Mobilidade Urbana Goiânia - Monitoramento de Mídias Sociais

1.213 visualizações

Publicada em

Planejamento, coleta, análise e relatório de monitoramento de menções nas mídias sociais sobre Mobilidade Urbana na região metropolitana da cidade Goiânia.

Publicada em: Mídias sociais
0 comentários
8 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.213
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
31
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mobilidade Urbana Goiânia - Monitoramento de Mídias Sociais

  1. 1. PLANO DE MONITORAMENTO
  2. 2. INTRODUÇÃO Análise do tema MOBILIDADE URBANA na cidade de Goiânia. Objetos Monitorados: presença de rede da RMTC Goiânia e desempenho da campanha #pontoaponto.
  3. 3. INTRODUÇÃO ETAPAS 1.  COLETA (diretrizes e termos) 2.  CLASSIFICAÇÃO (sentimento) 3.  ANÁLISE (métricas e recomendações) obs.: como foco da tarefa foi analisar o assunto, não houve interação com o público durante a realização do monitoramento.
  4. 4. Período de Busca: 01 a 30 de abril de 2014 Foco do Monitoramento: - Impressão do Cenário - Imagem de Marca - Institucional - Relacionamento Ambientes Analisados: Twitter, Facebook, Youtube e Blogs. Premissas: - Listagem dos termos de busca – palavras-chave; - Análise inicial identificando o motivo da citação; - Análise do perfil e histórico do usuário; - Tagueamento baseado na motivação; - Toda citação recebe um número mínimo de tags; - Exclusão de itens sem referência aos objetos; - Atribuição de polaridade – sentimento. INTRODUÇÃO DIRETRIZES DO MONITORAMENTO Ferramentas Plenas: - Scup - Skeekr Ferramentas Parciais: - Google Alerts - Twitalyzer - Brand Tweet - Twitter Search-Advanced - Tweet Reach - Topsy - Follower Wonk - Mention
  5. 5. INTRODUÇÃO TERMOS DE BUSCA:   Palavras-chave Institucionais: Rede Metropolitana de Transporte Coletivo de Goiânia #pontoaponto RMTC Goiânia @RMTCgoiania RMTC SETRANSP CMTC Palavras-chave em geral atreladas Motorista Transito de Goiânia Congestionamento Engarrafamento Acidente Ponto de ônibus Terminal Mobilidade SitPass Coletivo Ônibus Eixo Eixão Refinamento: Sem a expressão: Goiânia Ação: Excluir
  6. 6. INTRODUÇÃO ATIBUIÇÃO DE SENTIMENTO    Neutro: Teor jornalístico informativo, utilidade pública; Situação de transito, divulgada por um dos perfis ligados; Compartilhamento de entidades relacionadas; Menção sobre localização no transito que não atribua valores – check ins.   Negativo: Menção que atribua valores depreciativos, criticas, reclamações, denúncias; Associação negativa como vagarosidade, insegurança, violência, acidentes; Flagrantes em imagens ou vídeos de imprudência ou problemas estruturais; Comparação irônica a situações problemáticas. Positivo: Elogios a situações momentâneas ou a soluções; Menção elogiosa alguma iniciativa; Agradecimento.
  7. 7. Qual o volume de menções? Qual o alcance médio? Quais os assuntos relacionados? Qual perfil dos seguidores? Qual o percentual de saúde do tema? RECOMENDAÇÕES Análise Swot Conclusão INTRODUÇÃO ALGUMAS MÉTRICAS
  8. 8. ANÁLISES ASSUNTOS RELACIONADOS A MOBILIDADE
  9. 9. ANÁLISES TAGS E SAÚDE DO TERMO MOBILIDADE
  10. 10. ANÁLISES POLARIDADE DO TERMO MOBILIDADE NAS REDES
  11. 11. ANÁLISES OCORRÊNCIAS INSTITUCIONAIS - RMTC Foram coletadas 500 menções com as buscas setadas, entretanto apenas 265 faziam referência ao objetivo do monitoramento. Tambéem foram excluídos posts publicados pela própria RMTC, o que reduziu significamente a frequencia da hashtag ‘pontoaponto’. O Twitter é o ambiente da campanha, sendo favorecido pelo termos de busca, logo é a mídia com maior representatividade.
