Química Geral 
Nomenclaturas Químicas: ácidos, bases 
e sais.
Nomenclatura: o início 
O “Água fagedênica”, “pó de Algarotti”, “sal de 
Alembroth”, “vitríolo azul”, “colcotar”, “litargí...
O Esse era o modo como os alquimistas da 
Idade Média, considerados por muitos os 
precursores dos químicos, denominavam a...
O Antoine Laurent Lavoisier, um químico francês 
do século XVIII, considerado o maior cientista da 
história da Química, f...
Sobre a nomenclatura usada 
pelos alquimistas, Lavoisier 
afirmou: 
"É necessário grande hábito e 
muita memória para nos ...
O A nova nomenclatura estabeleceu nomes que 
expressavam a natureza química ou a composição 
da substância: 
Antes 
“Litar...
O Observe que os novos nomes trazem 
informações valiosas sobre a composição 
desses compostos: 
O 1. O primeiro possui ch...
Mas as mudanças não pararam 
por aí: 
O O cientista sueco Jöns Jacob Berzelius completou 
a reforma na nomenclatura químic...
Disse Berzelius: 
“Os sinais químicos devem 
ser letras, para maior 
facilidade de anotação. 
Portanto, tomou-se como 
sím...
Símbolos químicos usados 
pelos alquimistas e pela 
Química moderna 
Elemento Alquimia Química Moderna 
Ouro Au (do latim ...
Ácidos
Segundo Arrhenius 
“Ácidos são substâncias 
que, em solução aquosa, 
aumentam a concentração 
de íons hidrogênio, 
H+(aq),...
Ácidos 
Os ácidos 
encontrados no 
nosso dia a dia 
recebem nomes 
muito conhecidos.
Nomenclatura 
Ácidos: a) Hidrácidos  Não esqueça! São ácidos sem oxigênio. Para dar nomes 
fazemos o seguinte: Ácido + El...
Exemplos 
H2CO3 
 Elemento central Carbono Família 4A  Nox +4  está c/ maior Nox 
portanto seu nome é : Ácido Carbônic...
Os elementos da 7A (principalmente) formam mais de dois oxiácidos, neste caso a nomenclatura 
ficará da seguinte maneira: ...
Nomenclatura das bases
Características das bases 
O Possuem a capacidade de neutralizar os 
ácidos formando água e sal; 
O Possuem sabor adstring...
Nomenclatura 
O Se o cátion apresentar apenas um número de 
oxidação: 
O Exemplos: 
O NaOH – Hidróxido de Sódio 
KOH – Hid...
Se o cátion apresentar mais de um número de 
oxidação : 
ou
O Exemplo: 
O Fe(OH)2 – Hidróxido de Ferro (II) ou 
Hidróxido Ferroso 
O Fe(OH)3 – Hidróxido de Ferro (III) ou 
Hidróxido ...
Sais
O que são os sais? 
O Sais são compostos iônicos que, em solução 
aquosa, se dissociam, formando íons que destes, 
pelo me...
Nomenclatura dos sais 
O Para escrever corretamente o nome de um 
sal são necessárias três etapas: 
O 1) Identificar o âni...
Como são formados os nomes? 
O Exemplo: Cloreto de sódio(NaCl) 
O O ânion cloreto, Cl-, é derivado do ácido 
clorídrico HC...
Exemplos 
ácido + base  sal + água 
O HNO2 + KOH  KNO2 + H20 
Ácido nitroso + hidróxido de potássio  nitrito de 
potáss...
Exemplos 
O HClO2 + LiOH  LiClO2 + H2O 
Ácido cloroso + hidróxido de lítio  clorito de lítio 
O HClO4 + RbOH  RbClO4 + ...
Referências Bibliográficas 
O http://www.mundoeducacao.com/quimica/classificaca 
o-nomenclatura-sais.htm acessado dia 27 d...
