Kirikou

8.113 visualizações

Publicada em

"Kirikou e os animais selvagens" é um fime baseado em lendas africanas sobre a história de um menino minúsculo que ajuda sua aldeia. Os alunos do 5º ano realizaram excelentes ilustrações sobre o filme.Confira

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.113
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
96
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
92
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Kirikou

  1. 2. <ul><li>O filme: “KIRIKOU E OS ANIMAIS SELVAGENS” é baseado em lendas africanas e conta a história de um minúsculo menino que enfrenta a terrível feiticeira Karabá, que ameaça a sobrevivência da sua aldeia. </li></ul><ul><li>O avô de Kirikou (Pierre-Ndloffé Sarr) conta as aventuras do garoto, cuja altura não alcança o joelho de uma pessoa normal. Entre elas o avô conta como o menino aprendeu a ser jardineiro, detetive, artesão, doutor, comerciante e viajante, percorrendo os diversos recantos da África. </li></ul><ul><li>(Fonte: www.adorocinema.com.br) </li></ul><ul><li>Os alunos das turmas do 5º ano colocaram seus talentos à mostra ilustrando imagens dessas aventuras. </li></ul>
  2. 3. <ul><li>KIRIKOU E A HIENA NEGRA </li></ul><ul><li>Um dia Kirikou e sua tribo fizeram uma grande plantação em seu quintal. </li></ul><ul><li>Durante a noite apareceu um animal que destruiu a plantação. Kirikou pensou em fazer um cercado e colocar alguém para vigiar. O que será que era aquilo? </li></ul><ul><li>De repente um animal chegou. Eles perceberam então, que era uma hiena negra. Todos pensaram que era coisa da feiticeira Karabá. </li></ul><ul><li>No dia seguinte Kirikou percebeu um buraco e viu que era um ratinho que estava ali. Então Kirikou falou que a hiena negra não era da feiticeira. </li></ul><ul><li>Como a hiena negra era carnívora, ela apenas queria comer o ratinho. A hiena não queria destruir o quintal. </li></ul><ul><li>Kirikou espantou a hiena, pegou o ratinho, cuidou e depois o soltou. </li></ul><ul><li>Autora: Flávia 5º ano C </li></ul>
  3. 4. DANIEL – 5º C
  4. 5. <ul><li>KIRIKOU E O BÚFALO </li></ul><ul><li>Nessa história, todas as pessoas da aldeia tinham feito seus vasos de argila para vender e ter dinheiro para comprar coisas. </li></ul><ul><li>No caminho para a cidade encontraram um búfalo e colocaram os potes em cima dele. Kirikou não colocou seus vasos em cima do búfalo porque pensou que ele não era do bem. </li></ul><ul><li>Quando estavam chegando na cidade, o búfalo saiu correndo e quebrou todos os vasos. </li></ul><ul><li>Apenas Kirikou vendeu seus vasos e teve até que fazer encomendas. </li></ul><ul><li>Autor: Adibe 5º ano A </li></ul>
  5. 10. <ul><li>KIRIKOU E A GIRAFA </li></ul><ul><li>A história conta que Kirikou estava seguindo as marcas das patas de um animal que tinha três dedos. </li></ul><ul><li>Quando a mãe de Kirikou o viu, disse: </li></ul><ul><li>- Kirikou, não vá muito longe, as armadilhas podem te pegar. </li></ul><ul><li>E Kirikou foi indo cada vez mais longe. Ele percebeu que não era um animal e caiu no mar. Os feitiços apareceram do nada, mas Kirikou subiu em cima de uma árvore e uma girafa apareceu para comer as folhas dessa árvore. </li></ul><ul><li>Kirikou subiu na girafa e ela levou-o para conhecer lugares que ele nunca tinha visto antes. </li></ul><ul><li>Enquanto Kirikou fazia um belo passeio, os feitiços estavam no mar e foram levados pela correnteza. </li></ul><ul><li>Depois dessa aventura, Kirikou voltou para casa. </li></ul><ul><li>Autora: Laís 5º ano A </li></ul>
  6. 15. <ul><li>KIRIKOU E O FALSO FEITIÇO </li></ul><ul><li>Um dia na aldeia de Kirikou, uma mulher gritou: </li></ul><ul><li>- Está pronta a cerveja, está pronta! Vamos provar! </li></ul><ul><li>E todas as mulheres provaram. </li></ul><ul><li>No dia seguinte todas as mulheres estavam doentes. Kirikou derrubou a cerveja do barril, viu uma flor e a levou em um graveto para sua mãe. Ela disse que era uma flor venenosa e a cura estava no jardim da feiticeira Karabá. </li></ul><ul><li>Kirikou reuniu as crianças e todas cooperaram para fazer um falso feitiço. Kirikou foi dentro do feitiço e estava atrás de uma flor amarela que crescia no jardim mofado da feiticeira. </li></ul><ul><li>Kirikou pegou a flor sem ser percebido, mas na hora que ele estava voltando foi descoberto e saiu correndo. Perseguido por feiticeiros, Kirikou chegou na aldeia, tirou a roupa de falso feitiço e os feitiços verdadeiros levaram apenas a roupa de feitiço e não Kirikou. </li></ul><ul><li>Kirikou deu a flor para sua mãe comer e ela ficou boa. </li></ul><ul><li>Autor: Lucca 5º ano G </li></ul>
  7. 22. <ul><li>TODOS OS ALUNOS DAS TURMAS: 5º A, B, C, G </li></ul><ul><li>ESTÃO DE PARABÉNS PELOS LINDOS TRABALHOS. </li></ul>

×