Gás Natural e Derivados do Petróleo

85 visualizações

Publicada em

O que é gás natural?
O Gás Natural é uma mistura de hidrocarbonetos leves que, à temperatura e pressão atmosférica ambientes, permanece em seu estado gasoso.
   O Gás Natural pode ser encontrado em reservatórios subterrâneos - tanto em terra quanto no mar - freqüentemente acompanhado de petróleo, constituindo reservatórios. Neste caso, o gás é chamado de Gás Natural Associado.
Quando o reservatório possui pouca ou nenhuma quantidade de petróleo, o Gás Natural é chamado Não Associado.

Como o gás natural é formado?
O processo natural de formação do gás é a degradação da matéria orgânica animal e do carvão devido a temperaturas e pressão elevadas ou à alteração térmica dos hidrocarbonetos.
Nos últimos estágios de degradação desta matéria orgânica, o petróleo apresenta-se como condensado volátil associado a hidrocarbonetos gasosos.É por esta razão que é comum encontrar-se reservas de petróleo e Gás Natural no mesmo lugar.

  Composição do Gás Natural
O Gás Natural, como encontrado na natureza, é uma mistura variada de hidrocarbonetos gasosos cujo componente principal é sempre o Metano.
O Gás Natural Não Associado apresenta os maiores teores de Metano, enquanto o Gás Natural Associado apresenta proporções mais significativas de Etano, Propano, Butano e hidrocarbonetos mais pesados.
Graças à sua composição - sem enxofre - a queima do Gás Natural é ambientalmente correta, pois são os compostos de enxofre na atmosfera que em contato com a umidade produzem a chuva ácida.  
Praticamente não há emissão de monóxido de carbono (CO2).
Ele é a melhor opção de combustível para utilização em centros urbanos, colaborando para a melhoria da qualidade de vida de todos nós.

Utilizações do Gás Natural
Na forma de combustível industrial e comercial;
Como matéria-prima nas indústrias petroquímica e de fertilizantes;
Para redução do minério de ferro na indústria siderúrgica;
Combustível na geração de eletricidade;

Reservas Brasileiras de Gás Natural
As reservas de Gás Natural brasileiras são, comprovadamente, de aproximadamente 313 bilhões de m, suficientes para suprir o consumo atual por 20 anos;
  Mais de 50% de nossas reservas estão localizadas na Bacia de Campos e o restante (49,8%) distribuídas nas demais unidades operativas da Petrobras;
A maior parte está localizada no Offshore, onde se concentram 252,6 bilhões de m.

Principais derivados do petróleo
Gás liquefeito de petróleo (GLP): Consiste de uma mistura composta por butano e propano, sendo armazenado em botijões e utilizado como gás de cozinha.
Querosene: O querosene é uma fração intermediária entre a gasolina e o óleo diesel. Esse derivado é obtido pela destilação fracionada do petróleo cru. O querosene é largamente utilizado como combustível de turbinas de avião a jato, e é ainda usado como solvente. Tem como característica a produçã

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
85
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gás Natural e Derivados do Petróleo

