Ciclo de vida individual e familiar

2.430 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.430
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
69
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
68
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ciclo de vida individual e familiar

  1. 1. Ciclo de Vida Individual e Familiar Marcos Marzollo PRMFC – SMSDC/RJ R1/2014
  2. 2. Ciclo de Vida Individual  Erik Erikson, autor da Teoria do Desenvolvimento Psicossocial.  Princípio epigenético como fundamento  Energia ativadora do comportamento é de natureza biopsicossocial.
  3. 3. Ciclo de Vida Individual  Erik elencou 8 estágios onde ocorrem crises ou conflitos;  Desfechos positivos: equilibrio mental e melhor relacionamento social  Desfechos negativos: sentimentos de ansiedade, fracasso, mas que poderão ser enfrentados em fases mais a frente
  4. 4. Ciclo de Vida Individual 1º Estágio – Confiança x Desconfiança Básica  Ocorre durante 0 a 18 meses;  Atençao voltada para aquele que provê o seu conforto, satisfaz necessidades e ansiedades (mãe)  força que nasce nesta etapa é a esperança;  Desfecho Positivo: A mãe corresponde, e ele vai criar o seu primeiro e bom conceito de si e do mundo;  Desfecho Negativo: Sentimento de medo e de que o mundo não corresponde às suas necessidades.
  5. 5. 2º Estágio – Autonomia x Vergonha e Dúvida  Ocorre aproximadamente durante 18º. Mês de vida até os 3 anos de idade;  Força desse estádio: vontade;  Desfecho Positivo: Discernimento, isso é a criança torna-se judiciosa, além de desenvolver a força de vontade;  Desfecho Negativo: Quando a punição vence a compaixão. Criança sente dúvida de si mesmo Ciclo de Vida Individual
  6. 6. Ciclo de Vida Individual 3º Estágio – Iniciativa x Culpa  Ocorre entre os 3 aos 6 anos;  Determinação como combinação dos estágios anteriores.  Apuração da capacidade de planejamento e realização  Força desse estágio: o propósito;  Desfecho Positivo: formação do senso de responsabilidade.  Desfecho Negativo: exagero na fantasia; afastar-se cada vez mais do contato consigo mesmo.
  7. 7. 4º Estágio – Diligência (empenho) x Inferioridade  Ocorre entre os 7 aos 11 anos;  Aprende o que é valorizado no mundo adulto  Força desse estádio: a competência;  Desfecho Positivo: a socialização, desenvolvimento de habilidades  Desfecho Negativo: prejuízo das relações sociais da criança; inércia, sentimento de inferioridade por repetidas falhas. Ciclo de Vida Individual
  8. 8. 5º Estágio – Identidade x confusão de identidade  Marca o período da adolescência;  Ocorre aproximadamente entre os 12 aos 18/20 anos;  Múltiplas crises são necessárias  Força desse estádio: lealdade/ fidelidade/ segurança  Desfecho Positivo: a socialização, desenvolvimento de uma identidade estável  Desfecho Negativo: o fanatismo, incertezas quanto ao futuro. Ciclo de Vida Individual
  9. 9. 6º Estágio – Intimidade x isolamento  ocorre entre os 20 e os 35 anos, aproximadamente;  construção de relações profundas e duradouras  Força desse estádio: amor/ afiliação.  Desfecho Positivo: “encontrar-se”  Desfecho Negativo: o elitismo, promiscuidade
  10. 10. 7º Estágio – Generatividade x Estagnação  Ocorre aproximadamente entre os 35 e 60 anos;  Força desse estádio: o cuidado  Necessidade inerente do ser humano de transmitir  Desfecho Positivo: transmissão de valores e ensinamentos;  Desfecho Negativo: o autoritarismo. Ciclo de Vida Individual
  11. 11. Ciclo de Vida Individual 8º Estágio – Integridade x Desesperança  a partir dos 60 anos;  Força desse estádio: a sabedoria.  Desfecho Positivo: Satisfação, sentimento de integridade e dignidade  Desfecho Negativo: Desespero, medo da morte.
