Book Bootcamp 2011 - Gustavo Aoyagi

729 visualizações

Publicada em

Book Bootcamp de Planejamento de Comunicação Miami Ad School / ESPM (2011 1º Semestre) - Gustavo Aoyagi

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
729
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Book Bootcamp 2011 - Gustavo Aoyagi

  1. 1. Por que Percebi que como designer estratégico, a minha ânsia de pesquisar e entender maisGustavo Aoyagi Bootcamp Planejamento de Comunicação - Miami Ad School | ESPM - 2011 - 1 . Semestre o a respeito do cliente, seus produtos e funcionamento do negócio, poderia ser muito Planejamento? mais útil no planejamento do que na criação. E que planejando, poderia continuar “criando” soluções e estratégias em um âmbito muito maior do que fazia antes.
  2. 2. Gustavo Aoyagi Experiência Profissional Formação(em 25 de junho de 2011) 04/2010 - atual The Group Comunicação - WPI 08/2007 - 11/2009 IED - Istituto Europeo di Design 03/2011 - 07/2011 Bootcamp - Planejamento (Planejamento) (Professor / Professor Orientador Adjunto) de Comunicação30 anos, designer estratégico (Master IED) Miami Ad School / ESPM Desenvolvimento, pesquisa e análise de projetos junto ao Orientação adjunta ao profissional Rico Lins, para o últimoe planejador, formado em design gráfico, planejamento, participando dos processos estratégicos/ ano das turmas de graduação de Design Gráfico e Digital. E 08/2005 -07/2007 Master IED Strategic Designatuou mais de 8 anos na área de criação/ criativos, gerando insights, auxiliando no desenvolvimento e professor de projeto para apresentação. Istituto Europeo di Design (Master)design e 2 anos trabalhando com pesquisas criando conceitos, ações, promoções e eventos. 08/1998 - 07/2002 Desenho Industrial (Com. Visual)centradas no usuário e voltadas para inovação Universidade Mackenzie (Bacharel) 08/2009 - 04/2010 Lagrotta Azzurra 03/2006 - 12/2007 Oxyone design(VRDResearch). (Designer Coordenador) (Designer Sócio)Desde 2010 trabalha em agência de Desenvolvimento e gerenciamento do setor de embalagens e PDV da empresa, bem como de seus clientes marca Desenvolvimento e gerenciamento do setor de embalagens e PDV da empresa, bem como de seus clientes marca Cursoscomunicação na área de planejamento. própria (Makro, Drogão e Wall Mart). Relacionamento com própria (Makro, Drogão e Wall Mart). Relacionamento com 01/2011 Planejamento de Comunicação fornecedores asiáticos para diminuição de custos de produção. fornecedores asiáticos para diminuição de custos de produção. em Meios DigitaisDesenvolve e contribui em projetos de Jump Educationexperiência de marca fazendo ativações, 08/2007 - 03/2009 VRDResearch, design as strategy 08/2007 - 03/2009 Fispal - Brazil TradeShow 05/2008 Arquitetura Orgânicapromoções, ações digitais /mídia sociais Marko Brajovic (Designer Estratégico) (Diretor de Arte/ Designer Gráfico)e eventos, para clientes como Carrefour, Planejamento estratégico para a processos e projetos criativos Gestão da marca institucional, desenvolvimento dos materiais 02/2008 High Net Worth Individual, ValuesSantander e Volkswagen / Man, entre outros. (J&J Baby); gerenciamento e coordenação de pesquisas das campanhas (trabalho em conjunto com a Punto Ogilvy, Alessandro Confalonieri, Domus Ac. centradas no usuário, voltadas parra a inovação; análise e Uruguay); Produção gráfica e orçamentos. Alinhamento mapeamento de valores e oportunidades; consultoria e das campanhas de givulgação e venda; desenvolvimento de Ciclo de Palestras IED treinamento de equipes (Embraer) comunicação visual para eventos, feiras e estandes. 06/2007 - 08/2007 Chico Homem de Melo, Rafic Farah, Marcelo Tas, Baixo Ribei Luís Telles e Mássimo Di Felice
  3. 3. Pastel de Feira Reativar o consumo de Pastel de feiraCASES & PROJETOS Briefs Bootcamp Sony Alpha A33 e A55 Lançamento das Câmeras “amadoras” série Alpha Nike+ Sportwatch GPS Lançamento do Relógio com GPS e integrado a plataforma Nike+
  4. 4. Pastelde FeiraPlanners: Gustavo Aoyagi, Ana Beatriz Scheuer e Roberta XavierCriativos: Ótavio Barbon (redação) e Tomás Piedade (direção de arte)Orientador: Utymo Oliveira (planejamento) | Paulo Andre Bione (Criação)O desafio:A associação dos pasteleiros de feiras livres da cidade de São Paulo detectouum consistente decréscimo nas vendas (volumes/valor) de pastel de feiranos últimos anos.Sua hipótese:As pessoas estão abandonando o hábito de consumir pastel na feira.Objetivo do trabalho:Reativar o hábito das pessoas em consumir o pastel na feira.
