Denis Diderot

1.484 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.484
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
48
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Denis Diderot

  1. 1. Joana Rodrigues, Nº7, 11ºB
  2. 2. Quem foi ?  Foi um importante escritor, enciclopedista e filósofo francês do século XVIII;  Nasceu na cidade francesa de Langres em 1713 e faleceu em Paris em 1784;  É considerado uma das principais figuras do Iluminismo e um grande entusiasta da Revolução Francesa;  É associado a personalidades como Rousseau e Voltaire;  Encontra-se sepultado no Panteão de Paris.
  3. 3. Principais factos/eventos  Era ateu e extremamente materialista;  Estudou no Colégio Jesuíta de Langres, recebendo formação educacional baseada no Humanismo, onde iniciou a sua carreira como eclesiástica;  Foi morar em Paris no início da década de 1730, onde passou a trabalhar como tradutor;  Graduou-se em Artes na cidade de Paris entre os anos de 1729-1732, mas foi um grande estudioso de leis, literatura, filosofia e matemática.
  4. 4.  Em 1747, em parceria com d'Alembert, começou a fazer a elaboração editorial da Enciclopédia. Além de fazer a tradução para o francês André Le Breton e a organização da Cyclopaedia, Diderot fez várias atualizações e complementações;  De 1750 a 1772, dedicou-se a edição da Enciclopédia ;  Em 1773, com 60 anos, foi enviado para a corte de São Petersburgo, atuando como conselheiro da czarina.
  5. 5. Obra Prima A sua obra-prima foi a edição da Encyclopédie (1750-1772), onde reportou todo o conhecimento que a humanidade tinha até à sua época. Demorou 21 anos para ser editada, e é composta por 28 volumes. Ainda que na época os que sabiam ler fossem poucos, ela foi vendida com sucesso.
  6. 6. A primeira peça relevante da sua carreira literária é “Cartas sobre os cegos para uso por aqueles que veem”, em que sintetiza a evolução do seu pensamento desde o deísmo até materialismo ateu, e tal obra culminou em sua prisão, durante cerca de um mês. Diderot debruçou-se sobre vários assuntos: matemática, filosofia e anatomia. Também escreveu obras sobre estética, literatura, artes plásticas e dois dramas. Os romances que escreveu seguiam o estilo do escritor inglês Sterne.
  7. 7. A sua filosofia, exposta fragmentariamente e por vezes contraditória, foi a primeira a ser elaborada com base em dados fornecidos pelas ciências exatas, numa espécie de materialismo científico. Meditando sobre as descobertas dos sábios de sua época, chegou a conclusões realmente geniais, tendo antecipando as teorias da evolução e da constituição celular dos seres vivos. Denis conseguiu uma grande fortuna mas mesmo assim deu continuidade, com empenho e entusiasmo, apesar da oposição da Igreja Católica, aos seu estudos.
  8. 8.  Foi um dos primeiros autores a fazer da literatura um ofício, mas sem esquecer que era um filósofo.  Preocupava-se sempre com a natureza do homem, a sua condição, os seus problemas morais e o sentido do destino.  Admirador entusiasta da vida em todas as suas manifestações, Diderot não reduziu a moral e a estética à fisiologia, mas situou-as num contexto humano total, tanto emocional como racional.  Diderot é considerado por muitos um mensageiro da filosofia anarquista.
  9. 9. Pensamentos e ideias defendidas  Importância da Ciência como principal motor do desenvolvimento e progresso humano;  A política deve se incumbir de eliminar as diferenças sociais;  A religião deve ficar restrita ao campo de formação do comportamento humano.  A tecnologia é de fundamental importância para o desenvolvimento econômico das nações.  Foi um crítico do Absolutismo e do poder e influência da Igreja na sociedade.

×