Apresentação país paraguai agosto 2011

2.280 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.280
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
86
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação país paraguai agosto 2011

  1. 1. Paraguai Oportunidades de NegóciosApresentação do País e de Ferramentas de Investimento
  2. 2. Informações Gerais
  3. 3. Informações GeraisÁrea (km2): 406.752Idioma: Espanhol e GuaraniMoeda: GuaraniPopulação (2010): 6.381.940*Produto Interno Bruto Real - 17,8PIB 2010 (US$ Bilhoes):*Producto Interno Bruto Real - 2.733PIB Per Capita 2010 (US$):Capital: AssunçãoOutras cidades importantes: Ciudad del Este, Encarnación, Salto del Guairá, Coronel Oviedo, Santa RitaPopulação Economicamente 3.094.307Ativa – PEA (2010):Taxa de Desemprego (2010): 5,7% da PEA Fonte: Direcão Nacional de Estadísticas, Encuestas e Censos (www.dgeec.gov.py) *Ano base 1.994
  4. 4. Duas RegiõesRegião Ocidental ou Chaco 60% Da área total 3% 40% Da área Da população total total 97% Da populaçãoÁrea Total (km2) População total 406.752 6.381.940 Região Oriental Fonte: Direcao Nacional de Estadísticas, Encuestas e Censos (www.dgeec.gov.py)
  5. 5. Acesso a Mercados Atrativos Guayana Venezuela Surinam Colombia Guayana Francesa  Paraguai esta no centro da região com maioresEcuador ingressos no continente Brasil Perú Bolivia America Paraguai + Mercosul do Sul 1.300 km População Chile (em Milhões) 360 250 120 Uruguai Argentina PIB (Bilhões de dólares) 2.875 1.948 927 PIB per capita (em US$) 7.986 7.792 7.725 Fonte: 2009 Latin American Statistic Yearbook - ECLAC
  6. 6. Localização Estratégica e Recursos
  7. 7. Condições Climaticas -Um grande reservatório de água doce Rio Temperatura Paragua y média: 24 Cº Precipitação média anual: 1.200 mm. Rio Pilcomay o Rio Paran á Paraguai está localizado no centro do Aqüífero Guarani Fuente: Dirección Nacional de Estadísticas, Encuestas y Censos (www.dgeec.gov.py) e Instituto Geografico Militar
  8. 8. Mao de obra jovem e treinável População com menos de 34 anos(%) 80 73.7 73.4 67.4 65.7 70 60.1 59.9 54.8 60 50 40 30 20 10 0 Paraguay tem a população mas joven en America. Fonte: Dirección Nacional de Estadísticas, Encuestas y Censos (www.dgeec.gov.py)
  9. 9. Logística Regional
  10. 10. Principais Vias Comerciais Com Bolivia  Vantagens  Distancias Internas Curtas  Eqüidistância aos Mariscal Estigarribia Pedro Juan Oceanos Pacifico eChile Caballero Atlânticoe ConcepciónOceano Pacifico Salto del Guairá Brasil Asunción Ciudad del Este Encarnación Oceano Atlântico Argentina Fonte: Rediex
  11. 11. A Hidrovia Mais Importante da Região Santacruz Corumbá River Paraguay Conchas Mejillones Sao Paulo Santos CDE Antofagasta ASU Extensão Paranagua Hidrovía Conexões (km)Rios Paraguai- 2.770 Bolivia-Paraguai-Parana - Uruguay Argentina-Uruguai-Tietê – Parana 2.400 Brasil-Paraguai Rosario Nueva Palmira Centros Comerciais mais Importantes Montevideo Santiago Portos Francos Paraguaios Buenos Aires Portos regionais importantes Buques Fluviais Buques Marítimos Fonte: Rediex
  12. 12. 2000 km La Paz Brasília 2h. 40’ 1000 km 1h.45’Iquique2h. 30’ São Paulo Assunção 1h. 15’ Santiago Curitiba 2h. 45’ 50’ Montevidéu 1h. 40’ Buenos Aires 1h. 20’ 12
  13. 13. Energia
  14. 14. Energia hidroelétrica limpa e abundante Tarifa Media Nacional por Grupo de Consumo - Ano 2009 Grupo de Consumo R$/kWhResidencial 0,1320Comercial 0,1264Industrial 0,0866 ITAIPU BINACIONAL POTENCIA: 7.000 MWGeral 0,1041 ENERGÍA: 37.500 GWh/AÑOAlumbrado Público 0,1486 PARTICIPACIÓN: 85 %Tarifa Media Nac. 0,1156 CENTRAL ACARAYENTIDAD BINACIONAL YACYRETAPOTENCIA FINAL: 1.550 MW POTENCIA FINAL: 252 MWENERGÍA FINAL: 10.500 GWh/AÑO ENERGIA: 950 GWh/AÑOPARTICIPACIÓN: 10 % PARTICIPACIÓN: 5 % Fonte: Administración Nacional de Electricidad (www.ande.gov.py)
