Regulamento jogos - atuais

225 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
225
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Regulamento jogos - atuais

  1. 1. Jogos de Integração da Escola em comemoração ao 32º  aniversário da E.E.F.M.  Francisco Nonato Freire Regulamento Alto Santo – Ce. 2011
  2. 2. Capítulo 1FINALIDADEArtigo 1º ­ Os jogos de Integração da E.E.F.M. Francisco Nonato Freire de Alto Santo   tem   por   finalidade,   promover   ampla   mobilização   do   segmento   escolar, incentivando o esporte como forma de inclusão social e estimulando a participação do aluno em atividades esportivas no contra turno escolar além de identificar e desenvolver talentos esportivos.Capítulo 2JUSTIFICATIVAArtigo 2º ­ Ao educar o jovem através da prática desportiva escolar estamos cada vez   mais   difundindo   e   reforçando   a   construção   da   cidadania   e   os   ideais   do movimento olímpico, estes direcionados para construção de um mundo melhor e mais   pacífico,   livre   de   qualquer   tipo   de   discriminação   e   dentro   do   espírito   de compreensão mútua, fraternidade, solidariedade, cultura da paz e fair­play (jogo limpo).   Através   das   atividades   desportivas,   crianças   e   jovens   constroem   seus valores, seus conceitos, socializam­se e, principalmente, vivem as realidades.Capítulo 3OBJETIVOSArtigo 3º ­ Os jogos de Integração da E.E.F.M Francisco Nonato Freire têm por objetivos:a) Fomentar a prática do esporte escolar com fins educativos;b) Possibilitar a identificação de talentos desportivos nas instituições escolares;c) Desenvolver o intercâmbio sócio­cultural e desportivo entre os participantes;d) Contribuir para com o desenvolvimento integral do aluno/atleta como ser social, autônomo, democrático e participante, estimulando o pleno exercício da cidadania através do esporte;e) Garantir o conhecimento do esporte de modo a oferecer, mais oportunidade de acesso à prática de Ensino do esporte escolar aos alunos­atletas.Capítulo 4FOMENTO E PROMOÇÃOArtigo   4º   ­  Os   jogos   de   Integração   da   E.E.F.M   Francisco   Nonato   Freire   são fomentadas e custeadas com recursos da E. E. F. M. Francisco Nonato Freire.Capítulo 5RESPONSABILIDADESArtigo   5º   –  Caberão   ao   Poder   Executivo   e   as   demais   instituições   envolvidas: Direção Geral e Professores de todas as áreas:
  3. 3. 1. Gerência da competição;2. Arbitragem, coordenadores e pessoal técnico;3. Transporte para reuniões técnicas e arbitragens;4. Premiação para todas as categorias;5. Divulgação da Competição.6. Alimentação dos alunos e comissão inscritos;7.  Transporte para alunos e comissão inscritos.Capítulo 6PODERESArtigo 6º ­  Os jogos de Integração da E.E.F.M. Francisco Nonato Freire serão reconhecidos os seguintes poderes:a) Comissão de Honra;b) Comissão Organizadora;c) Comissão Disciplinar.Parágrafo Primeiro – A Comissão de Honra dos  jogos de Integração da E.E.F.M. Francisco Nonato Freire será composta pela Diretora da escola e sua coordenação.Parágrafo   Segundo   –  A   Comissão   Organizadora   dos   jogos   de   Integração   da E.E.F.M Francisco Nonato Freire será composta por representantes da coordenação de ensino do Francisco Nonato Freire.Parágrafo Terceiro  – A Comissão Disciplinar será nomeada de acordo  com as disposições do Código Nacional de Organização da Justiça e Disciplina Desportiva e pela Comissão Organizadora.Artigo 7º ­ A Comissão Organizadora será assim composta:a) Diretora da escola de Ensino Fundamental e Médio Francisco Nonato Freire;b) Coordenador da Célula de Esporte;c) Representantes dos Professores;Parágrafo Único ­ Compete a Comissão Organizadora:a) Planejar, organizar, aprovar o regulamento e executar a competição, observando as Diretrizes Gerais dos jogos, baseadas no Regulamento Nacional;b) Supervisionar o plano de execução dos jogos;c) Propor medidas complementares para o bom desempenho das ações de execução dos jogos;d) Promover a integração das diversas Comissões e indicação da contratação de Recursos Humanos, caso necessário;e) Fazer acompanhamento de todas as etapas, prestar informação e esclarecimento as autoridades;f) Elaborar o relatório final, com avaliação dos jogos.Artigo 8º – A Comissão Disciplinar será composta por 01 (um) Presidente e por 02   (dois)   membros   indicados   pela   Comissão   Organizadora,   e   será   responsável 
