Conduta de Enfermagem Profº. Hiury Gomes Materno-Infantil [email_address] EXAME  NAS MAMAS
<ul><li>O câncer de mama é o tipo de câncer que mais mata mulheres brasileiras, principalmente na faixa etária entre 40 e ...
8 –  PORTARIA Nº 1.625, DE 10 DE JULHO DE 2007  7 –  Resolução COFEN 195/1997.  6 –  Resolução COFEN 272/2002  5 –  Resolu...
<ul><li>Já que podemos solicitar exames devemos saber interpretar. </li></ul><ul><li>Na consulta sempre orientar sobre a i...
 
LESÕES DETECTADAS NAMAMOGRAFIA SINAIS RADIOLÓGICOS DE CÂNCER DE MAMANA NÓDULO  M ICROCALCIFICAÇÕES   Forma  Tamanho Contor...
Figura 3 - Dilatação ductal isolada A)  Dilatação ductal isolada;  B) Lesão ampliada <ul><li>Figura 4 - Densidade dos nódu...
<ul><li>LOCALIZAÇÃO </li></ul><ul><li>Utiliza-se a seguinte padronização para as regiões da mama: </li></ul><ul><li>Quadra...
Você pode faz com que isso não aconteça
 
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mama amiga

3.260 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.260
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mama amiga

  1. 1. Conduta de Enfermagem Profº. Hiury Gomes Materno-Infantil [email_address] EXAME NAS MAMAS
  2. 2. <ul><li>O câncer de mama é o tipo de câncer que mais mata mulheres brasileiras, principalmente na faixa etária entre 40 e 69 anos. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca) sua incidência vem crescendo rápida e progressivamente, o que coloca a doença como problema de saúde pública.  </li></ul><ul><li>O Rio de Janeiro é o estado onde tem mais casos de câncer de mana. </li></ul>
  3. 3. 8 – PORTARIA Nº 1.625, DE 10 DE JULHO DE 2007 7 – Resolução COFEN 195/1997. 6 – Resolução COFEN 272/2002 5 – Resolução COFEN 271/2002. 4 – Resolução COFEN 159/1993 3 – Portaria MS/GM 648, de 28 de março de 2006 2 – Decreto Federal 94.406/87 O enfermeiro pode solicitar exame de mamografia, sendo somente para rastreamento e não para diagnostico. Por exemplo. “ se na consulta de enfermagem ao realizar o exame físico o profissional identifica alguma alteração nas mamas” não poderá solicitar o exame e sim encaminhar para uma consulta medica. A enfermagem não da diagnostico de doença e sim quadro sugestivo. De acordo com os aspectos legais, abaixo. 1 – Lei Federal 7.498/86.
  4. 4. <ul><li>Já que podemos solicitar exames devemos saber interpretar. </li></ul><ul><li>Na consulta sempre orientar sobre a importância do auto exame, ensinar. </li></ul><ul><li>No caso de acompanhamento de paciente em tratamento deve-ser dar alem do encaminhamentos e orientação um suporte emocional para a paciente e familiares. </li></ul><ul><li>O exame de mamografia deve ser feito a cada 2 anos, caso não haja alterações, dos 50 aos 69 anos. http://www.inca.gov.br/ </li></ul>
  5. 6. LESÕES DETECTADAS NAMAMOGRAFIA SINAIS RADIOLÓGICOS DE CÂNCER DE MAMANA NÓDULO M ICROCALCIFICAÇÕES Forma Tamanho Contorno Limites                                                                                                                                                                     20 Instituto Nacional de Câncer / MS • Densidade - Tamanho Quantidade Forma Densidade Distribuição Figura 1 - Forma dos nódulos A) Forma ovalada; B) Forma arredondada Figura 8 - Neodensidade A)Exame sem lesão; B)Neodensidade, um ano após o exame mostrado em A
  6. 7. Figura 3 - Dilatação ductal isolada A) Dilatação ductal isolada; B) Lesão ampliada <ul><li>Figura 4 - Densidade dos nódulos </li></ul><ul><li>Nódulo denso; B) Nódulo isodenso; C) Nódulo com baixa densidade; </li></ul><ul><li>D) Nódulo com densidade de gordura; E) Nódulo com densidade heterogênea </li></ul>
  7. 8. <ul><li>LOCALIZAÇÃO </li></ul><ul><li>Utiliza-se a seguinte padronização para as regiões da mama: </li></ul><ul><li>Quadrante superior externo (QSE). </li></ul><ul><li>Quadrante superior interno (QSI). </li></ul><ul><li>Quadrante inferior externo (QIE).•Quadrante inferior interno (QII). </li></ul><ul><li>União dos quadrantes externos (UQext). </li></ul><ul><li>União dos quadrantes internos (UQint). </li></ul><ul><li>União dos quadrantes superiores (UQsup). </li></ul><ul><li>União dos quadrantes inferiores (UQinf). </li></ul><ul><li>Região retroareolar (RRA). </li></ul><ul><li>Região central da mama (RC) = união dos quatro quadrantes. </li></ul><ul><li>Prolongamento axilar (PA). </li></ul><ul><li>Como localização adicional, pode-se utilizar terço anterior, médio e </li></ul><ul><li>pos-terior da mama. </li></ul><ul><li>Lembrando quando o enfermeiro for solicita, tem que ser mamografia de </li></ul><ul><li>Rastreamento. Não delimita a localização. </li></ul>
  8. 9. Você pode faz com que isso não aconteça

×