O românico é o  primeiro  “estilo”  verdadeiramente europeu, unificando artisticamente a Cristandade . Gera-se uma linguag...
A arquitectura é a base da arte românica. A ela se adaptam a escultura e a pintura.   S. Salvador de Bravães Ponte da Barca
A escultura ocupava os tímpanos, as arquivoltas e os capitéis das colunas na fachada. Tímpano Portal Sul Santiago de Compo...
O tímpano era decorado com motivos narrativos, como o Pantocrator, a representação de Cristo como divindade suprema, senta...
No interior, ou nos claustros, os capitéis eram historiados com cenas bíblicas, procurando evangelizar através das imagens...
Monstros terríveis povoavam o imaginário e a escultura românicos, lembrando sempre aos fiéis os horrores do Inferno.
Escultura funerária
Santa Maria de Taüll Lérida Espanha
Os templos são sempre orientados na direcção do Santo Sepulcro. S. Pedro das Águias Tabuaço
Edifícios militares: castelos e fortalezas  Penela
Cruz de S. Teotónio Museu Nacional Machado de Castro Proveniência: Santa Cruz de Coimbra Cálice oferecido por D. Gueda Men...
É uma arte essencialmente religiosa que, a partir do século X e até ao séc. XII, se difundiu por toda a cristandade mediev...
Santiago de Compostela era o destino de muitos peregrinos que, de toda a Cristandade, chegavam ao Noroeste da Península Ib...
Pórtico da Glória; Santiago de Compostela
Arcos de volta inteira
Abóbadas de berço
Nas igrejas mais modestas, como no caso português,  muitas construções têm uma só nave com cobertura  de travejamento em m...
Paredes robustas, grossas e reforçadas com contrafortes para sustentar o peso das abóbadas.  Igreja da Cedofeita Porto
Interiores com pouca iluminação, convidando os fiéis ao recolhimento.   Vézelay Borgonha França Sé Velha Coimbra
Clareza dos volumes, geometricamente simples e bem definidos. Sé Velha Coimbra Sanfins de Friestas Valença
Em Portugal, as construções mais importantes são as sés – Braga, Porto, Coimbra, Lisboa…
O românico português caracteriza-se, contudo,  pela grande diversidade de pequenas igrejas rurais espalhadas pelo Norte e ...
Bravães; Ponte daBarca S. Tiago Coimbra Melgaço
Sé Velha; Coimbra
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

RomâNico

5.689 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.689
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
35
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
426
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

RomâNico

  1. 2. O românico é o primeiro “estilo” verdadeiramente europeu, unificando artisticamente a Cristandade . Gera-se uma linguagem artística coerente numa área que, tendo como centro o reino dos Francos, vai desde a Península Ibérica, às Ilhas Britânicas, à Polónia e à Itália. É uma arte essencialmente religiosa, fruto da espiritualidade da época. S. Pedro das Águias Tabuaço Basílica de Santo Ambrósio Milão Southwell Inglaterra Speyer; Alemanha Oviedo; Espanha S. Miniato al Monte; Florença; Itália
  2. 3. A arquitectura é a base da arte românica. A ela se adaptam a escultura e a pintura. S. Salvador de Bravães Ponte da Barca
  3. 4. A escultura ocupava os tímpanos, as arquivoltas e os capitéis das colunas na fachada. Tímpano Portal Sul Santiago de Compostela Galiza Espanha
  4. 5. O tímpano era decorado com motivos narrativos, como o Pantocrator, a representação de Cristo como divindade suprema, sentado na cathedra , com a mão direita erguida e as Sagradas Escrituras na esquerda. Tetramorfo: representação simbólica dos quatro evangelistas – o anjo de S. Mateus, leão de S. Marcos, touro de S. Lucas e a águia de S. João.
  5. 6. No interior, ou nos claustros, os capitéis eram historiados com cenas bíblicas, procurando evangelizar através das imagens. David e Golias Moisés lançado às águas do Nilo Vézelay; Borgonha; França
  6. 7. Monstros terríveis povoavam o imaginário e a escultura românicos, lembrando sempre aos fiéis os horrores do Inferno.
  7. 8. Escultura funerária
  8. 9. Santa Maria de Taüll Lérida Espanha
  9. 10. Os templos são sempre orientados na direcção do Santo Sepulcro. S. Pedro das Águias Tabuaço
  10. 11. Edifícios militares: castelos e fortalezas Penela
  11. 12. Cruz de S. Teotónio Museu Nacional Machado de Castro Proveniência: Santa Cruz de Coimbra Cálice oferecido por D. Gueda Mendes ao mosteiro de Refojos de Basto em 1152 Museu Nacional Machado de Castro Ourivesaria
  12. 13. É uma arte essencialmente religiosa que, a partir do século X e até ao séc. XII, se difundiu por toda a cristandade medieval, segundo um mesmo modelo mas com uma enorme diversidade regional. Planta em cruz latina Catedral de Santiago de Compostela Nave central Naves laterais Cruzeiro Transepto Deambulatório Absidíolos
  13. 14. Santiago de Compostela era o destino de muitos peregrinos que, de toda a Cristandade, chegavam ao Noroeste da Península Ibérica para visitar as relíquias do apóstolo.
  14. 15. Pórtico da Glória; Santiago de Compostela
  15. 16. Arcos de volta inteira
  16. 17. Abóbadas de berço
  17. 18. Nas igrejas mais modestas, como no caso português, muitas construções têm uma só nave com cobertura de travejamento em madeira . Igreja de Roriz Santo Tirso Capela de S. Miguel Guimarães
  18. 19. Paredes robustas, grossas e reforçadas com contrafortes para sustentar o peso das abóbadas. Igreja da Cedofeita Porto
  19. 20. Interiores com pouca iluminação, convidando os fiéis ao recolhimento. Vézelay Borgonha França Sé Velha Coimbra
  20. 21. Clareza dos volumes, geometricamente simples e bem definidos. Sé Velha Coimbra Sanfins de Friestas Valença
  21. 22. Em Portugal, as construções mais importantes são as sés – Braga, Porto, Coimbra, Lisboa…
  22. 23. O românico português caracteriza-se, contudo, pela grande diversidade de pequenas igrejas rurais espalhadas pelo Norte e Centro do país. S. Pedro de Rates Póvoa de Varzim
  23. 24. Bravães; Ponte daBarca S. Tiago Coimbra Melgaço
  24. 25. Sé Velha; Coimbra

×