Química geral - Ácidos e Bases Funções Inorgânicas
Química geral - Ácidos e Bases Funções Inorgânicas
Química geral - Ácidos e Bases Funções Inorgânicas
Química geral - Ácidos e Bases Funções Inorgânicas
Química geral - Ácidos e Bases Funções Inorgânicas
Química geral - Ácidos e Bases Funções Inorgânicas
Química geral - Ácidos e Bases Funções Inorgânicas
Química geral - Ácidos e Bases Funções Inorgânicas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Química geral - Ácidos e Bases Funções Inorgânicas

415 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
415
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Química geral - Ácidos e Bases Funções Inorgânicas

  1. 1. Química Geral Nomenclaturas Químicas: ácidos, bases e sais.
  2. 2. Nomenclatura: o início O “Água fagedênica”, “pó de Algarotti”, “sal de Alembroth”, “vitríolo azul”, “colcotar”, “litargírio”, “galena”, “óleo de tártaro por desfalecimento”, “óleo de tártaro pelo sino”, “óleo de vitríolo”, “manteiga de antimônio”, “manteiga de arsênico” “branco de Troyes” e “flôres de zinco”.
  3. 3. O Esse era o modo como os alquimistas da Idade Média, considerados por muitos os precursores dos químicos, denominavam as substâncias. No entanto, esses nomes estranhos e complicados não nos dizem nada, não é mesmo? Eles nada revelam sobre a classe e os componentes de cada substância.
  4. 4. O Antoine Laurent Lavoisier, um químico francês do século XVIII, considerado o maior cientista da história da Química, foi um dos primeiros a chamar a atenção para o problema da nomenclatura. Em 1789, Lavoisier, em colaboração com Louis B. Guyton de Morveau e Antoine F. Fourcroy, publicou o livro que é considerado o marco da Química moderna, Traité Elémentaire de Chêmie (“Tratado Elementar de Química”), no qual propôs uma nomenclatura química sistemática e racional.
  5. 5. Sobre a nomenclatura usada pelos alquimistas, Lavoisier afirmou: "É necessário grande hábito e muita memória para nos lembrarmos das substâncias que os nomes exprimem e, sobretudo para reconhecer a que gênero de combinações pertencem". (A.L. Lavoisier, Traité Elémentaire de Chêmie).
  6. 6. O A nova nomenclatura estabeleceu nomes que expressavam a natureza química ou a composição da substância: Antes “Litargírio” “branco de Troyes” Depois “óxido de chumbo” “carbonato de cálcio”
  7. 7. O Observe que os novos nomes trazem informações valiosas sobre a composição desses compostos: O 1. O primeiro possui chumbo em sua estrutura, e o segundo cálcio. O 2. O óxido de chumbo contém, além do chumbo, oxigênio; O 3. O carbonato de cálcio contém, além do cálcio, carbono e oxigênio;
  8. 8. Mas as mudanças não pararam por aí: O O cientista sueco Jöns Jacob Berzelius completou a reforma na nomenclatura química iniciada por Lavoisier, substituindo os símbolos químicos usados pelos alquimistas (que além de confusos, variavam muito de país para país)por letras. Cada elemento químico passou então a ter como símbolo a primeira letra de seu nome em latim. Quando dois elementos começavam pela mesma letra, usava-se a primeira e a segunda letra do nome para identificá-los, ou a primeira e alguma outra letra do nome.
  9. 9. Disse Berzelius: “Os sinais químicos devem ser letras, para maior facilidade de anotação. Portanto, tomou-se como símbolo químico a letra inicial do nome latino (ou comum) de cada elemento químico” (J. Berzelius, 1814).
  10. 10. Símbolos químicos usados pelos alquimistas e pela Química moderna Elemento Alquimia Química Moderna Ouro Au (do latim Aurum) Ferro Fe(do latim Ferrum) Cobre Cu(do latim Cuprum) Mercúrio Hg (do latim hydrargyrum) Enxofre S (do latim sulphur)
  11. 11. Ácidos
  12. 12. Segundo Arrhenius “Ácidos são substâncias que, em solução aquosa, aumentam a concentração de íons hidrogênio, H+(aq), na água”.
  13. 13. Ácidos Os ácidos encontrados no nosso dia a dia recebem nomes muito conhecidos.
