Mundo capitalista

1.328 visualizações

Publicada em

O crescimento do mundo capitalista, com particular incidência na Europa, durante o período dos "trinta gloriosos" ou seja, do final da 2.ª Guerra Mundial aos anos 70, do sécuo XX.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.328
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mundo capitalista

  1. 1. O Mundo Capitalista Do final da 2.ª Guerra Mundial à década de 70
  2. 2. Os EUA e a sua política de alianças. Doutrina Truman Apoio económico à Europa Alianças militares Contenção do comunismo Plano Marshall Plano de ajuda económica e técnica aos países europeus destruídos pela Guerra. Criação da OECE • OTAN/NATO – América do Norte e Europa • OEA - América • ANZUS - Oceânia • OTASE – Sudeste asiático • CENTO – Médio Oriente
  3. 3. A política económica e social das democracias ocidentais  Princípios da democracia após a 2.ª Guerra Mundial:  Defesa da liberdade individual  Aplicação do sufrágio universal  Multipartidarismo  Promoção de uma política de bem-estar dos cidadãos  Promoção da justiça social  Afirmação do Estado-Providência
  4. 4. Social democracia Defende a construção da sociedade socialista por processos reformistas e democráticos. Propõe conciliar a livre concorrência com a intervenção do Estado na regulamentação da economia e promoção do bem-estar dos cidadãos. Defende que o governo deve controlar os setores- chave da economia e adotar políticas fiscais que permitam melhor distribuição da riqueza.
  5. 5. Surge a partir da doutrina social da Igreja defendendo políticas regidas pelos princípios humanistas da dignidade do Homem, conciliando o espírito laico da democracia com os valores do cristianismo. Propõe a intervenção do Estado na regulamentação da economia e na distribuição mais justa da riqueza nacional de forma a atingir a justiça social e o bem-estar dos cidadãos. Democracia cristã
  6. 6. Estado-Providência - Estado promotor de justiça social -  Deve redistribuir a riqueza nacional em favor da promoção da qualidade de vida dos cidadãos. Taxa os rendimentos dos mais ricos para garantir as necessidades básicas dos cidadãos.  Ação do Estado enquanto promotor de justiça social:  Atribui subsídios para as situações de desemprego, doença, invalidez e velhice;  Responsabiliza-se pela educação, saúde e habitação;  Defende a qualidade de vida das famílias concedendo ajuda financeira (abonos; nascimento; aleitamento, casamento; óbito…).
  7. 7. Estado-Providência - Estado equilibrador da economia -  Assume o papel de grande empresa empregadora  Concorre com os privados na criação de postos de trabalho  Promove e financia grandes obras públicas  Aumenta a administração pública, as forças militares e paramilitares  Assume a participação no setor privado, aplicando aí parte dos seus recursos orçamentais.
  8. 8. Estado-Providência - Estado regulador da economia -  Intervém na orientação da política económica e financeira criando legislação que submete as diferentes atividades aos seus objetivos:  Nacionaliza os setores-chave (energia, banca, seguros, siderurgia, metalurgia)  Controla a produção industrial privada  Estabelece horários de trabalho  Fixa níveis salariais  Supervisiona o mercado financeiro  Define políticas fiscais
  9. 9. Prosperidade económica do mundo capitalista – “Trinta Gloriosos” (1945/1973)  Causas:  Rentabilização das verbas disponibilizadas pelo Plano Marshall  Aplicação dos acordos de Bretton Woods  Criação de espaços económicos alargados (CEE; EFTA…)  Características:  A aceleração do progresso tecnológico e científico  O recurso ao petróleo como matéria energética preferencial  O aumento da concentração industrial e do número de multinacionais  O aumento da população ativa (baby-boom; mão de obra feminina; imigração) e qualificação da mão de obra  A modernização da agricultura  O crescimento do setor terciário
  10. 10. Prosperidade económica do mundo capitalista – “Trinta Gloriosos” (1945/1973)  Consequências:  Fortíssimo aumento da produção de bens e serviços – em média o PNB (valor da totalidade de bens e serviços produzidos anualmente num país) triplicou  A produtividade agrícola quadruplicou (mecanização intensiva)  A produção de energia e a produção industrial (bens de consumo duradouros) decuplicou.  Importantes avanços tecnológicos (aviação comercial, astronáutica, eletrónica, informática, telecomunicações, robótica)  Desenvolvimento dos transportes terrestres e aéreos e o consequente aumento das trocas comerciais mundiais
  11. 11. A sociedade de consumo  Caracteriza-se por elevados níveis de consumo quer de bens e serviços estritamente necessários a uma sobrevivência de boa qualidade, mas também de bens e serviços supérfluos.  É característica dos períodos de prosperidade em que o aumento do consumo estimula o aumento da produção, que por sua vez fomenta o pleno emprego com salários elevados.  As famílias veem aumentado o seu poder de compra provocando um aumento efetivo da procura, proporcionando um forte estímulo à produção.  O consumo é fomentado por sofisticadas técnicas de publicidade e marketing e pelas vendas a crédito.

×