Síndrome de Cushing

2.089 visualizações

Publicada em

Seminário apresentado como requisito de avaliação prática na disciplina de Endocrinologia do curso de Medicina da UFAM.

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.089
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
143
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Síndrome de Cushing

  1. 1. Acadêmico: Italo Felipe A. A. Prof. Dra. Marcela Azevedo UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA ENDOCRINOLOGIA
  2. 2.  A Síndrome de Cushing ou Hipercortisolismo é um termo aplicado ao quadro clínico que resulta da exposição prolongada e inapropriada a níveis excessivos de glicocorticoides livres circulantes, especialmente o cortisol. 16/06/2014 2SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  3. 3.  HarveyWilliams Cushing (1869 - 1939)  Foi um americano neurocirurgião. Pioneiro da cirurgia de cérebro, ele é muitas vezes chamado de "pai da neurocirurgia moderna”. Foi a primeira pessoa a descrever a síndrome de Cushing em 1912.  Desde o princípio o diagnóstico diferencial da Síndrome de Cushing constitui um desafio para a EndocrinologiaClínica. 16/06/2014 3SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  4. 4. 16/06/2014 4SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe Síndrome de Cusching Endógena 84% ACTH-dependente 80% Doença de Cushing 20% Síndrome de ACTH ectópico 16% ACTH-independente 51% Adenoma Adrenal 29% Carcinoma Adrenal 10% Hiperplasia nodular Exógena (iatrogênica) Uso de glicocorticoides 2-3 casos novos/1 milhão pessoas/ano
  5. 5. 16/06/2014 5SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe  Função do Cortisol:  Quebra de proteína.  Quebra de gordura.  Mobilização de glicose hepática.  Reduz função inflamatória, alérgica e autoimune. Ativa resposta do corpo ante situações de emergências (estresse), priorizando funções catabólicas e paralisando funções anabólicas.
  6. 6. 16/06/2014 6SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe  Exógena: administração prolongada de glicocorticoides.  Endógena: hiperprodução crônica de cortisol. ACTH-DEPENDENTE Doença de Cushing (83%) Sindrome do ACTH ectópico (12%) ACTH de origem desconhecida(6%) ACTH-INDEPENDENTE Adenoma adrenal (51%) Carcinoma adrenal (39%) Hiperplasia nodular adrenal (10%) ENDOGÉNA
  7. 7.  DOENÇA DE CUSHING  É a etiologia mais comum da SC endógena e resulta de um microadenoma hipofisário secretor deACTH.  Causa hiperplasia adrenal bilateral. 16/06/2014 7SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  8. 8.  SÍNDROME DO ACTH ECTÓPICO Há produção ectópica de ACTH a partir de diversos tumores. A causa mais comum é o carcinoma pulmonar de células pequenas. 16/06/2014 8SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  9. 9.  DISTÚRBIOSADRENAIS Causados por um adenoma ou carcinoma produtor de cortisol.  Carcinomas: ( > 6 cm).  Adenomas: ( < 3 cm).  Hiperplasia adrenal macronodular: hipercortisolismo induzido pela alimentação. 16/06/2014 9SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  10. 10.  Estado de pseudo-Cushing Manifestações fenotípicas e/ou laboratoriais similar a SC causado pela depressão, alcoolismo crônico e obesidade. Hiperativação do eixo hipotálamo-hipófise-arenal causa o hipercortisolismo. 16/06/2014 10SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  11. 11.  Caracteriza-se pelo uso crônico de glicocorticoide e representa causa mais comum de SC, devendo ser investigado em qualquer paciente com manifestações cushingoides.  > 7,5 mg de Prednisona.  > 0,75 mg de Dexametasona.  > 30 mg de Hidrocortisona. 16/06/2014 11SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe “Os glicocorticoides são um grupo de fármacos utilizados como imunossupressores e anti- inflamatórios. Estes efeitos são particularmente úteis nas desastrosas doenças autoimunes.” GOODMAN & GILMAN, 2003.
