Fonte: GUAIANO, O. P.  Dados elaborados pelo Datasus CID-BR 10 (n= 57595)
Fonte: GUAIANO, O. P.  Dados elaborados pelo Datasus CID-BR 10
MORTALIDADE POR AFOGAMENTO ESTADO DE SÃO PAULO /1998-2002 Fonte: GUAIANO, O. P.  Mortalidade por afogamento no Estado de S...
Fonte: GUAIANO OP. Dados de Grupamentos dos Bombeiros Militar, SP - registros de ocorrências de duas (02) regiões localiza...
Fonte: GUAIANO, Osni Pinto. Teoria de controle do afogamento.  In: CONGRESSO DE CIÊNCIAS DO DESPORTO E DE EDUCAÇÃO FÍSICA ...
O QUE FAZER PARA TORNAR MENOR A MORTALIDADE POR AFOGAMENTO  NO ESTADO DE SÃO PAULO? <ul><li>É necessário que haja firmeza ...
Para inúmeros pesquisadores, dentre eles  Andrés, Gonzalez, Peresenda, Palácios, Valeiras, Porto, Tilló... QUAL É O PRINCI...
NATAÇÃO Origem no latim: natatione  <ul><li>Define-se como  sistema de locomoção em que o corpo é propelido através da águ...
SALVAMENTO AQUÁTICO Origem no latim: aquaticu salvare  <ul><li>OBJETIVO ESPECÍFICO </li></ul><ul><li>Tirar ou livrar algué...
FORMATIVO SALVAMENTO AQUÁTICO EIXOS DE PESQUISA HUMANITÁRIO DESPORTIVO PROFISSIONAL
QUE RELAÇÃO HÁ ENTRE A NATAÇÃO, O SALVAMENTO AQUÁTICO E A SAÚDE ? <ul><li>Manter-se no meio aquático deve ser considerado ...
Fonte: Will Dutant, 1966.
SILOGISMO.  O que é isso? Mecanismo utilizado para a clareza da exposição da idéia.  A    Premissa maior B    Premissa m...
A    Premissa maior <ul><li>O profissional de Educação Física ensina natação, que é um sistema de locomoção em que o corp...
B    Premissa menor <ul><li>O salvamento aquático é um sistema de locomoção que visa a atuação imediata perante o afogame...
C    Conclusão <ul><li>Logo, o salvamento aquático é ensinado pelo profissional de Educação Física.  </li></ul><ul><li>Po...
Pesquisa DESCRITIVA  METODOLOGIA TABELA 1 – CURSOS DE ATUALIZAÇÃO PROFISSIONAL E EDUCACIONAL SENGUNDO O LOCAL DE REALIZAÇÃ...
 
Estado da Bahia (4%) Estado de São Paulo (92%) Estado do Paraná (4%)
VI Região Bauru (4%) I Região  Grande SP (64%) XVI Região Sorocaba (24%)
ACADEMIAS 64% ENSINO SUPERIOR 28%  CLUBES RECREATIVOS 8%
 
[email_address] FIM
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Professional and Education Updating

776 visualizações

Publicada em

Is it possible to increase the measures of prevention and to reduce the mortality for drowning in the State of SÃO PAULO?
Author: Osni Pinto Guaiano
(03-11)

Publicada em: Tecnologia, Turismo
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
776
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
26
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Professional and Education Updating

