CRISTO - O DEUS ETERNO (Poemas e Poesias)

3.812 visualizações

Publicada em

CRISTO - O DEUS ETERNO (Poemas e Poesias)

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.812
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

CRISTO - O DEUS ETERNO (Poemas e Poesias)

  1. 1. CRISTOO DEUS ETERNO ____________________________________ JUNIOR OMNI © JUNIOR OMNI - 2007
  2. 2. ÍNDICE1. UM MENINO NOS NASCEU!2. ISAÍAS 533. JESUS – O ETERNO DEUS4. JESUS E O CEGO DE NASCENÇA5. RESSUSCITOU!6. O VERBO SE FEZ CARNE7. A TENTAÇÃO DE CRISTO8. A SANTA CEIA9. A ENTRADA TRIUNFAL10.CRISTO – O CORDEIRO SANTO11.AS AFLIÇÕES DE JESUS NO GETSÊMANI12.PERDÃO13.CORDEIRO DE DEUS14.RUDE CRUZ15.O REDENTOR16.EMANUEL – DEUS CONOSCO17.HOMEM DE DORES18.JEOVÁ RAFÁ19.O BOM PASTOR20.A RESSURREIÇÃO21.O MESSIAS22.CRISTO23.JESUS DE NAZARÉ24.“CORPUS CHRISTI”25.“SANCTUS REX”26. “VIA CRUCIS”27.O ALFA E O ÔMEGA28.O BATISMO DE JESUS29.DEUS FORTE30.O PRÍNCIPE DA PAZ31.EIS QUE CEDO VENHO32.BENDITO33.EU SOU A LUZ DO MUNDO © JUNIOR OMNI - 2007
  3. 3. AGRADECIMENTO Estes poemas nasceram em momentos de grandes provações etribulações pelas quais passei durante o ano de 2006 e também neste ano de2007.Por várias vezes senti a presença do inimigo tentando destruir a minha vida.Venho hoje humilhado agradecer ao Senhor JesusCcristo que sempre me ajudounas horas de aflição e angústia. Agradeço-o por entender minhas emoções, meus sentimentos,minhas fraquezas e minhas lágrimas. Agradeço-o pelo meu chamado aoministério e pelos inumeráveis livramentos de morte e de acidentes. Agradeço-o pelo seu carinho e por sua misericórdia em escolher-mepara ser um poeta e poder evangelizar por meio dos meus poemas e poesias queescrevo em espírito de oração, querendo alcançar um único objetivo: “A SALVAÇÃO DAS ALMAS PERDIDAS” Mesmo ferido por pedradas, calúnias, inveja e difamações; quero fazerminhas as palavras do profeta Isaías: “eis me aqui, envia-me a mim”. Ofereço estes poemas aos meus queridos pais: “Edvaldo e Antonia” Aos meus irmãos: “Jefferson e Josie” Aos meus cunhados: “Cristiano Freire e Adriana” Aos meus lindos sobrinhos: “Matheus, Larissa e Brenda” Á todos os meus familiares e amigos Á todos os pastores que acreditaram no meu chamado Aos companheiros de ministério Aos músicos e levitas da casa de Deus Aos amantes da poesia Á todos os jovens e adultos Ás crianças e aos velhinhos Aos presidiários (Jesus ama vocês)! Aos doentes e enfermos (Jesus te dá saúde)! Á todos que o lerão em espírito de oração... Graça e paz á todos Breve Jesus voltará! © JUNIOR OMNI - 2007
  4. 4. FÉ PARA VENCER Após uma jornada árdua de seis meses em Brasília – DF. Onde passeipelo SEMINÁRIO NACIONAL ITEJ e me formei em julho de 2006. Voltei para a cidadede São Vicente-SP. Então eu percebi que, poucos dias, depois do meu regresso paraa igreja, na qual eu congregava, uma força sobrenatural começara a me impedir decontinuar na caminhada. Cansado e exausto, já quase sem forças comecei a sentir desânimo, massabia que aquilo não era normal. Com o passar do tempo fui enfraquecendo epercebendo que o inimigo estava investindo pesado para me destruir por completo. Notei também que ele estava tentando me transformar em outra pessoae acabar com meu ministério. Fui atacado várias vezes pelo inimigo, mas, semprecontinuei buscando ao senhor Jesus. Neste período me sobrevieram muitas provas e tribulações. Eu fiqueienfermo, fiquei