O Lúpus eritematoso sistémico<br />Diana Pedrosa nº5 , Filipa Capucha Garcia nº8 , 12ºA<br />
O lúpus eritematoso sistémico é uma doença auto-imune. É assim chamada já que o sistema imunitário do indivíduo portador d...
 Articulações
 Pele
 Pulmões
 Vasos sanguíneos
 Fígado
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Lupus 100126052754-phpapp01

416 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
416
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lupus 100126052754-phpapp01

  1. 1. O Lúpus eritematoso sistémico<br />Diana Pedrosa nº5 , Filipa Capucha Garcia nº8 , 12ºA<br />
  2. 2. O lúpus eritematoso sistémico é uma doença auto-imune. É assim chamada já que o sistema imunitário do indivíduo portador desta doença ataca as próprias células e tecidos do corpo.<br />O lúpus lesa mais frequentemente:<br /><ul><li> Coração
  3. 3. Articulações
  4. 4. Pele
  5. 5. Pulmões
  6. 6. Vasos sanguíneos
  7. 7. Fígado
  8. 8. Rins
  9. 9. Sistema nervoso </li></li></ul><li>O Lúpus não é uma doença hereditária, uma vez que não pode ser transmitida directamente de pais para filhos. No entanto, há crianças que herdam dos pais alguns factores genéticos ainda desconhecidos que podem fazer com que tenham predisposição a ter esta doença.<br />Homem que não apresenta a doença<br />Mulher que não apresenta a doença<br />Homem que apresenta a doença<br />
  10. 10. Actualmente ainda não existe cura especifica para esta patologia auto-imune, sendo que cada caso é um caso,são utilizados assim medicamentos como corticosteróides e imunossupressores que atenuam os seus sintomas. <br />
  11. 11. As manifestações clínicas são muito variáveis entre os pacientes, contudo, os sintomas mais comuns são: <br /><ul><li>Mal-estar
  12. 12. Febre
  13. 13. Fadiga
  14. 14. Emagrecimento
  15. 15. Falta de apetite
  16. 16. Dores articulares
  17. 17. Musculares
  18. 18. Manchas vermelhas na pele</li></ul>O lúpus eritematoso sistémico provoca vários tipos de lesão cutânea, a mais conhecida é a lesão em asa de borboleta. <br />
  19. 19. Para que se consiga fazer uma boa avaliação e diagnosticar o lúpus são utilizados exames imunológicos:<br />Anticorpos antinucleares (ANA), são auto-anticorpos que atacam o núcleo das células.Anticorpos anti-ADN, são auto-anticorpos que atacam o material genético da célula.Anticorpos anti-Sm, estes auto-anticorpos existem quase exclusivamente no LES, ajudando com frequência a confirmar o diagnóstico.Anticorpos antifosfolípidos, são auto-anticorpos que agem contra os fosfolípidos (parte da membrana de uma célula) ou proteínas que ligam aos fosfolípidosdo próprio corpo. <br />
  20. 20. Não é uma doença infecciosa e varia muito de paciente para paciente; variando de casos simples a casos mais complexos.<br />A doença modifica-se mais rapidamente nas crianças e, em geral, parece mais grave do que nos adultos.<br />O lúpus pode ser fatal, no entanto, com os actuais avanços da medicina, as fatalidades têm vindo a tornar-se cada vez mais raras. <br />

×