SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEMObjetivo: Espera-se que por meio da apreciação e sensiblidadeestética do texto os alunos sejam lev...
SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEMDesenvolvimento: 1º momento (duas aulas) o professor trabalhará a aula de leitura em três grandes...
SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM Perguntar aos alunos se jáouviram dizer que a avestruzenterra a cabeça na terra? Seeles acredita...
SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM Após esgotar todas as hipóteses em relação aoanimal, o professor poderá apresentar (escrever nal...
SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM Para atividade de pré-leitura, a partir da apresentaçãodo título aos alunos, espera-se que eles ...
SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 2º Momento (duas aulas) - Durante a leitura, retomadada aula anterior, com uma leitura colaborat...
SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 3º Momento – Atividade pós-leitura. Neste momento oprofessor irá apontar as características pres...
SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEMO filho de uma grande amiga pediu, de presente pelos seus dez anos, umaavestruz. Cismou, fazer o q...
SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM O trabalho com o objetivo de incentivo a leitura não se esgotaaqui, tampouco para a apropriação ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sequência didática - Crônica: "Avestruz" - Mário Prata.

3.603 visualizações

Publicada em

Trabalho realizado durante o curso de Formação de Professores: "Melhor Gestão, Melhor Ensino - MGME - promovido pela SEE/SP.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.603
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sequência didática - Crônica: "Avestruz" - Mário Prata.