desempregado, por várias vezes ouvi insultos de familiares que nãoentendem que o obreiro que tem o chamado missionário deve primeiro passar pelo“deserto”. Por várias vezes pensei em voltar para o lar dos meus pais em Suzano –SP, mas, o Senhor Jesus me confortava dizendo-me que tudo aquilo que eu estavaenfrentando logo passaria, pois era um processo de provação para que ele meaperfeiçoasse em sua obra. Chorei muitas vezes escondido e sozinho, neste “vale de provações”aprendi que o senhor Jesus nunca desampara os seus escolhidos!O tempo passou e hoje encontro-me de pé, com fé em Jesus cristo que prova oscorações dos seus servos. Trabalhei em uma “lan house” onde tive a oportunidade de compartilhardo amor de Jesus Cristo com muitas pessoas e escrever os meus livros. Esta foi aporta que Deus abriu para mim. Estou muito feliz com Jesus cristo. Ao Senhor Jesus seja toda honra e toda glória! Amém © JUNIOR OMNI - 2007
  5. 5. O QUE É UM POEMA? *Poema é uma obra literária apresentada geralmente em verso (aindaque possa existir prosa poética, assim designada pelo uso de temas específicos e defiguras de estilo próprias da poesia). Efectivamente, existe uma diferença entre poesia e poema. Esteúltimo, segundo vários autores, é uma obra em verso com características poéticas.Ou seja, enquanto o poema é um objecto literário com existência materialconcreta, a poesia tem um carácter imaterial e transcendente. Fortemente relacionado com a música, a poesia tem as suas raízeshistóricas nas letras de acompanhamento de peças musicais. Até a Idade Média, apoesia era cantada. Só depois o texto foi separado do acompanhamento musical.Tal como na música, o ritmo tem uma importância fulcral. Na Grécia antiga a poesia foi a forma predominante de literatura. Ostrês gêneros (lírico, dramático e épico) eram escritos em forma de poesia. Anarrativa, entretanto, foi tomando importância, ficando a poesia mais relacionadacom o gênero lírico. Ainda hoje é feita esta associação entre poema, sentimentos erimas. A poesia tinha uma forma fixa: seus versos eram metrificados, isto é,observavam os acentos, a contagem silábica, o ritmo e as rimas. A contagemsilábica dos versos foi sempre muito valorizada até ao início do século XX quando aobra que não se encaixasse nas normas de metrificação não era consideradapoesia. Isto mudou com a influência do Modernismo- movimento cultural,surgido na Europa que buscava ruptura com o classicismo. Atualmente o ritmo dosversos foi liberado e temos os chamados "versos livres" que não seguem nenhumamétrica. © JUNIOR OMNI - 2007
  6. 6. O QUE É UMA POESIA? *A poesia, ou género lírico, ou lírica é uma das sete artes tradicionais,através da qual a linguagem humana é utilizada com fins estéticos. O sentido da mensagem poética também pode ser importante(principalmente se o poema for em louvor de algo ou alguém, ou o contrário:também existe poesia satírica), ainda que seja a forma estética a definir um textocomo poético. Num contexto mais alargado, a poesia aparece também identificada com aprópria arte, o que tem razão de ser já que qualquer arte é, também, uma formade linguagem (ainda que, não necessariamente, não verbal). A poesia, no seu sentido mais restrito, parte da linguagem verbal e, atravésde uma atitude criativa, transfigura-a da sua forma mais corrente e usual (a prosa),ao usar determinados recursos formais. Em termos gerais, a poesia é predominantemente oral - mesmo quandoaparece escrita, a oralidade aparece sempre como referência quase obrigatória,aproximando muitas vezes esta arte da música. * FONTE: WIKIPÉDIA, A ENCICLOPÉDIA LIVRE. © JUNIOR OMNI - 2007
