Viabilidade negocio

1.404 visualizações

Publicada em

Apresentação dos trabalhos de conclusão de curso dos alunos do MBA Executivo Internacional da FIA. Desde 2005 é o único curso de origem brasileira classificado entre os melhores do mundo pelo Executive MBA Ranking do Financial Times de Londres.

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.404
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Viabilidade negocio

  1. 1. Inovação em busca de competitividade e geração de valor 04/11/2011 ISBN 9788599809020 www.fia.com.br/profuturo
  2. 2. Análise de Viabilidade de Negócio paraImplantação da cadeia de valor de bolsas de airbag no Brasil Autor: Renato G. S. Boaventura Orientador: Daniel Estima de Carvalho
  3. 3. Agenda• Introdução.• Pergunta de pesquisa.• Objetivos.• Referencial teórico.• Metodologia.• Principais resultados.• Considerações finais.
  4. 4. Introdução: Projeção do mercado de bolsas de airbag no Brasil• Mercado em forte ascensão em função da Lei 11.910 de 18 de Março de 2009 queestabelece a obrigatoriedade do uso de airbag em 2014 (passageiro e condutor);• Hoje 100% das bolsas de airbag são importadas e apenas montadas no país;• Indústria automobilística cresce em ritmo acelerado (projeção 1,5 vezes o PIB).
  5. 5. Pergunta da pesquisa: O Brasil tem base e condições para atender a demanda prevista, porém um elo da cadeia não está desenvolvido Cadeia de valor do airbag Química de Petroquímica Especialidade Têxtil Autopeças Montadoras USA Braskem Autoliv, TRWBrasil Vale Rhodia ? e Takata Montadoras ÁsiaEuropa • Para a implantação da cadeia de valor de bolsas de airbag no Brasil, devem ser desenvolvidos fabricantes locais de tecidos técnicos: É VIÁVEL?
  6. 6. Objetivos: Desenvolver um plano de Negócios de tecidos técnicos para fabricação de bolsas de airbagElaborar um plano de negócios que permita: • Avaliar a atratividade do investimento (VPL, TIR e payback); • Avaliar a rentabiliadade do negócio; • Detalhar a visão de mercado; • Estudar as principais barreiras de entrada e ameaças.
  7. 7. Referencial Teórico: Tema Plano de Negócios• Definição e Objetivos de um Plano de Negócios: E. Bolson (2003) – “uma obra de planejamento dinâmico que descreve um empreendimento, projeta estratégias operacionais e de inserção no mercado e prevê os resultados financeiros”• As etapas para elaboração de um Plano de Negócios: Bernardi (2007) propõe as seguintes etapas: • Oportunidade/idéia • Empreender • Ramo de Atividade • Visão de Mercado • Produção/ Estruturação Operacional • Informações Gerais • Análise Econômico-financeira e projeções
  8. 8. Metodologia: Estudo de CasoYin (2005) define estudo de caso como:• Investigação empírica: uma busca de dados relevantes e convenientesobtidos por meio da experiência e vivência.O estudo de caso em questão contará com dados relevantes obtidos por meioda experiência do autor e da vivência nos negócios objeto deste estudo.
  9. 9. Principais Resultados: Análise da Oportunidadea) Demanda assegurada em função da nova lei aprovada em 2009 queobriga a produção de veículos com airbags frontais a partir de 2014;b) Não existe produtor de tecidos técnicos para produção de bolsas deairbag no país;c) A cadeia de valor está estruturada faltando apenas o desenvolvimentodo elo têxtil;d) A indústria automobilística vem crescendo em ritmo acelerado;e) A dependência de produtos importados é crítica no país em função dasdeficiências logísticas e de infra-estrutura nacional;f) Ações protecionistas do Governo Federal em prol da IndústriaAutomobilística Brasileira.
  10. 10. Principais Resultados: Ramo de Atividade Detalhe cadeia de valor do airbag Matérias Elo têxtil Montagem Rhodia a ser Primas no Brasil do AirBag desenvolvido Braskem Cumeno Fenol Vale Takata Adipic Amônia Ácido Adípico acid TRW Autoliv tecelagem, corte e Fios costura Montagem Sal Nylon Poliamida Airbag tecido técnicos Rhodia Hexametileno Adiponitrila Diamina Fonte: autor Relevância do Setor Têxtil Brasileiro (dados ABIT): • Faturamento: US$ 52 Bilhões • Trabalhadores: 1,7 Milhões (75% mão de obra feminina) • 2°maior empregador da Indústria de Transformação • 5°maior produtor mundial
