Uma jornada proveitosa

1.286 visualizações

Publicada em

Sermão evangélico. Neste curto relato há quatro atitudes que eu quero lhes apresentar, que podem tornar também, a nossa jornada, a minha e a sua como uma jornada proveitosa por este mundo.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.286
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
81
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Uma jornada proveitosa

  1. 1.   UMA JORNADA PROVEITOSA Adaptação: Prof. Ramón Zazatt E ele foi achado na estrada!
  2. 2. UMA JORNADA PROVEITOSA 01/05/2010 Atos 8: 26 a 39 Dois homens. Dois viajantes nesta história. Já ouviram falar muito de Filipe. Ele está num avivamento. No versículo 5 deste mesmo capítulo, ele se encontra pregando para multidões. De repente, por orientação do Espírito ele sai do centro deste avivamento, do meio de uma multidão e vai para um lugar deserto para evangelizar um homem só. Do ponto de vista de estratégia missionária, de estratégia evangelística, pode-se dizer que foi um erro lamentável. Ainda bem que o Espírito Santo não estuda técnicas de marketing conosco. Sopra onde quer e faz o seu trabalho. Mas sem dúvida que este homem a quem Filipe foi pregar é muito importante. Porque ele sai do meio de um avivamento, faz uma jornada de 50 quilômetros para alcançar este homem, depois sai de cena. O que está acontecendo aqui é o cumprimento do Salmo 68 versículo 31: “ Cedo a Etiópia estenderá as suas mãos para Deus...” Cumprimento de uma profecia de que a Etiópia viria a conhecer a Cristo. O homem é um eunuco, sendo provavelmente então um escravo. Normalmente um homem privado de sua masculinidade para cuidar do harém do seu senhor. A Bíblia na linguagem de hoje diz que ele era tesoureiro e administrador das finanças de Candace título da rainha do Egito. Tinha progredido na vida em certa forma.... Porém o problema maior de sua vida o acompanhava ... Não teria descendência! A Etiópia ainda não era uma nação com este nome, era geograficamente o lugar da primeira catarata do rio Nilo, correspondendo na Geografia moderna, à Núbia ou ao Sudão. Este homem saiu de lá. Era um gentio, convertido ao judaísmo, provavelmente, negro. Como convertido, vai a Jerusalém para adorar e é alcançado por Filipe. Volta para sua terra com a mensagem do Evangelho no coração. Segundo a maior parte dos intérpretes, é assim que o Evangelho chega à África. Voltando ao homem, ele foi como uma pessoa e voltou como outra. Ele foi achado na estrada! O centro deste transformação não foi propriamente a viagem, embora esta tenha sido uma viagem muito proveitosa. A razão da mudança da vida deste homem foi o fato de que ele conheceu Jesus Cristo como seu Salvador. E o conhecimento de Cristo fez com que a jornada deste homem fosse uma jornada proveitosa. Todos nós estamos fazendo uma jornada. Alguns fizeram uma jornada curta, vindo a este templo. Nós fazemos uma jornada pela vida. A jornada de alguns é desperdiçada, sem sentido, descolorida e apática. Como é que a jornada de uma pessoa se torna proveitosa? Como se enche a vida de sentido? Na vida deste homem, no curto relato que temos, há quatro atitudes que eu quero lhes apresentar, que podem tornar também, a nossa jornada, a minha e a sua como uma jornada proveitosa por este mundo. 1 2 A primeira atitude esta no versículo 27. O versículo 27 diz assim: “ Eis que um etíope, eunuco, alto oficial de Candace, rainha dos etíopes, o qual era superintendente de todo o seu tesouro, que viera adorar em Jerusalém ” Aqui está a primeira atitude: coração aberto para Deus. Com toda probabilidade, pela situação de eunuco, um escravo. Convertido ao judaísmo. Um gentio. Havia muitos assim em Jerusalém. Em João 12:20 por exemplo nós vimos o pedido daqueles gregos a outro discípulo de Jesus: Queríamos ver a Jesus. Gregos, convertidos ao judaísmo, que tinham ouvido falar de Jesus, e queriam vê-lo. Este homem é um convertido ao judaísmo,mas entende que a sua busca por Deus não está completa. É um homem sério. Conhecia o Antigo Testamento, conhecia as promessas feitas a Israel. Fora a Jerusalém para dorarar . Agora ele poderia dizer: Bem eu já cumpri minha obrigação. Eu já me desloquei da minha terra, cheguei até Jerusalém, cumpri todos os requisitos da minha religião. Uff, alívio. Sensação de dever cumprido, agora como um bom prosélito eu volto no ano que vem.