  1. 2. Fonte: GUAIANO, O. P. Dados elaborados pelo Datasus CID-BR 10 (n= 57595)
  2. 3. Fonte: GUAIANO, O. P. Dados elaborados pelo Datasus CID-BR 10
  3. 4. MORTALIDADE POR AFOGAMENTO ESTADO DE SÃO PAULO /1998-2002 Fonte: GUAIANO, O. P. Mortalidade por afogamento no Estado de São Paulo e seus fatores intrínsecos . In: CONGRESSO MUNDIAL DE SAÚDE PÍBLICA, 8., 11., 2006, Rio de janeiro. Anais. Rio de Janeiro, agosto 2006.
  4. 5. Fonte: GUAIANO OP. Dados de Grupamentos dos Bombeiros Militar, SP - registros de ocorrências de duas (02) regiões localizadas no Interior do Estado de São Paulo – De Janeiro de 2002 à Agosto de 2006.
  5. 6. Fonte: GUAIANO, Osni Pinto. Teoria de controle do afogamento. In: CONGRESSO DE CIÊNCIAS DO DESPORTO E DE EDUCAÇÃO FÍSICA DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA, 10., 2004, Porto. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, vol. 4, n. 2. set. 2004. (suplemento). Portugal: Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física da Universidade do Porto, 2004. p. 364.
  6. 7. O QUE FAZER PARA TORNAR MENOR A MORTALIDADE POR AFOGAMENTO NO ESTADO DE SÃO PAULO? <ul><li>É necessário que haja firmeza da comunidade científica no sentido de difundir meios de controle do afogamento. </li></ul>RECONHECER - PREVENIR - AGIR Prof. Osni Guaiano
  7. 8. Para inúmeros pesquisadores, dentre eles Andrés, Gonzalez, Peresenda, Palácios, Valeiras, Porto, Tilló... QUAL É O PRINCIPAL PAPEL DA EDUCAÇÃO FÍSICA ?
  8. 9. NATAÇÃO Origem no latim: natatione <ul><li>Define-se como sistema de locomoção em que o corpo é propelido através da água por movimentos específicos dos braços e/ou das pernas. </li></ul>ETIMOLOGIA Alex Popov
  9. 10. SALVAMENTO AQUÁTICO Origem no latim: aquaticu salvare <ul><li>OBJETIVO ESPECÍFICO </li></ul><ul><li>Tirar ou livrar alguém que sofre perturbação da saúde por desconforto respiratório ou inundação do aparelho respiratório por líquidos não corporais </li></ul><ul><li>OBJETIVO GERAL </li></ul><ul><li>Prevenção que acarreta na </li></ul><ul><li>da qualidade de vida. </li></ul><ul><li>Define-se como sistema de locomoção que visa a atuação imediata perante o afogamento . De domínio particular ou geral, pode ser exercido profissionalmente ou não. </li></ul>ETIMOLOGIA Gabriel Lyrio
  10. 11. FORMATIVO SALVAMENTO AQUÁTICO EIXOS DE PESQUISA HUMANITÁRIO DESPORTIVO PROFISSIONAL
  11. 12. QUE RELAÇÃO HÁ ENTRE A NATAÇÃO, O SALVAMENTO AQUÁTICO E A SAÚDE ? <ul><li>Manter-se no meio aquático deve ser considerado como elemento de saúde , pois além do seu caráter utilitário, saber nadar e saber salvar pode ter significado relacionado à saúde. </li></ul>Fonte: GUAIANO, Osni Pinto. O emprego dos elementos do surf no salvamento aquático: concepções de professores e alunos do curso de graduação em Educação Física. Bauru, 2005. 128 f. Monografia (Licenciatura Plena em Educação Física) - Instituto de Ciências da Saúde da UNIP, Bauru, 2005.
  12. 13. Fonte: Will Dutant, 1966.
  13. 14. SILOGISMO. O que é isso? Mecanismo utilizado para a clareza da exposição da idéia. A  Premissa maior B  Premissa menor C  Conclusão – verdade admitida das duas outras (A e B) TRINDADE DAS PROPOSIÇÕES Prof. Osni Guaiano
  14. 15. A  Premissa maior <ul><li>O profissional de Educação Física ensina natação, que é um sistema de locomoção em que o corpo é propelido através da água por movimentos específicos; </li></ul>
  15. 16. B  Premissa menor <ul><li>O salvamento aquático é um sistema de locomoção que visa a atuação imediata perante o afogamento; </li></ul>
  16. 17. C  Conclusão <ul><li>Logo, o salvamento aquático é ensinado pelo profissional de Educação Física. </li></ul><ul><li>Porém, se o salvamento aquático não for ensinado pelo professor de natação não é lógico que o profissional de Educação Física ensine natação. </li></ul>Teoria aristotélica / Fonte: Will Dutant, 1966.
  17. 18. Pesquisa DESCRITIVA METODOLOGIA TABELA 1 – CURSOS DE ATUALIZAÇÃO PROFISSIONAL E EDUCACIONAL SENGUNDO O LOCAL DE REALIZAÇÃO (2001-07) ESTABELECIMENTOS DE ENSINO ANO Nº DE CURSOS REALIZADOS CONCLUDENTES DE DIVERSAS ÁREAS DO SABER PROFISSIONAIS DE ED. FÍSICA CERTIFICADOS . FEF / FIG – Guarulhos, SP 2001 1 8 4 . Academia Projeto Acqua – SP, Capital 2001-03 9 28 10 . Academia Sport Total – SP, Capital 2003 2 18 10 . Academia PH 5 – SP, Capital 2003 2 16 9 . Academia UNIFE Jundiaí, SP 2004 1 15 9 . 8º Congresso Paulista de Ed. Física- Jundiaí, SP 2004 1 19 10 . 2º e 3º Congresso Regional de Ciências do Esporte – Sorocaba, SP 2005-06 2 35 35 . Academia Monday (Fitness FitnessMais) – SP, Capital 2006 1 20 16 . 1º Congresso de Ed. Física de Jundaí – Jundiaí, SP 2006 1 20 20 . UNIFESP – SP, Capital 2005 1 16 0 . FIEP – Foz do Iguaçu, PR 2006 1 20 20 . Iate Clube Piraju - Piraju, SP 2006 1 4 0 . SESC – Salvador, BA 2006 1 40 5 . Academia Subaquática - Sorocaba, SP 2007 1 2 2 TOTAL   25 261 150
  18. 20. Estado da Bahia (4%) Estado de São Paulo (92%) Estado do Paraná (4%)
  19. 21. VI Região Bauru (4%) I Região Grande SP (64%) XVI Região Sorocaba (24%)
  20. 22. ACADEMIAS 64% ENSINO SUPERIOR 28% CLUBES RECREATIVOS 8%
  21. 24. [email_address] FIM

×