  14. 14. Nomenclatura Ácidos: a) Hidrácidos  Não esqueça! São ácidos sem oxigênio. Para dar nomes fazemos o seguinte: Ácido + Elemento + ídrico Exemplos: HCl  Ácido Clorídrico HBr  Ácido Bromídrico HI  Ácido Iodídrico H2S  Ácido Sulfídrico ( S  Sulfurum ) H2Te  Ácido telurídrico Ácidos: b) Oxiácidos  Não esqueça! São ácidos com oxigênio. Após calcular o Nox (número de oxidação) do elemento central, nós vamos usar o seguinte: Menores Nox  Ácido + Elemento + oso Maiores Nox  Ácido + Elemento + ico Geralmente os elementos das Famílias 7A, 6A, 5A formam oxiácidos com vários Nox, nestes casos vamos usar o seguinte: Nox = +7  Ácido + per + Elemento + ico Nox Nox = +1  Ácido + hipo + Elemento + oso
  15. 15. Exemplos H2CO3  Elemento central Carbono Família 4A  Nox +4  está c/ maior Nox portanto seu nome é : Ácido Carbônico H3BO3  Elemento central Boro Família 3A  Nox +3  está c/ maior Nox portanto seu nome é : Ácido Bórico Ácidos Bórico e Carbônico são os dois ácidos mais usados desses dois elementos nas provas, sendo assim grave bem as suas fórmulas. Os outros elementos das famílias A, formam mais de um oxiácido. HSO Elemento central Enxofre (sulfurum) Família 6A  Nox +6  está com maior Nox 24 portanto seu nome é : Ácido sulfúrico H2SO3  Elemento central Enxofre (sulfurum) Família 6A  Nox +4  está com menor Nox portanto seu nome é : Ácido sulfuroso H3PO4  Elemento central Fósforo Família 5A  Nox +5  está com maior Nox portanto seu nome é Ácido fosforico H3PO3  Elemento central Fósforo Família 5A  Nox +3  está com menor Nox portanto seu nome é Ácido fosforoso HNO3  Elemento central Nitrogênio Família 5A  Nox +5  está com maior Nox portanto seu nome é Ácido Nítrico HNO2  Elemento central Nitrogênio Família 5A  Nox +3  está com menor Nox portanto seu nome é Ácido Nitroso
  16. 16. Os elementos da 7A (principalmente) formam mais de dois oxiácidos, neste caso a nomenclatura ficará da seguinte maneira: HClO4 Elemento central cloro Família 7A Nox +7  portanto por ter Nox alto e de valor igual a +7  Ácido perclórico  per porque +7 e ico porque maior Nox HClO3 Elemento central cloro Família 7A Nox +5  por ter um Nox alto usamos somente a terminação ico  Ácido clórico HClO2 Elemento central cloro Família 7A Nox +3  por ter um Nox baixo somente usamos a terminação oso  Ácido cloroso HClO Elemento central cloro Família 7A Nox +1  portanto por ter Nox baixo e de valor igual a +1  Ácido hipocloroso  hipo porque +1 e oso porque menor Nox -Veja como é fácil: Imagine que seu professor pediu para você dar nome ao ácido HBrO4 .Você deve primeiro calcular o Nox do elemento central que é o Bromo  valor +7, se é igual a +7 imediatamente sem medo de errar você deve saber que vai usar o prefixo per e por ser um Nox alto a terminação deve ser ico, portanto o nome é : Ácido perbrômico. -Vamos imaginar agora um outro ácido: HIO. Você calcula primeiro o Nox do elemento central que é o Iodo  valor +1 imediatamente sem medo de errar você deve saber que vai usar o prefixo hipo e por ser um Nox baixo a terminação deve ser oso, portanto o nome é: Ácido hipoiodoso -Agora um exemplo desconhecido: HMnO4 .O elemento é o Manganês, se você calcular o Nox você encontrará o valor +7, mesmo sem saber a família e sem medo de errar use per com a terminação ico , portanto o nome é: Ácido permangânico. Viram como é fácil?
