A Epístola aos Romanos Estudo 09 “ Para o bem dos que amam a Deus” A essência da liberdade cristã  Texto bíblico – Romanos...
Introdução (I) Depois do cântico de vitória com que encerra o capítulo 8, o apóstolo vai comentar sobre a sua tristeza com...
Introdução (II) Diante destes dois temas: A infidelidade do povo israelita, e a graça de Deus que liberta o homem, qualque...
Introdução (III) Sete pontos fundamentais: Uma lamentação e seis evidências!!!
Introdução (III) 1.Sua lamentação por Israel descrente; 2.A evidência do amor de Deus por Israel; 3.A evidência da justiça...
Primeira evidência: Rm 9.1-5 Sua lamentação por um Israel descrente O apóstolo lamenta a ingratidão do povo israelita ao S...
Segunda evidência:   Rm 9.6-13 A evidência do amor de Deus por Israel Passa a demonstrar o tamanho desta ingratidão, evide...
Terceira evidência:   Rm 9.14-16 A evidência da justiça suprema de Deus Passa então a explicar que o Deus que é amor é tam...
Quarta evidência:   Rm 9.17-21 A evidência da soberania de Deus Diante desta última evidência ele tem que apresentar um ar...
Quinta evidência:   Rm 9.22-24 A evidência da longanimidade de Deus No entanto, no exercício desta soberania e  desta sobe...
Sexta evidência:   Rm 9.25-29 A evidência disto no AT Dando então alguns exemplos do Antigo Testamento com Oséias e Isaías...
Sétima evidência:   Rm 9.30-33 A evidência que diferencia a graça da lei Finalizando então com mais uma explicação sobre a...
<ul><li>Conclusão </li></ul><ul><li>Você reconhece que Deus é amor? </li></ul><ul><li>Reconhece também que ele é justo? </...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

“Para os que amam a Deus”

1.352 visualizações

Publicada em

Estudo No. 09 – A Epístola aos Romanos

Publicada em: Espiritual, Turismo, Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.352
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
130
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

“Para os que amam a Deus”

  1. 1. A Epístola aos Romanos Estudo 09 “ Para o bem dos que amam a Deus” A essência da liberdade cristã Texto bíblico – Romanos 9.1-33
  2. 2. Introdução (I) Depois do cântico de vitória com que encerra o capítulo 8, o apóstolo vai comentar sobre a sua tristeza com relação ao seu povo. Em função disto, volta ao tema da liberdade religiosa que o Evangelho oferecia em comparação com a fé judaica.
  3. 3. Introdução (II) Diante destes dois temas: A infidelidade do povo israelita, e a graça de Deus que liberta o homem, qualquer que seja a sua raça, o apóstolo passa a desenvolver seu argumento em sete pontos distintos:
  4. 4. Introdução (III) Sete pontos fundamentais: Uma lamentação e seis evidências!!!
  5. 5. Introdução (III) 1.Sua lamentação por Israel descrente; 2.A evidência do amor de Deus por Israel; 3.A evidência da justiça suprema de Deus; 4.A evidência da soberania de Deus; 5.A evidência da longanimidade de Deus; 6.A evidência disto no AT; 7.A evidência que diferencia a graça da lei.
  6. 6. Primeira evidência: Rm 9.1-5 Sua lamentação por um Israel descrente O apóstolo lamenta a ingratidão do povo israelita ao Senhor Deus a ponto de, se possível fosse, sacrificar-se em sua fé, para que o seu povo cresse.
  7. 7. Segunda evidência: Rm 9.6-13 A evidência do amor de Deus por Israel Passa a demonstrar o tamanho desta ingratidão, evidenciando o grande amor com que o Senhor distinguiu o povo escolhido embora este viesse a desprezá-lo.
  8. 8. Terceira evidência: Rm 9.14-16 A evidência da justiça suprema de Deus Passa então a explicar que o Deus que é amor é também justiça, razão pela qual, acolhe tanto o gentio, como o judeu que nele crêem. Ele é misericordioso para quem merece a sua misericórdia
  9. 9. Quarta evidência: Rm 9.17-21 A evidência da soberania de Deus Diante desta última evidência ele tem que apresentar um argumento incontestável. Deus é soberano. Embora não entendamos os seus desígnios temos que lembrar-nos de que ele é o Senhor.
  10. 10. Quinta evidência: Rm 9.22-24 A evidência da longanimidade de Deus No entanto, no exercício desta soberania e desta soberania, o Senhor também é longânimo para com o seu povo, oferecendo-lhe diversas oportunidade de restauração e de retorno.
  11. 11. Sexta evidência: Rm 9.25-29 A evidência disto no AT Dando então alguns exemplos do Antigo Testamento com Oséias e Isaías, para retratar exatamente esta três virtudes do Senhor: amor, justiça e misericórdia.
  12. 12. Sétima evidência: Rm 9.30-33 A evidência que diferencia a graça da lei Finalizando então com mais uma explicação sobre a superioridade da justiça da graça que o gentio recebia sobre a justiça da lei que o judeu queria que prevalecesse
  13. 13. <ul><li>Conclusão </li></ul><ul><li>Você reconhece que Deus é amor? </li></ul><ul><li>Reconhece também que ele é justo? </li></ul><ul><li>E que também é misericordioso? </li></ul><ul><li>Como você então concilia na pessoa de Deus tais características antagônicas? </li></ul><ul><li>Qual a maior virtude divina? </li></ul>

×