Técnico de Gestão e de Programação de Sistemas
Informáticos
Joel Saramago Nº10, 10ºGPSI
Professora Helena Eusébio
Redes de...
 Introdução
 Camada de Transporte
 TCP e UDP
 TCP(Transmission
Control Protocol)
 UDP (User Datagram
Protocol)
 TCP ...
 Neste trabalho vou falar sobre os Protocolos de
Transporte ;
◦ Camada de Transporte;
◦ Protocolo UDP e TCP;
◦ Métodos de...
Regula o fluxo de informação da origem até ao
destino de uma forma fiável e precisa;
O controlo extremo-a-extremo e a fiab...
Garantir confirmação dos segmentos que são
entregues no destino;
Retransmitir os segmentos que não foram
confirmados;
Colo...
 Divisão de mensagens em segmentos
 Mecanismos de identificação de processos
origem e destino
 Identificam os processos origem e destino;
 Viabilizam a comunicação fim-a-fim;
 O Sistema operacional oferece interfa...
 Fornecer mecanismos
de prevenção;
 Controlo de
congestão(da rede);
 Isola as aplicações de
quaisquer
imperfeições no
t...
 A camada de transporte
utiliza essencialmente 2
protocolos:
 TCP(Transmission
Control Protocol);
 UDP(User Datagram
Pr...
 O TCP é o protocolo mais usado;
 Fornece garantia na entrega de todos os
pacotes entre um PC emissor e um PC
receptor;
...
 Reagrupamento e retransmissão dos
datagramas perdido;
 O IP (Internet Protocol) é responsável pelo
roteamento dos datag...
 Controle de erros com retransmissão;
 Controle de fluxo;
 Sequenciamento;
 Entrega ordenada;
 P.O/P.D- identificam o
processo de aplicação
que está a enviar os
dados;
 Numero de sequencia-
identifica os bytes
envi...
 Três Fases:
 Estabelecimento da Ligação;
 Transmissão de Dados;
 Encerramento da Ligação;
 Flags
 SYN – solicitação de Ligação;
 FIN – Finalização da Ligação;
 RST – Reset da Ligação;
 ACK – Reconhecimento d...
1: Envia SYN ISN
2: Envía SYN ISN, ACK
3: Envía ACK ISN
4: Ligação estabelecida
CLIENTE
SERVIDOR
O MSS representa o tamanho do maior bloco
de dados que poderá ser enviado para o
destino;
Em geral, quanto maior o MSS mel...
 Quanto maior a quantidade de dados enviados num
único bloco, menor o overhead de headers do TCP e
do IP;
MSS 1460
MSS 25...
◦ Orientado a datagrama;
◦ Não orientado à ligação;
◦ Não executa controle de fluxo, controle de
erro ou sequenciamento;
◦...
 Protocolo de transporte mais simples;
 Oferece um serviço de datagrama não
confiável;
 É uma simples extensão do proto...
 Porta Origem e Porta Destino identificam o
processo de aplicação que está a enviar
dados e o processo de aplicação que i...
Checksum é calculado usando o header UDP e
também a área
de dados, e destina-se a verificação de erros
de transmissão.
 A escolha entre o uso do protocolo TCP ou
UDP cabe ao criador de cada aplicação, que
deve decidir o que necessita;
 Embora muitos prefiram a segurança e
confiabilidade oferecidas pelo TCP;
 Outros optam pela velocidade de
transmissão g...
TCP UDP
FTP (21)
HTTP (80)
SSMTP (465)
Telnet (23)
POP3 (110)
RSYNC (873)
SSH (22)
DNS(53)
 O protocolo FTP foi criado em 1985;
 Existem inúmeros servidores de FTP
 O Windows não traz um servidor de FTP
nativo ...
 TELNET (Protocolo de Terminal Virtual) é o
protocolo da Internet que permite estabelecer
a ligação entre computadores;
...
