Vote No Brasil

1.578 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.578
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vote No Brasil

  1. 1. "O preço da liberdade é a eterna vigilância". (John Philpot Curran) Clique para avançar. Ligue o som.
  2. 3. A Ameaça Vermelha...
  3. 5. UNASUL FORO DE SÃO PAULO MST VIA CAMPESINA PT – Partido dos Trabalhadores PC do B
  4. 6. DECÁLOGO (Os 10 mandamentos da ideologia socialista) Escrito em 1913 pelo líder revolucionário russo Vladimir Lênin, o pai do comunismo (sistema governamental ateísta - aquele que não crê em Deus). Qualquer semelhança com acontecimentos atuais, quase 100 anos depois, não é mera coincidência.
  5. 7. 2008 Governo Instala máquinas de camisinhas nas escolas. 2008 Ministério da saúde amplia a distribuição gratuita da pílula do dia seguinte. 1- Corrompa a juventude e dê-lhe liberdade sexual.
  6. 8. 2- Infiltre e depois controle todos os meios de comunicação. 2004 BNDES vai liberar até R$ 4 bilhões para o setor de comunicação. 2008 Censura de Imprensa no Brasil... a censura, no Brasil, não é uma mera questão retórica - ela está presente e, assustadoramente, efetiva.
  7. 9. 3- Divida a população em grupos antagônicos, incitando-os a discussões sobre assuntos sociais. ENSINO SUPERIOR "O objetivo da política de cotas não é democratizar o acesso ao ensino superior, não é produzir eqüidade na sociedade brasileira. É produzir um país dividido racialmente", Yvonne Maggie Cotas Sociais? SIM Cotas Raciais? NÃO Conflito entre Indígenas e Brancos no Mato Grosso e em Roraima
  8. 10. 4- Destrua a confiança do povo em seus lideres . 2007 Nível de corrupção no Brasil é o pior em dez anos, afirma BIRD. 2008 A situação da violência no Brasil é tão grave que será muito difícil revertê-la ou mantê-la sob controle.
  9. 11. 5- Fale sempre em democracia e em estado de direito, mas, tão logo haja oportunidade, assuma o poder sem qualquer escrúpulo. "vontade comum de renovar o pensamento de esquerda e o socialismo, de reafirmar seu caráter emancipador, corrigir concepções errôneas, superar toda expressão de burocratismo e toda ausência de uma verdadeira democracia social e de massas."
  10. 12. 6- Colabore para o esbanjamento do dinheiro público, coloque em descrédito a imagem do país, especialmente no exterior, e provoque o pânico e o desassossego na população por meio da inflação. O QUADLILHEIRO DO BANCO SUIÇO. Dilma Roussef acusada de forçar venda da VarigLog para estrangeiros. 2006 - Brasil Tecla replay do mensalão Na corrida reeleitoral, o PT aprova mesma política de alianças que levou à criação do valerioduto. Ser petista é crer no dom infinito de enganar?
  11. 13. <ul><ul><li>7 - Promova greves, mesmo ilegais, nas </li></ul></ul><ul><ul><li>industrias vitais do país. </li></ul></ul>
  12. 14. 8 - Promova distúrbios e contribua para que as autoridades constituídas não as coíbam.
  13. 15. 9 - Colabore para a derrocada dos valores morais, da honestidade e da crença nas promessas dos governantes.
  14. 16. 10 - Procure catalogar todos aqueles que têm armas de fogo, para que sejam confiscadas no momento oportuno, tornando impossível qualquer resistência. ESTATUTO DO DESARMAMENTO 2008 - Contra o povo governo quer desarmar a população para aumentar repressão. 04/SETEMBRO/2008 TARSO GENRO O MINISTRO DA JUSTIÇA, RESPONSÁVEL POR MAIS UMA CAMPANHA DO DESARMAMENTO, POSSUI DUAS ARMAS REGISTRADAS EM SEU NOME! “ O Estatuto do Desarmamento não é uma lei que tem por objetivo prevenir a prática de crimes e proteger a sociedade de ações violentas de grupos criminosos organizados. A política é desarmar a população ordeira, impedindo que possua armas em suas residências, com forma de autodefesa”.
