Martinópole - Resumo Executivo

667 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Turismo, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
667
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Martinópole - Resumo Executivo

  1. 1. Apresentação Esta brochura contém resultados da pesquisa Bons Resultados no IDEB:estudo exploratório de fatores explicativos, aprovada no Observatório da Educação doInstituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP),contando com recursos financeiros da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoalde Nível Superior (CAPES) e realizada pelas seguintes instituições: Universidade deSão Paulo (USP – Coordenação); Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)e Universidade Estadual do Ceará (UECE). São quatro conjuntos de resultados organizados da seguinte forma: Resumos Executivos dos resultados quantitativos e qualitativos da pesquisa de campo realizada nos dez municípios selecionados para a amostra: Sobral, Mucambo, São Gonçalo do Amarante, Catunda, Jijoca de Jericoacoara, Boa Viagem, General Sampaio, Martinópole, Ipu e Aratuba Trabalhos Concluídos: conjunto de trabalhos apresentados em forma de comunicação oral ou pôster em eventos nacionais/internacionais, regionais e/ou locais por pesquisadores, mestrandos ou bolsistas de Iniciação Científica. Trabalhos em Andamentos: projetos de pesquisa para dissertações de mestrandos e monografias de graduandos Pesquisas Associadas: projetos de pesquisas que tem relação direta ou indireta com o projeto do Observatório da Educação, desenvolvido na mesma amostra de municípios. Estes materiais foram produzidos para a 2ª Reunião Conjunta dos três gruposde pesquisa realizada em 27 e 28 de maio de 2010, em Fortaleza, Ceará.
  2. 2. Resumo ExecutivoMunicípio Martinópole UF: CEIndicadores Ranking Estado Ranking BrasilIDH-M (2006) 130º ----IDH (2000) 169º 4.928ºGeografia e DemografiaÁrea (Censo IBGE/2000) 298,95 Km²Clima Tropical quente semi-árido brando e tropical quente semi- árido, com chuvas de janeiro a maio. Absoluto RelativoPopulação estimada (2008) 10.892 100%População urbana (2007) 7.966 77,31%População rural (2007) 2.338 22,69%População de 0 a 5 anos 1.554 14,2%População de 6 a 14 anos 2.346 21,6%População de 15 a 17 anos 697 6,3%InfraestruturaDomicílios (2007) 3.091Serviços de água (2007) 92,81%Serviços de esgotos (2007) 0.2 (relatório)Energia elétrica (2008) 3.085EconomiaPIB (2006) R$ 18.169.000 PIB per capita (2006) R$ 1.789Receita Total (2008) R$ FPM (2008) R$ 6.398.774,45 16.101.169,17FUNDEB (2008) R$ 3.741.787,90Educação Infantil Fundamental Médio EJAEscolas (2008) ----- 22 01 -----Matriculas (2008) ----- 2557 460 285Taxa de escolarização liquida ----- 97,91% 47,49% ---Distorção idade/série (2006) 34,8% 65,4%Taxa de aprovação 83,1% 51,0%(IPECE2007) Séries iniciais Séries finaisIDEB 2005 2007 2005 2007 3,0 4,0 3,1 3,4Grau de institucionalidade da O município de Martinópole conta com uma rede própria derede ensino, com o atendimento nos níveis Educação Infantil e Ensino Fundamental. De acordo com o organograma da Secretaria, o município possui um Conselho Municipal de Educação e um Conselho de Alimentação Escolar. Há também outros conselhos como o do FUNDEB e o Conselho Tutelar.Infraestrutura da rede escolar A rede municipal de ensino de Martinópole é formada por 24 estabelecimentos de ensino, sendo 8 na zona urbana e 16 na zona rural. Dentre elas, 20 ofertam Educação Infantil, 22 ofertam o Ensino Fundamental e 6 com Educação de Jovens e Adultos. De acordo com o Censo Escolar 2008, 9 (37,5%) escolas possuem biblioteca, 3 (12,5%) têm laboratório de informática, 11 (45,8%) possuem quadra de esporte e 2 (8,3%) têm acesso à internet. Nenhuma escola possui parque
  3. 3. infantil e laboratório de ciências.Formação dos profissionais de De acordo com os dados do Ministério da Educação, em 2007educação a rede municipal de Martinópole possuía 74 docentes nos anos iniciais do Ensino Fundamental, dos quais 30 com licenciatura (40%); 3 com graduação; 40 com Ensino Médio (54%) e01 com Normal Médio e nenhum professor sem Ensino Médio. O município oferece formação continuada para os professores em parceria com a SEDUC (PAIC) e MEC (GESTAR).A política educacional na Os gestores educacionais relataram boa relação entre apolítica municipal Secretaria Municipal de Educação e o Prefeito. A Secretaria mantém uma relação de cooperação com outros órgãos municipais como o Conselho Municipal de Educação, o Conselho Tutelar, o do FUNDEB e a Secretaria de Saúde. A Secretária também credita parte do sucesso da sua gestão ao fato da diminuição do apadrinhamento político dentro do município. Os próprios profissionais da escola reconhecem que o apadrinhamento político é um problema importante no município, de modo que a sua recente diminuição já gerou frutos positivos na educação de Martinópole, como a busca pela qualificação para atuar na área. Não existe sindicato próprio para os professores no município, de modo que muitas das reclamações têm que ser feitas pelos professores na própria secretaria ou na prefeitura. Tal ausência torna os professores mais vulneráveis aos vieses da política local.Estratégias adotadas pelo A Secretária de Educação afirma que o Prefeito atual nomeoumunicípio para melhorar o muitos professores sem experiência, cuja formação eraIDEB apenas o Ensino Médio. Diante disso, os Diretores das escolas passaram a “dar aulas para os nossos professores que estavam iniciando”. Um assessor da Secretaria da Educação apontou o acompanhamento da sala de aula, com visitas semanais e, ainda, as formações dadas para os professores tais como o Pró-Letramento e o PAIC, como propulsores da melhoria do município no IDEB.Fatores de destaque na A Secretaria de Educação possui um painel de comunicaçãopolítica municipal de na entrada onde aparecem designações de programas doeducação governo federal e estadual implementados no município. A Secretaria não possui material didático próprio, utilizando os dos programas federais e estaduais como o PRO- LETRAMENTO e o GESTAR (federais), e do PAIC (estadual). A SME realiza reuniões semanais entre técnicos da secretaria e os gestores das escolas, além do planejamento na própria secretaria com professores, por área. Há instrumentos de avaliação da aprendizagem e de planejamento também unificados para a toda a rede. Há, ainda, sistema de Avaliação Externo, que prevê a aplicação de provas semestralmente e Interno, pelas escolas, e com a periodicidade mensal. Os instrumentos dessas avaliações são baseados nos descritores da Prova Brasil.

×