  12. 12. ANÁLISES TAGUEAMENTO RMTC A distribuição de Tags reflete os temas mais recorrentes. Dos itens classificados como ‘reclamação’ a maior parte foi originada no site Reclame Aqui, onde a menção a atraso e mau atendimento dos funcionários também eram frequentes. O item ‘pergunta’ pontua as consultas feitas via Twitter, que quando negativas não obtiveram resposta. Bem como ‘colaboração’ quando negativa, acompanha alguma crítica.
  13. 13. ANÁLISES ENGAJAMENTO RMTC
  14. 14. ANÁLISES QUEM SÃO OS SEGUIDORES MAIS INFLUENTES? Os perfiis com mais seguidores, tem entre 117 e 49,9 mil fãs.  
  15. 15. ANÁLISES TERMOS RECORRENTES NA BIO DOS SEGUIDORES RMTC
  16. 16. ANÁLISES QUAL É A AUTORIDADE SOCIAL DOS TOP SEGUIDORES? Considerando os 4 seguidores de maior autoridade – mais engajamento no Twitter, a media é de 63 pontos. Tem média 11 mil seguidores, 56,55% a mais que a RMTC Goiania. O que potencializaria bastante o alcance das publicações nas interaçoes.
  17. 17. ANÁLISES LOCALIZAÇÃO Apesar de alguns seguidores espalhados pelo mundo, 1925 pessoas - 29,97%, declaram morar no Centro Oeste brasileiro. ATIVIDADE A atividade deles no Twitter se concentra no horário comercial, apresentando picos entre 11h e 12h, 17h e entre 20h e 22h. Entretanto existe uma pequena defazagem entre o momento das publicações, retuites ou menções a RMTC e o horário de atividade de seus seguidores, com concentração às 18h e total inatividade após às19h.
  18. 18. ANÁLISES MENÇÕES Os dias úteis registram o maior volume de menções, as ocorrências são claramente afetadas por domingos e feriados.
  19. 19. ANÁLISES ALCANCE E EXPOSIÇÃO
  20. 20. ANÁLISES DESEMPENHO DO PERFIL NO TWITTER
  21. 21. ANÁLISES ALERTAS Alguns sistemas de alertas mesmo não entregando a totalidade de ocorrências publicadas são um reforço ao monitoramento. Os emails recebidos apontaram menções fora das mídias sociais, publicadas em blogs ou portais de notícias. 76% neutras a positivas ou irrelevantes. 24% negativas
  22. 22. AMEAÇAS Aproximadamente 52% dos itens negativos coletados são provenientes de menções no site Reclame Aqui, onde a avalição é empresa “não recomendada”. Além da presença nesse site, a ausência de reporte aos problemas relatados pelos usuário é uma ameça a saúde da marca. RECOMENDAÇÕES
  23. 23. FRAQUEZAS E se invés de reportar a reclamação via Twitter, o usuário registrasse em vídeo o mau procedimento do motorista e espalhasse nas mídias? Não seria relevante acolher a reclamação e encaminhar para o SAC? Conseguir gerir crises é o grande diferencial da presença em rede. RECOMENDAÇÕES
  24. 24. FORÇAS A boa rede de Influenciadores fortalece as conversações e iniciativas. RECOMENDAÇÕES
  25. 25. OPORTUNIDADES A hashtag PONTO A PONTO tem grande potencial social, embora seja ainda pouco aproveitada. Criar conversas ou acompanhar menções de perfis influentes ou não, inserindo #pontoaponto é uma grande oportunidade para aumentar a percepção de marca. RECOMENDAÇÕES
  26. 26. CONCLUSÃO Coletando menções em relação aos órgãos, entidades, profissionais, bem como as condições situação do transito, foram encontradas também impressões sobre impostos, estruturas e comportamento dos condutores. As buscas foram realizadas em mídias como Twitter, Facebook, Youtube, Blogs e sites de noticias. Além de registros textuais, check ins, fotos e vídeos profissionais e amadores foram avaliados. Ao final da coleta os dados minerados foram analisados para produção de gráficos. Palavras como violência, acidente, morte, reclamação, atraso, promessa, foram citadas com frequência e ainda são a maior característica da mobilidade nos grandes centros brasileiros. Além dos veículos de noticias, alguns órgãos publicam com maior frequência de maneira meramente informativa, apenas replicando sem atribuir sentimento. Apesar de índices positivos da RMTC a ação #pontoaponto realizada no Twitter tem viralidade relativamente baixa ao que se propõem, carecendo de apoio de alguma publicidade ou conteúdo direcionado em outras redes.

×