  11. 11. Principais Resultados: Visão de Mercado (1/3) Análise do Ambiente Externo Econômico Oportunidades: • País com perspectiva de manter crescimento (PIB ~4%) • Indústria automobilística forte e acompanhando crescimento do país Sociocultural Demográfico Ameaças: Oportunidades:Oportunidades: • Juros altos, porém em queda • Maior conscientização sobre a• Classe C em expansão. Acesso importância da segurançaa carros populares. veicular Indústria:• País envelhecendo, Político/Regulatórioaumentando a proporção de Tecelagemcarros por habitante Produto: tecidos para Oportunidades: fabricação de airbags Tecnológico • Legislação de obrigatoriedade do uso de airbags frontaisOportunidades: Ambiental •Fortes barreiras comerciais para• Maiores fabricantes de sistema tecidos (imposto de importaçãopresentes no país com capacidade de Oportunidades: elevado: 26%)Inovação • tecidos de poliamida podem Ameaça: ser reciclados pela Indústria •Imposto importação de airbags confeccionados baixo por não existir fabricante Nacional (2%)
  12. 12. Principais Resultados: Visão de Mercado (2/3) Ambiente da Indústria: As 5 forças de Porter Ameaça de Novos Entrantes: - Barreira Tecnológica - Tempo e custo de Homologação - Baixa proteção Aduaneira da Bolsa Poder de NegociaçãoPoder de Negociação dos Compradores:dos Fornecedores: • Forte Concentração• Poucos Fabricantes (Autoliv, Takata, TRW)• Vantagem Produção 100% importado • Risco de IntegraçãoNacional (Rhodia) • Necessidade de fortes parcerias Ameaça dos produtos substitutos: Não identificado
  13. 13. Principais Resultados: Visão de Mercado (3/3)
  14. 14. Principais Resultados: Dimensionamento Produção
  15. 15. Principais Resultados: Rentabilidade do Negócio e Atratividade do Investimento
  16. 16. Considerações Finais (1/3)• Temos uma lei federal que garantirá um forte crescimento da demanda de bolsas de airbag.• Somando-se a este fator, temos uma indústria automobilística que cresce em ritmo mais acelerado que o próprio crescimento do país• Com isto teremos a demanda de bolsas de airbag no país crescendo cerca de 400% no período de 2011 a 2021, ou seja, de 2,5 milhões a 12,5 milhões de bolsas.• A produção de tecidos técnicos para fabricação das bolsas de airbag é uma atividade inexistente no país
  17. 17. Considerações Finais (2/3)Principais barreiras de entrada:• Tecnológica: aplicação crítica ligada à segurança• Longos tempos e custos de homologação: dificultando a abertura da Indústria para novos fornecedores• Apesar da alta proteção aduaneira do tecido (26%), a baixa proteção aplicada à importação da Bolsa (2%) não motiva produtores internacionais a se instalar no Brasil e inibe empreendedores locais a entrar no mercado em função da alta concorrência externa.Principais Ameaças:• Risco de integração da atividade de produção dos tecidos pelos clientes. => buscar parcerias sólidas com estes futuros clientes que permitam atingir uma participação de mercado de pelo menos 50%.
  18. 18. Considerações Finais (3/3)Finalizando a análise de viabilidade do negócio de tecidos técnicos, concluímosque o investimento é atrativo e com rentabilidade adequada: • investimento de 30 milhões de reais • payback de 5,5 anos em função da longa rampa de desenvolvimento; • resultando em um VPL de 29 MBRL em 10 anos e uma TIR de 21%; • e uma geração EBITDA média de 33%Porém algumas barreiras e ameaças precisam ser superadas por meio dealianças fortes com os principais clientes e fornecedores presentes na região.A decisão pela implantação do Negócio demandará um estudo detalhado deengenharia para implantação da tecelagem e confirmação do valor doinvestimento.
  19. 19. Muito Obrigado! Renato G. S. Boaventurarenatoboaventura@yahoo.com.br

×