Aula de Redação nº 03

2.334 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.334
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
406
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
93
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula de Redação nº 03

  1. 1. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com <ul><li>Há críticas, em relação à linguagem – e especialmente à própria grafia –, usadas pelos jovens nas mensagens eletrônicas. São muitas abreviações, trocas de letras, simplificações e símbolos, que estariam empobrecendo a Língua Portuguesa, segundo essa visão. </li></ul><ul><li>Por outro lado, há especialistas em leitura e escrita que defendem a ideia de que, “graças à Internet, hoje se lê e se escreve muito mais”. O “internetês” seria, assim, um instrumento de comunicação entre jovens extremamente criativos. </li></ul>
  2. 2. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com <ul><li>Erros frequentes em uma redação </li></ul><ul><li>Desenvolvimento em apenas um parágrafo; </li></ul><ul><li>Uso do pronome relativo ONDE – Só deve ser empregado para indicar lugar. – “... com isso veio a necessidade de criar uma linguagem mais simples, onde algumas palavras foram reduzidas e até sinais criados.” </li></ul><ul><li>Uso de gírias – “... faz com que tenha o hábito de conversar na net ”. </li></ul>
  3. 3. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com <ul><li>Repetição de palavras ou expressões muito próximas – “... o uso dos símbolos ao invés de falar uma palavra substitui por símbolos o exemplo...”. </li></ul><ul><li>Uso da 1ª pessoa – “ Eu acho então que a tecnologia...”. </li></ul><ul><li>Uso do mau e do mal – “... às vezes as pessoas acabam interpretando mau essa abreviação...”. (mal X bem / mau x bom) </li></ul>
  4. 4. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com <ul><li>Uso inadequado do mas/mais – “... críticas na maioria das vezes, mais as mudanças devem ser...”.( mas = porém, todavia, entretanto, contudo, exprime ideia contrária à anterior / mais = maior quantidade, soma, oposição a menos) </li></ul><ul><li>Concordância errada – “A grafia hoje usada não só pelo jovem como também pelos adultos nas redes sociais estão acabando...”. </li></ul><ul><li>Uso de verbos no modo imperativo – “Portanto, faça uma análise do que é melhor para a linguagem...”. </li></ul>
  5. 5. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com <ul><li>Termos vazios e sem lógica – “... os meios de comunicações estão mais aprimorados no nosso mundo a cada dia que passa por todo mundo ...”. </li></ul><ul><li>Uso do A e do Há – Usa-se A quando não significar faz , para expressar distância ou tempo futuro . / Usa-se HÁ (verbo haver) quando significar faz , para indicar tempo passado . Ex.: As eleições de prefeito e vereador ocorrerão daqui a poucos meses. / As reivindicações dos trabalhadores foram feitas há muito tempo . </li></ul>
  6. 6. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com <ul><li>Uso da 2ª pessoa (coloquial) – “... não é em todo tipo de ambiente que você pode se expressar por código...”. “... em uma redação você não pode abreviar...”. </li></ul><ul><li>Não acentuar os verbos TER e VIR na 3ª pessoa do plural – “... pode-se afirmar que no mundo globalizado de hoje quase todos os jovens tem ...”. (Não se usa mais o acento nas palavras terminadas em eem e oo(s), mas permanecem os acentos que diferenciam o singular do plural dos verbos TER e VIR, assim como de seus derivados (manter, deter, convir, intervir etc.) Ex.: Eles leem o livro. / Eles creem no padre. </li></ul>
  7. 7. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com <ul><li>Afirmações não comprovadas – “Antigamente não existia tecnologia...”. </li></ul><ul><li>Uso da expressão por tanto com sentido de concussão – “ Por tanto , temos que saber usar nossa linguagem...”.O correto é portanto . </li></ul><ul><li>Período composto sem um termo de ligação – “... são essas abreviações como face, msm está preocupando muitos estudiosos...”. </li></ul>
  8. 8. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com <ul><li>Uso do este e esse de forma indevida – “ ... a tendência hoje é essa : que os jovens fique ligados mais nos meios eletrônicos...” / “... a rapidez com que a informação é passada facilita bastante as relações sociais... mas este dinamismo...”. </li></ul><ul><li>Começar um período usando o pronome esse (e seus derivados) sem haver outro período anterior para contextualizar – “Muitos desses jovens usam esse tipo de linguagem por mais prático...”. </li></ul>
