Alerta colocado na porta de um espaço  terapêutico...    Muitas vezes : “ Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende ...
O resfriado  escorre quando o corpo não chora.
  A dor de garganta entope  quando não é  possível comunicar as aflições.  
O estô mago arde  quando as raivas não conseguem sair.  
O diabetes invade  quando a solidão dói.
O corpo engorda  quando a insatisfação aperta.
  A dor de cabeça deprime  quando as dúvidas aumentam.  
O coração desiste  quando o sentido da vida parece terminar.  
A alergia aparece  quando o perfeccionismo fica intolerável.  
As unhas quebram  quando as defesas ficam ameaçadas.  
O peito aperta  quando o orgulho escraviza.  
A pressão sobe  quando o medo aprisiona.  
As neuroses paralisam  quando a “criança interna” tiraniza.  
A febre esquenta  quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.  
E as tuas dores caladas ? Como elas falam no teu corpo ?  
Mas cuidado....escolha o que falar, com quem, onde, quando e como...  
Mas tudo depende, principalmente, do nosso esforço pessoal para fazer acontecer as mudanças na nossa vida!    Escolha algu...
Rio de Janeiro, agosto de 2010 Imagens INTERNET Som Wave Paz!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O corpo fala!

316 visualizações

Publicada em

Mensagem recebida de amigos, compartilho porque achei linda.
Bjs, Irene Aguiar

2 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
316
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
2
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O corpo fala!

  1. 1. Alerta colocado na porta de um espaço  terapêutico...    Muitas vezes : “ Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina!” (Cora Coralina)
  2. 2. O resfriado escorre quando o corpo não chora.
  3. 3.   A dor de garganta entope quando não é  possível comunicar as aflições.  
  4. 4. O estô mago arde quando as raivas não conseguem sair.  
  5. 5. O diabetes invade quando a solidão dói.
  6. 6. O corpo engorda quando a insatisfação aperta.
  7. 7.   A dor de cabeça deprime quando as dúvidas aumentam.  
  8. 8. O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.  
  9. 9. A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.  
  10. 10. As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas.  
  11. 11. O peito aperta quando o orgulho escraviza.  
  12. 12. A pressão sobe quando o medo aprisiona.  
  13. 13. As neuroses paralisam quando a “criança interna” tiraniza.  
  14. 14. A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.  
  15. 15. E as tuas dores caladas ? Como elas falam no teu corpo ?  
  16. 16. Mas cuidado....escolha o que falar, com quem, onde, quando e como...  
  17. 17. Mas tudo depende, principalmente, do nosso esforço pessoal para fazer acontecer as mudanças na nossa vida!   Escolha alguém que possa te ajudar a organizar as idéias, harmonizar as sensações  e recuperar a alegria.
  18. 18. Rio de Janeiro, agosto de 2010 Imagens INTERNET Som Wave Paz!

×