  15. 17. Projetos Socialistas do Governo do PT - Partido dos Trabalhadores
  16. 18. UNASUL União de Nações Sul-Americanas http://pt.wikippedia.org
  17. 20. Localização da União de Nações Sul-Americanas Localização da União de Nações Sul-Americanas
  18. 22. Bandeira da UNASUL
  19. 24. Símbolo da UNASUL
  20. 26. Países Participantes da UNASUL México Panamá Membros Observadores Venezuela Suriname Guiana Chile Outros Países Uruguai Paraguai Brasil Argentina Membros do Mercosul Peru Equador Colômbia Bolívia Membros do CAN
  21. 27. Designação do Povo:
  22. 28. GENTÍLICO: Os gentílicos designa um indivíduo de acordo com o seu local de nascimento ou residência, são os adjetivos pátrios. Origem: sul-americano, Cidadania: sul-americana.
  23. 29. Origem:
  24. 30. Inspirada nos ideais de Simón Bolivar, reverenciado na América Latina como “el libertador”, ele tinha como objetivo a criação de uma federação de nações da América espanhola, a fim de garantir prosperidade e segurança após a independência, uma vez que o mesmo temia o imperialismo brasileiro.
  25. 31. Bolívar jamais alcançou seu objetivo, e morreu impopular por causa de suas tentativas autoritárias de estabelecer governos centrais fortes nos países que levara à independência.
  26. 32. Foro de são Paulo. Foro de São Paulo. http://pt.wikippedia.org
  27. 34. Presidente Lula, acompanhado do ministro Luiz Dulci, participa de ato político em celebração aos quinze anos do Foro de São Paulo. (Foto Ricardo Stuckert/ABr)
  28. 35. Marco Aurélio Garcia, assessor especial para assuntos internacionais do presidente Lula, em debate sobre integração regional, no Foro de São Paulo Generosidade brasileira &quot;Tivemos recentemente grandes descobertas de petróleo em nosso litoral. Nós queremos produzir uma parte disso. Mas queremos também que a América Latina participe da produção petrolífera, que tem de ser um instrumento que alavanque não só a economia brasileira como também a economia de toda a região.&quot;
  29. 36. O Foro de São Paulo (FSP) é o nome genérico de um encontro bianual de partidos políticos e organizações sociais de esquerda e nacionalista, da América Latina e do Caribe.
  30. 37. Participam da organização desde partidos políticos com atuação em processos eleitorais regulares até organizações não-governamentais (ONGs) e representantes de movimentos de esquerda armados (guerrilhas).
  31. 38. Estrutura executiva do Foro de São Paulo
  32. 39. <ul><li>Partido dos Trabalhadores; </li></ul><ul><li>Izquierda Unida (Peru); </li></ul><ul><li>Frente Farabundo Martí de Libertação Nacional (El Salvador); </li></ul><ul><li>Frente Sandinista de Libertação Nacional (Nicarágua); </li></ul><ul><li>Partido Comunista de Cuba; </li></ul><ul><li>Frente Ampla do Uruguai; </li></ul><ul><li>Partido da Revolução Democrática (México); </li></ul><ul><li>Movimiento Lavalás (Haiti) e </li></ul><ul><li>Movimiento Bolivia Libre. </li></ul>Estas instâncias têm sua composição decidida a cada encontro e já foram integradas por organizações como:
  33. 40. O presidente Luís Inácio Lula da Silva conversa com Fidel Castro, no Palácio da Revolução, em Havana. Foto: Antonio Milena/ABr.
  34. 41. FORO DE SÃO PAULO Posições políticas adotadas segundo seus líderes:
  35. 42. Os objetivos iniciais do FSP estão expressos na &quot;Declaração de São Paulo&quot;, documento final que foi aprovado no primeiro encontro em São Paulo, no ano de 1990.
  36. 43. Os participantes manifestaram a &quot;vontade comum de renovar o pensamento de esquerda e o socialismo, de reafirmar seu caráter emancipador, corrigir concepções errôneas, superar toda expressão de burocratismo e toda ausência de uma verdadeira democracia social e de massas.&quot;
  37. 44. A declaração afirmou, também, a solidariedade à Revolução Cubana e à Revolução Sandinista e apoiou às tentativas de desmilitarização e de solução política da guerra civil em El Salvador, além de se solidarizar com os povos andinos.
