Iluminismo

2.894 visualizações

Publicada em

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.894
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
143
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Iluminismo

  1. 1.  Movimento cultural, político e filosófico, ocorrido entre 1680 e 1780, em quase toda a Europa.  Teve início na Inglaterra, mas se sobressaiu na França.
  2. 2.  A quem interessava?  As idéias defendidas pelos filósofos iluministas iam de encontro (à favor) às aspirações da burguesia em ascensão, pois criticavam as instituições do ANTIGO REGIME, preparando o caminho para a consolidação desta classe.
  3. 3.  Racionalismo Cientificismo Direito às liberdades individuais Fraternidade Igualdade Progresso Educação/Ensino
  4. 4.  O Absolutismo monárquico  Contrários à idéia de direito divino dos reis  Contrários ao mercantilismo (intervenção do Estado na economia) A participação da Igreja na vida pública  Eram anticlericais: contrários ao predomínio da Igreja.  Defendiam o Estado laico.
  5. 5. Os ideais Iluministas influenciaram o movimento de independência dos EUA, da Revolução Francesa ,bem como movimentos de independência da América Latina inclusive no Brasil.
  6. 6. Tentativa de reformar o Estado absolutista pelopróprio Estado, procurando a conciliação entre o absolutismo e o liberalismo.Os ‘déspotas’ ( soberanos absolutos ) colocaramem prática algumas reformas, influenciados pelo espírito liberal do séc. XVIII, expresso pela filosofia iluminista. Exemplo: Catarina II, da Rússia Frederico II, da Prússia José II, da Áustria Carlos III, da Espanha
  7. 7. PAÍS REI MEDIDASÁUSTRIA JOSÉ II Fim da servidão Relativa liberdade de imprensa RÚSSIA CATARINA II Criação do ensino leigo Criação de uma Universidade em MoscouPRÚSSIA FREDERICO II Chamado “o rei filósofo”. Eliminou as torturas em seu país Criou o ensino obrigatórioPORTUGAL JOSÉ I Combate à influência inglesa na economia de seu (orientado pelo país. ministro Incrementa a produção industrial Pombal) Combate a influência política da Igreja no seu país atacando e expulsando os jesuítas do reinoESPANHA CARLOS III Reduziu a tortura Reduziu a influência da Inquisição no país Expulsou os jesuítas
  8. 8. Inglês, considerado“O pai do Iluminismo”.  Vida, liberdade e propriedade – direitos inalienáveis do homem; governos existem para preservá-los.LIBERALISMO POLÍTICO: Defesa da Monarquia Parlamentar  Conhecimento = experiência e razão. John Locke
  9. 9. Francês.  Defendia que a religião e a política não podem ser confundidas.  Teoria da divisão de poderes  Harmonia e autonomia entre os poderes.  Submissão de todos perante a lei.  Obra: Do espírito das leis.Montesquieu
  10. 10. Francês (origem nobre)  Defensor do progresso  Crítica ao clero e à intolerância.  Igualdade jurídica  Liberdade de expressão  Monarquia ilustrada.  Obras: Cartas inglesas (ou Cartas filosóficas)Voltaire
  11. 11. Suíço. (origem burguesa) Soberania popular Poder = povo, origem  A relação entre governantes e governados deve ser baseada em um CONTRATO SOCIAL – os governados atribuem poderes ao governante e este deve proteger os seus direitos  Obra:Rousseau Contrato social
  12. 12. Diderot D’Alembert
  13. 13. Texto que agrupava o conjunto de conhecimentos da época, além de ser o grande veículo de difusão das idéias racionalistas. Obra composta por 28 volumes. Organizadores: Diderot e D’Alembert.Enfrentaram a oposição do Estado e da Igreja, pois os temas políticos e religiosos expostos na obra atingiam em cheio as instituições do Antigo Regime.
  14. 14. Alguns pensadores iluministas criticavam omercantilismo, a principal prática econômica dos Estados europeus naquela época. No Mercantilismo, o Estado regulamentava as transações econômicas, controlando os preços,cobrando impostos de importação e exportação. Além disso, de acordo com as práticas mercantilistas, a riqueza de uma nação era medida principalmente pela quantidade de metais preciosos que possuía.
  15. 15. O “Pai da economia”  Não intervenção do Estado na economia.  Livre-concorrência  Riqueza = trabalhoAdam Smith
  16. 16.  Versão francesa do liberalismo econômico. Questionavam o mercantilismo, mas defendiam que a riqueza de um Estado deveria ser medida pela quantidade e qualidade de bens à disposição de seus cidadãos. A verdadeira riqueza seria gerada pela natureza, sendo a agricultura a principal atividade produtiva. Lema: “laissez-faire, laissez-passer”  Significado: deixai fazer, deixar passar  Defendiam que as coisas se encaminham por si.
  17. 17. Os princípios discutidos pelos pensadoresiluministas no século orientaram a formação de muitos Estados modernos, inclusive o Brasil. Vamos ver alguns trechos do principal documento legal brasileiro:
  18. 18.  Art. 1º (...) Parágrafo único. Todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos (...) Art. 2º. São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário. Art. 5º - IX: é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença. Brasil. Constituição da República Federativa do Brasil: promulgada em 5 de outubro de 1988. 35. ed. São Paulo: Saraiva, 2005. p. 3;6. (Saraiva de Legislação)
  19. 19. E aí? Consegue perceber a relação entre os artigos da nossa Constituição e os filósofos iluministas estudados? Tente!

×