 Controla a forma como o correio electrónico é
transportado e entregue através da Internet
ao servidor de destino;
 O SMTP recebe e envia correio electrónico
entre servidores;
 O correio é entregue directamente ao
servidor de correio d...
 O protocolo HTTP é o protocolo mais
utilizado na Internet desde 1990;
 Embora existissem versões anteriores em
uso, a p...
 RSYNC foi desenvolvido por Wayne Davison e
foi lançado em 19 de Junho de 1996 ;
 É um utilitário que permite sincroniza...
 É capaz de fazer uma cópia diferencial;
 Backup de pastas com um grande volume de
arquivos;
 Reconstitui arquivos dani...
 Fazer upload de actualizações, enviando
apenas as partes dos arquivos que forem
diferentes;
 O que torna a transferênci...
 O SSH (Secure SHell) é um protocolo que
permite ligar a um servidor virtualmente;
 SSH é como se tivesse um computador ...
 Toda a transmissão de dados no SSH é
criptografada;
 Assim o que fazemos no servidor é
impossível de ver;
 O DNS é um sistema para atribuição de
nomes a computadores e serviços de rede;
 Na década de 80 foi desenvolvido o prot...
 O IP entrega dados entre dois sistemas finais
(cada um identificado por um IP);
 O Objetivo da Multiplexação e da
Desmu...
 Cada segmento da camada de transporte tem
um conjunto de campos;
 Determinam o processo para qual os
dados devem ser en...
 No lado do emissor, podem existir vários
processos que precisam transmitir pacotes;
 Entretanto, há um protocolo da cam...
 No lado do receptor, a relação é de um-para-
vários e requer Desmultiplexação;
 A camada de transporte recebe os
datagr...
 Após a verificação c, a camada de transporte
entrega cada mensagem para o processo
apropriado para o numero de portas;
 Sockets são utilizados nas redes entre programas
cliente-servidor;
 Por sua vez, a aplicação corre num computador que t...
 Neste trabalho foram analisados os Protocolos de
Transporte, as suas funções e a definição de cada um
deles.
 Com a con...
 http://www.inf.ufsc.br/~bosco/ensino/ine5645/
2014-1/0050-Sockets.pdf
 https://pt.wikibooks.org/wiki/Redes_de_comput
ad...
Protocolos de transporte
Protocolos de transporte
Protocolos de transporte
Protocolos de transporte
Protocolos de transporte
Protocolos de transporte
Protocolos de transporte
Protocolos de transporte
Protocolos de transporte
Protocolos de transporte
Protocolos de transporte
Protocolos de transporte
Protocolos de transporte
Protocolos de transporte
Protocolos de transporte
Protocolos de transporte
Protocolos de transporte
Protocolos de transporte
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Protocolos de transporte

225 visualizações

Publicada em

Protocolos de transporte

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
225
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Protocolos de transporte

  1. 1. Técnico de Gestão e de Programação de Sistemas Informáticos Joel Saramago Nº10, 10ºGPSI Professora Helena Eusébio Redes de comunicação Data de Inicio: 29/05/2015 Data de Entrega: 12/06/2015
  2. 2.  Introdução  Camada de Transporte  TCP e UDP  TCP(Transmission Control Protocol)  UDP (User Datagram Protocol)  TCP vs UDP  Métodos de Ligação TCP/UDP  Multiplexação e Desmultiplexação  Sockets  Conclusão  Webgrafia