  1. 1. GÁS NATURAL
  2. 2. O QUE É GÁS NATURAL?  O Gás Natural é uma mistura de hidrocarbonetos leves que, à temperatura e pressão atmosférica ambientes, permanece em seu estado gasoso.  O Gás Natural pode ser encontrado em reservatórios subterrâneos - tanto em terra quanto no mar - freqüentemente acompanhado de petróleo, constituindo reservatórios. Neste caso, o gás é chamado de Gás Natural Associado. Quando o reservatório possui pouca ou nenhuma quantidade de petróleo, o Gás Natural é chamado Não Associado.
  3. 3. COMO O GÁS NATURAL É FORMADO? O processo natural de formação do gás é a degradação da matéria orgânica animal e do carvão devido a temperaturas e pressão elevadas ou à alteração térmica dos hidrocarbonetos.
  4. 4. COMO O GÁS NATURAL É FORMADO?
  5. 5. COMO O GÁS NATURAL É FORMADO?  Nos últimos estágios de degradação desta matéria orgânica, o petróleo apresenta-se como condensado volátil associado a hidrocarbonetos gasosos.É por esta razão que é comum encontrar-se reservas de petróleo e Gás Natural no mesmo lugar.
  6. 6. COMPOSIÇÃO DO GÁS NATURAL O Gás Natural, como encontrado na natureza, é uma mistura variada de hidrocarbonetos gasosos cujo componente principal é sempre o Metano. O Gás Natural Não Associado apresenta os maiores teores de Metano, enquanto o Gás Natural Associado apresenta proporções mais significativas de Etano, Propano, Butano e hidrocarbonetos mais pesados.
  7. 7. COMPOSIÇÃO DO GÁS NATURAL  Graças à sua composição - sem enxofre - a queima do Gás Natural é ambientalmente correta, pois são os compostos de enxofre na atmosfera que em contato com a umidade produzem a chuva ácida.  Praticamente não há emissão de monóxido de carbono (CO2).  Ele é a melhor opção de combustível para utilização em centros urbanos, colaborando para a melhoria da qualidade de vida de todos nós.
  8. 8. UTILIZAÇÕES DO GÁS NATURAL  Na forma de combustível industrial e comercial;  Como matéria-prima nas indústrias petroquímica e de fertilizantes;
  9. 9. UTILIZAÇÕES DO GÁS NATURAL  Para redução do minério de ferro na indústria siderúrgica; Combustível na geração de eletricidade;
  10. 10. RESERVAS BRASILEIRAS DE GÁS NATURAL  As reservas de Gás Natural brasileiras são, comprovadamente, de aproximadamente 313 bilhões de m , suficientes para suprir o consumo atual por 20 anos;  Mais de 50% de nossas reservas estão localizadas na Bacia de Campos e o restante (49,8%) distribuídas nas demais unidades operativas da Petrobras; A maior parte está localizada no Offshore, onde se concentram 252,6 bilhões de m .
  11. 11. DERIVADOS DO PETRÓLEO
  12. 12. PRINCIPAIS DERIVADOS DO PETRÓLEO  Gás liquefeito de petróleo (GLP): Consiste de uma mistura composta por butano e propano, sendo armazenado em botijões e utilizado como gás de cozinha.  Querosene: O querosene é uma fração intermediária entre a gasolina e o óleo diesel. Esse derivado é obtido pela destilação fracionada do petróleo cru. O querosene é largamente utilizado como combustível de turbinas de avião a jato, e é ainda usado como solvente. Tem como característica a produção de queima isenta de odor e fumaça.
  13. 13. PRINCIPAIS DERIVADOS DO PETRÓLEO  Gasolina: É um dos produtos de maior importância do petróleo, sendo um líquido inflamável e volátil, consiste de uma mistura de hidrocarbonetos de C5 a C9. A gasolina é obtida por destilação e outros processos na refinaria. Com o propósito de baratear ou aumentar a octanagem da gasolina, são adicionados produtos não derivados do petróleo como o metanol e o etanol. No Brasil, o teor de álcool na gasolina é especificado pela ANP (Agência Nacional de Petróleo).
  14. 14. PRINCIPAIS DERIVADOS DO PETRÓLEO  Óleo diesel: É um combustível empregado em motores a diesel. Sua característica primordial é a viscosidade, considerando que, através desta propriedade é garantida a lubrificação.  Parafinas: É um produto comercial de aplicação ampla, é usado como impermeabilizante de papel, explosivo, revestimento de pneus, e é misturado ao chocolate com o objetivo de dar consistência ao mesmo  Asfalto: É obtido do resíduo das destilações do petróleo. Tem grande utilidade na pavimentação de e sua forma oxidada é utilizada como revestimento impermeabilizante.

×