  38. 45. O texto definiu, adicionalmente, as bases de um &quot;novo conceito de unidade e integração continental&quot;, que supõe: &quot;defender o patrimônio latino-americano, pôr fim à fuga e exportação de capitais do sub-continente, encarar conjunta e unitariamente o flagelo da impagável dívida externa e a adoção de políticas econômicas em benefício das maiorias, capazes de combater a situação de miséria em que vivem milhões de latino-americanos.&quot;
  39. 46. Apesar da participação do Partido Comunista de Cuba ( acusado de violações de direitos humanos em seu país ) no primeiro encontro, a Declaração manifestou &quot; compromisso ativo com a vigência dos direitos humanos e com a democracia e a soberania popular como valores estratégicos, colocando as forças de esquerda, socialistas e progressistas frente ao desafio de renovar constantemente seu pensamento e sua ação &quot; - se é que tal declaração não consistia, exatamente, numa exortação indireta ao PC cubano.
  40. 47. No II Encontro (México, 1991), surgiu a idéia de o FSB trabalhar também por maior integração continental, por meio do intercâmbio de experiências, da discussão das diferenças e da busca de consenso para ação entre as esquerdas.
  41. 48. Os encontros seguintes reafirmam esta disposição para o diálogo entre as esquerdas, ao mesmo tempo em que — no cenário continental — cresceu a influência dos partidos participantes do Foro de São Paulo na política latino-americana, uma vez que houve a eleição de presidentes afinados com suas visões em vários países.
  42. 49. Controvérsias do Foro de São Paulo
  43. 50. Existem críticas dirigidas ao Foro de São Paulo segundo as quais ele não passaria de uma tentativa de reorganizar um ente político-partidário comunista semi-clandestino — nos moldes da Internacional Comunista (ou Comintern) —, cujas atividades legais seriam a fachada para um plano de amplitude continental,...
  44. 51. ...com o objetivo de implantar o comunismo em toda a América Latina, sobrepondo-se à soberania nacional dos Estados sul-americanos, destruindo a democracia representativa e implantando regimes de cunho autoritário e/ou populista nesses países, ou mesmo criando um ente político supranacional.
  45. 52. Esta análise apoia-se no fato de certos membros do FSP terem participado ou ainda estarem envolvidos em conflitos armados. Há críticos ao FSP que o caracterizam como uma reunião de &quot;traficantes de drogas, terroristas, seqüestradores&quot;, em decorrência da participação, em encontros passados, das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), organização guerrilheira marxista que, assim como os grupos paramilitares de direita da Colômbia, utiliza o narcotráfico como fonte de financiamento de suas operações, mediante a cobrança de &quot;imposto revolucionário&quot; (la vacuna).
  46. 53. Critica-se, ademais, a participação do Partido Comunista Cubano, pela sua condição de partido único, bem como do Movimiento de Izquierda Revolucionaria (MIR), grupo chileno que empregava seqüestros como meio de ação política (e teve, no Brasil, militantes envolvidos no caso do seqüestro do empresário brasileiro Abílio Diniz, às vésperas da eleição presidencial de 1989).
  47. 54. Esta acusação, entretanto, não se sustenta na prática atual do FSP. Reportagem publicada pelo jornal Folha de S.Paulo no dia 31 de maio de 2008 revela que, por veto do PT, &quot;as FARC foram impedidas de participar da reunião do Foro de São Paulo realizada no Memorial da América Latina, na capital paulista, em julho de 2005&quot;.
  48. 55. &quot;As FARC também foram barradas num seminário ocorrido na Nicarágua, em 2004&quot;, prossegue a reportagem. &quot;Um ano depois da chegada de Lula ao poder, o PT teria assumido um distanciamento estratégico em relação à guerrilha colombiana.&quot;
  49. 56. O governo brasileiro, através de diversas declarações do Presidente Lula, tem buscado apresentar o Foro como um espaço de negociação entre diversos atores políticos, visando buscar e encaminhar soluções pacíficas para situações de crise.
