Desafios e possibilidades do uso deconteúdos hipermodais na EaD – Avaliaçãodo alunoEduardo S. Junqueira, Dez. 2010.Institu...
Geração digital?
Pesquisa nos EUA indica práticas de uso deInternet, TV e outros artefatos midiáticos duranteatividades de estudo de jovens...
Nossos alunos de EaD?Não.
O que fazemos e como educamos emEaD - Práticas “tradicionais”: Livresca: linear, verbal, impressa; Professoral: centrali...
Como estamos educando:•Estudo exploratório:Quando apresentados a um artefatohipermodal, alunos de EaD tendem ànavegação li...
Como deveríamos fazer e como deveríamoseducar: Conteúdos hipermodais; Letramento digital.
Afinal, EaD se constitui na cibercultura.
Formas de avaliação do aluno: Mapear e valorizar práticas denavegação hipermodal; Manovich (2001) – base de dados –const...
Santaella (2004) - Cartograma navegacional
Característica                          Elementos para avaliação em EaDHibridização de linguagens, processos   Valorar uso...
Articulação e participação em redes deaprendizagem: Entre pessoas (diferentes níveis de saber); Aluno-materiais; Alunos...
Grupos de estudo presenciais e blogscoletivos:Matemática e Letras-Português Caucaia
O que configura uma relação de aprendizagem (enão uma relação banal): Colaboração; Reflexão; Mediação de conteúdos espe...
Interações produtivas“Assim, a aplicação eficaz das tecnologias digitaisconsiste em enriquecer o mundo do aprendiz parasus...
ReferênciasFAGUNDES, Léa. Tecnologia e educação:a diferença entre inovar e sofisticar as práticastradicionais. Revista Fon...
eduardoj@virtual.ufc.br
Desafios e possibilidades do uso de conteúdos hipermodais na Ead - Avaliação do aluno
Desafios e possibilidades do uso de conteúdos hipermodais na Ead - Avaliação do aluno
Desafios e possibilidades do uso de conteúdos hipermodais na Ead - Avaliação do aluno
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Desafios e possibilidades do uso de conteúdos hipermodais na Ead - Avaliação do aluno

532 visualizações

Publicada em

Apresentado no "3° Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educaçao: redes sociais e aprendizagem", realizado na UFPE, Recife, nos dias 02 e 03 de dezembro de 2010.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
532
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Desafios e possibilidades do uso de conteúdos hipermodais na Ead - Avaliação do aluno

  1. 1. Desafios e possibilidades do uso deconteúdos hipermodais na EaD – Avaliaçãodo alunoEduardo S. Junqueira, Dez. 2010.Instituto UFC Virtual
  2. 2. Geração digital?
  3. 3. Pesquisa nos EUA indica práticas de uso deInternet, TV e outros artefatos midiáticos duranteatividades de estudo de jovens com idades entre08 e 18 anos: 31% muito frequentemente; 25% frequentemente.(The Kaiser Family Foundation, 2010)
  4. 4. Nossos alunos de EaD?Não.
  5. 5. O que fazemos e como educamos emEaD - Práticas “tradicionais”: Livresca: linear, verbal, impressa; Professoral: centralizadora, conteudista.
  6. 6. Como estamos educando:•Estudo exploratório:Quando apresentados a um artefatohipermodal, alunos de EaD tendem ànavegação linear e à ênfase no verbal.http://super.abril.com.br/multimidia/muro-berlim/muro-de-berlim-ah-76.swf
  7. 7. Como deveríamos fazer e como deveríamoseducar: Conteúdos hipermodais; Letramento digital.
  8. 8. Afinal, EaD se constitui na cibercultura.
  9. 9. Formas de avaliação do aluno: Mapear e valorizar práticas denavegação hipermodal; Manovich (2001) – base de dados –construção de percursos; Aluno grava navegação em tela (mapade interações) e reflete sobre o processo; Conteúdo das interações.
  10. 10. Santaella (2004) - Cartograma navegacional
  11. 11. Característica Elementos para avaliação em EaDHibridização de linguagens, processos Valorar usos de linguagens não-verbaissígnicos, códigos e mídia; (produção e consumo);Capacidade de armazenar informações e Valorar produtos e conteúdos “originais”transmutar-se em diversas versões na disponibilizados na internet (4shared,medida em que o receptor tornar-se Scribd, blogs, sites, redes sociais);coautor.Cartograma navegacional: recursos de Construção e compartilhamento de listabusca e filtragem, por exemplo. de sites selecionados em Favoritos ou Delicious e os critérios de seleção utilizados;Linguagem eminentemente interativa; Navegação hipermodal e interação comCaráter interativo é inseparável: os nós (conexões ativas) das trilhasHipertextual e Hipermidiático. construídas e compartilhadas.
  12. 12. Articulação e participação em redes deaprendizagem: Entre pessoas (diferentes níveis de saber); Aluno-materiais; Alunos-materiais-alunos; Conteúdos, contatos, perspectivas inesperadaspodem ter impacto positivo; Outros com interesses similares, mas comdiferentes perspectivas.
  13. 13. Grupos de estudo presenciais e blogscoletivos:Matemática e Letras-Português Caucaia
  14. 14. O que configura uma relação de aprendizagem (enão uma relação banal): Colaboração; Reflexão; Mediação de conteúdos específicos.
  15. 15. Interações produtivas“Assim, a aplicação eficaz das tecnologias digitaisconsiste em enriquecer o mundo do aprendiz parasustentar interações produtivas e favorecer odesenvolvimento de sua inteligência. Não são osmétodos e as técnicas de ensino, como se acreditou,que vão melhorar as aprendizagens, muito pelocontrário, são as atividades de trocas, as atividadesexploratórias, experimentais, as atividades decomunicação, as atividades interativas, de colaboração ede cooperação entre os aprendizes e as pessoas(colegas e professores), entre os aprendizes e as fontesde informações que favorecerão as aprendizagens”.(Fagundes, 2008, p.10)
  16. 16. ReferênciasFAGUNDES, Léa. Tecnologia e educação:a diferença entre inovar e sofisticar as práticastradicionais. Revista Fonte, Dez. 2008.MANOVICH, Lév. The language of new media.Cambridge, MA: The MIT Press, 2001.SANTAELLA, Lúcia. Navegar no ciberespaço: operfil cognitivo do leitor imersivo. São Paulo:Paulus, 2004.
  17. 17. eduardoj@virtual.ufc.br

×