  5. 5. Universo dos O mundo de hoje... correria, pressão, estressepasteis, feiras livres e Tudo deve ser tão... politicamente correto,seus consumidores sustentável, perfeito Feirantes Clientes ocasionais Todos devem ser... Compradores da feira Clientes da Barraca magros, saudáveis, impecáveis Cenário econômico Sentimentos e valores associados ao pastel do segmento “Diminuiu o movimento do pessoal Política Lula, de maior renda, que está indo para alavanca consumo das os mercadinhos comprar. O que está segurando são as feiras da perifería, Insight que aumentaram o consumo.” Por que não, chutar o pau da barraca? Classes C e D. Fabio Issamu, feirante Mensagem O consumo do pastel poderia significar um pequeno ato de libertação quanto a todas essas regras e convenções sociais, uma escapada. Para entender e abordar o assunto com mais condicionado. Além fazer de uma análise sócio- descobrimos os principais valores e sentimentos deles saudável e que, também por conseqüência deixaram de consumiracertividade, fizemos diversas visitas a feiraslivres (10 bancas de pasteis), entrevistamos econômica do cenário, em que o produto está inserido, definindo nosso “Target” (Homens e associados ao pastel. Fizemos o cruzamento desses valores, com as (des) o pastel, citam a gordura como um dos principais valores associados ao produto, apesar da ótima lembrança do produto. Razões para acreditarpasteleiros, tivemos diversos bate-papos mulheres, 18+ anos - Classes B,C+). motivações e situações do público e concluímos que: Com suas vidas regrada, cheia de pressão, onde tudo tem que • Em uma vida regrada, 1 vez por semana não faz mal. • Garapa com pastel é uma dupla perfeita na feira.com frequentadores, nos passamos por Com todas essas informações, Trabalhadores e donas de casa trocaram a feira ser balanceado, sustentável, saudável, etc. O consumo do pastel • 1 pastel de carne tem em média 150 calorias e um de queijo 240. 1consumidores em variadas situações e também identificamos 4 grupo de consumidores, suas pelo supermercado para fazer as compras. Cada vez poderia significar um pequeno ato de liberdade quanto a todas pastel de carne tem quase a mesma quantidade de calorias que 1 latavisitamos pastelaria com loja fixa e com ar- motivações e situações de consumo; também mais esse público vem incorporando uma alimentação essas regras e convenções sociais, uma escapada. de coca-cola
  6. 6. Filme 1 30” Guerrilha Um monge está cuidando do seu bonsai e Implantação de placas e dizendo bem calmamente para a câmera: cartazetes, nas barracas de frutas, verduras e legumes MONGE: Eu cuido deste bonsai milenar (Enquanto ele fala, um garoto das feiras livres e mercados desde que eu nasci. comendo um pastel chega ao seu lado). próximos a feiras. MONGE: Através da meditação, eu (As cenas ficam se revezando entre o consigo controlar o meu corpo e a minha garoto comendo e o monge falando, mente, e não preciso de mais nada pra olhando de rabo de olho para o viver. Somente água e luz solar. pastel.) MONGE: Eu acordo às 5 da manhã e fico (PÁ!!! De repente, o monge se jogaConceito meditando até o sol...” em cima do garoto para pegar seu pastel.) A cena congela e entra a assinatura: Caia na tentação. Coma pastel.Caia na tentaçãoComa Pastel Filme 2 30” Uma modelo bonita e magra está falando para a câmera: MODELO: Manter esse corpinho não é (Enquanto ela fala, um garoto fácil. Eu acordo, tomo uma xícara de comendo um pastel chega ao seu lado.) café preto sem açúcar e duas frutas com