  50. 57. Participantes Lista parcial A reunião anual em Montevidéu 2008
  51. 58. Argentina: Partido Comunista da Argentina Barbados: Movimento Clement Payne Brasil: Partido dos Trabalhadores, Partido Comunista do Brasil, Partido Comunista Brasileiro Bolívia: Partido Comunista da Bolívia
  52. 59. Cuba : Partido Comunista de Cuba Chile: Partido Comunista do Chile, Partido Socialista do Chile, Movimento de Esquerda Revolucionária Colômbia: Partido Comunista Colombiano, Exército de Libertação Nacional, Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia
  53. 60. Costa Rica: Partido Popular Costariquenho Dominica: Partido Trabalhista de Dominica República Dominicana: Partido de Libertação Dominicano El Salvador: Frente Farabundo Martí de Libertação Nacional
  54. 61. Guatemala: União Revolucionária Nacional da Guatemala Guiana: Aliança do Povo Trabalhador México: Partido do Trabalho, Partido Socialista Popular, Partido da Revolução Democrática
  55. 62. Nicarágua: Frente Sandinista de Libertação Nacional Paraguai: Partido Comunista Paraguaio, Partido Pátria Livre Peru: Partido Comunista Peruano, Partido Socialista do Peru Venezuela: Partido Comunista da Venezuela, Movimento Quinta República.
  56. 63. Porto Rico: Partido Nacionalista Portoriquenho, Frente Socialista, Movimento de Independência Nacional Hostosiano, Federação Universitária Pró-Independência de Porto Rico Uruguai: Frente Ampla, Partido Comunista do Uruguai, Partido Socialista do Uruguai, Tupamaros
  57. 64. Escândalos no Governo do PT - Partido dos Trabalhadores.
  58. 65. O HOMEM DA MALA: O empresário mineiro Marcos Valério chega ao Congresso Nacional para prestar depoimento aos deputados. A PEDRA DE ROSETA DA CORRUPÇÃO: Maurício Marinho é flagrado recebendo propina nos Correios e detona a crise política.
  59. 66. O TESOUREIRO NO FURACÃO: O presidente do PT, José Genoino, encerra uma entrevista coletiva de Delúbio Soares, acusado de operar o mensalão. Os dois caíram: Genoíno se aposentou pela Câmara e Delúbio foi expulso. O HOMEM-BOMBA: De olho roxo após acidente doméstico, Roberto Jefferson, o deputado que denunciou o mensalão, fala à CPI dos Correios. Foi cassado e luta para voltar.
  60. 67. O MARQUETEIRO CONFESSA: Na CPI dos Correios, o publicitário Duda Mendonça chora ao revelar ter recebido de caixa dois no exterior. 'Deixou' o governo e perdeu a conta pessoal de Lula. A 'MASMORRA' DA CPI: O presidente da comissão que investiga a corrupção nos correios, Delcídio Amaral, entre os documentos arquivados no subsolo do anexo do Senado. CPI foi prorrogada até abril de 2006.
  61. 68. A 'PROMOTORA DE EVENTOS': Jeany Gomes da Silva, conhecida como Jeany Mary Corner, acusada de levar garotas de programa para festas oferecidas a políticos. AS ILUSÕES PERDIDAS: O deputado petista Chico Alencar chora no plenário da Câmara depois das revelações de Duda Mendonça.
  62. 69. DE VOLTA PARA CASA: Discursando com chapéu de cangaceiro em Garanhuns, Pernambuco, Lula busca apoio popular em meio à crise. NA MALA E NA CUECA: Dinheiro apreendido pela Polícia Federal com José Adalberto Vieira, assessor do petista José Nobre Guimarães, irmão de Genoino, no aeroporto de São Paulo: 100 000 dólares estavam na cueca.
  63. 70. SOZINHO NA TRINCHEIRA: O ministro Antonio Palocci responde perguntas dos jornalistas sobre acusação de corrupção em Ribeirão Preto. A ESTRELA DA CPI NA MIRA: A senadora Heloísa Helena em seu gabinete depois de receber ameaças de morte pelo celular.
  64. 71. O DOLEIRO E A DELAÇÃO PREMIADA: Antônio Oliveira Claramunt, o Toninho da Barcelona, depois de prestar depoimento aos integrantes da CPI dos Correios, na polícia de São Paulo. A QUEDA DO SUPERMINISTRO: José Dirceu discursa na tribuna da Câmara depois de deixar o governo e reassumir a cadeira de deputado. Lutou por quatro meses para manter o mandato. Não conseguiu.
  65. 72. MEDALHA PARA SEVERINO: Em cerimônia oficial, Lula condecora o presidente da Câmara um dia antes da denúncia do &quot;mensalinho&quot;. AS BANDEIRAS DO PT SUMIRAM: Em manifestação popular, as faixas de apoio a Lula dão lugar a pedidos de renúncia e impeachment.
