Mutações nos comportamentos
e na cultura
As Vanguardas: ruturas com os
cânones das artes e da
literatura
Henri Matisse – A dança
Fauvismo
O termo surge de fauves (feras), epíteto dado por
um crítico de arte à exposição de um conjunto de
telas dos pint...
Henri Matisse – Harmonia em Vermelho
André Derain - Bailarina
André Derain – O farol
Expressionismo
Tal como no fauvismo, o expressionismo reforça o
primado da cor, contudo acentua um elevado
pessimismo.
Rec...
Edvard Munch – O grito
Expressionismo: grupo Die Brücke (a ponte) - 1
• Grupo liderado por Ernst
Ludwig Kirchner,
formado em 1905, em
Dresden.
• ...
Expressionismo: grupo Die Brücke (a ponte) - 2
• Apresenta fortes aproximações à arte africana e oceânica,
à arte popular ...
Expressionismo: grupo Der Blaue Reiter - 1
Expressionismo: grupo Der Blaue Reiter - 2
• O Cavaleiro Azul é uma associação de artistas
que nasce em Munique (1911), de...
Cubismo - 1

As meninas de Avinhão,
Pablo Picasso
Cubismo - 2

Casas d’Estaque,
Georges Braque
Cubismo - 3
• As Meninas de Avinhão, de Pablo Picasso e as Casas
d’Estaque, de Georges Braque, são as principais
represent...
Cubismo analítico (1907/1912)
• Mantendo o figurativismo, explora ao
máximo as possibilidades de decompor os
objetos em as...
Cubismo analítico

Picasso – Retrato de Kahnweiler
Cubismo sintético (1912/década de 20)
• Mantendo a decomposição das figuras em
vários aspetos, eliminou o pormenor, criand...
Cubismo sintético

Juan Gris – Vaso de gerânios

Picasso – Três músicos
Consequências do cubismo
1. Eliminou definitivamente as leis
tradicionais da perspetiva e da
representação.
2. Com a intro...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mutações nos comportamentos e na cultura. As vanguardas, rutura na arte. (parte 1)

932 visualizações

Publicada em

Síntese de informações sobre as alterações que ocorrem na arte, europeia, no início do século XX. (1.ª parte)
Tem como público alvo os alunos do 12.º ano de escolaridade de História A.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
932
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mutações nos comportamentos e na cultura. As vanguardas, rutura na arte. (parte 1)

  1. 1. Mutações nos comportamentos e na cultura As Vanguardas: ruturas com os cânones das artes e da literatura
  2. 2. Henri Matisse – A dança
  3. 3. Fauvismo O termo surge de fauves (feras), epíteto dado por um crítico de arte à exposição de um conjunto de telas dos pintores Henri Matisse, André Derain e Maurice Vlamink, classificando assim a intensidade da cor nas telas. A cor era utilizada para dar volume aos objetos representados, para desenhar ou diluir a perspetiva, para transmitir serenidade ao observador. Por norma não reproduzia o real. Defendia a liberdade do pintor em relação ao que os sentidos captavam. Surge em França (1905/1908)
  4. 4. Henri Matisse – Harmonia em Vermelho
  5. 5. André Derain - Bailarina
  6. 6. André Derain – O farol
  7. 7. Expressionismo Tal como no fauvismo, o expressionismo reforça o primado da cor, contudo acentua um elevado pessimismo. Recorrendo à expressão de temas e sentimentos negativos reivindicava a liberdade do pintor e a crítica dos padrões burgueses. Vincent Van Gogh e Edvard Munch são considerados os percursores do expressionismo. O movimento surgiu na Alemanha, em 1905.
  8. 8. Edvard Munch – O grito
  9. 9. Expressionismo: grupo Die Brücke (a ponte) - 1 • Grupo liderado por Ernst Ludwig Kirchner, formado em 1905, em Dresden. • Procurava a autenticidade na arte. • Recorrem a grandes manchas de cor, intensas e contrastantes, para expressar temas pesados como a angústia, o desespero, a morte, o sexo, a miséria social.
  10. 10. Expressionismo: grupo Die Brücke (a ponte) - 2 • Apresenta fortes aproximações à arte africana e oceânica, à arte popular e aos desenhos infantis • Defendiam uma arte impulsiva, individualista. • Reforçam a expressividade representando através de formas distorcidas e cores intensas
  11. 11. Expressionismo: grupo Der Blaue Reiter - 1
  12. 12. Expressionismo: grupo Der Blaue Reiter - 2 • O Cavaleiro Azul é uma associação de artistas que nasce em Munique (1911), depois de uma exposição de Wassily Kandinsky e Franz Marc. • Apresenta uma representação menos pesada, do que Die Brücke, e um grau de intelectualização maior, sendo por isso mais racionalizada • Influenciou a evolução da arte, tendo estabelecido contacto com os pintores franceses e estando na base do Abstracionismo
  13. 13. Cubismo - 1 As meninas de Avinhão, Pablo Picasso
  14. 14. Cubismo - 2 Casas d’Estaque, Georges Braque
  15. 15. Cubismo - 3 • As Meninas de Avinhão, de Pablo Picasso e as Casas d’Estaque, de Georges Braque, são as principais representantes de um novo movimento - o Cubismo, nascido por volta de 1907, com as seguintes ideias: – Geometrização das formas: toda a natureza pode ser representada em esquemas geométricos, nomeadamente cubos. – Representação de visões simultâneas – a representação de vários ângulos de um mesmo objeto é considerada mais verdadeira do que aquela que mostra apenas um plano.
  16. 16. Cubismo analítico (1907/1912) • Mantendo o figurativismo, explora ao máximo as possibilidades de decompor os objetos em aspetos geométricos justapostos, que se intercetam e sucedem. • Destruiu por completo as leis da perspetiva, dificultando a identificação dos objetos representados. • Prescindiu das cores fortes para salientar o efeito do conjunto, dando preponderância aos azuis, cinzentos e castanhos.
  17. 17. Cubismo analítico Picasso – Retrato de Kahnweiler
  18. 18. Cubismo sintético (1912/década de 20) • Mantendo a decomposição das figuras em vários aspetos, eliminou o pormenor, criando uma síntese das várias perspetivas. • Recuperou o uso das cores, juntando-lhes o aproveitamento de objetos do quotidiano (espelhos, cordas, papéis…) • Continua a procurar uma “verdade na arte” sem se reduzir à representação de uma visão ou da imitação da cor captada pelos sentidos.
  19. 19. Cubismo sintético Juan Gris – Vaso de gerânios Picasso – Três músicos
  20. 20. Consequências do cubismo 1. Eliminou definitivamente as leis tradicionais da perspetiva e da representação. 2. Com a introdução de materiais comuns, alargou a representação plástica. 3. Influenciou o surgimento de outras correntes.

×