Ação Academias fibras. Aplicação de cartazes Sempre a mesma rotina. em academias. E blitz de MODELO: Durante o dia, é uma (As cenas ficam se revezando entre o Sempre a mesma alimentação. promotores “instigando” o saladinha e uma água mineral sem gás garoto comendo e a modelo falando, Por que você não escapa de tudo isso consumo de pastel. pra hidratar. olhando de rabo de olho para o pastel.) em pelo menos um dia da semana? MODELO: Eu adoro me pesar. Subo na (PÁ!!! De repente, a modelo se joga em balança umas 4 vezes por dia e ainda... cima do garoto para pegar seu pastel.) A cena congela e entra a assinatura: Caia na tentação. Coma pastel.
  7. 7. Lançamento Alpha 33 | 55SONY ALPHA A33 e A55 Planners: Gustavo Aoyagi, Guilherme Andor e Paula RibeiroAlpha 33 -14,2 megapixels e a Criativos: Marco Karner (redação) e Raquel Vallerini (Direção de arte)Alpha 55 16,2 megapixels. Orientador: Rodrigo de Marchi (planejamento) | Roger Rocha (criação)Tela de 3 polegadas flexível O desafio:Ambas captam video em alta Como posicionar Sony para um público com o qual a marca não dialogava no Brasil? O que precisa ser ditoresolução. para estabelecer a linha Alpha na lista de consideração desse consumidor mais envolvido e com conhecimentoFoco para até 15 pontos e um bem maior sobre o assunto em comparação com o público mainstream que acessa a linha Cyber-shot?sistema de foco rápido para o Existe alguma oportunidade de mercado que posa ser aproveitada nessa chegada ao Brasil?sistema de gravação de vídeo. Target Homens e Mulheres, AB, 25+ Junto a esses consumidores a tradição da marca nesse nicho de mercado é nula. Para esse grupo, as marcas estabelecidas, desejadas e de melhor entrega sempre foram Nikon e Canon. (a Leika está num outro nível)
  8. 8. Mercado e Toda a foto conta uma história, Depoimento de faz um testemunho, uma Beta  desperta um sentimento,fotógrafos Brasileiros “O que eu acho mais interessante é a resgata um momento, possibilidade de poder registrar tem o poder de parar o mundo! uma cena do meu ponto MAS, de vista... poder registrar um será que quero contar as mesmas histórias?Estudo e definição do target momento ou um local podendo Registrar os mesmos ângulos? transmitir uma emoção. Explorar cenas do cotidiano e paisagens SER IGUAL A TODO MUNDO? em ângulos diferentes, que target normalmente não vemos. Depois que eu comecei a fotografar, eu Desafio Migrar os fotógrafos com o “olhar diferênciado” (Betas) da base de aprendi a observar mais os lugares que Cybershot e outras compactas para Sony Alpha. eu vou... prestar atenção nas pessoas, Mais do que nos detalhes. Com isso, busco registrar essas cenas diferenciadas.” Insight A minha máquina reflete quem eu sou e qual o meu “foco” na vida. um target, uma ATITUDE Mensagem A linha Sony Alpha me possibilita ter o foco e a velocidade de que preciso para registrar o mundo sob meu ponto de vista. Entendendo que todos os fotógrafos amadores avançados e mais experientes, já complicado do que apenas a substituição do corpo da máquina. Com base neste fato, A partir de um mapeamento das características desses fotógrafo, retiradas de foruns especializados, Descobrimos que os Betas não ter medo de tentar ou de errar, para eles fotografar é mais que tirar fotos. É compartilhar sua Razões para acreditar • A Sony Alpha A33 e A55, possuem tecnologia única e patenteada de decidiram por um sistema fotográfico (ex. definimos nosso target em usuários, que Facebook, Orkut e Flickr; e entrevistas feitas com visão ao