  15. 15. Baixos Custos de ProduçãoConsumo Taxas: Gs. R$Baixa Tensão+ 150 KWh Gs. 365,45/KWh (Consumo doméstico) 0,1291+ 50 KWh Gs. 389,57/KWh (Comercial) 0,1376+ 500 KWh Gs. 296,56/KWh (Industrial) 0,1047+ 50 KWh Gs. 358,70/KWh (Geral) 0,1267+ 50 KWh Gs. 335,77/KWh (Governo) 0,1186Média Tensão (Tensão de alimentação: 23.000 Voltios)Energia de Reserva: Gs. 34.299/KW- Mês (Industrial) 12,1197Energia: (horário normal) Gs. 83,01/KWh (Industrial) 0,0293Energia: (18:00 a 22:00 hs.) Gs. 207,50/KWh (industrial) 0,0733Alta Tensão (Tensão de alimentação: 66.000 Voltios)Energia de Reserva: Gs. 44.201/KW- Mês 15,6187Energia: Gs. 57,12/KWh 0,0201
  16. 16. Baixos Custos de Produção Consumos Tipicos Industriales en US$/MWh (Cuentas CIER) Empresas Ib Ic Ie If Ii Compañía Estadual de Distribución de Energía 176 176 151 165 111 Eléctrica (CEEE-D)Compañía Energética de Minas Gerais (CEMIG) 214 214 200 214 133Compañía Energética de Ceara (COELCE) 208 208 182 194 130Compañía Paranaense de Energía (COPEL) 157 157 149 176 117 Light - Servicios deElectricidad S.A. (LIGHT) 163 163 175 194 113Administración Nacional de Electricidad (ANDE) 61 61 45 41 27 COMENTÁRIOS: 1. Ib corresponde a um consumo de baixa tensão de 2.000 kWh / mês 2. Ic corresponde a um consumo de baixa tensão de 5.000 kWh / mês 3. le corresponde a um consumo de média tensão de potência 100 kW e de energia de 25.000 kWh / mês 4. IF corresponde a um consumo de média tensão de potência 300 kW e de energia de 50.000 kWh / mês 5. Ii corresponde a um consumo de alta tensão de potência 10.000 kW e de energia de 5.000.000 kWh / mês Fonte: Administración Nacional de Electricidad (www.ande.gov.py)
  17. 17. Potência Mw10,000 9,000 8,000 7,000 6,000 5,000 Demanda 4,000 3,000 Disponibilidad 2,000 Oferta 1,000 0 2000 2005 2010 2015 2020 2025 Mw 2000 2005 2010 2015 2020 2025Demanda 1.120 1.354 1.831 2.374 2.987 3.780Disponibilidad 6.290 6.056 6.929 6.628 6.015 5.222Oferta 7.410 7.410 8.760 9.002 9.002 9.002 Fonte: Administración Nacional de Electricidad (www.ande.gov.py)
  18. 18. Estudo Comparativo Brasil Paraguai FIESP 2008
  19. 19. Comparação das Leis Trabalhistas Brasil Paraguai 12 dias para 5 anos trabalhados, 18 diasFérias Anuais 30 dias para até 10 anos trabalhados, 30Remuneradas dias acima de 10 anos trabalhados Estabilidade após 10 anos consecutivos Estabilidade Não há de serviços prestados 8% sobre as remunerações e 50% FGTS de multa rescisória Não há Contribuição 0,02% à 0,8% a.a sob o capital Não há Sindical social da empresaContribuições 20% à 23% sobre as remunerações 16,5% sobre todas as remuneraçõesPrevidenciárias pagas pagas 5,8% sobre todas as remunerações Sistema S pagas Não há 1919
  20. 20. Incidência de Hora Extra e Salário Família Fonte: FIESP
  21. 21. Incidência de Hora Extra e Salário Família Fonte: FIESP
  22. 22. Comercio internacional
  23. 23. Abertura Econômica 100 80 60% 40 20 Paraguay 0 U ruguay 2003 Argentina 2004 2005 2006 Brasil 2007 2008 2009 2010X+M/PIB (en %) Países 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010Argentina 34 37 38 38 38 29 17 34Brasil 22 25 22 21 22 23 15 17Paraguay 56 61 66 69 72 79 70 81Uruguay 39 46 43 45 44 48 30 37 Fonte: Banco Central del Paraguay - www.bcp.gov.py
