Jornal Santa Casa - Hemodinâmica

239 visualizações

Publicada em

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
239
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal Santa Casa - Hemodinâmica

  1. 1. liiii. 'lxçjinal Um espaço multidisciplinar dedicado a planeiar criar e implementar projetos de arquileturaurbanismo e design Diz se lMAginal. no sentido de dar visibilidade e liberdade a imaginação. lMA, com o intuito de unir diversos protissionais ligados ao processo criativo: da arquitetura a engenharia. da arte ao design, da tecnologia a inovação Moema Loures mu 0mm ma maul¡ m: : , .F l * , . , ' i -~ l _ _ Ax/ r/S . . __ x4_ _ _ _ : _. _ _ l_ _ Ji ~: _. HOSPITAL SAN'A CASA DE . JUIZ DE FORA f sl- SANIA CASA Á. . Mais nova para você!
  2. 2. Concebemos o projeto de arquitetura da Nova Hemodinâmica da Santa Casa de . Juiz de Fora com o intuito de contrastar tecnologia, arte e complexidade, nos pequenos detalhes. O "detalhe" é a chave deste nosso trabalho. Através dele conseguimos despertar o lúdico em um ambiente de grande rigor e complexidade. Acreditamos que a inovação transita com a arte e que a tecnologia é a âncora da humanização.
  3. 3. O desafio do projeto da Hemodinâmica foi estudar as iritelliores; coiriposiçoes; espaciais que privilegiem o bem estar do partientt: a DfâllCldâdC e funcionalidade do lfítljátlití) dos ; Jrofissioiiatis de saude que ali transitam Assim balizamos nosso trabalho em tres pilares: Tecnica l lumanizaçao e lnovaçao 'lraballtamos com a noçao de tempo logico. cronologico e topologico. Desde a objetividade do tempo na precisão e eficiencia dos exames, ate a relatividade do tempo na recuperação do paciente Para potencializar este conceito. criamos relógios variados em que o exercicio de ver nora passa a ser algo subjetivo e demorado, deslocando o foco do paciente da doença. Destacamos o salão de repouso posanestesico (RPA) como nucleo do nosso projeto Distribuimos os leitos de forma que o posto de enfermagem ficasse centralizado entre eles, permitindo maior eficiência da equipe medica. Projetarnos vestiarios de barreira para os funcionarios e pacientes separando a area contaminada da area limpa O fluxos foram organizados de forma que os funcionarios E10 lerem acesso ao setor não cruzem com os pacientes Toda a transformação espacial foi possivel devido ao esforço estrutural na fundação do edificio da Hemodinâmica feito para suportar mais dois pavimentos O Segundo andar, em planta livre. flexível para um, possivel, setor 'ctdlTlllllSifallVO do Hospital Ja no terceiro andar instalamos o pavimento tecnico. com casa de iriaquinas para o ar condicionado central e IT medico. A verticalização do volume da Hemodinâmica. partiu do principio de seguir a altura do edificio mais proximo, ttando uma sensação continuidade O objetivo foi tlescoitstrtiir a fragmentação existente nos anexos do Hospital construidos : to longo dos anos A maioria das paredes internas são em drywall Nas salas de exame foi utilizada laje treliçada pre~moldada para suportar o grande vao. com oilares apenas nas tlXlltYTldãdOfã CllalWOS, paralelamente, uma estrutura l“l (Ill ozarzt suportar o trilho da mãquiita de exames Sustortztinos 21 ideia do canteiro de obra como espaço de criarão acompanhamos cada passo do processo [rigeiwzwãria e : Jqciiletura caminham lado a lado em busca de 'iíjt/ OE; criares sobre o terna “Arquitetura Saude K í¡ E' _ ¡ K l 35:1" . r : v . i k/ r Ê N ' A / j . a / /' ' A W Í Qi r i» ii V Ar. . te'. T**= l -_( ii w--i-lul- ni'

×