  9. 9. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com <ul><li>Uso do trás e do traz de forma equivocada – “... o incentivo à leitura, a gostar da escrita e mostrar o que trás de ruim...”. (Traz = flexão do verbo trazer / Trás = ao termo atrás) </li></ul><ul><li>Mesmo estando de acordo com as normas gramaticais, separar uma palavra de forma a deixar uma vogal sozinha no início ou no fim da margem – “... abreviadas pelas pessoas de menor faixa etária a-través da comunicação ...”. </li></ul>
  10. 10. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com <ul><li>Uso de termos próximos ou sinônimos dando ideia de redundância – “Hoje nos dias atuais...”. </li></ul><ul><li>Não usar as margens da página por completo. </li></ul><ul><li>Uso da expressão a gente para designar a 1ª pessoa do plural – “ A gente pode se divertir de várias formas, mas sem...”.Nós podemos nos divertir... </li></ul>
  11. 11. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com <ul><li>Uso da palavra coisa – “... isso deixa muitos jovens na frente do computador lendo coisas , escrevendo coisa s”. </li></ul><ul><li>Uso da expressão porque de forma equivocada – “... o que para muitos trouxe dificuldade, mas porque dificuldade?”.(...mas por que dificuldade?) seria o correto, já que se trata de uma interrogativa e fica subentendida a palavra razão ou motivo depois dela . </li></ul>
  12. 12. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com <ul><li>A pessoalidade na conclusão do texto – “ Concluímos dessa forma que certos recursos acabam facilitando...”. </li></ul><ul><li>Junção da preposição com a palavra seguinte – “ Numa conversa de jovens numa rede social...” (preposição em + artigo indefinido uma ). Em uma conversa de jovens... seria o correto. </li></ul>
  13. 13. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com <ul><li>Expressões que deixam dúvida, incerteza – “... isso meio que se tornou uma regra do internetês...”.O correto é “...isso se tornou uma regra do internetês...” </li></ul><ul><li>Ortografia incorreta das palavras – “O método da escrita em acréssimos de palavras...”./ ”O método da escrita em acréscimos de palavras...” é o correto. </li></ul>
  14. 14. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com <ul><li>As expressões anexo , incluso e obrigado escritas de forma equivocada – Anexo e incluso exercem papel de adjetivo, por isso concordam com a palavra a que se referem. Ex.: Ele enviará anexos ao contrato os recibos . / As taxas inclusas na mensalidade eram ilegais. </li></ul><ul><li>A locução em anexo é invariável. Ex.: As cópias irão em anexo. </li></ul><ul><li>Obrigado também é uma palavra de valor adjetivo, por isso deve ser empregada no masculino ou no feminino, concordando com a pessoa que faz o agradecimento. Ex.: Muito obrigado. Foi assim que ele agradeceu a todos. / A garotinha disse timidamente: obrigada. </li></ul>
  15. 15. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com <ul><li>Uso de expressões vagas ou significado amplo e sua adequada contextualização. Ex.: conceitos como “certo”, “errado”, “democracia”, “justiça”, “liberdade”, “felicidade” etc. </li></ul>
  16. 16. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com <ul><li>Uso de expressões como “belo”, “bom”, “mau”, “incrível”, “péssimo”, “triste”, “pobre”, “rico” etc.; são juízos de valor sem carga informativa, imprecisos e subjetivos. </li></ul>
  17. 17. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com <ul><li>Alguns erros </li></ul><ul><li>Antigamente não existia tecnologia , mas com dos anos ela começou a avançar , tudo ficou mais fácil e rápido. </li></ul><ul><li>Mas os jovens se a profundaram, na tecnologia e começaram a abreviar as palavras pra ficar mais fácil de se comunicar entre eles. </li></ul>
  18. 18. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com <ul><li>A língua falada nem sempre é como escrevemos, com o avanço tecnológico, a internet é fonte de pesquisa e de bate papo entre as pessoas... </li></ul>
  19. 19. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com <ul><li>Eu acho então que a tecnologia devia inventar um detector em todo tipo de mensagem que detectasse abreviação errada... </li></ul><ul><li>Poderíamos concluir que com esse uso das grafias podemos... </li></ul>
  20. 20. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com <ul><li>Portanto posso afirmar que estes aparatos tecnológicos e ... </li></ul>

×