  24. 24. Balança Comercial 10000 8000 6000 4000 Exportaciones 2000 Importaciones 0 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010US$ Milhões 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010Exportações 1.631,6 1.627,5 1.788,5 2.745,1 4.390,0 3.167,0 4.555,5Importações 2.660,3 3.160,8 4.743,8 5.840,9 8.977,3 6.829,2 9.913,5 Fonte: Banco Central del Paraguay - www.bcp.gov.py
  25. 25. Clima de Negocios
  26. 26. Imposto de Renda40% 35% 34% 34%35% 30%30% 25% 25%25%20% 17%15% 10%10%5%0% Argentina Colombia Brasil Perú Uruguay Ecuador Chile Paraguay Fonte: Ministerio de Hacienda – www.hacienda.gov.py
  27. 27. Imposto ao Valor Agregado (IVA)Paraguay 10% Ecuador 12%Colombia 16% Perú 19% Chile 19%Argentina 21% Uruguay 23% Brasil 25% 0% 5% 10% 15% 20% 25% Fonte: Ministerio de Hacienda – www.hacienda.gov.py
  28. 28. Imposto de Renda Pessoa FisicaParaguay 10% Uruguay 25% Ecuador 25% Brasil 27.50% Perú 30%Colombia 35%Argentina 35% Chile 40% 0% 5% 10% 15% 20% 25% 30% 35% 40% Nota: Entrará em vigor a partir de 2013 Fonte: Ministerio de Hacienda – www.hacienda.gov.py
  29. 29. Ambiente de Negócios Ano 2011 (Segundo Trimestre) Posição País ICE* 1 Chile 7.4 2 Paraguai 7.0 3 Uruguai 7.0 4 Colombia 6.5 5 Perú 6.5 6 Argentina 6.4 Ambiente de Negócios 7 Brasil 5.9 favorável ao investimento 8 México 5.6Paraguai ocupa o segundo lugar de 9 Equador 5.2acordo com o Índice de Clima Econômico 10 Bolivia 3.9da FGV na América Latina. 11 Venezuela 2.2 *Índice de Clima Econômico Fonte: Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Instituto de Estudos Económicos da Universidade de Munique, Alemanha
  30. 30. Custo de vida e eficiência de custos Cidades com eficiência de custo Assunção é a Rank Cidade País terceira Capital com o 1 Assunção Paraguai menor custo de vida das 2 San Salvador El Salvador Americas, segundo a 3 Neuquén Argentina Consulting Mercer Group. 4 San Pedro Sula Honduras Custo de Vida 5 San Luis Potosí México Capitais Rank 6 Hermosillo México Managua 1 7 Piura Perú La Paz 2 8 Tuxtla Gutiérrez México Assunção 3 9 Matamoros México Quito 4 10 Torreón México San José 5 Guatemala 6Assunção, lidera o ranking do México D.F. 7"eficiência de custo" para "Grandes Kingston 8Cidades"(de 250.000 a 750.000 Buenos Aires 9habitantes), segundo a FDI Magazine. Panamá 10 Fonte: FDI Magazine Abril/Mayo 2011 (www.FDiIntelligence.com) y Mercer Consulting Group 2010 (www.
  31. 31. Desburocratização Licenças de ConstruçãoParaguai se destacou como a segundaeconomia do mundo que mais melhorouneste indicador, segundo o DoingBusiness 2011 Janela Ùnica deProcesso de Abertura de Negócios Exportação "O VUE é um conceito criado Sistema Unificado de Apertura de no âmbito da prioridade Empresas (SUAE) nacional com ampla projeção ideal ea inclusão das PME no Tempo 30 comércio exterior.“ en dias (média) Tramite 1 A partir de uma média histórica de Custo do 700, atualmente registrados e tramite USD 100 2.600 empresas cadastradas. estimado Fonte: SUAE (www.suae.gov.py) & VUE (www.vue.org.py)
  32. 32. Economia
  33. 33. Crecimiento económico Evolução do PIB no Paraguay 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011* 18,592 17.791 16,874 4.6% 15% 5,8% 14,255 12,260 -3,8% 6,8% 9,289 7,505 4,3% 6,973 5,552 2,9% 4,1% 3,8% 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011*Paraguai no ano passado atingiu um crescimento de 15% Fonte: Banco Central do Paraguai - www.bcp.gov.py Nota: PIB Real (Ano Base 1.994) *Projeção para 2011, segundo dados preliminares do BCP
  34. 34. PIB por setoresSetor Primário30,4%*Indústria13,7%Comércio & Servicios48,3%Impostos7,6% Fonte: Relatório Econômico do Banco Central do Paraguai - www.bcp.gov.py * Inclui a construção, electricidade e água
