A www e o ensino de inglês

415 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
415
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
71
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A www e o ensino de inglês

  1. 1. AWWW E O ENSINO DE INGLÊS<br />Vera Menezes<br />Acadêmica: JannainaReis Ferreira<br />
  2. 2. Introdução<br /> Os velhos laboratórios de línguas cedem lugar aos laboratórios multimídia com acesso a internet.<br /> Surge a necessidade de alfabetização tecnológica por parte dos professores.<br />
  3. 3. Breve histórico<br />A internet surge em 1969 – Departamento de Defesa dos Estados Unidos – ARPANET.<br />Correio eletrônico<br />1991 - World Wide Web<br />1993 - Mosaic e o conceito de hipertexto<br />
  4. 4. O ensino de Língua Inglesa e a Internet.<br />1991 – TESL-L<br /><ul><li>Sublistas: </li></ul>TESLCAL-L – Technology, computersand TESL.<br />IntensiveEnglishPrograms, teachingandadministratrion;<br />AdultEducationandLiteracy;<br />Jobs, employment, andworkingconditions in TESL/TEFL;<br />MaterialsWriters.<br />
  5. 5. Diversificação e sofisticação aumento na quantidade e qualidade do input na língua alvo. <br />Característica “just in time” explorada de forma a ser “just for” diferentes estilos cognitivos.<br />
  6. 6. Aprendizagem através de recursos eletrônicos é natural e espontânea, se dá através de descobertas individuais.<br />No ensino tradicional, o professor é responsável por fazer ou induzir as conexões entre as informações. <br />No ensino mediado pelo computador é impossível prever as conexões que o aluno irá fazer.<br />
  7. 7. O professor deixa de ser aquele que transmite conhecimento para ser aquele que guia os alunos pelas trilha de conhecimentos.<br />O professor deixa de fazer palestras e exposições para ser um falicitador e um coach. <br />
  8. 8. Alguns pontos positivos e negativos da Web<br />
  9. 9.
  10. 10.
  11. 11. O construtivismo e o sóciointeracionismo<br />Piaget<br />Vygotsky<br />Hatch<br />
  12. 12. “Para Piaget, os aprendizes aprendem buscando no mundo e construindo seu próprio conhecimento e não através de informações transmitidas por outros.”<br />Desta forma “ao ensinar nossos alunos a buscar e processar informações na Web estaremos contribuindo pra formar cidadãos responsáveis pela construção de seu conhecimento e preparados para a aprendizagem ao longo da vida.”<br />
  13. 13. A rede é o local, por excelência, das interações, da colaboração, do compartilhamento.<br />Vygotsky – ressalta o papel social da linguagem.<br />Na aprendizagem de uma língua a interação é imprescindível, pois a língua é por sua natureza social.<br />
  14. 14. Hatch ressalta a importância da conversação ao propor uma teoria de aquisição que nega os pressupostos estruturalistas.<br />Para Hatch “ao interagir, o falante vai adquirindo as estrutural sintáticas”<br />
  15. 15. A abordagem comunicativa e a Web<br />Objetivo: desenvolver a competência comunicativa do aprendiz<br />Littlewood ressalta que o aprendiz deve adquirir um repertório de estratégias para usá-las em situações concretas.<br />
  16. 16. A maioria do material disponível na web apresenta uma série de características típicas da abordagem comunicativa:<br />mantém o foco da maioria dos recursos no significado e não na forma.<br />É contextualizado, tornando a leitura mais rica.<br />Um dos recursos mais interessantes para prática do idioma é o chat;<br />
  17. 17. 5 razões para o uso da Internet no ensino de inglês:<br />Contextos autênticos e significativos;<br />Aumento de letramento através da leitura, escrita e oportunidades de publicação na internet;<br />Interação, a melhor forma para se adquirir uma língua;<br />Vitabilidade obtida pela comunicação em um meio flexível e multimídia;<br />Empowerment, pois o domínio das ferramentas da internet os torna autônomos ao longo da vida.<br />
  18. 18. Conclusão<br /> Usar a Internet no ensino de língua inglesa é um desafio que demanda mudanças. No entanto, vencidos os desafios, “a Internet será cada vez mais utilizada no ensino de inglês,pois provê mais input compreensível, oportunidade variadas, possibilidade de inserção em uma comunidade mundial de aprendizes e falante da língua e consequente comunicação significativa enriquecida com negociação de sentido em contextos reais.”<br />
  19. 19. Referências:<br />ttp://www.veramenezes.com/www.htm<br />
  20. 20. Thanks!!!!!<br />

×