Alimentos Irradiados

13.633 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.633
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
435
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Alimentos Irradiados

  1. 1. Alimentos Irradiados
  2. 2. <ul><li>Desde os primeiros tempos, as pessoas procuram cuidar melhor de seus alimentos utilizando variados métodos de preservação, de modo a controlar a sua deterioração, a transmissão de doenças e a infestação de insetos. </li></ul><ul><li>Através dos séculos, as técnicas de preservação de alimentos foram se desenvolvendo com o aumento do conhecimento cientifico. </li></ul><ul><li>A irradiação promete melhorar nossa habilidade de conservar os alimentos e, ao mesmo tempo, reduzir a incidência de algumas doenças próprias dos mesmos. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Uma parte considerável da produção mundial de alimentos </li></ul><ul><li>é desperdiçada por problemas de: </li></ul><ul><li>armazenamento, </li></ul><ul><li>conservação e </li></ul><ul><li>transporte. </li></ul><ul><li>Ao desperdício, somam-se os custos sociais e econômicos </li></ul><ul><li>das doenças causadas pela contaminação  de alimentos </li></ul><ul><li>por: </li></ul><ul><li>bactérias, </li></ul><ul><li>parasitas, </li></ul><ul><li>vírus e toxinas. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>As poucas estatísticas existentes sobre o número desses casos são alarmantes. Estudos realizados nos EUA indicam a ocorrência de 12 milhões de casos por ano de doenças, sendo 6 milhões causadas por bactérias pertencentes aos gêneros ; </li></ul><ul><li>Salmonella, </li></ul><ul><li>Campylobacters, </li></ul><ul><li>Staphylococcus e </li></ul><ul><li>Usteria </li></ul>
  5. 5. COMO FUNCIONA A IRRADIAÇÃO DE ALIMENTOS
  6. 6. <ul><li>Irradiação de alimentos é um processo básico de tratamento comparável à pasteurização térmica, ao congelamento ou enlatamento. Este processo envolve a exposição do alimento, a um dos três tipos de energia ionizante: raios gama, raios X ou feixe de elétrons. </li></ul><ul><li>A fonte mais comum de raios gama, para processamento de alimentos, é o radioisótopo Co. O alimento é tratado por raios gama, originados do Cobalto 60 em uma instalação conhecida como irradiador. </li></ul>
  7. 7. OS BENEFÍCIOS
  8. 8. <ul><li>Desinfeta alimentos atacados por insetos </li></ul><ul><li>Controla doenças originárias dos alimentos como a salmonelose </li></ul><ul><li>Pode aumentar o tempo de prateleira estocagem de muitos alimentos </li></ul><ul><li>Mantém o valor nutricional, o sabor e a textura dos alimentos por muito mais tempo </li></ul><ul><li>Consequentemente diminui o desperdício dos alimentos </li></ul>
  9. 9. A SEGURANÇA DOS ALIMENTOS IRRADIADOS
  10. 10. <ul><li>O nível de dose utilizado na irradiação de alimentos é no máximo 10 kGy cujo valor é muito menor aos outros processos, como o aquecimento e o uso do forno de micro-ondas </li></ul><ul><li>A irradiação pode induzir a formação de algumas substâncias. Estas substâncias não são radioativas e não são exclusivas dos alimentos irradiados. Muitas delas são substâncias encontradas naturalmente nos alimentos ou produzidas  durante o processo de aquecimento. </li></ul><ul><li>Em relação aos nutrientes, a irradiação promove poucas mudanças. Outros processos de conservação, como o aquecimento, podem causar reduções muito maiores dos </li></ul><ul><li>nutrientes. </li></ul>
  11. 11. Ao lado temos um mamão irradiado e outro não.
  12. 12. Símbolo utilizado para identificar os alimentos irradiados

×