Portugal ppt

318 visualizações

Publicada em

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
318
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Portugal ppt

  1. 1. O desafio da articulação entre o PIBID e o Estágio Supervisionado na formação docente. Janaina Corenza PUC-Rio
  2. 2. Justificativa A formação de professores tem sido tema de inúmeros questionamentos e investigações nas últimas décadas. A criação de programas governamentais, que buscam a melhoria da formação docente, revela que a temática necessita de reflexões contínuas e de novas ações que visem a construção e a reconstrução de diversos aspectos da formação inicial, sobretudo, nos cursos de licenciatura.
  3. 3. A proposta de pesquisa nasceu a partir da necessidade de investigar, de forma aprofundada, as razões pelas quais estudantes dos cursos de licenciatura do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ) relatam que o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) contribui de forma mais significativa na sua formação docente do que o componente curricular Estágio.
  4. 4. O PIBID (Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência) é um programa governamental, cuja iniciativa é da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) que oferece bolsas aos estudantes de licenciatura para a valorização do magistério.
  5. 5. Um dos objetivos do programa é a elevação da qualidade das ações acadêmicas voltadas à formação inicial de professores nos cursos de licenciatura das instituições públicas de ensino superior, assim como a inserção dos estudantes de licenciatura no cotidiano de escolas da rede pública de educação, o que promove a integração entre educação superior e educação básica..
  6. 6. Outra finalidade é proporcionar aos futuros professores a participação em experiências metodológicas, tecnológicas e práticas docentes de caráter inovador e interdisciplinar e que busquem a superação de problemas identificados no processo de ensino-aprendizagem.
  7. 7. A iniciativa também visa incentivar as escolas de educação básica a tornarem-se protagonistas nos processos formativos dos estudantes das licenciaturas, mobilizando seus professores como coformadores dos futuros professores.
  8. 8. Atores do PIBID Os atores deste processo são os bolsistas de iniciação à docência que são os estudantes dos cursos de licenciatura que integram o projeto institucional; Coordenador Institucional que é o docente responsável pela coordenação do projeto no âmbito da Instituição de Ensino Superior (IES);
  9. 9. Atores do PIBID Há também o coordenador de Área de Gestão de Processos Educacionais que é o docente que apoia o coordenador institucional no desenvolvimento do projeto; Coordenadores de área que são os docentes responsáveis pela coordenação dos subprojetos nas áreas de conhecimento selecionadas pelas instituições.
  10. 10. Outros atores do PIBID O programa também prevê a existência de supervisores que são os professores das escolas públicas estaduais, municipais ou do Distrito Federal, participantes do projeto institucional apoiado, e designados para supervisionar as atividades dos bolsistas de iniciação à docência.
  11. 11. Atividades O PIBID prevê a criação de materiais didáticos de baixo custo, utilização de jogos, discussões, leituras, passeios, excursões, feiras e outras alternativas lúdicas que visam a construção conceitual, a partir de experiências orientadas, de maneira que o futuro professor possa elaborar espontaneamente as relações entre os diferentes conteúdos do curso de licenciatura que está cursando.
  12. 12. Local da pesquisa Intituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro
  13. 13. Alguns dados 129 estudantes/bolsistas 19 escolas públicas Bolsa de R$400,00 por mês aos estudantes Bolsa de R$700,00 por mês aos professores da educação básica
  14. 14. Componente curricular obrigatório para a obtenção de diploma nos cursos de licenciatura, sendo, portanto, um ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente escolar, que visa à preparação para o trabalho produtivo.
  15. 15. Estágio Supervisionado também é o momento em que o futuro professor se depara com a realidade da escola, agora como futuro profissional e não mais como um aluno. A visão de mundo recebe outro olhar e a realidade a ser enfrentada é complexa e ao mesmo tempo rica em possibilidades de ações e transformações pedagógicas.
  16. 16. Desafio A partir da afirmativa de que as ações do PIBID e do Estágio Supervisionado são atividades que têm como objetivo contribuir para que os futuros professores tenham contato com as complexidades da escola de educação básica de forma ativa e não passiva, considero que a articulação entre elas pode possibilitar que o futuro professor interfira de forma direta e positiva no cotidiano escolar onde é bolsista ou estagiário, produzindo uma infinidade de saberes.
  17. 17. Lüdke (1994) aponta em um de seus estudos que a literatura consultada nas pesquisas sobre formação docente tendia a verificar a necessidade do desenvolvimento de parcerias entre as instituições de ensino superior e escola de educação básica. O intuito era promover a produção de um conhecimento significativo, que, desenvolvido coletivamente entre os profissionais da escola e das instituições, levaria a pensar em soluções para os problemas da educação básica.
  18. 18. Em busca da melhor formação Cursos ofertados no IFRJ
  19. 19. Nóvoa, 2001 A formação do professor não se constrói por acumulação de conhecimentos ou técnicas, mas sim através de um trabalho de reflexão crítica sobre as práticas de construção e reconstrução permanente de uma identidade pessoal. Por isso é tão importante investir na pessoa e dar um estatuto ao saber da experiência.
  20. 20. Questões de pesquisa
  21. 21. Inquietações... Concordando com Libâneo, é urgente a necessidade de uma mudança no processo de ensinar e aprender a ser professor.
  22. 22. Algumas pistas A pesquisa contribuirá de forma muito positiva na resignificação do Estágio Supervisionado na medida em que possibilitará que o futuro professor deixe de ser mero expectador e passe a ser um sujeito ativo, capaz de aprender a pensar, dialogar e a propor estratégias de ações no interior na escola de educação básica.
  23. 23. Diálogo iniciado... A pesquisa está em andamento e a proposta é dialogar com aqueles que se preocupam com a formação de professores. Obrigada! janaina.corenza@ifrj.edu.br

×