Marquês de Pombal

2.052 visualizações

Publicada em

Biografia do Marquês de Pombal

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.052
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Marquês de Pombal

  1. 1. História Social Contemporânea de Portugal Docente João Maia e Carmo Discente Inês Lucas
  2. 2. Marquês de Pombal  Sebastião José de Carvalho e Melo; Lisboa, 13 de Maio de 1699; Manuel de Carvalho e Ataíde; Teresa Luísa de Mendonça e Melo; Direito na Universidade de Figura 1 – Sebastião Melo Coimbra.
  3. 3. Marquês de Pombal  Serviço militar; Estudos de história, de política e de legislação; 1723 – casa com D. Teresa de Figura 2 – Sebastião Melo Noronha e Bourbon; Cardeal João Mota e Silva.
  4. 4. Marquês de Pombal  Nomeado representante de Portugal:  Em Londres – 1738;  Em Viena – 1745. 1745 – casa com D. Leonor Josefa, condessa de Daun; 1750 – sobe ao trono D. José I; Secretário dos Negócios Estrangeiros e da Guerra.
  5. 5. Terramoto 1755  Primeiro-ministro do reino; Consolida o seu poder. Figura 3 – Terramoto de 1755 “E agora? Enterram-se os mortos e cuidam-se os vivos.”
  6. 6. Processo dos Távoras  1758 – Atentado contra o rei; Família de Távora e Duque de Aveiro; 1759 – conde de Oeiras; Figura 4 – D. José I 1769 – marquês de Pombal.
  7. 7. Reformas  Económicas:  Criação de grandes companhias monopolistas;  Patrocinado o estabelecimento de manufacturas. Religiosas:  Exclusão dos jesuítas da metrópole e das colónias;  Diminuição do poder da Igreja.
  8. 8. Reformas  Na educação:  Criação do cargo de Director Geral dos Estudos;  Criação da Aula do Comércio. Política:  Reforço do Estado Absoluto.
  9. 9. Marquês de Pombal  1777 – morte de D. José I; Obrigado a exilar-se em Pombal; 1781 – condenado; Vinte léguas de distância da corte; Falece no dia 8 de Maio de 1782, em Pombal.
  10. 10. Baixa de Lisboa  Figura 6 Figura 5 Figura 7
  11. 11. Fim.
  12. 12. Infografia  Figuras 1 e 2:http://historiadobrasil13.blogspot.com/2011/02/marques-de-pombal.html Figura 3:http://netin.ese.ipcb.pt/cp_vulcao/sismos.htm Figura 4:http://topazio1950.blogs.sapo.pt/258030.html Figura 5:http://forcanaptt.blogspot.com/2011/01/veiculos-mais-poluentes-proibidos-de.html Figura 6:http://longedaqui.wordpress.com/2007/06/27/aqui/ Figura 7:http://pracadeportugal.blogspot.com/2008/08/baixa-pombalina-patrimnio-mundial.html
  13. 13. Infografia  Sites consultados no dia 10 de Novembro de 2011 pelas 20 horas:  http://pt.wikipedia.org/wiki/Sebasti%C3%A3o_Jos%C3%A9 _de_Carvalho_e_Melo,_marqu%C3%AAs_de_Pombal  http://tv0.rtp.pt/gdesport/?article=827&visual=3&topic=1  http://www.infopedia.pt/$marques-de-pombal  http://pt.shvoong.com/books/1726986-biografia- marqu%C3%AAs-pombal/  http://www.arqnet.pt/dicionario/pombal1m.html  http://www.museudacidade.pt/Esposicoes/Permanente/Pag inas/Terramoto-de-1755-Reconstrucao-sec- XVIII%E2%80%93XIX.aspx  http://pt.wikipedia.org/wiki/Processo_dos_T%C3%A1voras
  14. 14. Bibliografia  CASTRO, Armando de et al. Dicionário Enciclopédico da História de Portugal. Publicações Alfa, Janeiro de 1991. Volume II, pp. 116 e 268; Larousse Enciclopédia Moderna. Edição nº 6904. Casais de Mem Martins, Rio de Mouro: Círculo de Leitores e Editions Larousse, 2009. Volume 15, p. 5851; PROENÇA, Maria Cândida. História de Portugal – Do ouro do Brasil à Revolução Liberal. 1 ed. Casais de Mem Martins, Rio de Mouro: Círculo de Leitores, Março de 2010. CARNEIRO, Roberto et al. Nova Activa Multimédia – Enciclopédia de Consulta: Geografia e História de Portugal. Lexicultural – Actividades Editoriais, Lda. Agosto de 2004. Volume 7, p. 198.

×