TÍTULO: O Privado suplantando o Público: o SUS no
município de Nova Hartz - RS
AUTORES/INSTITUIÇÃO: Jean Jeison Führ
Unive...
TÍTULO: O Privado suplantando o Público: o SUS no
município de Nova Hartz – RS
AUTORES/INSTITUIÇÃO: Jean Jeison Führ
Unive...
TÍTULO: O Privado suplantando o Público: o SUS no
município de Nova Hartz – RS
AUTORES/INSTITUIÇÃO: Jean Jeison Führ
Unive...
TÍTULO: O Privado suplantando o Público: o SUS no
município de Nova Hartz – RS
AUTORES/INSTITUIÇÃO: Jean Jeison Führ
Unive...
TÍTULO: O Privado suplantando o Público: o SUS no
município de Nova Hartz – RS
AUTORES/INSTITUIÇÃO: Jean Jeison Führ
Unive...
TÍTULO: O Privado suplantando o Público: o SUS no
município de Nova Hartz – RS
AUTORES/INSTITUIÇÃO: Jean Jeison Führ
Unive...
CONSIDERAÇÕES FINAIS:
Descrição da experiência
CONTATOS: Jean Jeison Führ - E-mail: jeansrock4@gmail.com / @jeansrock4
Lic...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

11º CONGRESSO DA REDE UNIDA: O PRIVADO SUPLANTANDO O PÚBLICO JUNTO AO SUS

218 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre Trabalho de Conclusão de Curso em Ciências Sociais: "O privado suplantando o público junto ao SUS" que fará parte dos anais do 11º Congresso da Rede Unida.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
218
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

11º CONGRESSO DA REDE UNIDA: O PRIVADO SUPLANTANDO O PÚBLICO JUNTO AO SUS

  1. 1. TÍTULO: O Privado suplantando o Público: o SUS no município de Nova Hartz - RS AUTORES/INSTITUIÇÃO: Jean Jeison Führ Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS DESCRIÇÃO DA EXPERIÊNCIA: Descrição da experiência As pesquisas sobre os conselhos municipais de saúde, seu controle social e as problemáticas do SUS brasileiro são extensas e fartas. Em maior ou menor medida muitas destas mesmas pesquisas apresentam a problemática da inserção do setor privado no ramo da saúde pública. Poucas delas, entretanto se apresentam pretendendo estudar a configuração dos campos discursivos e ideológicos que defendem a inserção do setor privado no ramo público de saúde como sendo aparentemente a única, inevitável e pertinente solução para os dilemas e mazelas do atendimento público de saúde.
  2. 2. TÍTULO: O Privado suplantando o Público: o SUS no município de Nova Hartz – RS AUTORES/INSTITUIÇÃO: Jean Jeison Führ Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS OBJETIVOS: Descrição da experiência a) Refletir sobre os motivos que conduzem a crescente terceirização do atendimento em saúde, especialmente em Nova Hartz. b) Verificar como é constituída a dinâmica do Conselho Municipal de Saúde de Nova Hartz, considerando seus principais representantes: Poder Público; trabalhadores em Saúde e usuários do SUS. c) Analisar a partir das reuniões do Conselho Municipal de Saúde quais são as principais ideologias que se associam a ideia do serviço público e privado.
  3. 3. TÍTULO: O Privado suplantando o Público: o SUS no município de Nova Hartz – RS AUTORES/INSTITUIÇÃO: Jean Jeison Führ Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS METODOLOGIA: Descrição da experiência Tendo por base a proposta de pesquisa elencada, denota-se que o estudo aqui apresentado se delineou como sendo exploratória e descritiva optando pela modalidade do estudo de caso. Das técnicas indicadas como sendo análogas ao estudo de caso utilizamos às entrevistas, as observações e a análise documental; e descartaremos os questionários enquanto técnica a ser utilizada em nosso estudo.
  4. 4. TÍTULO: O Privado suplantando o Público: o SUS no município de Nova Hartz – RS AUTORES/INSTITUIÇÃO: Jean Jeison Führ Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS RESULTADOS ALCANÇADOS: Descrição da experiência Na análise documental realizamos a sistematização de 132ª reuniões do CMS ocorridas de 10/10/1998 até 18/09/2012, onde tivemos: 145 pautas que deliberaram sobre relatórios de gestão, planos de ação, planos de recursos e aplicações diretas de recursos dentro da iniciativa pública e em convênio com a iniciativa privada; 101 pautas que normatizaram a estruturação do CMS, os debates e as notificações de atividades desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Saúde – SMS; 37 pautas que fiscalizaram o andamento de ações ou abusos cometidos pela SMS; e somente 22 pautas em que o CMS tomou a si o papel de pensar as estratégias em saúde que a SMS iria promover.
  5. 5. TÍTULO: O Privado suplantando o Público: o SUS no município de Nova Hartz – RS AUTORES/INSTITUIÇÃO: Jean Jeison Führ Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS RESULTADOS ALCANÇADOS: Descrição da experiência Nas observações participantes realizadas junto as reuniões do CMS, o que se observou de um modo geral foi a dicotomia existente entre dois momentos: um primeiro momento burocrático que serve para apresentação e aprovação dos relatórios de custos já aplicados em trimestres, semestres ou anos anteriores ao presente com algumas aprovações de gastos elevados para destinações e convênios específicos; e um segundo momento que ocorre em termos de pleitos e exigências a serem resolvidos ou remediados pela SMS com relação aos trabalhadores da saúde e principalmente aos usuários da realidade municipal em saúde.
  6. 6. TÍTULO: O Privado suplantando o Público: o SUS no município de Nova Hartz – RS AUTORES/INSTITUIÇÃO: Jean Jeison Führ Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS RESULTADOS ALCANÇADOS: Descrição da experiência Nas onze entrevistas semi-estruturas realizadas com sete questões os nexos entre público e privado foram dispares e de diferentes percepções. Dos onze entrevistados, apenas dois afirmaram desconhecer ou não perceberem interesses particulares ou privados junto ao SUS. Os outros nove conselheiros denotam, e às vezes até normalizam as formas de inserção e aparelhamento do sistema público de saúde brasileiro. Desde uma perspectiva do tipo “dever ter” até uma argumentação bem elaborada em defesa da iniciativa privada junto ao SUS
  7. 7. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Descrição da experiência CONTATOS: Jean Jeison Führ - E-mail: jeansrock4@gmail.com / @jeansrock4 Licenciado Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade do Vale do Rio dos Sinos / UNISINOS Bolsista CAPES / PROSUP – Integrante do Elos Coletivo da Região Metropolitana de Porto Alegre – Rio Grande do Sul Analisando os procedimentos metodológicos da pesquisa documental, das observações participantes e das entrevistas semi- estruturadas concluímos que os elementos ideológicos que conduzem os atores partícipes do Conselho Municipal de Saúde de Nova Hartz a se posicionarem de forma favorável a terceirização do atendimento público em saúde municipal se inserem em dois primordiais campos de explicação. Um primeiro campo de explicação se refere às condições ideológicas de organização, mobilização e formação dos próprios conselheiros do CMS. O segundo campo de explicação se refere às condições ideológicas de estruturação que o SUS apresenta em sua realidade pública de atendimento em saúde.

×