  3. 3. Fora a Jerusalém e poderia se sentir desobrigado de qualquer atividade, mas ele não está cumprindo um rito. Ele volta na sua viagem, diz o texto , ele volta lendo o profeta Isaías. Ou seja, é um homem que tem interesse nas coisas de Deus. - O primeiro requisito para uma jornada proveitosa é ter o coração aberto para Deus. Há muitas pessoas que são absolutamente desligadas de qualquer realidade espiritual. Algumas não são apenas desligadas, são absolutamente insensíveis. Não tem quaisquer preocupações espirituais. Então, de coração fechado ou desligado, desconectado com Deus, são pessoas sem espaço para Deus, sem tempo para Deus, e aí a sua vida é uma vida desperdiçada. Podem estar bem e muitas vezes estão até economicamente bem. Podem estar bem com a sua vida social, mas no fundo o coração é vazio. E a jornada, é uma jornada fútil. Sua jornada, sua peregrinação, sua caminhada por este mundo, é a caminhada de alguém com o coração aberto para Deus, ou você é alguém desligado? Igreja é para Natal, Páscoa, Casamento, Falecimento de alguém. Deus faz parte de seus pensamentos? Seu coração está aberto para ele? Ou apenas em momentos de aflições? As vezes igreja é para ver os conhecidos, um acontecimento social. 3 4 Para muitas pessoas Deus é matéria de lembrança de preocupação quando a situação aperta. Então, quando surgem as dificuldades apegam-se com Deus. >>> Mas este homem nos deixa uma lição: ele não estava cumprindo um dever religioso, isto não era apenas matéria de obrigação mas tinha o coração aberto para Deus. Lembre: Uma jornada proveitosa por esta vida, tem como um dos passos indispensáveis coração aberto para Deus. - A segunda atitude está no versículo 28, e diz o versículo 28: “ ... estava de volta, e, assentado no seu carro, vinha lendo o profeta Isaías ” Ouvimos este relato, ” Havia uma senhora que morava no bairro, que todos sabiam o que se passava na vida dela, pela distância ou aproximação da Igreja. Tinha um filho que era um pouco desajustado socialmente, constantemente envolvia-se em problemas policiais, então nós sabíamos que o filho dela estava preso quando ela aparecia na Igreja.” Aí quando as coisas ficavam ruins, ela aparecia para pedir oração e sabíamos que a situação amenizara quando ela desaparecia da Igreja, o filho estava solto mas, quando a situação apertava, lá estava ela de novo. Ele não vinha lendo para passar o tempo, mas ele vinha lendo o texto, mergulhando no texto, querendo saber o que estava ali. Ele continuava buscando a Deus e aqui nos deixa uma outra lição: Deus não se revelara ao seu povo, aos etíopes. Deus não se revelara a sua raça, aos africanos. Mas ele o buscava. A sua atitude era essa: eu não conheço, mas eu quero conhecê-lo. Não me foi apresentado, mas eu estou procurando. E este homem nos deixa também uma lição que não pode ser desprezada por quem quer ter uma vida proveitosa. Esse espírito de busca, o desejo de conhecer a Deus. Faça isso também. Estava de volta, como disse antes, cumprira o que se esperava dele, mas ainda vinha estudando. E o espírito do texto, no novo testamento, é não de uma leitura superficial, mas de uma leitura atenta, detalhada.
  4. 4. 5 6 Em algumas ocasiões as pessoas tem interesse por Deus, mas o se interesse é muito superficial. E se há uma verdade que descobrimos também na Bíblia é que Deus não se revela àqueles que o buscam de maneira superficial. Jeremias 29:13 diz assim: “ buscar-me-eis, e me encontrareis, quando me buscardes de todo o vosso coração” Deus não se dá a conhecer aos preguiçosos. Deus não se dá a conhecer aos conformistas. O homem pensava: “Ah eu gostaria de ver como é isto. Eu gostaria de ter essa experiência só para saber como é, para sentir o que é isto.” Deus não é matéria de conhecimento superficial. Deus é matéria de conhecimento do coração. A alma que conhece a Deus é aquela que o busca diligentemente, que o busca com ansiedade e este homem deixa também esta lição para nós. Aquilo se tornou o bem supremo. É verdade que não há acidentes para Deus, mas quantas pessoas descobriram o Evangelho sem o procurar. -Já ouvi dizer: “Um dia alguém me deu um folheto na mão e ..... “ Alguns tem uma ansiedade de coração. Procuram a verdade para satisfazer o anseio da sua alma. Mas seja qual for a situação, a descoberta é a mesma, o valor do reino e