Mobile-Payment: Pagamento Móvel via celular no Brasil

8.435 visualizações

Publicada em

Mobile-Payment - Pagamento Móvel via celular no Brasil
O uso do telefone celular como meio de pagamento.

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.435
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
274
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
187
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mobile-Payment: Pagamento Móvel via celular no Brasil

  1. 1. M-PAYMENT : O USO DO TELEFONE CELULAR COMO MEIO DE PAGAMENTO NO BRASIL Guacira Quirino Miranda Curso de Administração a Distância FAGEN/UFU
  2. 2. Tecnologias de Informação e Comunicação - TICs <ul><li>Automação </li></ul><ul><li>Auto-atendimento </li></ul><ul><li>Massificação </li></ul><ul><li>Segmentação </li></ul><ul><li>Gerenciamento do relacionamento com os clientes </li></ul><ul><li>Expansão e modernização das redes de telefonia </li></ul><ul><li>Redução dos preços dos aparelhos e dos custos de utilização </li></ul>
  3. 3. Quadro geral do setor bancário no Brasil Fonte: Febraban (2007) 9,2 29,8 Pessoas físicas com Internet Banking 12,2 7,6 Contas simplificadas 6,9 82,1 Contas de poupança 9,3 112,1 Contas correntes Crescimento (%) Total - milhões Informação
  4. 4. Quadro geral da telefonia celular no Brasil Fonte: Agência Nacional de Telecomunicações – ANATEL (2008) 58,52 100,00 133,1 Total 56,33 81,03 107,9 Pré-Pago 13,19 18,97 25,2 Pós-Pago Densidade (acessos/100 hab.) Participação (%) Total - milhões Plano/Serviço
  5. 5. Aumento de usuários de celulares no período 2001-2006 (em %) Fonte: International Telemunication Union abud Portal Exame 75 Oceania 79 América do Norte 114 Europa 233 Ásia 264 América Latina 660 África
  6. 6. MOBILE BANKING – Auto-atendimento bancário pelo celular Após a implementação do auto-atendimento via caixas eletrônicos e Internet, surge a “terceira onda de automação bancária”: o uso do telefone celular para o auto-atendimento, chamado Mobile Banking ou “banco móvel”.
  7. 7. MOBILE-PAYMENT – o celular como meio de pagamento Braun (2007) aponta que o foco dos projetos de pagamentos móveis em todo o mundo está em micro-pagamentos. Um alto volume de transações de baixo valor permitirá ganho de escala. Pagamentos entre pessoas, vendas porta-a-porta, serviços de entrega, programas de benefícios, são exemplos das facilidades de mobilidade deste sistema.
  8. 8. O celular seria então a “nova carteira de bolso”, ou a “carteira eletrônica” conforme Almeida (2007) menciona em sua reportagem sobre a atração que o telefone celular exerce sobre as pessoas, principalmente os mais jovens. MOBILE-PAYMENT – o celular como meio de pagamento
  9. 9. O M-PAYMENT nas instituições bancárias <ul><li>Pagamento de títulos e boletos </li></ul><ul><li>Transferências entre contas, DOCs e TEDs </li></ul><ul><li>Compras com cartão de crédito (VISA) </li></ul><ul><li>Compra de créditos para celulares pré-pagos através do auto-atendimento do Banco (via telefone) </li></ul><ul><li>Confirmação de compras efetuadas via Internet </li></ul>
  10. 10. Outras formas de M-PAYMENT <ul><li>Oi Paggo – quer ser a rede nacional de transação via celular, concorrendo com a VisaNet e a Redecard. É aceito em mais de 19 mil estabelecimentos nos 12 Estados da área de atuação da Oi. </li></ul><ul><li>Wappa Serviços – possui 47 empresas cadastradas, com 7.500 taxistas. </li></ul>
  11. 11. Problemas relacionados ao M-PAYMENT <ul><li>Cultural: resistência ao uso e desconfiança. </li></ul><ul><li>Serviços: preço ainda considerado elevado, falta de padronização e baixa qualidade das transmissões (lentidão e alcance). </li></ul><ul><li>Celulares: grande diversidade de modelos e limitações de recursos tecnológicos na maioria dos aparelhos. </li></ul><ul><li>Leitura de código de barras: os códigos são muito extensos para digitação e os aparelhos ainda não possuem leitoras para pagamentos. </li></ul><ul><li>Segurança: as leis não favorecem a ação policial investigativa em casos de fraudes. </li></ul>
  12. 12. Vantagens e possibilidades do M-PAYMENT <ul><li>A terceira geração (3GSM) apresenta inovações que tornam o serviço mais eficiente e atraente. </li></ul><ul><li>As operadoras pretendem padronizar serviços de pagamento e envio de remessas internacionais pelo celular. </li></ul><ul><li>As administradoras de cartões e instituições financeiras possuem experiência, presença e escala no varejo, e estão investindo no M - Payment como meio de pagamento. </li></ul><ul><li>Substitui plásticos e papéis. </li></ul><ul><li>Aplicativo de leitura de código de barras (sistema 2D). </li></ul>
  13. 13. Vantagens e possibilidades do M-PAYMENT <ul><li>Está a mira de operadoras de telefonia móvel, bancos, administradoras de cartões, empresas de internet e varejistas de todos os portes. </li></ul><ul><li>As operadoras de telefonia celular têm como trunfo o uso de suas redes e a oferta de celulares, pela praticidade e penetração. </li></ul><ul><li>Pode alcançar clientes que não tiveram acesso às contas bancárias e aos cartões de crédito. </li></ul><ul><li>Extensa base de usuários de celulares. </li></ul><ul><li>Mobilidade. </li></ul>
  14. 14. Obrigada! Referências: ALMEIDA, A.O., Comunicação: questão de idade. Folha online Especial – Top of Mind – Dinheiro . 31.10.2007. Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/folha/especial/2007/topofmind/tm2910200714.shtml>. Acesso em 10 set. 2008. BRAUN, D. O celular vai pagar a conta. Now! Digital Business . 14.03.2007. <http://idgnow.uol.com.br/telecom/2007/03/14/idgnoticia.2007-03-13.2864066803/>. Acesso em 10 set. 2008.

×