Moro num lugar  numa casinha inocente no sertão De fogo baixo e aceso no fogão, Fogão à lenha ai ai
Tenho tudo aqui  uma vaquinha leitera, um burro bão Uma baixada ribeira, um violão e uma galinhas ai ai
Tenho no quintal  uns pé de fruta e de flor e no meu peito por amor, plantei alguém (plantei alguém)
Que vida boa ô ô ô Que vida boa Sapo caiu na lagoa, Sou eu no caminho do meu sertão
Vez e outra vou na venda do vilarejo pra comprar sal grosso, cravo e outras coisas que fartá  Malvada pinga ai ai
Pego meu burrão Faço na estrada a poeira levantar Qualquer tristeza que for  não vai passar do  mata-burro ai ai
Galopando  vou depois da curva tem alguém que chamo sempre de meu bem, a me esperar (a me esperar)
Que vida boa ô ô ô que vida boa sapo caiu na lagoa, sou eu no caminho do meu sertão
VIDA BOA  Victor e Léo <ul><li>ALUNOS: </li></ul><ul><li>Gilson Ribeiro Zimingoski </li></ul><ul><li>Joice Ferreira </li><...
Mensagem <ul><li>A música nos passa que é muito boa a vida no sertão. </li></ul><ul><li>Fala sobre como é a vida de alguém...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Vida Boa

1.148 visualizações

Publicada em

Vídeo produzido pelos alunos:
Kethelyn, Joice, Luis e Gilson

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.148
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vida Boa

  1. 2. Moro num lugar numa casinha inocente no sertão De fogo baixo e aceso no fogão, Fogão à lenha ai ai
  2. 3. Tenho tudo aqui uma vaquinha leitera, um burro bão Uma baixada ribeira, um violão e uma galinhas ai ai
  3. 4. Tenho no quintal uns pé de fruta e de flor e no meu peito por amor, plantei alguém (plantei alguém)
  4. 5. Que vida boa ô ô ô Que vida boa Sapo caiu na lagoa, Sou eu no caminho do meu sertão
  5. 6. Vez e outra vou na venda do vilarejo pra comprar sal grosso, cravo e outras coisas que fartá Malvada pinga ai ai
  6. 7. Pego meu burrão Faço na estrada a poeira levantar Qualquer tristeza que for não vai passar do mata-burro ai ai
  7. 8. Galopando vou depois da curva tem alguém que chamo sempre de meu bem, a me esperar (a me esperar)
  8. 9. Que vida boa ô ô ô que vida boa sapo caiu na lagoa, sou eu no caminho do meu sertão
  9. 10. VIDA BOA Victor e Léo <ul><li>ALUNOS: </li></ul><ul><li>Gilson Ribeiro Zimingoski </li></ul><ul><li>Joice Ferreira </li></ul><ul><li>Kethelyn Segundo </li></ul><ul><li>Luis Eduardo Schulz </li></ul><ul><li>7º Ano </li></ul><ul><li>Profª Dania Hasse – Português </li></ul><ul><li>Compositor :Victor Chaves </li></ul>
  10. 11. Mensagem <ul><li>A música nos passa que é muito boa a vida no sertão. </li></ul><ul><li>Fala sobre como é a vida de alguém no sertão, que é calma mas de vez em quando tem seus agitos!!! </li></ul>

×