  7. 7. 1 - UM MENINO NOS NASCEU! Oh, que gozo divinal! Já nasceu o Salvador Santo, justo e imortal Ele é Jesus o Redentor... © JUNIOR OMNI - 2007
  8. 8. 2 - ISAÍAS 53 Ele foi ferido por nossos pecados Ele foi humilhado perseguido desprezado Ele sofreu por nós Ele morreu por nós Pelas suas chagas fomos sarados Pelas suas chagas somos curados Negou-se a si mesmo Negou-se a si mesmo Ele sofreu por nós Ele morreu por nósO castigo que nos traz a paz estava sobre ele © JUNIOR OMNI - 2007
  9. 9. 3 - JESUS – O ETERNO DEUS Que homem é este que anda sobre as águas E faz vereda entre as mais altas ondas? Quem é este que traz paz e tira a mágoaE conhece o homem por mais que se esconda? Quem é este simples homem carpinteiro Cujas vestes resplandecem grande glória Será ele um “deus” um anjo mensageiro? Será ele o último e também primeiro? Será ele o Messias verdadeiro Que morreu na cruz para nos dar vitória? © JUNIOR OMNI - 2007
  10. 10. 4 - JESUS E O CEGO DE NASCENÇA JOÃO 9 Purifica-me Senhor Para que eu veja E onde quer que esteja Eu hei de andar contigo Tira a minha dor Se assim desejas E abra os meus olhos Diante dos meus inimigos © JUNIOR OMNI - 2007
  11. 11. 5 - RESSUSCITOU! Ressuscitou! Eis o sepulcro aberto E hoje somos libertos Da senda de horror Ressuscitou! Eis de pé o GuerreiroQue morreu num madeiro Para nos dar seu amor Ressuscitou! Eis suas mãos furadas Que foram perfuradas Cravadas na cruz Ressuscitou! Eis nossas vestes lavadas E almas purificadas Por Cristo Jesus!© JUNIOR OMNI - 2007
  12. 12. 6 - O VERBO SE FEZ CARNE“... E O VERBO ERA DEUS...”. JOÃO 1:1 Ele é o Criador Eterno Que vivia lá no céu Mas desceu até o inferno Pra mostrar que Ele é fiel Aleluias! Aleluias! É chegada a salvação! Hoje o Verbo se fez carne Para a nossa redenção Aleluias! Aleluias! O seu sangue é carmesim Escarlate e cor púrpura Cujo poder não tem fim Ele é o Pão da Vida Que morreu na rude cruz Pra curar nossas feridas E nos levar pra sua Luz Aleluias! Aleluias! A sua face reluz Ele é deus, mas se fez Homem E o seu nome é Jesus! © JUNIOR OMNI - 2007
  13. 13. 7 - A TENTAÇÃO DE CRISTO Lança-te daqui abaixo Ó filho do Deus Altíssimo Os anjos te aguardam Se Tu és o Filho de Deus Lança-te agora Chegou a hora Pois não está escrito Que a ti te guardam? © JUNIOR OMNI - 2007
  14. 14. 8 - A SANTA CEIA Dou-vos pão e vinho Pois Sou o Caminho A Verdade e a Vida! Dou-vos meu Carinho Vós não estais sozinhos Sou vossa guarida!© JUNIOR OMNI - 2007
  15. 15. 9 - A ENTRADA TRIUNFAL SALMO 24 Levantai ó portas eternas Para que entre o Rei da Glória Cuja face é sempiterna Cuja força é notória Levantai ó portas as vossas cabeças Para que entre o Cordeiro de Deus Que foi morto, mas renasceu Levantai ó portais eternos Para que entre o Rei de Israel Que já venceu todo o inferno Ó tremendo Emanuel! © JUNIOR OMNI - 2007
  16. 16. 10 – CRISTO, O CORDEIRO SANTO Pai, já está consumado! Entrego a Ti todo o meu ser Já limpei todo o pecado Já Transmiti o Seu recado Queira em Tua Glória me receber? Já me levantei dos mortos Já venci todo o inferno Já endireitei os caminhos tortos Glorifica-me ó Pai Eterno! © JUNIOR OMNI - 2007