  12. 12. Ciclo de Vida Familiar  Sequencia de transformações na história e desenvolvimento da família;  Situações, tarefas, papéis e interferências;  A importância do contexto social;  Crises normativas x Crises paranormativas;  Ciclos elencados por Wilson e Bader (1996).
  13. 13. Ciclo de Vida Familiar Iniciando a vida a dois Tarefas a serem cumpridas pela família: A relação é satisfatória para ambos. Autonomia em relação às famílias de origem. Ter amigos em comum. Planos de gravidez, filhos, educação, gastos. Que bagagem trazem das famílias de origem.  Respeitar a individualidade do outro.
  14. 14. Gravidez Tarefas a serem cumpridas pela família: Expectativas dos pais. Vontade de ter a criança. Planejar gastos futuros Preparar a casa para a criança. Participar de grupos de gestante Cuidados com a alimentação, bebidas alcoólicas e medicações. Estimular a presença do pai tanto no pré-natal quanto no parto. Ciclo de Vida Familiar
  15. 15. Ciclo de Vida Familiar Com filhos pequenos Tarefas a serem cumpridas pela família: Separar um tempo para poderem se namorar e outro para cuidar do filho. Tirar dúvidas sobre cuidados com a criança. Brincar com o filho, afeto Promover espaço adequado para a família que cresce Assumir o papel maduro apropriado à família que cresce Conseguem arcar com as despesas da família. Facilitar a transição da casa para a escola Fazer face às crescentes demandas de tempo e dinheiro Manter uma relação de casal
  16. 16. Com filhos adolescentes Tarefas a serem cumpridas pela família: Equilibrar liberdade com responsabilidade à medida que os adolescentes vão adquirindo individualidade Estabelecer metas para o futuro (pessoal, profissional) Estabelecer fundamentos para atividades dos pais após a saída dos filhos Ciclo de Vida Familiar
  17. 17. Ciclo de Vida Familiar Casais de meia idade Tarefas a serem cumpridas pela família: Prover conforto, saúde e bem estar enquanto casal Planejar aposentadoria, lazer, independência financeira, moradia... Rede de amigos: individual e do casal. Ser avós. O quê que é ser avô? Respeitar a individualidade do casal (a minha, a sua e a nossa vida) Relacionamento em equilíbrio, com respeito mútuo.
  18. 18. Envelhecendo Tarefas a serem cumpridas pela família: Tópicos de moradia e finanças. Integridade do ego. Saúde Ficar mais tempo juntos. Reuniões de família de qualidade Enfrentando a vida sozinho Religião Dependência Vs Autonomia Ciclo de Vida Familiar
  19. 19. Ciclos outros encontrados  Geralmente associado a classes populares:  Adolescente/Adulto Jovem Solteiro  Família com filhos (sem sistemas conjugais formados)  Família em estágio tardio da vida ( 3 ou 4 gerações na mesma família)
  20. 20. Avaliação Familiar Modelo PRACTICE: Problem Roles and structure Affect Communication Time in life cicle Ilness in family Coping with stress Environment Ciclo de Vida Familiar
  21. 21. Bibliografia  GUSSO, Gustavo D. F., LOPES, Jose M. C. Tratado de Medicina de Família e Comunidade – Princípios, Formação e Pratica. Porto Alegre: ARTMED, 2012, 2222p.  McWHINNEY, Ian R. Manual de Medicina de Família e Comunidade. Porto Alegre: ARTMED, 2010, 471p.  CARTER, B.; McGOLDRICK, M. As mudanças no ciclo de vida familiar – uma estrutura para a terapia familiar. 2 ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 1995.  WAGNER, A. B. P. et al. Trabalhando com famílias em saúde da família. Revista Médica do Paraná, Curitiba, v. 57, n. 1/2, p. 40-6, jan./dez.1999.  WALTERS, I. P.R.A.C.T.I.C.E.: Ferramenta de acesso à família. In: WILSON, L. Trabalhando com famílias: livro de trabalho para residentes. Curitiba: SMS, 1996. p. 46-7.  ERIKSON, E. H. e ERIKSON, J. O ciclo da vida completo. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

×