investem a vida. Isto é espírito de busca, isto tem valor e colocam a vida nisto. Se você deseja ter uma jornada proveitosa, descobrindo o Evangelho, conhecendo a Jesus Cristo, precisa saber: vale a pena colocar a vida nisto! Vale a pena entregar a vida a ele! Vale a pena comprometer-se com ele! Coração aberto para Deus, primeira atitude. Espírito de busca, segunda atitude. A terceira atitude , tem como referência os dois versículos, 31 e 34: 31: Ele respondeu, Como poderei entender, se alguém não me explicar? E convidou Filipe a subir e a sentar-se junto a ele. 34: Então o eunuco disse a Filipe: Peço-te que me expliques a quem se refere o profeta. Fala de si mesmo ou de algum outro? - A terceira atitude é o desejo de aprender. Ele convida Filipe, pede a Filipe que suba e se assente ao seu lado. E depois, não contente em ter a companhia de Filipe, diz: Peço-te que me expliques a quem se refere o profeta. Ele buscava para aprender. Alguns buscam para criticar, para zombar. Há duas parábolas de Jesus numa série de sete parábolas sobre o reino, são a parábola do tesouro oculto e da pérola de grande valor. Em Mateus 13: 44 a 46 A parábola do tesouro oculto mostra o homem que descobre o reino por acidente. Ele está arando o campo e tropeça no tesouro. Há gente assim: que descobre o tesouro do reino acidentalmente. A parábola imediata é a pérola de grande preço . É um homem que negocia pérolas ele procura a melhor de todas até que a descobre. São dois opostos: um, que descobre o reino por acidente, o outro que descobre o reino após investigação. Mas tanto o que descobre acidentalmente como o que descobre após diligente procura tem uma coisa em comum: descobrem o valor do tesouro , descobrem o valor da pérola, vendem tudo para investir naquilo.
  5. 5. 7 8 <ul><li>Eu creio que todos os irmãos já ouviram de algum incrédulo ou de algum irmão superficial, aquela pergunta: com quem Caim casou? Já perguntaram para mim...!!!! </li></ul><ul><li>O mesmo perguntaram para um pastor, que era dotado de um muito bom humor: </li></ul><ul><li>Mas numa ocasião alguém lhe disse assim, com quem Caim casou? </li></ul><ul><li>E ele disse assim: você é casado? E respondeu “ -Sou ”. </li></ul><ul><li>- Então cuide da sua mulher e deixe a dos outros em paz. </li></ul><ul><li>Mas algumas pessoas tem perguntas para embaraçar, para criar arestas. </li></ul><ul><li>Na realidade elas tentam muito mais confundir os outros e fechar o se coração para Deus do que estão em busca da verdade. </li></ul><ul><li>>>> Este homem, o Eunuco, não sabemos o seu nome, quer aprender. </li></ul><ul><li>E uma das belezas do Evangelho é que o evangelho se manifesta em fatos. Ou seja, o Evangelho são fatos. </li></ul><ul><li>O Evangelho é crível. </li></ul><ul><li>Em muitas pregações, Tomé é muito espancado. </li></ul><ul><li>Eu gosto muito de Tomé. Talvez o discípulo de Jesus com quem eu mais me identifique seja Tomé. </li></ul><ul><li>Tomé é racionalista. - “Eu quero ver!”, ele disse. </li></ul><ul><li>“ Não vem com esta história não, porque eu vi o homem morrer, eu vi quando ele foi tirado, eu vi aqueles pregos lá no punho dele, no pulso, eu vi aquela lança, - eu quero por a mão, eu quero tocar.” </li></ul><ul><li>E graças a Deus por Tomé. Porque por causa de Tomé nós temos uma evidência. </li></ul><ul><li>Tomé, põe aqui a tua mão. Vê, Tomé. </li></ul><ul><li>O Evangelho resiste as perguntas difíceis. </li></ul><ul><li>Então nós não temos medo de perguntas embaraçosas. </li></ul><ul><li>De perguntas difíceis. </li></ul><ul><li>O problema, é quando a pessoa tenta calar a voz de Deus no seu coração, levantando questões sem nenhum sentido. </li></ul><ul><li>>>> O homem pergunta, não para levantar arestas mas dirimir dúvidas. Eu quero aprender, eu quero que tu me ensines, “ peço-te, de quem é que este profeta está falando .” </li></ul><ul><li>E esse homem nos mostra aqui a terceira atitude : uma jornada proveitosa tem como ingrediente básico um desejo de saber mais sobre Deus , de querer saber de Jesus Cristo, de abrir o coração para receber Deus. </li></ul><ul><li>E este homem é um excelente modelo: Bíblia aberta, coração aberto e quando a Bíblia está aberta, o coração está aberto, a pessoa recebe o que procura. </li></ul><ul><li>Abra o seu coração, pergunte, externe suas dúvidas, leia a Bíblia com