O empirismo de John Locke

1.746 visualizações

Publicada em

O empirismo de John Locke

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.746
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
77
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O empirismo de John Locke

  1. 1. Empirismo
  2. 2. Empirismo  O empirismo é uma doutrina filosófica que tem como principal teórico o inglês John Locke (1632-1704).  O conhecimento é limitado às experiências vivenciadas, e as aprendizagens se dão por meio de tentativas e erros.
  3. 3.  Entende-se por empírico aquilo que pode ser comprovado por meio de experiências e observações.  Para os empiristas, teorias não bastam, somente através da experiência e de fatos ocorridos observados um conhecimento é considerado verdadeiro.
  4. 4.  Segundo Locke, “nada pode existir na mente que não tenha passado antes pelos sentidos”  As idéias surgem da experiência externa (via sensação), ou interna (via reflexão).
  5. 5.  No empirismo, qualquer afirmação de cunho espiritual ou religioso é rejeitada, pois para essas afirmações não há experimentação, testes ou comprovações.
  6. 6.  Em seu livro Ensaio Sobre o Entendimento Humano, Locke descreve a mente humana como uma tabula rasa , onde, por meio da experiência, vão sendo gravadas as ideias.
  7. 7.  O empirismo causou uma grande revolução na ciência, pois graças à valorização das experiências e do conhecimento científico, o homem passou a buscar resultados práticos.
  8. 8. Resumo Empirismo Principal teórico Revolução científica
  9. 9. Atividade de fixação do conteúdo  1 - Em que consiste a doutrina filosófica denominada Empirismo?  2 - Qual o principal teórico do Empirismo?  3 - Explique o sentido da frase "nada pode existir na mente que não tenha antes passado pelos sentidos".

×