Aula hipersensibilidade tipo i

1.085 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.085
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula hipersensibilidade tipo i

  1. 1. MECANISMOS DE LESÃO PELO PATÓGENOMECANISMOS DE LESÃO PELO PATÓGENO S. pyogenes E. coli H.influenzae HVB Herpes simplex Mecanismos de lesão tecidual direta Produção de exotoxina Produção de endotoxina Efeito citopático direto
  2. 2. MECANISMOS DE LESÃO PELO PATÓGENOMECANISMOS DE LESÃO PELO PATÓGENO HVB S. pyogenes M.tuberculosis Mecanismos de lesão tecidual indireta Complexos Ag-Ac Ac contra o hospedeiro Imunidade celular
  3. 3. REAÇÕES DE HIPERSENSIBILIDADESREAÇÕES DE HIPERSENSIBILIDADES Mediadas por anticorpos Tipo I - ANAFILÁTICA IgE e mastócitos Tipo II - CITOTÓXICA IgM, IgG, macrófagos, NK Tipo III - IMUNOCOMPLEXOS IgG e neutrófilos
  4. 4. REAÇÕES DE HIPERSENSIBILIDADESREAÇÕES DE HIPERSENSIBILIDADES Mediada por células Tipo IV: TARDIA Linfócitos T (Th e Tc) Macrófagos
  5. 5. Reação de Hipersensibilidade tipo IReação de Hipersensibilidade tipo I ANAFILÁTICAANAFILÁTICA Mediadores envolvidos Celulares mastócitos, basófilos, eosinófilos, neutrófilos Moleculares IgE, prostaglandinas, leucotrienos, ECP, PAF, histamina
  6. 6. CÉLULAS ENVOLVIDAS NAS REAÇÕES TIPO ICÉLULAS ENVOLVIDAS NAS REAÇÕES TIPO I
  7. 7. PRODUÇÃO E AÇÃO DA IgEPRODUÇÃO E AÇÃO DA IgE Primeira exposição ao pólen LB produz IgE por ação da IL4 IgE específica do pólen liga-se aos mastócitos Segunda exposição ao pólen Degranução dos mastócitos
  8. 8. DEGRANULAÇÃO DO MASTÓCITODEGRANULAÇÃO DO MASTÓCITO
  9. 9. EFEITOS BIOLÓGICOS DOS MEDIADORESEFEITOS BIOLÓGICOS DOS MEDIADORES Pré-formados Pós-formados
  10. 10. SUB-POPULAÇÕES DE MASTÓCITOS MASTÓCITOS DO TECIDO CONJUNTIVO Liberação generalizada de histamina, anafilaxia sistêmica Liberação local de histamina, pápula e rubor DEGRANULAÇÃO INTRAVENOSO SUBCUTÂNEO DEGRANULAÇÃO Rinite alérgica (vias aéreas sup) Asma (vias aéreas inf) Urticária (sistêmico) Vômitos (local) Diarréia (local) INALAÇÃO INGESTÂO SUB-POPULAÇÕES DE MASTÓCITOS MASTÓCITOS DA MUCOSA
  11. 11. Mediadores inflamatórios aumentam a secreção de muco e a contração da musculatura lisa causando obstrução das vias aéreas, e recrutamento de células da circulação Linfócitos e monócitos produzem citocinas e Eosinófilos liberam grânulos RESPOSTA AGUDA RESPOSTA CRÔNICA A Reação Alérgica é BifásicaA Reação Alérgica é Bifásica
  12. 12. CÉLULAS ENVOLVIDAS NA FASE TARDIACÉLULAS ENVOLVIDAS NA FASE TARDIA
  13. 13. MEDIADORES DOS EOSINÓFILOSMEDIADORES DOS EOSINÓFILOS

×