Apresentação Tese de Doutorado Moema Loures

203 visualizações

Publicada em

Espaço Imaginal: rastros de uma escritura em projeto.
Vislumbramos um raciocínio que privilegia a intensidade –
o acontecimento. O projeto no espaço urbano não como
ruptura ou como continuidade, mas como transbordamento;
não como construção de formas, mas como construção
de forças. O projeto que suscita tensão, não inclusão
direta. A tese considera o processo repetição-montagem
como base de processos criativos, como meio de explorar e
de avançar no plano experimental do projeto e potencializar
a sensação. Nossa busca constante está na abertura
do projeto de arquitetura e urbanismo ao gesto criador por
meio de um “estouro de realidade”. Estamos interessados
nas potencialidades do processo de criação, que tendem
a gerar novas realidades, expansões imaginais. Suscitamos
que o grande desafio que temos como arquitetos urbanistas é
a capacidade de deixar o projeto aberto à experimentação.
O que importa não é o projeto em si, mas para onde
ele nos leva. Buscamos, assim, rastros de uma escritura em
projeto, nuances de um pensar urbano .

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
203
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação Tese de Doutorado Moema Loures

  1. 1. _QUESTÃO:      o  projeto  no  espaço  urbano     _PROPOSTA:  desvendar  potenciais  criadores              potencializar  dimensões  criaBvas  do  projeto       _INTENÇÃO:  tema  se  revele  através  da  tese     CONSTRUÇÃO  DE  FORÇAS_ESTRUTURA  NÃO  NARRATIVA_PENSAMENTO  EM  DEVIR     Não  existe  uma  meta,  mas  um  caminho     Nuances  de  um  pensar  urbano  
  2. 2. TESE?   Ultrapassar  as  dimensões  lineares  do  projeto     Emergência  do  projeto  como  potência   METODOLOGIAS   :  :  FICHAS     :  :  SANFONA  
  3. 3. DisposiBvo  repeBção  como  elemento  aBvador  de  potencialidades  criaBvas   :  :  REPETIÇÃO  :  :  
  4. 4. :  :  MONTAGEM  :  :  
  5. 5. :  :  PROJETO  COMO  TRANSBORDAMENTO     possibilidade  de    interferência  e  experimentação    

×