261-5602
  12. 12. 12 Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013 Agro Ambiental Bugg Baby Atual Modas e Magazine 1/2 Expediente Auto Car Auto Escola Central CCAA Centro Educacional Tutores Check-up Auto Elética Contabilidade Scorelli Clínica Emagrecer Chiquinho Sorvetes Despachante Tavares Disk Tudo do Juninho Divina Gula Dr. Evaldo Abrão Gibran Dr. Francisco Miranda Dr. Wantuil Cândido de Almeida Elétrica Porto Velho Eletrozema Edvani Noivas Duas Rodas Drogaria Júnior Lavajato do Patrique
  13. 13. 13 Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013 Evelim Móveis Wender Silva Top Sol Vegas Motel Ótica Márcia Leão dos Vidros Spenceer Prata Baterias World System Lindomar Fotógrafo RCA Imóveis Portal TV Cidade Vasconcelos Veículos Sicoob LagoaCred Gerais Prata Limp NetWise Pilares Engenharia Rádio Veredas FM Monster Sound MasterBuild Manoel Baia Jornal da Cidade Graciene Lacerda Fabricalhas Lanches Dona Benta Lagoa Ferramentas Central Gás Relojoaria Omega Refrigeração Santos Maria Flor
  14. 14. Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013 Bugg Baby e o Dia das Crianças No ano de 1924, o deputado federal Galdino do Valle Filho teve a ideia de criar o dia das crianças. Os deputados aprovaram e o dia 12 de outubro foi oficializado como Dia da Criança pelo presidente Arthur Bernardes em 1924. Mas somente em 1960 a data começou a ser comemorada. Isso aconteceu por que a Fábrica de Brinquedos Estrela fez uma promoção conjunta com a Johnson & Johnson para lançar a “Semana do Bebê Robusto” e aumentar suas vendas. A estratégia deu certo e desde então o dia das Crianças é comemorado com muitos presentes. A data está chegando e a meninada não quer nem saber. Querem seus presentes. Os pais já começam a dar aquela voltinha na cidade para escolher o que dar aos filhos, mas o foco maior é atender o desejo da criança sem apertar muito no orçamento. A Buggy Baby oferece vários atrativos para seduzir os pais e a criançada. O atendimento ao cliente é um dos dife- renciais da Bugg Baby. De forma educada, não evasiva e descontraída, as funcionárias da loja atendem todos que entram, sem diferença de sexo, idade ou posição social. Isso faz a diferença logo na entrada. A variedade de presentes é impressionante. A Buggy Baby trabalha com variadas marcas de brinquedos, todos conhecidos e conceituados no mercado, como a Estrela, Grow, Mattel dentre outras. Além de brinquedos, a Buggy Baby também oferece uma variada linha de roupas para presentear as crianças. A loja oferece produtos de qualidade e preços baixos, como é o caso das peças da Malwee, Killy, Momi, Animê, Danger e muitas outras. O cliente tem à disposição várias formas de pagamento. “Nós aqui priorizamos sempre o bom atendimento, as melhores marcas, os melhores preços, mas em primeiro lugar é o respeito ao cliente que nos honra com sua escolha. A cidade tem ótimas lojas infantis, mas se mesmo assim eles nos escolhem é por que estamos fazendo um bom trabalho e isso já é nosso pagamento. Agradeço a Deus, aos meus funcionários e principalmente nossos clientes por todos esses anos”, afirma a proprietária Soraia Maria Oliveira Viana. 14
  15. 15. 15 Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013 Alinhamento e-mail: nenapneus@nenapneus.com site: www.nenapneus.com Balanceamento Cambagem Mecânica Geral Guia de Carros e Motos Comprar veículo seminovo com procedência é na Multimarcas Lagoa da Prata já foi conhecida como a capital da bicicleta. Durante muitas décadas a bicicleta dominou as ruas e os estacionamentos nas portas dos comércios no centro da cidade. Hoje a o município já não tem mais o fluxo de bicicletas que antes eram usadas como ferramenta de trabalho e de transporte. A bicicleta hoje se tornou, da forma quase que em geral, um veículo de lazer e esporte para muitos lagopratenses. Um dos principais motivos dessa diminuição pode ter sido o aumento da aquisição de veículos automotores. O mais interessante é que mesmo com as diversas ofertas nos preços dos carros novos, é grande a procura por veículos seminovos. Agora, é preciso tomar muitos cuidados quando se compra um carro usado. Várias pessoas colocam seus carros usados à venda com o interesse de comprar outro modelo, mas às vezes o interessado