  1. 1. SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEMObjetivo: Espera-se que por meio da apreciação e sensiblidadeestética do texto os alunos sejam levados ao letramento literário edesenvolvam as capacidades leitoras, apropriando-se das estratégiasde leituras (inferir, checar, antecipar, ativar conhecimentos prévios),apreendendo os mecanismos enunciativos e de textualização paraaprimoramento da escrita e identificação das características dasmodalidades oral e escrita, além da apropriação do gênero crônica.Conteúdo: Crônica;Leitura e produção de texto;Retextualizaçao.Tempo: 06 aulasPúblico alvo: 6º anoMaterial: Imagens, Crônica “Avestruz” - Mário PrataRecursos: Data show, lousa, cópias do texto.
  2. 2. SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEMDesenvolvimento: 1º momento (duas aulas) o professor trabalhará a aula de leitura em três grandesmomentos, que será explicitado para os alunos. Atividades pré- leitura, atividades de leitura e atividadespós-leitura.A recepção ao texto será realizada pela imagem deuma avestruz, que será exposta no data show. A partir da imagem levantar o conhecimento préviodos alunos a respeito da ave.
  3. 3. SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM Perguntar aos alunos se jáouviram dizer que a avestruzenterra a cabeça na terra? Seeles acreditam? Ou a imagem éapenas montagem? Este é um momento em que pode serdiscutido a importância da análisecritica do que é veiculado.
  4. 4. SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM Após esgotar todas as hipóteses em relação aoanimal, o professor poderá apresentar (escrever nalousa) o título do texto que será lido, e o nome doautor. É muito provável que alguns (ou todos) alunosnão conheçam Mario Prata, o que convém o professorapresentá-lo. Dizer quem é o autor, os livros que jáescreveu, quais gêneros e para quem escreveu(público alvo). O ideal é trabalhar com livros, até para uma apreciação queinicia-se pelo suporte e materialidade do livro, mesmo setratando de textos mais curtos como contos e crônicas, éimportante o aluno ter o livro em mãos, folhea-lo, apalpá-lo, tereste contato. Na ausência deste, para contemplar a turma da sala,é interessante o professor ter um exemplar, para que o mesmopossa ser passado e apresentado a cada aluno, apontando o queestá presente na capa, quarta capa, lombo e orelha se tiver.
  5. 5. SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM Para atividade de pré-leitura, a partir da apresentaçãodo título aos alunos, espera-se que eles possam ativarseus conhecimentos prévios e também fazer umaconexão com o que foi levantado anteriormente sobre aimagem da avestruz, fazendo inferências eantecipações. Durante a leitura, que será autônoma, o professordistribuirá as cópias do texto e dará um tempo para queos alunos a faça silenciosamente. Após a leitura silenciosa, o professor irá retomar oentendimento dos alunos em forma de diálogo, nestemomento será feita uma roda de conversa sobre o textoe as hipóteses levantadas, momento de checar elocalizar as informações do texto, compartilhando comos demais colegas de classe, inclusive as impressõespessoais sobre o texto.
  6. 6. SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 2º Momento (duas aulas) - Durante a leitura, retomadada aula anterior, com uma leitura colaborativa, oprofessor lerá o texto com a classe, relembrando ahistória lida e questionará sobre os índiceslinguisticos que dão sustentação aos sentidosatribuídos. Como por exemplo na passagem:“Tem uma plantação, digo, criação deles”.Qual a intenção do autor ao trocar as palavras?“Uma avestruz com TPM é perigosíssima!”O que o autor quis dizer com esta afirmação? O que é TPM? E o usoda exclamação é com qual propósito? E o superlativo? A conversa sobre o texto durante a leituracolaborativa, permite ao aluno compreender o textonão apenas globalmente como na primeira leituramas, entender as especificidades e construção dotexto para alcançar o propósito comunicativo.
  7. 7. SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 3º Momento – Atividade pós-leitura. Neste momento oprofessor irá apontar as características presente no textoque o classifica como crônica.Quanto ao narrador, espaço, tempo, quanto à linguagem eao espaço, então retomara a roda de conversa realizadanas aulas anteriores. Espera-se que os alunos revejamsuas impressões iniciais. Como são construídos aspersonagens, como deve ser o perfil do garoto que pediu aave? O professor pode chamar a atenção dos alunos parao final da crônica que de certa forma retoma o início dahistória. Os elementos de coesão é fundamental para acompreensão do texto, será pedido aos alunosobservarem como as personagens do texto são referidas eretomadas, marcando no texto com canetas coloridas edistintas para cada personagem que surgir, por exemplo:
  8. 8. SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEMO filho de uma grande amiga pediu, de presente pelos seus dez anos, umaavestruz. Cismou, fazer o quê? Moram em um apartamento em Higienópolis, São Paulo. Eela me mandou um e-mail dizendo que a culpa era minha. Sim, porque foi aqui ao lado decasa, em Floripa, que o menino conheceu as avestruzes. Tem uma plantação, digo, criaçãodeles. Aquilo impressionou o garoto.[...]Pois um animal daquele tamanho deveria botar ovos proporcionais ao seu corpo.Outro erro. É grande, mas nem tanto. E me explicava o criador que elas vivem até ossetenta anos e se reproduzem plenamente até os quarenta, entrando depois na menopausa,não têm, portanto, TPM.[…]Após esta atividade será solicitado aos alunos que se posicionem no lugar donarrador, e escrevam quais argumentos utilizariam para fazer com que ofilho da amiga desista agora das gaivotas e do urubu. A atividade de coesãopode ser retomada pelo aluno em seu próprio texto, com o foco nasrepetições desnecessárias. A atividade escrita pode também ser realizada nasala de informática com cooperação (em duplas)Para finalizar os alunos podem ilustrar ou colocar imagens no texto pararepresentar o garoto. (Parte que seria interessante devido ao estereótipo dapersonagem.)
  9. 9. SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM O trabalho com o objetivo de incentivo a leitura não se esgotaaqui, tampouco para a apropriação do gênero, também não éuma organização fixa e única, ela se aplica e se constrói nainteração com o aluno.REFERÊNCIAS PRATA, Mário. Avestruz. Disponível em:www.marioprataonline.com.br. Acesso em: 14fev.200; DOLZ , J. e SCHNEUWLY, B. Gêneros e progressão em expressão oral e escrita. Elementospara reflexões sobre uma experiência suíça (francófona). In “Gêneros Orais e escritos naescola”. Campinas(SP): Mercado de Letras; 2004.LAJOLO, Marisa. Do mundo da leitura para a leitura do mundo. 4 ed. São Paulo: Ática, 1999.Obs: atividades desenvolvidas com os elementos de coesão - Anotações das aulas ministradaspelo Profº Drº Claudio Bazzoni.

×