Doença de Addison

2.040 visualizações

Publicada em

Doença caracterizada pela produção insuficiente dos hormônios da glândula supra-renal ou adrenal (glândula situada acima do rim) que apresenta um quadro clínico bastante característico descrito por um médico inglês chamado Thomas Addison, em 1849, motivo pelo qual leva o seu nome até os dias atuais.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.040
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
52
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Doença de Addison

  1. 1. DOENÇA DE ENFERMAGEM 2013.2
  2. 2. FACULDADE REGIONAL DA BAHIA – UNIRB Bacharelado em Enfermagem 2013.2 Disciplina: Imunologia Docente: Regina Coeli Alves Vieira Lima Discentes: Genivaldo Ícaro Araújo DOENÇA DE
  3. 3. Insuficiência Adrenal Primária, Insuficiência Supra-Renal Doença caracterizada pela produção insuficiente dos hormônios da glândula supra-renal ou adrenal (glândula situada acima do rim) que apresenta um quadro clínico bastante característico descrito por um médico inglês chamado Thomas Addison, em 1849, motivo pelo qual leva o seu nome até os dias atuais. DOENÇA DE
  4. 4. Pode ser provocada por várias causas, sendo as principais a doença auto-imune (adrenalite auto-imune), as doenças infecciosas granulomatosas como a tuberculose e a blastomicose e as doenças neoplásicas. Em pacientes imunodeprimidos, como os portadores de AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida), pode ser devida a infecções por citomegalovírus e fungos. DOENÇA DE CAUSAS
  5. 5. O quadro clínico se desenvolve lentamente, sendo caracterizado por perda de peso (emagrecimento), perda de apetite (anorexia), fraqueza muscular, fadiga, pressão arterial baixa, tonturas, fome pelo sal, náuseas, vômitos, diarréi. DOENÇA DE SINTOMAS Além de escurecimento de pele em áreas expostas ou não a sol, principalmente em dobra de pele, cicatrizes, áreas de pressão e mucosas.
  6. 6. Para estabelecer o diagnóstico o médico necessita de dosagens bioquímicas de sódio, potássio, creatinina e glicose. São necessárias também dosagens de hormônios como o cortisol, aldosterona, ACTH e da Atividade de Renina Plasmática. DOENÇA DE DIAGNÓSTICO Em algumas situações o diagnóstico só pode ser estabelecido pelo teste de estímulo do cortisol após a administração de ACTH sintético por via endovenosa (Teste do ACTH). Uma vez confirmado o diagnóstico bioquímico e hormonal, são necessários exames de imagem do tórax, da supra-renal e eventualmente da hipófise.
  7. 7. O tratamento consiste na reposição de doses fisiológicas dos hormônios deficientes, que são os glicocorticóides e os mineralocorticóides. Os glicocorticóides podem ser repostos através da administração Via Oral de derivados sintéticos, preferencialmente a prednisona e a cortisona. DOENÇA DE TRATAMENTO A deficiência de mineralocorticóides deve ser corrigida pela administração Via Oral de fluorhidrocortisona, além de ser orientada uma ingesta adequada (normal) de sódio (sal).
  8. 8. A insuficiência adrenal só pode ser evitada pela prevenção das doenças infecciosas que a podem desencadear, não sendo previníveis as de causa auto-imune. O paciente portador de insuficiência adrenal deve ser orientado no sentido de se prevenir das crises agudas e que podem levá-lo a correr risco de vida se não forem adequadamente diagnosticadas e tratadas. DOENÇA DE PROFILAXIA
  9. 9. • FERREIRA. Diagnóstico Laboratorial das Principais Doenças Infecciosas e Auto-Imunes, Edição: 3a. Ano: 2013. Editora: Guanabara Koogan • FREIRE, Ana Claudia Sayeg, Protocolo Clínico e Diretrizes Terapeuticas Insuficiencia Adrenal Primária Doença De Addison. portal.saude.gov.br/ • ABC DA SAÚDE, http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?149#ixzz2dAiCTA8C • TUA SAÚDE, http://www.tuasaude.com/sintomas-da-doenca-de-addison • MINHA VIDA, http://www.minhavida.com.br/saude/temas/doenca-de- addison DOENÇA DE REFERÊNCIAS

×