apetite, com fome e sem dúvida a sua jornada será proveitosa. </li></ul><ul><li>Some coração aberto para Deus, espírito que busca e desejo de aprender ... </li></ul><ul><li>Quarta atitude: E em quarto e último lugar: o decidir-se. Versículo 36 : </li></ul><ul><li>“ Seguindo eles caminho fora, chegando a certo lugar onde havia água, disse o eunuco: Eis aqui água, que impede que eu seja batizado?” </li></ul><ul><li>Filipe explicou tudo, até o fato de que era necessário batizar. E ele compreendeu, ele entendeu. Não tem mais nenhuma dúvida. </li></ul><ul><li>E quando não há mais nenhuma dúvida então ele externa o seu desejo, o desejo de um compromisso. </li></ul><ul><li>Ele não é mais um inquiridor, uma pessoa cheia de interrogantes, mas agora ele é uma pessoa decidida. </li></ul><ul><li>E quer externar isto com uma atitude prática. </li></ul><ul><li>“ Eis aqui água, que impede que eu seja batizado?” </li></ul><ul><li>Ter dúvidas, é um direito, Deus nos fez seres pensantes, Deus nos deu inteligência, fez uma revelação que é crível, que é compreensível, que é razoável. </li></ul><ul><li>Mas, se ter dúvidas, é um direito. Crer quando as dúvidas foram respondidas, é um dever moral, é uma obrigação. </li></ul><ul><li>Aquele que é um inquiridor sincero, se é honesto, ao ter as dúvidas respondidas, não tem mais nenhum motivo para ficar sem uma decisão. </li></ul><ul><li>A atitude do eunuco é esta, eu compreendi, eu sei, é a verdade, eu aceito. </li></ul>
  6. 6. Não gosto de falar nem de mim, nem de minha família, mas eu não fui criado no Evangelho. Eu fui criado como católico nominal. Mas sempre fui muito racional, eu não estava atrás de milagres ou de sinais, sempre quis uma coisa bem lógica. E quando comecei a freqüentar Igreja, eu tinha toda a minha vida dentro deste esquema e o que mais me atraiu no evangelho é que sendo eu era um jovem pensante, que lia, que discutia, eu compreendi que o evangelho é algo perfeitamente lógico. O evangelho é uma mensagem que o homem pode compreender com todo o coração e também com toda a mente. “ Eu sei em quem tenho crido” - diz Paulo. Creio porque o evangelho é uma maravilha da mente de Deus, extravasa o nosso simples entendimento, vai muito além mas não é um absurdo, e aquele que tem dúvidas e abre o coração, e raciocina com Deus, e é sincero tem obrigação moral de, banidas as dúvidas, dizer como o eunuco, eu compreendo e eu aceito. Não basta ter um conhecimento meramente intelectual, da cabeça, é preciso que o conhecimento passe para o coração, não basta ter informações, é preciso ter uma decisão. A pessoa pode fazer um excelente reconhecimento de que todas essas coisas são verdadeiras mas se ela não se apropria, isto não tem sentido, e é isto que o eunuco faz: Ele compreende que o evangelho é verdade, ele compreende que Jesus é a verdade, mas muito mais ainda, ele compreende que é verdade para ele. Não basta dizer que o evangelho é bonito, que a vida cristã é bonita. Tudo isto é encantador, mas é necessário dizer, tudo isto é bonito para mim, tudo isto faz sentido para mim. E agora, depois das quatro atitudes, o coração aberto para Deus, o espírito de busca, o desejo de aprender e decidir-se, ... 9 10 Adaptação: Prof. Homerzatt A conclusão da nossa história no versículo 39 a expressão final, e este, “o eunuco, foi seguindo o seu caminho cheio de júbilo.” É a última afirmação sobre ele. Cheio de júbilo. Antes inquirições, perguntas, duvidas, não sabemos o que havia no seu coração quando veio mas sabemos o que havia no seu coração quando chegou em casa . Júbilo! Alegria! Quem tem um encontro com Cristo tem a vida transformada, quem tem um encontro com Cristo passa a ter alegria de viver. Conheceu Jesus Cristo e comprometeu-se com ele. Leva o evangelho para a sua nação, e a sua nação se torna abençoada por aquilo que aconteceu na sua vida e esta é a maravilha da presença de Cristo na vida de uma pessoa, ele muda a vida, redimensiona a existência, faz com que ela passe a ter um novo significado e nos torna pessoas úteis. Irmão e amigo: Você está fazendo uma jornada por este mundo, torne a sua jornada proveitosa , abra o seu coração para Deus , tenha um espírito sincero de busca , tenha um desejo sincero de aprender . Convencido, renda-se ao evangelho e a sua vida será uma benção. Tenha uma jornada proveitosa.

×