Grandes Problemas Ambientais

13.900 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.900
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
202
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
242
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Grandes Problemas Ambientais

  1. 1. Grandes Problemas Ambientais Prof. José Manuel Pinto Sousa Trabalho realizado por: -Ana Costa N.º2 9.ºB -Ana Sofia N.º3 9.ºb -Inácia Galvão N.º8 9.ºB Grupo 2
  2. 2. Introdução <ul><li>Neste trabalho queremos falar especialmente da poluição dos mares, oceanos, lagos e rios, o que acontece em todo mundo. Isto é um tema cada vez mais actual nos dias de hoje, visto que as consequências são bastante visíveis. Queremos também que os alunos consigam entender as graves consequências alertando-os para o melhoramento desta situação. </li></ul>
  3. 3. Os Oceanos e Mares: Um património em risco O Homem e os Ambientes de água doce
  4. 4. Poluição dos mares e oceanos <ul><li>resulta da introdução de substâncias nocivas à vida marinha, assim como, a modificação de determinados elementos físicos (exemplo: temperatura). </li></ul>
  5. 5. A poluição marítima resulta sobretudo da actividade humana Esta situação tem se agravado desde a Revolução Industrial (segunda metade do século XVIII)
  6. 6. As principais fontes poluidoras dos oceanos e mares provêm de: <ul><li>-descargas industriais nos rios; </li></ul><ul><li>-das águas dos rios carregadas de pesticidas, de detergentes e matérias orgânicas; </li></ul><ul><li>-resíduos nucleares; </li></ul><ul><li>-esgotos urbanos; </li></ul><ul><li>-transportes marítimos; </li></ul><ul><li>-marés negras; </li></ul><ul><li>-dragagens (são efectuadas de forma a manter rios e portos navegáveis). </li></ul>
  7. 8. Consequências da poluição dos mares e oceanos: <ul><li>Esgotos não tratados </li></ul><ul><li>Contaminação dos oceanos </li></ul><ul><li>Destruição dos ecossistemas marinhos; </li></ul><ul><li>Muitas doenças (ex.: Hepatite A e B, Meningite, Tuberculose e Tétano); </li></ul><ul><li>Fica impróprio para banhos ou consumo. </li></ul>
  8. 9. Os derrames de petróleo <ul><li>Impacto mais visível permanece à superfície como uma película. </li></ul><ul><li>Normalmente estes derramamentos são acidentais e acontecem quando os grandes petroleiros têm problemas ou se afundam. </li></ul><ul><li>Mas também podem propositados quando os navios decidem fazer a limpeza dos seus porões de petróleo em alto mar (este acto é ilegal mais fica mais barato). </li></ul>
  9. 10. Consequências: <ul><li>Dificulta a entrada de luz, o que compromete a fotossíntese; </li></ul><ul><li>As brânquias dos animais marinhos ficam encobertas pelo óleo, o que impede a ocorrência de trocas gasosas; </li></ul><ul><li>Aves aquáticas ficam com as penas encharcadas de óleo quando mergulham para caçar peixes depois já não conseguem levantar voo com o peso do crude morrendo afogadas; </li></ul><ul><li>Água imprópria para banhos e consumo. </li></ul>
  10. 12. Poluição dos rios e dos lagos <ul><li>A água doce é um recurso vital para o homem e é necessário para o fabrico de quase todos os bens que consumimos. </li></ul>
  11. 13. As principais causas da poluição das águas dos rios e dos lagos são: <ul><li>Os desperdícios industriais; </li></ul><ul><li>Os esgotos domésticos; </li></ul><ul><li>Os detritos agrícolas; </li></ul><ul><li>Os poluentes atmosféricos; </li></ul><ul><li>Águas residuais de centrais nucleares; </li></ul><ul><li>Explorações pecuárias; </li></ul><ul><li>Pesticidas e fertilizantes químicos. </li></ul>
  12. 15. Um dos graves problemas da poluição da água doce é a eutrofização, causada pelo lançamento, nos rios e lagos, de resíduos com elevados valores de fosfatos, azoto e nitratos. Estes elementos provocam o crescimento exagerado de plantas aquáticas (fitoplâncton) á superfície.
  13. 16. Definição de Eutrofização: <ul><li>É o processo pelo qual um lago ou um curso de água fica excessivamente rico em nutrientes vegetais, provocando a desoxigenação da água, que começa a cheirar mal e, na prática, fica privada de vida. </li></ul>
  14. 17. Consequências: <ul><li>Impede as tocas gasosas entre a água e atmosfera; </li></ul><ul><li>O desenvolvimento de uma enorme quantidade de bactérias e de outros microrganismos (estes consomem muito oxigénio, gerando uma escassez deste gás, vindo a comprometer a vida de animais aquáticos); </li></ul><ul><li>formação de uma “manta verde” à superfície que impede que a luz solar chegue aos seres vivos, assim não se realiza a fotossíntese e não há produção de oxigénio. </li></ul>
  15. 19. Conclusão <ul><li>Com a realização deste trabalho podemos concluir que este problema (poluição) tem se agravada ao longo dos tempos, e a actividade humana é a principal causa destes distúrbios, sendo necessário começarmos a adoptar medidas de protecção do ambiente o mais rapidamente possível, viste que, estas consequências se podem vir a agravar ainda mais. </li></ul>
  16. 20. Bibliografia <ul><li>Mendes, A. I; Batista, J.A; Batista, J. C; Ambiente e sociedade; Didáctica editora, Lisboa, 2005 </li></ul><ul><li>Gomes, A; Bota, A. S; Fazer geografia; Porto editora, Porto, 2008 </li></ul><ul><li>Amada; E; Batista, J.A; Batista, J.C; Geo diversidade; didáctica Editora; Lisboa, 2008 </li></ul><ul><li>Rodrigo, A; Coelho, J, Viagens; Texto editores; Lisboa, 2008 </li></ul>

×