Biomateriais

13.339 visualizações

Publicada em

3 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.339
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
415
Comentários
3
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Biomateriais

  1. 1. A BIOTECNOLOGIA E O FABRICO DEBIOMATERIAISInês Lucas, 12º Ano, Nº14
  2. 2. BIOTECNOLOGIA “A biotecnologia define-se pelo uso de conhecimentossobre os processos biológicos e sobre as propriedades dos seresvivos, com o fim de resolver problemas e de criar produtos deutilidade.”
  3. 3. BIOMATERIAL• Substituem, tratam ou melhoram órgãos ou funções doorganismo;• Melhoram a qualidade de vida do Homem e aumentam a sualongevidade;• Têm funções protésicas, diagnósticas e terapêuticas.
  4. 4. CARACTERÍSTICAS DOS BIOMATERIAIS• Propriedades mecânicas;• Biocompatibilidade;• Biofuncionalidade;• Resistência à corrosão;• Esterilização.
  5. 5. PROPRIEDADES MECÂNICAS• Resistência a fracturas;• Flexibilidade; Resistência• Elasticidade. a forças Compressão Flexão Torção
  6. 6. BIOCOMPATIBILIDADE• Quando colocado no corpo: O biomaterial não pode afectar o organismo. O organismo não pode afectar o biomaterial.
  7. 7. BIOFUNCIONALIDADE• Desempenhar determinada função;• Durante o período de tempo necessário.
  8. 8. RESISTÊNCIA À CORROSÃO• Problema bastante grave;•Pode levar à danificação do biomaterial.
  9. 9. ESTERILIZAÇÃO• Destruição de qualquer forma de vida macrobiana;• Via temperatura;• Por produtos químicos;• Por radiação.
  10. 10. TIPOS DE BIOMATERIAIS Biomateriais Naturais SintéticosMetálicos Cerâmicos Compósitos Polímeros
  11. 11. TIPOS DE BIOMATERIAIS• Forma como reagem em relação ao tecido hospedeiro. BiomateriaisBioinertes Bioactivos Biodegradáveis Biotoleráveis
  12. 12. BIOMATERIAIS METÁLICOS• Baixa biocompatibilidade;• Mais susceptíveis de sofrer corrosão;• Elevadas propriedades mecânicas;• Baixo custo. Fig. 2 Fig. 1 Aplicações: Parafusos, próteses e implantes.
  13. 13. BIOMATERIAIS CERÂMICOS•Elevada biocompatibilidade;• Elevada resistência à compressão;• Podem fracturar facilmente;• São de difícil processamento; Fig. 3• Baixas propriedades mecânicas. Aplicações: Substituir tecidos duros, revestir implantes metálicos.
  14. 14. BIOMATERIAIS COMPÓSITOS• São difíceis de fabricar;• Elevada resistência à corrosão;• Elevada resistência ao desgaste;• Boa biocompatibilidade. Aplicações: Válvulas cardíacas artificiais, implantes de junta de joelho.
  15. 15. BIOMATERIAIS POLÍMEROS• Bastante flexíveis;• Fáceis de fabricar;• Boa biocompatibilidade;• Não são corrosíveis;• Baixas propriedades mecânicas; Fig. 4• Difícil esterilização. Aplicações: Substituir cartilagens ou vasos sanguíneos.
  16. 16. BIOMATERIAIS BIOINERTES• Em contacto directo com o tecido hospedeiro;• Não interagem com o organismo;• O organismo não os reconhece como estranhos.
  17. 17. BIOMATERIAIS BIOACTIVOSEstabelecem uma ligação química com os tecidos ósseos docorpo. Ósseointegração
  18. 18. BIOMATERIAIS BIODEGRADÁVEIS• Após algum tempo são fagocitados;• Substituídos pelos tecidos do corpo;• Ideais para implantes temporários;• Não é necessária uma nova cirurgia para retirar o implante.
  19. 19. BIOMATERIAIS BIOTOLERÁVEIS• São aceites pelo organismo;• Gradualmente envolvidos por um tecido fibroso;• Isolados dos tecidos adjacentes.
  20. 20. INFOGRAFIAFigura 1 – inhttp://www.wallstreetfitness.com.br/fique_por_dentro/artigo/1786/Figura 2 – inhttp://www.knoow.net/ciencterravida/biologia/biomateriais.htm
  21. 21. INFOGRAFIAFigura 3 – inhttp://www.biomateriais.com.br/telas/artigos/artigos.asp?id_artigo=62&id_assunto=Figura 4 – inhttp://www.biomateriais.com.br/telas/artigos/artigos.asp?id_artigo=63&id_assunto=2

×