  17. 17. 11 - AFLIÇÕES DE JESUS NO GETSÊMANI Peço que o meu inimigo cale-se Pois a minha hora é chegada Ó Pai passa de mim este cálice Ou cumpra em mim o que lhe agrada Eis me aqui preparado Como um mudo cordeiro Prestes a ser imolado Pra salvar o mundo inteiro Sinto-me aqui já pregado Junto a dois forasteiros Sinto a lança cruel no meu lado A dilacerar-me no madeiro © JUNIOR OMNI - 2007
  18. 18. 12 - PERDÃO Perdão Senhor te peço Meu erro a Ti, confessoCom grande dor me expresso: _ “Perdoa-me” Aceite as minhas orações Minhas humildes petiçõesSei que sondas os corações... _“ Perdoa-me” © JUNIOR OMNI - 2007
  19. 19. 13 - CORDEIRO DE DEUS Ó Cordeiro Santo! Rogai por nós os pecadores Cubra-nos com o Teu Manto E leva embora as nossas dores Ó Divino Homem! Tire de nós toda maldade Mostra-nos Tua bondade Pois somos pobres sofredores Guia-nos em Tua verdade Por amor de Teu bom nome Livra-nos da iniqüidade! Ó Senhor dos Senhores! © JUNIOR OMNI - 2007
  20. 20. 14 - RUDE CRUZ A cruz mais pesada Ele carregou Abrindo para nós Uma estrada perfeitaPara vivermos em amor... Sua Luz lançada Sobre nós emanou E para si nos separouComo uma noiva virgem Pura, santa e eleita© JUNIOR OMNI - 2007
  21. 21. 15 - O REDENTOR Quantas dores sofreu nosso Mestre! Para nos resgatar do pecado Do Céu veio á esfera terrestreE em Seu Sangue hoje somos lavados... Quantas injúrias! Quanto tormento! Quanta lamúria! Quanto lamento! Quantas lágrimas chorou o Mestre! Quanta tristeza em Seu Coração! Quanta crueldade! Quanta maldade! Quanto pesar! Tudo isso para nos salvar! © JUNIOR OMNI - 2007
  22. 22. 16 – EMANUEL, DEUS CONOSCO Ele é Senhor de toda a terra Ele é de paz também de guerra Ele é capaz forte e valente Ele é quem faz o homem contente! Ele é Manso Humilde e Fiel Ele é o Eterno Emanuel Ele é o Deus que se fez homem Tremendo e Santo é o Seu Nome! © JUNIOR OMNI - 2007
  23. 23. 17 - HOMEM DE DORES Ó, Homem de dores! Quantos horrores E dissabores Sofreste por nós! © JUNIOR OMNI - 2007
  24. 24. 18 - JEOVÁ RAFÁ Sou eu Jeová Rafá O Deus que cura Que salva o pobre Homem angustiado Sou eu Jeová Rafá E com ternura Tiro toda a amarguraDe um coração dilacerado© JUNIOR OMNI - 2007
  25. 25. 19 - O BOM PASTOR Eis o Bom Pastor Cheio de Amor Ele é o Senhor Jesus! Sara a sua dor E onde você for Ele te ilumina com A Sua Santa Luz! © JUNIOR OMNI - 2007
  26. 26. 20 - A RESSURREIÇÃO É me dado agora todo poder E nessa hora os céus E a terra hão de tremer Não temas, pois Eu Sou aquele Que foi morto E renasceu O meu Pai está em Mim E Eu estou nEle Por isso todo o Inferno estremeceu...“...Eu e o Pai somos um...” João 10:30 © JUNIOR OMNI - 2007
  27. 27. 21 - O MESSIASEis o Messias Bendito!Pelos profetas preditoNas Escrituras descrito: Êle é o Cristo! Êle é o Cristo! Êle é o El-Shaday É o Elohim, Adonay Está escrito! Está escrito!© JUNIOR OMNI - 2007
  28. 28. 22 - CRISTOOlha! Tem um Homem ali pendurado Quase morto e ensangüentado Não é ele o filho de José? O filho da virgem Maria Que veio de Nazaré? É o Cristo das Mãos perfuradas! Cuja carne Foi dilacerada É ele sim... Hoje eu sei Morreu por mim É o Rei dos reis Santo Ele é! © JUNIOR OMNI - 2007
  29. 29. 23 - JESUS DE NAZARÉ Hosana! Hosana!Bendito é o que vem em nome do Senhor! Hosana! Hosana! Eis o messias o nosso salvador! Hosana! Hosana! Ele é o Deus Jeová! Hosana! Hosana! _abram alas e deixem o Mestre passar! © JUNIOR OMNI - 2007