mundo. Eles são amantes da fotografia, que já tem um DSLT (Digital Single Lens Translucent), que permite fazer até 10 fps Nikon), permanecendo fieis a eles devido ao estão estão saindo das “Point and Shoot” ou o target e fotógrafos que já passaram por esse envolvimento diferenciado com o click e sua máquina. • O AUTOFOCUS mais rápido da categoria, no mercado. alto investimento em equipamentos e lentes. que já tem máquinas com um pouco mais de momento de decisão, traçamos um perfil que E tudo o que buscam, para atingir seus objetivos, com a • Possibilidade de Fotos 3D • Estabilização de Imagem Tornando a troca de marcas, algo muito mais recursos, mas ainda não é uma DSLR. chamamos de BETA. fotografia é traduzido nos features da nova serie da Sony Alpha. • Video com Autofocus contínuo
  9. 9. Lançamento Nike+ Sportwatch GPS Planners: Gustavo Aoyagi, Danielle Saraiva e Julie PhilippeNIKE+ SPORTWATCH GPS Criativos: Marco Karner (redação) e Raquel Vallerini (Direção de arte) Orientador: Marcia Aguirre e Walter Bombonato (planejamento) | Roger Rocha (criação)Relógio de esporte – com GPSpara mais informações técnicas O desafio:consultar o site americano da Temos marcas muito fortes no mercado Polar, Suunto e principalmente Garmin. O desafio queNike O grande diferencial é tínhamos nos tênis agora temos neste segmento. (“Relógio de Esporte”) Como gerar respeito, ea parceria com a TOM TOM mostrar que além de diferencial técnico tem um diferencial de postura, de atitude?referência em GPS mundial. Target Homens Mulheres (todas as classes – Não pensamos em classe social, mas em estilo de vida) de 18-45 anos.
  10. 10. Desafio Tornar todo treino em uma prova. Insight Todos querem desafios, correr por um motivo. Vai correr pra quanto? Mensagem (provocação) Desafie-se com Nike+ Sportwatch GPS! Razões para acreditar Por que o regógio e a plataforma entregam diversos valores que o nosso target tem como aspiração / inspiração: • Conquista das metas: a plataforma ajuda a visualizar os objetivos traçados (tempo, distância, frequencia, etc) e favorece o ritmo e aprimoramentoVai correr pra quanto? técnico. • Motivação: É o principal ingrediente para a persistência no esporte e o principal motivo do sucesso da plataforma Nike+. • Sociabilidade: os runners anseiam a sociabilização A plataforma Nike+ é a maior rede Por meio de entrevistas, pesquisas e uma E nesse momento que a pergunta provocação que nós queremos que nas corridas e o pertencimento a um grupo aindainterligada de corredores do mundo. E nesse imersão no mundo do running, repondemos “E AI, VAI CORRER PRA QUANTO?” o Nike+ SportWatch GPS faça para maior que compartilha os valores associados aouniverso que o Nike+ SportWatch GPS entra todas essas perguntas e aprendemos o mais faz todo o sentido. Ela faz parte da os corredores que estão treinando esporte e a Nike+ é uma das redes sociais de runners do mundo.para agregar, na performance do runner. importante. A parte mais difícil da rotina linguagem dos corredores “iniciados”, e já não vivem mais a euforia da Mas quem é esse cara, que relação ele do corredor é o treino. A prova é onde ele é tradução de uma marcação de primeira batalha, da primeira linhatem com a corrida e quais são os momentos mais desafiado e motivado pela música, pela ritmo (tempo) por kilometro e é a de chegada.mais relevantes enquanto corre? multidão e pelos colegas, é parte “gostosa”.
  11. 11. Gustavo Aoyagi gustavo.aoyagi@gmail.com | oi@gustavoaoyagi.com.br - cel.: 11.9210.5959

×