  4. 4. pelas decisões disciplinares dentro da competição.Capítulo 7MODALIDADESArtigo   9º   ­  As   modalidades   que   serão   disputadas   nos   jogos   de   Integração   da Escola   de   Ensino   Fundamental   e   Médio   Francisco   Nonato   Freire   serão   as seguintes:Parágrafo Primeiro – Modalidades Individuais: Atletismo (100m, 200m e salto a distância), Tênis de Mesa Dama, Xadrez, Pimbolim nas categorias oferecidas e nos naipes masculino e feminino.   Parágrafo   Segundo   ­  Modalidades   Coletivas:   Futsal,   atletismo   (revezamento 4x100m) nas categorias oferecidas e nos naipes masculino e feminino. Parágrafo   Terceiro   –  Cada   delegação   poderá   ser   composta   pelo   quantitativo máximo   de   alunos­atletas   e   técnicos   indicados   nas   modalidades   (individuais   e coletivas).Capítulo 8Inscrições e ParticipaçãoArtigo 10º ­  Poderão participar dos jogos de Integração da E.E.F.M. Francisco Nonato Freire todas as SÉRIES que sejam do Francisco Nonato Freire e anexo, que realizarem suas inscrições dentro do período estabelecido e que emitam matrículas dos respectivos alunos.Artigo   11º   ­  Poderá   participar   dos   jogos   de   Integração   da   E.E.F.M.   Francisco Nonato Freire o aluno/atleta que esteja matriculado no FNF e anexo.Artigo 12º – As inscrições serão recebidas na Secretaria da Escola  FNF, com a professora   Karol   e/ou   o   professor   Marquinhos.   Após   a   inscrição   realizada   não serão permitidas alterações de dados na ficha.Parágrafo   Primeiro   –  Cada   SERIE   poderá   inscrever,   no   máximo,   12   (doze) alunos/atletas no Futsal e no mínimo 05 aluno altleta, e não poderá atleta sai de sua serie para joga por outra série salvo o goleiro, só se a série não estiver o número de 05 atletas inscritos.Parágrafo Segundo – O atleta poderá participar de duas modalidade coletiva e duas individuais.
  5. 5. Capítulo 9Congresso TécnicoArtigo  13º   ­  O   Congresso  Técnico   será   realizado   em   data   a   ser   definida   pela coordenação e poderão participar representantes das SERIE  inscritas, professores, técnicos e árbitros.Parágrafo Primeiro – O Congresso Técnico será realizado sempre antes de cada etapa dos jogos, e seguirá a seguinte ordem do dia:a) Divulgação das formas de disputa em cada modalidade;b) Sorteio das SERIE para competição dos grupos nas modalidades;c) Instruções específicas a cada modalidade;d) Delimitação dos atletas da ficha de inscrição que participarão da etapa;e) Outros assuntos de interesse geral, com referência aos jogos.Capítulo 10Da Premiação e Cerimônia de AberturaArtigo 14º ­ Serão concedidos os seguintes prêmios aos participantes:a)   Para  as  modalidades   coletivas   –   Medalhas   para   as   equipes   campeãs  e   vice­campeãs.b) Para as modalidades individuais – Medalhas de 1º e 2º lugares em cada prova e naipe disputados.Artigo 15º ­  A Cerimônia de Abertura será realizada no dia, local e horário a confirmar pela Comissão Organizadora;Parágrafo Primeiro – A participação na cerimônia de abertura é obrigatória para todas as SÉRIES inscritas.Parágrafo   Segundo   –  As   delegações   deverão   comparecer   à   cerimônia, devidamente uniformizadas, sendo que a definição do número de participantes será decidida posteriormente, por meio de comunicado oficial.Parágrafo Terceiro – A cerimônia de premiação será organizada de acordo com a programação estabelecida pela Comissão Organizadora.Capítulo 11Normas Técnicas
  6. 6. Artigo 16º ­ Os jogos serão regidos pelas Regras Oficiais de cada modalidade, de suas respectivas Confederações e pelo que dispuser este Regulamento.Artigo 17º ­ Os jogos serão regidos pelo sistema de pontos ganhos, obedecendo­se os seguintes critérios:a) 03 (três) pontos por VITÓRIA;b) 01 (um) ponto por EMPATE; c) 00 (zero) ponto por DERROTA;Artigo 18º ­  A equipe que vencer por WxO terá computado a seu favor o maior placar de sua chave, que servirá para critério de classificação.Artigo 19º ­ Quando houver empate entre, 02 (duas) equipes na soma de pontos, o desempate far­se­á da seguinte maneira e em ordem sucessiva de eliminação:a) A SERIE ter participado da Cerimônia de Abertura;b) Resultado do confronto direto.c) Maior número de vitórias na fase;d) Maior número de gols prós;e) Maior saldo de gols;f) Critério disciplinar;g) Sorteio.Artigo   20º   ­  O   critério   disciplinar   será   apurado   da   seguinte   maneira,   caso   de empate:a) No FutsalI)   Cartão   Vermelho   –   perda   de   02   (dois)   pontos   na   contagem   final,   para   a classificação da modalidade na chave, por cartão recebido;II)   Cartão   Amarelo   ­   perda   de   01   (um)   ponto   na   contagem   final,   para   a classificação da modalidade na chave, por cartão recebido.c)   Na   Classificação   Geral   dos   jogos   de   Integração   da   E.E.F.M.   Francisco Nonato Freire obedecerá o seguinte sistema de pontuação:I)   1º Lugar: 13 pontos;II)  2º Lugar: 08 pontos;III) 3º Lugar: 06 pontos.Capítulo 12Formas de CompetiçãoArtigo 21º ­ A forma da competição obedecerá:Parágrafo   Primeiro   ­  O   sistema   de   competição   das   modalidades   individuais obedecerá ao estabelecido nos Regulamentos específicos e que for deliberado por 
