Escritores e novas mídias

4.130 visualizações

Publicada em

Escritores e Novas Mídias - Possibilidades de produção literária na Era Digital

Publicada em: Educação, Tecnologia, Esportes
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.130
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.966
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Escritores e novas mídias

  1. 1. Escritores e Novas MídiasPossibilidades de produção literária na Era Digital.
  2. 2. Jornalista. Pós-graduanda em Comunicação Organizacional e Tecnologia. Casada com as Mídias Sociais. Paquera o Marketing e a Cultura Digital. Amante da fotografia, literatura e seriados.www.jeniffersantos.com.brwww.subindonotelhado.com.br
  3. 3. A escrita e leitura
  4. 4. Novas Mídias
  5. 5. Novas Mídias Compartilhar Interagir Mobilidade Produção Livre Acessibilidade Multimídia
  6. 6. Blogs literáriosEspaço para publicar conteúdo em vários formatos (fotos,vídeos, texto, áudio), notícias sobre eventos, manter contatocom outros escritores e fãs da obra, além de conquistar novosleitores. Espaço na internet para publicação de conteúdo.Thalita Rebouças, escritora Laerte Lopes, escritor, poeta, Miriam Salles, escritora.de livros teens. contista. Possui livros impressos e digitais.
  7. 7. Literatura no CelularEscritor Samir Mesquita desenvolveu uma oficina sobre literaturapelo celular durante o Blooks uma exposição sobre cultura digitale literatura no Sesc Pinheiros, em São Paulo, no ano de 2009. Contos e poesias em até 160 caracteres. Microcontos inéditos, de trinta diferentes autores, foram enviados via torpedo para aparelhos celulares previamente cadastrados no Portal SESCSP, na Mostra SESC de Arte/2010, em São Paulo.
  8. 8. Literatura em CódigosO projeto books2barcodes do site Wonder-Tonic, transformou 12clássicos da literatura em QRCode. QrCode – Códigos em Barras 2 D. É possível ler através de câmeras de celulares ou computadores.
  9. 9. Literatura no Twitter Twitteratura - Microcontos em até 140 caracteres. Claudio Soares, autor do livro Santos Dumont número 8: livro das superstições, lançado em 2006. Em 2009 levou o livro para o Twitter eCarpinejar do impresso outras mídias.para o Twitter para oimpresso.
  10. 10. Literatura no TwitterCriado pela jornalista Raquel Camargo é um mapacolaborativo com escritores que usam Twitter e projetosliterários no microblog. Twitteratura – Mapa colaborativo.
  11. 11. Sites de Redes Sociais LiteráriosSites de Redes Sociais voltados para apaixonados porliteratura. É possível o cadastro de livros, autores, editoras. Skoob e O Livreiro
  12. 12. Projetos literários coletivosAtravés da internet é possível iniciar projetos em que aparticipação do usuário/leitor é fundamental para suacontinuidade. Crowdsourcing - Produção coletiva de conhecimentoEm abril de 2010, a Revista Bravo! Lançou oConto #BravoColetivo no twitter, oprimeiro tweet foi do escritor João PauloCuenca . Tim Burton lançou com a hashtag #BurtonStory , a primeira frase do conto coletivo Tim Burton’s Cadavre Exquis.
  13. 13. Ficção HipertextualAtravés de links dentro de uma história é possível levar oleitor a outras narrativas e finais de uma história. Hipertexto – Hiperlinks Informação dentro da informação. O narrador sugere que os leitores acessem o livro flutuante na internet através do site e abram ainda mais a narrativa. Bravo Online Uma Experiência em Hiperficção de Marcos Palacios.
  14. 14. HiperMídiaAtravés de fotos, animações, vídeos e áudios é possívelcriar uma narrativa única. Várias mídias em uma narrativa.Inanimate Alice - Novela digital e multimídiade Kate Pullinger e Chris Joseph. André Vallias ganhou o IV Prêmio Cultural Sérgio Motta pela poesia interativa, Oratório.
  15. 15. Fan FictionFãs criam obras a partir de personagens existentes emlivros, filmes, mangás, animações. Criações de fãs.Histórias inspiradas nos livros de HarryPotter. Site que reúne histórias criadas por fãs.
  16. 16. Games LiteráriosBaseados nos videogames o leitor, além de acompanhar anarrativa, pode jogar a história. E também pode-se criar gamescom personagens das histórias a fim de enriquecer a narrativa einteragir com o leitor. A possibilidade de jogar a história. Game com personagens no Mundo do Sítio, rede social para obra de Monteiro Lobato.
  17. 17. Realidade AumentadaMistura de mundo real com virtual, através de imagens,sons, textos em 3D no impresso que podem ser vistos comajuda da webcam. Informações adicionais através de objetos 3D. A empresa alemã Metaio desenvolve um novo sistema que transforma livros comuns em objetos 3D de realidade aumentada .
  18. 18. Fonteshttp://www.gizmodo.com.br/conteudo/nova-tecnologia-traz-realidade-aumentada-para-livros/http://www.vivoblog.com.br/literatura-e-twitter.htmlhttp://www.andrevallias.com/http://blogs.estadao.com.br/link/burtonstory/http://wonder-tonic.com/books2barcodes/index.phpRevista Bravo – Abril 2010 – Ano 12 – Nº 152Imagem – Novas Mídas – Slide 5 - http://tudoeescrito.files.wordpress.com/2010/04/veja-tecnologia.jpg
  19. 19. www.jeniffersantos.com.brwww.subindonotelhado.com.brwww.twitter.com/jeniffersantos jeniffergps@gmail.com

×