Oficina De Futuro

4.518 visualizações

Publicada em

Apresentação para oficina de futuro

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.518
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
86
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Oficina De Futuro

  1. 1. Oficina de Futuro 32ª Coordenadoria Regional de Educação São Luiz Gonzaga/RS
  2. 2. <ul><li>OFICINA DE IDÉIAS </li></ul><ul><li>OFICINA DE APRENDIZAGEM </li></ul><ul><li>OFICINA DE PLANEJAMENTO </li></ul><ul><li>OFICINA DE DIAGNÓSTICO </li></ul>Oficina de Futuro
  3. 3. Objetivos da Oficina de Futuro ATORES SOCIAIS <ul><li>Pensar nos problemas sociais, históricos, geográficos e políticos; </li></ul><ul><li>Sonhar coletivamente; </li></ul><ul><li>Refletir sobre os desafios atuais; </li></ul><ul><li>Propor estratégias de trabalho; </li></ul>coletivamente
  4. 4. Objetivos da Oficina de Futuro <ul><li>Estimular as responsabilidades; </li></ul><ul><li>Organizar idéias e Definir quais as ações prioritárias para a concretização de um sonho. </li></ul><ul><li>Exercitar a cidadania. </li></ul>ATORES SOCIAIS coletivamente
  5. 5. Mudanças Ambientais Globais <ul><li>Terra: </li></ul><ul><li>Biosfera - Biodiversidade – Deflorestamento </li></ul><ul><li>Água: </li></ul><ul><li>Hidrosfera - Recursos hídricos – Desertificação </li></ul><ul><li>Fogo: </li></ul><ul><li>Sociosfera - Energia e mobilidade – Matriz energética e transportes </li></ul><ul><li>Ar: </li></ul><ul><li>Atmosfera - Ar e Clima - Mudanças climáticas </li></ul>
  6. 6. Fases da Oficina de Futuro <ul><li>Crítica(desespero) </li></ul><ul><ul><li>Todas as críticas são permitidas </li></ul></ul><ul><ul><li>Não é permitido criticar as críticas </li></ul></ul><ul><li>Utopia(euforia) </li></ul><ul><ul><li>Busca dos sonhos </li></ul></ul><ul><li>Realização </li></ul><ul><ul><li>Volta para a realidade </li></ul></ul><ul><ul><li>Ações a serem executadas </li></ul></ul>
  7. 7. <ul><ul><li>Alunos(as) </li></ul></ul><ul><ul><li>Professores(as) </li></ul></ul><ul><ul><li>Funcionários(as) </li></ul></ul><ul><ul><li>Representantes da Comunidade </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Poder público </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>ONGs </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Universidades </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Sociedade Civil </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Imprensa </li></ul></ul></ul>Participantes
  8. 8. <ul><ul><li>Incitar nos participantes uma curiosidade e um interesse em contribuir na construção do processo e não apenas participar; </li></ul></ul><ul><ul><li>Montar um roteiro de trabalho, planejamento e evolução da cada uma das etapas da Oficina; </li></ul></ul><ul><ul><li>Explicações claras e objetivas sobre a dinâmica, o objetivo e a metodologia; </li></ul></ul><ul><ul><li>Expressar confiança, interromper discussões que possam levar a confrontos pessoais e exercer a autoridade de moderador. </li></ul></ul>Moderador
  9. 9. <ul><ul><li>Local agradável </li></ul></ul><ul><ul><li>Material adequado </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Murais </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Fichas coloridas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Canetas hidrocor </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Material reciclável </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Som </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>etc... </li></ul></ul></ul>Local e Materiais
  10. 10. Princípios básicos para o êxito da Oficina <ul><li>Somos sonhadores </li></ul><ul><li>Somos importantes </li></ul><ul><li>Somos otimistas </li></ul><ul><li>Somos criativos </li></ul><ul><li>As nossas contribuições são valiosas </li></ul><ul><li>Não existe restrições em pensar </li></ul><ul><li>Trabalharemos coletivamente </li></ul><ul><li>Evitaremos perda de tempo </li></ul><ul><li>Ficaremos dentro do limite de tempo </li></ul><ul><li>Aceitaremos as regras do jogo (fases) </li></ul><ul><li>Aceitaremos a seqüência das fases </li></ul><ul><li>Encontraremos soluções </li></ul>