não conhece o produto ou não tem a segurança de estar fazendo um bom negócio. Resultado: quem compra um veículo usado sem conhecer sua procedência pode ficar no prejuízo e com muita dor de cabeça. Há cerca de dois anos, um grupo de pessoas compromissadas em garantir uma boa compra e venda de carros seminovos abriu uma empresa que hoje tem o respeito dos consumidores. A Visão Multimarcas tem em seu pátio diversas mar- Vendas de Pneus Av.Brasil, 1595 Bairro Marília Lagoa da Prata Troca de óleo e filtro (37) 3261-7163 3261-2225 cas e modelos de veículos para análise e testes à disposição dos interessados. São veículos de altíssima qualidade e procedência garantida. De acordo com os diretores, Wilian e Oscar, a Visão Multimarcas trabalha primeiramente com idoneidade dos negócios firmados com os clientes. “Nossa principal preocupação é oferecer o melhor ao nosso cliente. Aqui ele terá a confiança de estar comprando um produto de qualidade, com os melhores preços praticados na cidade. Ver nosso cliente satisfeito é nossa maior satisfação”, disse o diretor Wilian. A Visão Multimarcas, localizada na Rua Modesto Gomes, 420, esquina com a Avenida Getúlio Vargas, trabalha com financiamentos através da Lagoa Financiamen- tos, com taxas de juros baixas e alto índice de aprovação de crédito. A equipe que atende na Visão Multimarcas é altamente qualificada. “Aqui o cliente chega e logo já é atendido pelos vendedores. Após as analises dos diversos veículos que estão no pátio o cliente faz sua escolha e a partir dai tudo fica por conta da nossa equipe. O cliente tem total comodidade de passar por todo o processo burocrático de forma tranquila e sem preocupações. Na nossa empresa o cliente não precisa passar por situações desgastantes para realizar o sonho de comprar seu carro”, disse o diretor Oscar. Portanto, se você pretende adquirir um veículo seminovo, fica a dica. Vá até a Visão Multimarcas e realize o seu sonho.
  16. 16. 16 Jornal da Cidade - 27 de setembro de 2013 Dia das Crianças do Grupo Minasprev irá beneficiar alunos da Apae Foto: Arquivo APAE As empresas do Grupo Minasprev (Funerária São Francisco, Plano Minasprev, Laboratório Minasprev e Drogaria Minasprev) estão realizando mais uma campanha solidária em reconhecimento ao Dia das Crianças. Como nos anos anteriores, a iniciativa consiste na arrecadados de brinquedos que serão entregues aos alunos da APAE de Lagoa da Prata. A cada brinquedo que o cliente e associado Minasprev doar, a empresa irá doar outro. Ou seja, se a população doar 500 brinquedos, o Grupo Minasprev irá destinar mais 500 itens para as crianças. Segundo a presidente da APAE de Lagoa da Prata, Isamim Gonçalves Coelho, a iniciativa do Grupo Minasprev é será muito importante para proporcionar alegria aos alunos. “É louvável esta iniciativa. Temos alunos de 0 a 50 anos de idade. Então fazemos dois eventos no Dia das Crianças, um para cada faixa etária. É nessa oca- sião que distribuímos os brinquedos arrecadados”, disse a presidente. Para o diretor presidente do Grupo Minasprev, Érico Ricardo Matucuma, o mais gratificante na ação social é ver a alegria e satisfação dos alunos beneficiados. “Para nós, do Grupo Minasprev, é muito importante realizar esta campanha em parceria com a Apae. É muito gratificante. A doação, além de fazer bem às pessoas que recebem o brinquedo, ou o carinho, faz um bem enorme para quem doa. Quero convidar a população para novamente abraçar essa campanha ”, disse o empresário. Isamim afirma que Lagoa da Prata é privilegiada por contar com empresas comprometidas com o lado social, como é o caso do Grupo Minasprev. Ela disse que em Lagoa da Prata a APAE não precisa pedir, as empresas já se oferecem para ajudar. “Se a gente está doando é por que Deus está nos propiciando con- dições para doar. A palavra de Deus fala: ‘aquele que muito semeia, muito receberá. Aquele que pouco semeia, pouco colherá’. Devemos ressaltar que o Grupo Minasprev sempre foi parceiro da APAE e nós só temos a agradecer a presidência do grupo por sempre acolher e se preocupar com os alunos com deficiência que aqui são atendidos”, conclui Isamim. Os brinquedos podem ser doados em qualquer empresa do Grupo Minasprev. Erico Matucuma, presidente do Grupo Minasprev

×