  35. 35. Saldo Fiscal/PIB Balanço do Governo Central (últimos 9 anos)3,0% 2,5%2,0% 1,6% 1,5% 1,0% 1,0%1,0% 0,8% 0,5%0,0% 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010-1,0% -0,6%-2,0%-3,0% -3,2%-4,0% Fonte: Ministerio de Hacienda
  36. 36. Histórico da Inflação IPC % 14.615 12.510 9.3 9.9 6.0 7.5 5 2.8 7.2 6,3* 0 1.9 2002 2003 2004 2005 2006 2007 IPC % 2008 2009 2010 2011 Fonte: Banco Central do Paraguai - www.bcp.gov.py
  37. 37. Reservas Internacionais Reservas Internacionais US$ 5000 4500 4000 3500 3000US$ Mil. 2500 2000 1500 1000 500 0 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 US$ Reservas 983 1,168 1,297 1,980 2,420 2,638 3,857 4,422 Fonte: Banco Central do Paraguai - www.bcp.gov.py
  38. 38. Deuda Externa/PIB Deuda Externa/PIB 44.2 43.3 34.1 34.1 34.4 23.8 16.9 15.7 14.5 14.42001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 Deuda Externa/PIB Fonte: Banco Central do Paraguay - www.bcp.gov.py
  39. 39. Incentivos aos Investimentos
  40. 40. Regras de origem do MERCOSUL Conteúdo regional necessário (em %)70% 40% •Insumos60% •Partes e50% componentes •Mao de Obra40% •Serviços30% •Energia, água 60% 50% 40% •Frete de20% 60% 60% •Import.*10% Componentes Importados de extra-0% Brasil Argentina Uruguay Paraguay zona O Paraguai goza de um tratamento especial no que se refere às regras de origem de produtos manufaturados até 2023 É mais fácil adquirir origem MERCOSUL no Paraguai que em qualquer outro país membro * Se o serviço for prestado por empresas no Paraguai Fonte: Mercosur 01/04 decision – www.mercosur.int
  41. 41. Lei 60/90 de InvestimentoImposto sobre a Importação ouCompra Local de Bens de Capital 0%(maquinários e equipamentos) Imposto sobre Remessa do Capital, Juros e Comissões ao Exterior 0% (aplicado a investimentos superiores a US$ 5 Milhões)Imposto sobre Remessa dos Dividendos aoExterior – Acionistas estrangeiros(aplicado a investimentos superiores a US$ 5 0%milhões por 10 anos) Fonte: Ministerio de Haciendo – www.hacienda.gov.py
  42. 42. Lei de MaquilaImposto sobre a Importação 0de Bens de Capital(maquinários e equipamentos) % Imposto de Renda 0 %Imposto Unico 1(sobre o valor agregado no Paraguai) % Fonte: Ministerio de Haciendo – www.hacienda.gov.py
  43. 43. Regime da Maquila – ConceitoMATRIZ Contrato MAQUILADORA PARA PRODUZIR: SUB MAQUILADORA •Bens ou •Serviços Para exportação
  44. 44. Regime da Maquila – Operação Mercado de Produto Exportação Mercado Paraguaio (max. 10% da producao do ano anterior)MATRIZ MAQUILADORAImpostos de Bens de CapitalImportação e Insumos Bens e Serviçosinternos Matérias Primas Mao de ObraSUSPENSOS =Garantia Provisão Paraguaia Outros Países
  45. 45. Regime da Maquila Sistema Tributário Tributo Maquila 1% sobre faturamento FATURA MAQUILA MÃO DE OBRA + BENS E SERVIÇOS + DEPRECIAÇÃO + SERVIÇO MAQUILA + FATURA SUBMAQUILA MÃO DE OBRA +MATERIA PRIMA E INSUMOS + BENS E SERVIÇOS + DEPRECIAÇÃO+ SERVIÇO SUBMAQUILA
  46. 46. Oportunidades de Investimento
  47. 47. Objetivo da Proposta Por que investir no Paraguai?O Investimento Produtivo no Paraguai é uma ferramenta de InteligênciaCompetitiva para:  Maximizar a rentabilidade do patrimônio e do capital  Redução dos custos operacionais  Menor carga tributária  Menores encargos trabalhistas  Diversificar os Riscos  Internacionalizar a cadeia produtiva  Penetrar em novos mercados
  48. 48. Fuente: CIP
  49. 49. BANCO DO BRASILFuente: CIP
  50. 50. SEBASTIAN BOGADOsbogado@rediex.gov.pysebastianbogado@hotmail.com www.mic.gov.py www.rediex.gov.py www.maquila.gov.py

×