Matemática

44 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
44
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Matemática

  1. 1. MATEMÁTICA Nomes: Helen e Lucas Disciplina: Didática da Linguagem Professora: Marcia Data: 22 de junho de 2015
  2. 2. EXPERIÊNCIAS RELACIONADAS AOS SABERES SOBRE NÚMEROS E QUANTIDADES, MEDIDAS E NOÇÕES ESPAÇOMETRICAS  nossa civilização,  os homens construíram o conhecimento sobre os números. O trabalho com esse tipo de conhecimento na Educação Infantil deve se guiar por necessidades surgidas e/ou criadas no cotidiano da IEIs.
  3. 3.  Situações em que ocorre o uso da matemática no cotidiano.  Contar quantidade de alunos ;  Numerar paginas de livros feito pelos alunos;  Dividir as balas;  Olhar o calendário;  Ver as horas para nos orientarmos;  Pesar ingredientes de um bolo que esta sendo feito pela turma;  Calcular espaços.
  4. 4. ESSA PERSPECTIVA DE TRABALHO NA IEIS É HOJE REFORÇADA PELAS DCNEI/2009 QUE, NO SEU ARTIGO 9º, DETERMINA QUE  [...] as práticas pedagógicas que compõem a proposta curricular da Educação Infantil devem ter como eixos norteadores as interações e a brincadeira, garantindo experiências que[...]  recriarem, em contextos significativos para as crianças, relações quantitativas, medidas, formas, e orientações espaçometricas
  5. 5.  No que se refere às relações quantitativas e ao conceito de numero, Piaget, Constance, Kamii, e outras estudiosos demonstraram em suas pesquisas que as crianças constroem esses conhecimentos num processo que envolve amadurecimento biológico, interações sociais e experiências vividas. A construção do conceito de numero é uma dessas relações extremamente complexas que a criança constrói nessa fase da vida.
  6. 6.  Segundo Piaget, o número é uma síntese de dois tipos de relações que a criança elabora entre os objetivos.  Não é possível acreditar, como ainda defendem e trabalham vários (as) professor (as), que os conceitos são construídos com materiais concretos ou pela simples manipulação de objetos ; pela verbalização ou contagem numérica ou pelo treino repetitivo da escrita de algarismos na sequência numérica; ou ainda, fazendo exercícios de associação de conjuntos de objetivos a numerais em folhas xerocadas.
  7. 7.  A matemática tem que ser vista e trabalhada também como um objetivo de uso social. Outra forma de trabalhar a matemática é por meio de jogos. Em todas essas ações, é importante que estejamos atentos as possibilidades de trabalhar o registro não convencional e o convencional.  Todo esse trabalho possibilitará que as crianças se apropriem do conhecimento matemático de forma significativa e desenvolvem seu raciocínio lógico.
  8. 8. PAPEL DO PROFESSOR (A)  para que essas experiências possam ser vividas a perspectiva do desenvolvimento do seu pensamento se torna necessário do seu pensamento lógico e da apropriação dos conhecimentos matemáticos, é necessário que o (a) professor (a) tenha clareza de seu papal. As crianças imersas em uma cultura matematizada, vivenciando ou presenciam situações em que se torna necessário à matemática. Existem vários modos de trabalhar a matemática na IEIs hoje em dia, que desenvolve o raciocínio lógico. É importante que a postura do professor diante as atividades, seja uma postura adequada.
  9. 9. OBJETIVOS  Apropriar-se dos diferentes métodos do uso da matemática;  Construir o conceito de número;  Apropriar-se da matemática;  Apropriar-se de estratégias matemáticas;  Desenvolver noções espaçometricas;  Construir formas convencionais e não convencionais;  Familiarizar-se com diferentes formas de tratamento de informação.
  10. 10. REFERÊNCIAS:  O currículo na Educação Infantil: relações com saberes e conhecimentos da natureza e da cultura.  Encontra-se na Biblioteca do Instituto.

×