  30. 30. 24 - CORPUS CHRISTI Este é o Meu Corpo Que é partido por vós Esta é a Minha CarneQue é dividida e repartida entre vós Este é o Meu Pão Que é entregue á vós Tomai e comei Fazei isto em memória de mim... © JUNIOR OMNI - 2007
  31. 31. 25 – SANCTUS REX “SANTO REI” “Sanctus Rex” “Sanctus Rex” “Sactus Dominus Deus Sabaoth”“Sanctus Dominus Deus Sabaoth” Santo Rei Santo Rei Senhor Deus dos exércitos Senhor Deus dos exércitos © JUNIOR OMNI - 2007
  32. 32. 26 – A “VIA-CRUCIS” A dor do chicote malvado A dor de levar meus pecados A dor de um corpo surradoA dor de um Homem ensangüentado Jamais poderemos entender Jamais poderemos compreender A dor de carregar a cruz A dor de mostrar a Sua Luz A dor que ao Céu nos conduz Jamais poderemos sofrerPois Êle morreu e também renasceu Para que nós pudéssemos viver! Obrigado Senhor Jesus! © JUNIOR OMNI - 2007
  33. 33. 27 – O ALFA E O ÔMEGA Eu Sou o Alfa e o Ômega O Princípio e o Fim Eu Sou a Rosa de Sarom O Meu Sangue é carmesim... Meu Sangue é carmesim E a Minha Glória não tem preço Eu amo os que vêm á mim E aos ímpios eu aborreço © JUNIOR OMNI - 2007
  34. 34. 28 – O BATISMO DE JESUS Eis o Cordeiro de Deus Que tira o pecado do mundo Eis o Filho do Deus Vivo Que leva sobre si as nossas culpas Eis a Raiz de Davi Que vive e reina Para todo o sempre! Amém. © JUNIOR OMNI - 2007
  35. 35. 29 – DEUS FORTE Ele é Jeová E outro igual não há Ele é o Deus Forte Que derrotou a morte Ele é o Messias Predito nas profecias Pelo profeta Isaías Ele é a nossa sorte!© JUNIOR OMNI - 2007
  36. 36. 30 – O PRÍNCIPE DA PAZ Tenho paz pra vocês Gozo e vida eterna Mas, ainda não me conheceis Sou eu Deus e não homem Sou eu o Rei dos reis E a Minha Glória é sempiterna! Deixo-vos a minha paz! © JUNIOR OMNI - 2007
  37. 37. 31 – EIS QUE CEDO VENHO! Ora vem Senhor Jesus! Ora vem Senhor Jesus! A Tua Igreja te espera. Maranata ora vem. Maranata ora vem.Juntos subiremos para a formosa Jerusalém! Ora vem Senhor Jesus! Ora vem Senhor Jesus! A Tua Igreja te espera. Maranata ora vem. Maranata ora vem.Juntos subiremos para a formosa Jerusalém! © JUNIOR OMNI - 2007
  38. 38. 32 - BENDITO Santo e Bendito É o nosso Jesus Pois nós temos visto Sua Glória e sua Luz! Louvores e honras Ao Cristo Eterno Que pôs em desonra As legiões do inferno© JUNIOR OMNI - 2007
  39. 39. 33 – EU SOU A LUZ DO MUNDO Tenho paz e refrigério Para dar aos oprimidos Pois Sou um Deus de mistérios Que sara os corações feridos Nem mesmo por um segundo Minha Glória jamais ofusca Pois Eu Sou a Luz do mundo Que tua pobre alma busca! © JUNIOR OMNI - 2007
  40. 40. Entregue a sua vida ao Senhor Jesus! AGORA! © JUNIOR OMNI - 2007
  41. 41. O AUTOR Junior Souza da Silva - (JUNIOR OMNI) Nasceu em 1979, no alto da Moóca, na grande São Paulo.Viveu parte da sua infância em são Vicente, litoral paulista. Em 1986,os seus pais mudaram para a cidade de Suzano, no interior de SãoPaulo, onde residem atualmente. Sempre foi apaixonado pelas artes plásticas, música eliteratura. Em 2001 recebeu o chamado de Jesus Cristo, para ser umpregador do evangelho. Em 2006 fez teologia pelo SeminárioNacional ITEJ – Brasília – DF. Como um simples poeta cristão, usando o pseudônimo“JUNIOR OMNI”, os seus poemas e poesias – bem como o seupolêmico testemunho: “ROCK N ROLL – A MÚSICA DO INFERNO” –encontram-se espalhados pela internet. À JESUS, TODA HONRA E TODA GLÓRIA! Www.eternas-poesias.blogspot.com © JUNIOR OMNI - 2007

×