Vocabulário da vida

212 visualizações

Publicada em

Recebi da amiga Carmen Lucia, compartilho

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
212
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vocabulário da vida

  1. 1. Pequeno dicionáio paase ent r r enderma pr is ofunda e o significa de aguma paa r s ment do l s l v a muit impora es nav de quaquerpessoa o t nt ida l , expl do com o sent o, ica iment sem afor l de da r a gr maica maida s egr s a t is ou a ra fil ó s. mar s os fica L dema indo is!T o de Luiz Gonzaga Pinheiro ext
  2. 2. Ot o aseguirfoi r ir do do l r ext et a ivo:“ O Homem que Veio da S ombra” Ligue o S om!
  3. 3. A deus : É quando o coração queparte deixa a metade com quem fica.A migo: É alguém que fica para ajudar quando todo mundo s e afas ta.
  4. 4. A mor ao próximo: É quando o es tranho pas s a a s er o amigo que ainda não abraçamos .C aridade: É quando a gente es tá comfome, s ó tem uma bolacha e reparte.
  5. 5. C iúme: É quando o coração fic a apertado porque não confia em s i mes mo.C arinho: É quando a gente não enc ontra nenhuma palavra para expres s ar o que s ente e fala com as mãos , c oloc ando o
  6. 6. E vangelho: É um livro que Doutrinaçãos ó s e lê bem com o coração. : É quando a gente convers a com o E s pírito colocando o coração em cada palavra. C ordialidade: É quando amamos muito uma pes s oa e tratamos todo mundo da maneira
  7. 7. E volução: É quando a gente es tá lá nafrente e s ente vontade de bus car quem ficou para trás . Filhos : É quando Deus entrega uma jóia em nos s as mãos e rec omenda c uidá-la.
  8. 8. Fé: É quando agente diz que vai es calar um Fome: É quando o E veres t e o es tômago manda coração já o um pedido para a cons idera feito. boca e ela s ilencia. E ntendimento: É quando um velhinhocaminha devagar na nos s a frente e a gente, es tando apres s ado, não reclama.
  9. 9. Inveja: É quando a gente ainda nãodes cobriu que pode s er mais e melhor do que o outro. Lealdade: É quando a gente prefere morrer que trair a quem ama. Inimizade: É quando a gente empurra a linha do afeto para bem dis tante.
  10. 10. Lágrima: É quando o coração pede aos olhos que falem por ele. Mágoa: É um es pinho que agente coloca no coração e s e
  11. 11. Maldade: É quandoarrancamos as as as do anjo que deveríamos Perfume: É s er. quando mes mo de olhos fechados a gente reconhece quem nos faz feliz. Morte: Quer dizer viagem, trans ferência ou qualquer cois a com cheiro de eternidade.
  12. 12. Netos : É quando Deus tem pena dos avós e manda anjos para alegrá- los .Orgulho: É quando a gente é uma formiga e quer convencer os outros de que é um elefante.
  13. 13. Perdão: É Ódio: É uma alegria quando que a gente plantamos dá e que trigo o ano pens ava que todo e jamais a teria. es tando os pendões maduros a gentequeima tudo em um dia.
  14. 14. Obs es s or: É quando o E s pírito adoece, manda embora a compaixão e convida a vingança para morar com ele. Pes s imis mo: É quando a genteperde a capacidade de ver em cores . Paz: É o prêmio de quem cumpre hones tamente o
  15. 15. Raiva: É quando Preguiça: Écolocamos uma quando muralha no entra víruscaminho da paz. na coragem e ela adoece.S implicidade: É ocomportamento de quem
  16. 16. S audade: É es tando longe, s entir vontade devoar; e es tando perto, querer parar o tempo. S exo: É quando a gente ama tanto que tem vontade de morar dentro do outro.
  17. 17. S upérfluo: É quando a nos s a s ede precis a de um gole de água e a gente pede um rio inteiro. S olidão: É quando es tamos cercados porpes s oas , mas ocoração não vê
  18. 18. Ternura: É Vaidade: É quando aquando alguém gente abdica da nos s a nos olha e os es s ência por outra; olhos brilham geralmente pior. como duas es trelas . S inceridade: É quando nos expres s amoscomo s e o outro es tives s e do outro lado do
  19. 19. C réditos Livro: OHomem que V daSombr eio a A utor: L G gaPinheir uiz onza o Mús ica: E w Inst ument l del eiss r aReformatação: dut i@hot il ol ma .com

×