  12. 12. 16/06/2014 12SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  13. 13. 16/06/2014 13SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe Ganho de peso/obesidade Fraqueza Hipertensão Face arredondada (“lua cheia”) Edema Anormalidades eletrocardiográficas Adelgaçamento da pele Pletora facial Acne Estrias violáceas Osteopenia ou fratura Depressão ou instabilidade Cefaleia Alterações menstruais Diminuição do libido ou impotência Tolerância anormal a glicose Anormalidades lipídicas Poliuria
  14. 14. 16/06/2014 14SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe A – Obesidade centrípeta e generalizada. B – Face de “lua cheia”. C – Face arredonda, hirsutismo e acne em menina de 14 anos. D – Obesidade central e generalizada em menino de 14 anos. E e F – Estrias abdominais hipercoradas em mulher de 40 anos e homem de 41 anos. G – Paciento com doses excessivas de dexametasona. H – Equimoses e pele fina típica de SC.
  15. 15. 16/06/2014 15SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe A – Necrose asséptica da cabeça do úmero de mulher de 43 anos. B – Necrose asséptica da cabeça do fêmur de mulher de 24 anos. C – Osteoporose difusa em paciente A. D – Fratura de costela em homem de 38 anos. .
  16. 16.  SC exógena: verificar o uso de glicocorticoides.  SC endógena:  Confirmação do hipercortisolismo. -Teste de supressão com doses baixa de dexametasona. - Dosagem do cortisol salivar. - Medida do cortisol livre urinário.  Definição de sua etiologia. -Testes basais, dinâmicos e exames de imagens 16/06/2014 16SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  17. 17.  TESTE DE SUPRESSÃO COM DOSES BAIXAS DE DEXAMETASONA. Na SC há uma perda do feedback normal do hipotálamo- hipófise-adrenal. Assim, em indivíduos normais a Dexametasona causa supressão doACTH e Cortisol 16/06/2014 17SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  18. 18.  TESTE DE SUPRESSÃO COM DOSES BAIXAS DE DEXAMETASONA (DMS)  Teste da supressão noturna (overnigth) Administra-se 1 mg DMS 23h, com dosagem do cortisol sérico as 8h. Normal: < 1,8 ug/dL às 8h (Descarta-se SC).  Teste de supressão com 2 mg de DMS Administra-se 0,5 mg DMS a cada 6h, com dosagem do cortisol sérico após 6h da ultima ingestão. Normal: < 1,8 ug/dL (Descarta-se SC). 16/06/2014 18SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  19. 19.  DOSAGEM DO CORTISOL LIVRE URINÁRIO (UFC) DE 24H Normal: < 90 UFC (ug/24h)  DOSAGEM DO CORTISOL SÉRICO MEIA-NOITE  DOSAGEM DO CORTISOL SALIVARAO FINAL DA NOITE 16/06/2014 19SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  20. 20.  TESTES BASAIS  ACTH PLASMÁTICO -ACTH normal é de 46 pg/mL -As 9h encontra-se suprimido (< 10 pg/mL) nos tumores adrenais. -ACTH encontra-se elevado em Secreção ectópica de ACTH. -ACTH encontra-se normal ou pouco elevado em Doença de Cushing. 16/06/2014 20SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  21. 21.  TESTES BASAIS  POTÁSSIO PLASMÁTICO A hipocalemia é frequente no ACTH ectópico. 16/06/2014 21SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  22. 22.  