  11. 11. <ul><li>1. MURO DAS LAMENTAÇÕES </li></ul>Origem: Muro das Lamentações ou Muro Ocidental: local sagrado do judaísmo
  12. 12. QUAIS SÃO OS PROBLEMAS AMBIENTAIS QUE EXISTEM NA MINHA REGIÃO?
  13. 13. MURO DAS LAMENTAÇÕES <ul><li>Momento de discussão dos desafios, das dificuldades, dos problemas, das angústias do grupo frente a uma temática; </li></ul><ul><li>Discussão sobre as diferentes percepções e conceitos, que serão utilizados como instrumentos na última fase. </li></ul><ul><li>Deve ser criado um clima de confiança (mesmo com as críticas expressas) </li></ul><ul><li>Muro, nuvem, lágrima. </li></ul>
  14. 14. <ul><li>2. ÁRVORE DOS </li></ul><ul><li>SONHOS </li></ul>
  15. 15. QUAL O MEIO AMBIENTE QUE EU SONHO PARA MINHA REGIÃO?
  16. 16. ÁRVORE DOS SONHOS <ul><li>Busca de soluções criativas, utópicas, do imaginário; </li></ul><ul><li>Os sonhos significam nossos desejos individuais; </li></ul><ul><li>Corresponde ao momento de estabelecer os objetivos que se quer obter ao final de um período determinado; </li></ul><ul><li>Cartelas em forma de folhas, frutos, sementes, flores... </li></ul>
  17. 17. <ul><li>3. PEDRAS NO CAMINHO </li></ul>
  18. 18. <ul><li>Obstáculos a serem superados pelo grupo </li></ul><ul><li>Dificuldades que o grupo possui para chegar ao mundo sonhado </li></ul><ul><li>Projeto: justificativa ou análise da situação </li></ul><ul><li>Pedras embaixo da árvore... </li></ul>Pedras no caminho
  19. 19. <ul><li>4. RESGATE HISTÓRICO </li></ul>- Memória Viva -
  20. 20. RESGATE HISTÓRICO Nosso Hoje, nossa história <ul><li>Relembrar o passado; </li></ul><ul><li>Discutir o presente; </li></ul><ul><li>Discutir os projetos já realizados, as dificuldades e os resultados alcançados; </li></ul><ul><li>(Re)construir um plano de ações a partir das lições do passado; </li></ul><ul><li>Elaboração das oficinas temáticas: discussão dos temas que surgiram no muro das lamentações, fazendo com que o grupo compreenda a trajetória de cada problemática. </li></ul>
  21. 21. <ul><li>5. PLANO DE AÇÕES: </li></ul>AGENDA DE COMPROMISSOS DO GRUPO
  22. 22. Plano de Ações <ul><li>Temática </li></ul><ul><li>Objetivos </li></ul><ul><li>Ação </li></ul><ul><li>Atores responsáveis </li></ul><ul><li>Prazo </li></ul><ul><li>Indicadores Avaliativos </li></ul><ul><li>Observação </li></ul>
  23. 23. Plano de Ações <ul><li>Metas e prazos que ajudam a realização das propostas e documentem os compromissos assumidos; </li></ul><ul><li>Agenda: estimula o agir coletivo e construtivo; </li></ul><ul><li>Deve sempre ser agendado a próxima reunião visando a continuidade da oficina como rotina de trabalho . </li></ul><ul><li>O grupo deve perceber quais os temas mais relevantes no seu contexto e as condições que tem para enfrentá-los, perceba as suas potencialidades, vocação e conhecimentos específicos, além de uma maneira própria de sonhar as melhorias para a atuação pessoal e coletiva em sua localidade. </li></ul>
  24. 24. FASES DA OFICINA DE FUTURO <ul><li>Muro das lamentações </li></ul><ul><li>Árvore dos Sonhos </li></ul><ul><li>Pedras no Caminho </li></ul><ul><li>Resgate Histórico </li></ul><ul><li>Plano de Ações </li></ul>
  25. 25. Oficinas de Futuro <ul><li>Árvore dos Sonhos </li></ul><ul><li>Muro das Lamentações </li></ul><ul><li>Resgate Histórico </li></ul><ul><li>Plano de Ações </li></ul><ul><li>Muro das Lamentações </li></ul><ul><li>Árvore dos Sonhos </li></ul><ul><li>Resgate Histórico </li></ul><ul><li>Plano de Ações </li></ul><ul><li>Árvore dos Sonhos </li></ul><ul><li>Pedras no caminho </li></ul><ul><li>Resgate Histórico </li></ul><ul><li>Plano de Ações </li></ul>
  26. 26. <ul><li>“ Na utopia dos sonhos é que construímos a nossa melhor realidade” </li></ul><ul><li>Camilla Borges </li></ul>
  27. 27. <ul><li>Essa apresentação foi criada e utilizada pelos oficineiros Marcelo, Márcia, Lucimar e Luana na Formação Estadual da III CNIJMA em Porto Alegre/RS. Nós apenas readaptamos o material para a nossa realidade. </li></ul>

×