  17. 17. Nomenclatura das bases
  18. 18. Características das bases O Possuem a capacidade de neutralizar os ácidos formando água e sal; O Possuem sabor adstringente O As soluções aquosas ou bases de fundição dissociam em íons e conduzem eletricidade; O O nível de uma solução básica de ph é superior a 7; O Na água liberam o íon OH-
  19. 19. Nomenclatura O Se o cátion apresentar apenas um número de oxidação: O Exemplos: O NaOH – Hidróxido de Sódio KOH – Hidróxido de Potássio AgOH – Hidróxido de Prata LiOH- Hidróxido de lítio O Ca(OH)2- Hidróxido de cálcio
  20. 20. Se o cátion apresentar mais de um número de oxidação : ou
  21. 21. O Exemplo: O Fe(OH)2 – Hidróxido de Ferro (II) ou Hidróxido Ferroso O Fe(OH)3 – Hidróxido de Ferro (III) ou Hidróxido Férrico
  22. 22. Sais
  23. 23. O que são os sais? O Sais são compostos iônicos que, em solução aquosa, se dissociam, formando íons que destes, pelo menos um cátion não é o hidrogênio, H+(aq), e um ânion não é a hidroxila OH-(aq). Os sais podem ser obtidos através de reações de neutralização entre um ácido e uma base. O Exemplo: A reação entre o ácido clorídrico, HCl, e o hidróxido de sódio, NaOH, forma o sal cloreto de sódio NaCl. O NaCl é formado pelo cátion Na+, vindo da base NaOH, e pelo ânion Cl-, vindo do ácido HCl. Isso irá acontecer em todos os casos, ou seja, o ácido sempre irá formar o ânion do sal e a base, o cátion.
  24. 24. Nomenclatura dos sais O Para escrever corretamente o nome de um sal são necessárias três etapas: O 1) Identificar o ânion do sal; O 2) Inserir a preposição de; O 3 )Identificar o cátion sal;
  25. 25. Como são formados os nomes? O Exemplo: Cloreto de sódio(NaCl) O O ânion cloreto, Cl-, é derivado do ácido clorídrico HCl, que é um hidrácido. Toda vez que o ânion for formado a partir de um hidrácido terá o sufixo eto. O Sulfato de Sódio(Na2SO4) O O Na2SO4 é formado pelo cátion Na+, vindo da base NaOH, e pelo ânion SO42-, vindo do ácido H2SO4(oxiácido). Quando o nome do oxiácido terminar com o sufixo ico, o nome de seu ânion correspondente será formado pelo sufixo ato.
  26. 26. Exemplos ácido + base  sal + água O HNO2 + KOH  KNO2 + H20 Ácido nitroso + hidróxido de potássio  nitrito de potássio + água O 2H3PO4 + 3Ca(OH)2  Ca3(PO4)2 + 6H2O Ácido ortofosfórico + hidróxido de cálcio  ortofosfato de cálcio O H2SO4 + Ca(OH)2  CaSO4 + H2O Ácido sulfúrico + hidróxido de cálcio  sulfato de cálcio
  27. 27. Exemplos O HClO2 + LiOH  LiClO2 + H2O Ácido cloroso + hidróxido de lítio  clorito de lítio O HClO4 + RbOH  RbClO4 + H2O Ácido perclórico + hidróxido de rubídio  perclorato de rubídio
  28. 28. Referências Bibliográficas O http://www.mundoeducacao.com/quimica/classificaca o-nomenclatura-sais.htm acessado dia 27 de julho de 2014 as 22:00 horas O http://www.alunosonline.com.br/quimica/sais-organicos- derivados-acidos-carboxilicos.html acessado dia 27 de julho de 2014 as 22:00 horas O http://quimicasemsegredos.com/bases.php 27 de julho de 2014 as 22:00 horas O http://web.ccead.pucrio.br/condigital/mvsl/Sala%20d e%20Leitura/conteudos/SL_classificacao_e_nomenc latura_de_acidos_bases_e_sais.pdf 27 de julho de 2014 as 22:00 horas O http://cienciasetecnologia.com/bases/ 27 de julho de 2014 as 22:00 horas

×