TESTES DINÂMICOS INVASIVO  Teste de supressão com dose alta de dexametasona.  Teste do CRH.  Teste da desmopressina  TESTE DINAMICO NÃO INVASIVO  Cateterismo bilateral dos seio petrosos inferiores. Fonte mais confiável na diferenciação de fontes hipofisária e não- hipofisária de ACTH. 16/06/2014 22SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  23. 23.  EXAME DE IMAGEM  HIPÓFISE (RM): buscar Adenomas Corticotrofos.  ADRENAL(TC) : buscar tumores produtores de cortisol.  SECREÇÃO ECTÓPICA: fazer RM ouTC de pescoço, tórax e abdome. A fonte mais comum de ACTH ectópico é o Câncer de pulmão de pequenas células. 16/06/2014 23SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  24. 24.  EXAME DE IMAGEM  HIPÓFISE (RM): buscar Adenomas Corticotrofos.  ADRENAL(TC) : buscar tumores produtores de cortisol.  SECREÇÃO ECTÓPICA: fazer RM ouTC de pescoço, tórax e abdome. A fonte mais comum de ACTH ectópico é o Câncer de pulmão de pequenas células. 16/06/2014 24SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  25. 25.  EXAME DE IMAGEM  HIPÓFISE (RM): buscar Adenomas Corticotrofos.  ADRENAL(TC) : buscar tumores produtores de cortisol.  SECREÇÃO ECTÓPICA: fazer RM ouTC de pescoço, tórax e abdome. A fonte mais comum de ACTH ectópico é o Câncer de pulmão de pequenas células. 16/06/2014 25SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  26. 26.  EXAME DE IMAGEM  HIPÓFISE (RM): buscar Adenomas Corticotrofos.  ADRENAL(TC) : buscar tumores produtores de cortisol.  SECREÇÃO ECTÓPICA: fazer RM ouTC de pescoço, tórax e abdome. A fonte mais comum de ACTH ectópico é o Câncer de pulmão de pequenas células. 16/06/2014 26SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  27. 27.  DOENÇA DE CUSHING  Cirurgia transesfenoidal: retirada do adenoma hipofisário.  Radioterapia  Uso de cetoconazol: inibe secreção de ACTH.  SÍNDROME DE ACTH ECTÓPICO  Retirada do tumor. 16/06/2014 27SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  28. 28.  TUMORESADRENAIS  Adenomas adrenais: Adrenalectomia unilateral.  Carcinoma de adrenal: retirada do tumor,se possivel.  HIPERPLASIA DEADRENAIS: adrenalectomia bilateral. Complicação: Síndrome de Nelson. 16/06/2014 28SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  29. 29.  Indicado quando:  enquanto o paciente aguarda avaliação etiológica.  Pré-operatório.  Paciente sem controle cirúrgico.  Alvos e tratamento:  Drogas moduladoras da secreção de ACTH.  Ação nas adrenais (cetaconazol, mitotano, metirapona)  Ação periférica (mifepristona, antagonista do receptor de progesterona) 16/06/2014 29SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  30. 30.  TODASAS IMAGENS FORAM RETIRADAS DOS RESPCTIVOS LIVROS ELETRÔNICOS.  NETTE, Frank H. ATLAS DEANATOMIA HUMANA, 5º edição. Rio de Janeiro, 2012. Elsevier.  HENRY, Kronemberg.WILLIANSTRATADO DE ENDOCRINOLOGIA, 11ª edição. Rio de Janeiro, 2008. Elsevier.  VILLAR, Lúcio. ENDOCRINOLOGIACLÍNICA, 5ª edição. Rio de Janeiro, 2013. Guanabara Koogan.  VILLAR, Lúcio. ENDOCRINOLOGIACLÍNICA, 3ª edição. Rio de Janeiro, 2006. Guanabara Koogan  GAYTON e HALL.TRATADO DE FISIOLOGIA MÉDICA, 12º edição. Rio de Janeiro, 2011. Elsevier.  LINDA,Constanzo. FISIOLOGIA, 4ª edição. Rio de Janeiro, 2012. Elsevier.  TESE DE MESTRADO. dificuldades diagnósticas e tratamento na síndrome de cushing cíclica, a propósito de um caso clínico. CARLA ISABEL. 16/06/2014 30SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe
  31. 31. 16/06/2014 31SÍNDROMEDECUSHING - Italo Felipe

×