  7. 7. ocasião dos Congressos Técnicos de cada modalidade.Parágrafo Segundo – O sistema de competição das modalidades coletivas será de chaves jogando todos contra todos, dentro da chave e se cruzando.Parágrafo   Terceiro   ­  Acima   de   16   (dezesseis)   equipes   o   sistema   será   de eliminatória simples.Artigo 22º ­ Os jogos terão seu início e horário fixado na tabela e divulgado nos boletins.Parágrafo Primeiro ­ Será considerada perdedora por ausência WxO a equipe que não estiver no local de competição até 15 (quinze) minutos no máximo, e com a permissão da Comissão Organizadora.Parágrafo Segundo –  Todas as equipes participantes deverão estar no local de competição 30 (trinta) minutos antes do horário previsto para a sua partida em condições de jogo.Capítulo 13Da ArbitragemArtigo 23º ­ Os componentes da equipe de arbitragem dos jogos de Integração da E.E.F.M. Francisco Nonato Freire serão indicados pela Comissão Organizadora e não poderão ser recusados em hipótese alguma, pelas equipes participantes.Parágrafo Único –  A quantidade de árbitros por modalidade será definida pela Comissão Organizadora, de acordo com a necessidade.Artigo 24º ­ As funções dos componentes da equipe de arbitragem começarão no momento da chegada à quadra esportiva e terminarão   após o encerramento dos jogos que realizaram.Capítulo 14Das Denúncias e JulgamentosArtigo 25º ­ Qualquer participante dos jogos de Integração da E.E.F.M. Francisco Nonato   Freire,   expulsos   ou   desqualificados   diretamente   de   uma   partida,   estará automaticamente suspenso da partida seguinte, independentemente de julgamento da Comissão Disciplinar.Artigo 26º  ­ A aplicação das sanções disciplinares ocorrerá em decorrência da gravidade da infração a critério exclusivo da Comissão Disciplinar, tendo em vista 
  8. 8. o   que   consta   nas   súmulas   das   competições   ou   em   face   dos   relatórios   das autoridades esportivas competentes.Artigo 27º ­ As sanções disciplinares entrarão automaticamente estará em vigor a partir   das   decisões   da   Comissão   Disciplinar,   as   quais   serão   irrecorríveis   e imediatamente   comunicadas   aos   representantes   das   SERIE   para   ciência   e cumprimento.Artigo 28º – Qualquer irregularidade poderá ser denunciada por escrito na súmula, pelo capitão ou técnico da equipe, até 10 (dez) minutos após o encerramento do jogo.Parágrafo Primeiro – Após a denúncia em súmula, a SÉRIE denunciante disporá de 04 horas, para oficializar o protesto junto a Comissão Organizadora;Parágrafo Segundo – O relatório dos árbitros em súmula servirá como denúncia para julgamento de atletas e dirigentes.Parágrafo Terceiro – A SÉRIE denunciante caberá a apresentação das provas que fundamentem a denúncia.Artigo   29º  –   O   atleta,   dirigente   ou   técnico   que   como   participante   de   uma competição ferir as normas disciplinares, ou agir de forma anti desportiva, será julgado pela Comissão Disciplinar.Artigo 30º – É cabido a qualquer participante dos jogos de Integração da E.E.F.M. Francisco   Nonato   Freire,o   direito   de   apresentar   a   Comissão   Disciplinar   sobre qualquer   irregularidade   que   seja   do   seu   conhecimento,   para   apuração   e julgamento.Artigo 31º ­ Poderão ser aplicadas as seguintes sanções disciplinares:a) Advertência oral;b) Censura escrita;c) Suspensão; d) Exclusão dos jogos de Integração da E.E.M. Francisco Nonato Freire.Artigo 32º – A ignorância e a errada compreensão do regulamento não eximem de pena. Alto Santo – Ceará, 06 de outubro de 2011. 
  9. 9.       JOGOS DE INTEGRAÇÃO DA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO EM  COMEMORAÇÃO AO SEU 32º ANIVERSÁRIO                     Ficha de Inscrição   Categoria: __________________________________________________________   Nome da Equipe: ____________________________________________________   Nome completo do Responsável: ________________________________________   Fones:_____________________________/________________________________   Nº Nome do Aluno/Atleta Data de  Identidade Nascimento 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12. 13. 14. 15. 16. 17. 18. 19. 20.                                                  ____________________________________________                                                                   Assinatura do Responsável

×