  3. 3.  Neste trabalho vou falar sobre os Protocolos de Transporte ; ◦ Camada de Transporte; ◦ Protocolo UDP e TCP; ◦ Métodos de Ligação; ◦ Multiplexação e Desmultiplexação; ◦ Sockets;  O objectivo deste trabalho é ficar a perceber os diversos Protocolos de Transporte e as suas diversas funções e diferenças;
  4. 4. Regula o fluxo de informação da origem até ao destino de uma forma fiável e precisa; O controlo extremo-a-extremo e a fiabilidade são proporcionadas por janelas deslizantes, números de sequencias e confirmações;
  5. 5. Garantir confirmação dos segmentos que são entregues no destino; Retransmitir os segmentos que não foram confirmados; Colocar os segmentos na sequencia correta no destino;
  6. 6.  Divisão de mensagens em segmentos  Mecanismos de identificação de processos origem e destino
  7. 7.  Identificam os processos origem e destino;  Viabilizam a comunicação fim-a-fim;  O Sistema operacional oferece interface que permite às aplicações especificarem ou acederem ás portas;
  8. 8.  Fornecer mecanismos de prevenção;  Controlo de congestão(da rede);  Isola as aplicações de quaisquer imperfeições no transito de pacote;
  9. 9.  A camada de transporte utiliza essencialmente 2 protocolos:  TCP(Transmission Control Protocol);  UDP(User Datagram Protocol);
  10. 10.  O TCP é o protocolo mais usado;  Fornece garantia na entrega de todos os pacotes entre um PC emissor e um PC receptor;  O TCP é responsável pela divisão da mensagem em datagramas;
  11. 11.  Reagrupamento e retransmissão dos datagramas perdido;  O IP (Internet Protocol) é responsável pelo roteamento dos datagramas;
  12. 12.  Controle de erros com retransmissão;  Controle de fluxo;  Sequenciamento;  Entrega ordenada;
  13. 13.  P.O/P.D- identificam o processo de aplicação que está a enviar os dados;  Numero de sequencia- identifica os bytes enviados.   Tamanho- representa o tamanho total do frame TCP;  Reservado- é um campo ainda não utilizado Flags- identifica as flags (syn, fin, psh, rst, ack, urg); Window- identifica o tamanho da janela para o controle de fluxo; Checksum- destina-se a verificação de erros de transmissão; Urgent Pointer- ponteiro para dados urgentes.
  14. 14.  Três Fases:  Estabelecimento da Ligação;  Transmissão de Dados;  Encerramento da Ligação;
  15. 15.  Flags  SYN – solicitação de Ligação;  FIN – Finalização da Ligação;  RST – Reset da Ligação;  ACK – Reconhecimento de recebimento;
  16. 16. 1: Envia SYN ISN 2: Envía SYN ISN, ACK 3: Envía ACK ISN 4: Ligação estabelecida
  17. 17. CLIENTE SERVIDOR
  18. 18. O MSS representa o tamanho do maior bloco de dados que poderá ser enviado para o destino; Em geral, quanto maior o MSS melhor;
  19. 19.  Quanto maior a quantidade de dados enviados num único bloco, menor o overhead de headers do TCP e do IP; MSS 1460 MSS 256 EXEMPLO
  20. 20. ◦ Orientado a datagrama; ◦ Não orientado à ligação; ◦ Não executa controle de fluxo, controle de erro ou sequenciamento; ◦ Não tem reconhecimento dos datagramas (ACK/NACK);
  21. 21.  Protocolo de transporte mais simples;  Oferece um serviço de datagrama não confiável;  É uma simples extensão do protocolo IP;
  22. 22.  Porta Origem e Porta Destino identificam o processo de aplicação que está a enviar dados e o processo de aplicação que irá receber os dados.  Tamanho - representa o tamanho total do frame UDP;
  23. 23. Checksum é calculado usando o header UDP e também a área de dados, e destina-se a verificação de erros de transmissão.