  66. 73. SEVERINO SEM SAÍDA: O presidente da Câmara observa os jornalistas na porta de sua casa depois do surgimento de prova do &quot;mensalinho&quot;. E diz que não renuncia. FRENTE A FRENTE: José Dirceu presta depoimento no Conselho de Ética da Câmara, questionado pelo rival Roberto Jefferson, quando ambos ainda eram deputados.
  67. 74. COMPANHIA INCÔMODA: No início da crise, Lula ainda tentou apoiar o parlamentar da sua base de apoio. &quot;Nós temos de ser parceiros, e parceiro é solidário com seu parceiro&quot;, disse o presidente. A QUEDA DO SUPERMINISTRO: 50 horas depois de ser acusado por Roberto Jefferson de ser o 'chefe' e 'arquiteto' do mensalão, José Dirceu anuncia sua volta à Câmara diante dos colegas ministros.
  68. 75. A pergunta de 418 milhões de dólares Por que a proposta de 738 milhões da TAM pela Varig foi recusada e a de 320 milhões da Gol foi aceita? (1) Larissa, filha de Roberto Teixeira; (2) Cristiano Martins, genro de Teixeira; (3) o chinês Lap Chan, do fundo Matlin Patterson; (4) Valeska, filha de Teixeira; (5) Marco Audi, da VarigLog; (6) Lula; (7) Guilherme Laager, então presidente da Varig; (8) Eduardo Gallo, da VarigLog; (9) Santiago Born, do Matlin Patterson; (10) Roberto Teixeira
  69. 76. Senadores da oposição ao governo cobram da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, esclarecimento sobre pressões que livraram o comprador da VarigLog do pagamento de uma dívida tributária calculada, há dois anos, em R$ 2 bilhões. O senador Demóstenes Torres (PSDB-GO) afirma que Dilma e a secretaria-executiva da Casa Civil, Erenice Guerra, que comandou reuniões do processo de venda da companhia, deixaram o &quot;prejuízo&quot; para a União e o contribuinte. Ao comentar sobre essas pressões, Torres disse que está &quot;claro&quot; o &quot;jogo de influência&quot; no governo. CASO VARILOG
  70. 77. Escutas Ilegais por agentes do governo fazem o Presidente do STF, Gilmar Mendes pedir providências ao presidente Lula. Tarso diz que denúncia de grampo a ministros do STF é falsa. Jungmann classificou a escuta de “criminosa e atentatória à democracia, à harmonia entre os poderes” e cobrou do presidente da República a demissão imediata dos diretores da Abin. O ESTADO TOTALITÁRIO
  71. 78. OUTRA VÍTIMA: O legista Carlos Delmonte Printes, que fez a autópsia do prefeito de Santo André Celso Daniel, morreu misteriosamente. Foi a sétima vítima no caso envolvendo o assassinato do petista Daniel. CELSO DANIEL ! UM FANTASMA QUE ESPERA POR JUSTIÇA. TONINHO DO PT! OUTRO FANTASMA QUE ESPERA POR JUSTIÇA. VÍTIMAS DA MÁFIA DO LIXO
  72. 79. E o Brasil Verde- Amarelo...
  73. 81. O mais assustador de tudo isso é que a maioria das pessoas, principalmente as menos esclarecidas, vêem toda essa imoralidade apenas sob o aspecto financeiro, não percebendo que o principal objetivo é um elaborado plano que visa destruir as nossas instituições.
  74. 82. Instituições como a família , o estado de direito , o bem público e a religião , são entre outros os pilares que sustentam uma verdadeira democracia.
  75. 83. Considerando que a maioria da população brasileira não tem o entendimento necessário e suficiente para entender essa realidade, é nosso dever levar essa verdade ao conhecimento das demais pessoas. Isso é possível, se pensarmos que convivemos diariamente com um número muito grande de pessoas.
  76. 84. Você poderá achar que tudo isso não tem absolutamente nada a ver com a nossa vida e a nossa família, mas pode acreditar que se não fizermos a nossa parte, terá muito a ver com o futuro do nosso país, dos nossos filhos e netos.
  77. 85. Vote no BRASIL e Pelo BRASIL.
  78. 86. A decisão é sua...
  79. 87. e o final você escolhe...
  80. 89. Fim.

×