  24. 24.  A escolha entre o uso do protocolo TCP ou UDP cabe ao criador de cada aplicação, que deve decidir o que necessita;
  25. 25.  Embora muitos prefiram a segurança e confiabilidade oferecidas pelo TCP;  Outros optam pela velocidade de transmissão gerada pelo UDP;
  26. 26. TCP UDP FTP (21) HTTP (80) SSMTP (465) Telnet (23) POP3 (110) RSYNC (873) SSH (22) DNS(53)
  27. 27.  O protocolo FTP foi criado em 1985;  Existem inúmeros servidores de FTP  O Windows não traz um servidor de FTP nativo (com excessão das versões server);
  28. 28.  TELNET (Protocolo de Terminal Virtual) é o protocolo da Internet que permite estabelecer a ligação entre computadores;  Através da ligação remota, pode-se executar programas e comandos em outro computador;
  29. 29.  Controla a forma como o correio electrónico é transportado e entregue através da Internet ao servidor de destino;
  30. 30.  O SMTP recebe e envia correio electrónico entre servidores;  O correio é entregue directamente ao servidor de correio do destinatário;
  31. 31.  O protocolo HTTP é o protocolo mais utilizado na Internet desde 1990;  Embora existissem versões anteriores em uso, a primeira versão e funcional e compatível surgiu em 1996, o “HTTP 1.0”;
  32. 32.  RSYNC foi desenvolvido por Wayne Davison e foi lançado em 19 de Junho de 1996 ;  É um utilitário que permite sincronizar uma pasta local com uma pasta do servidor;
  33. 33.  É capaz de fazer uma cópia diferencial;  Backup de pastas com um grande volume de arquivos;  Reconstitui arquivos danificados ;
  34. 34.  Fazer upload de actualizações, enviando apenas as partes dos arquivos que forem diferentes;  O que torna a transferência muito mais rápida;
  35. 35.  O SSH (Secure SHell) é um protocolo que permite ligar a um servidor virtualmente;  SSH é como se tivesse um computador a controlar outro computador.
  36. 36.  Toda a transmissão de dados no SSH é criptografada;  Assim o que fazemos no servidor é impossível de ver;
  37. 37.  O DNS é um sistema para atribuição de nomes a computadores e serviços de rede;  Na década de 80 foi desenvolvido o protocolo e a primeira implementação do DNS;  É um protocolo de aplicação que permite a comunicação entre clientes e servidores;
  38. 38.  O IP entrega dados entre dois sistemas finais (cada um identificado por um IP);  O Objetivo da Multiplexação e da Desmultiplexação é ampliar a entrega hospedeiro a hospedeiro;
  39. 39.  Cada segmento da camada de transporte tem um conjunto de campos;  Determinam o processo para qual os dados devem ser entregues;
  40. 40.  No lado do emissor, podem existir vários processos que precisam transmitir pacotes;  Entretanto, há um protocolo da camada de transporte em execução em dado instante;  Trata-se de uma relação de vários-para-um e que requer multiplexação;
  41. 41.  No lado do receptor, a relação é de um-para- vários e requer Desmultiplexação;  A camada de transporte recebe os datagramas da camada de rede;
  42. 42.  Após a verificação c, a camada de transporte entrega cada mensagem para o processo apropriado para o numero de portas;
  43. 43.  Sockets são utilizados nas redes entre programas cliente-servidor;  Por sua vez, a aplicação corre num computador que tem um endereço IP;  Um socket representa o conjunto dessas informações;
  44. 44.  Neste trabalho foram analisados os Protocolos de Transporte, as suas funções e a definição de cada um deles.  Com a conclusão deste trabalho foi possível concluir que os Protocolos de Transporte são importantes tais como os métodos de aplicação  No geral, este trabalho foi uma grande ajuda para perceber os diversos Protocolos de Transporte.
  45. 45.  http://www.inf.ufsc.br/~bosco/ensino/ine5645/ 2014-1/0050-Sockets.pdf  https://pt.wikibooks.org/wiki/Redes_de_comput adores/Multiplexa%C3%A7%C3%A3o_e_demultiple xa%C3%A7%C3%A3o  http://www.newtoncbraga.com.br/index.php/co mo-funciona/1214-art0159  http://www.infowester.com/portastcpudp.php  http://www.heldervaldez.com/redes- computadores/521-tcp-e-udp-diferencas- entre-protocolos.html

×