EE MARIA HELENA DENIS FIGUEIREDO
SEMINÁRIO DESCENTRALIZADO
CURSO MELHOR GESTÃO – MELHOR ENSINO
EQUIPE GESTORA:
• Jorge Lui...
Professora: Marcia Furst – Língua
Portuguesa
SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM
FOCO LEITURA
Texto: Avestruz – Mário Prata
Turma: 7º...
ROTEIRO PARA APLICAÇÃO DA SITUAÇÃO DE
APRENDIZAGEM
1. Questionamento do título.
2. Leitura individual do texto.
3. Diálogo...
PROFESSORES CURSISTAS INSCRITOS NO PROGRAMA MELHOR GESTÃO
MELHOR ENSINO:
Nome CPF
Arisângela Maria de Andrade 994.744.256-...
Palavras-chave do conteúdo:
1. Leitura
2. Conhecimento de gêneros textuais
3. Produção
4. Tipo de apresentação:
(x) Power ...
6. O que se espera que o aluno, professor e gestor tenham
aprendido ao concluir as atividades propostas.
 Conteúdo – gêne...
7. Como foram desenvolvidas tais atividades? (metodologia)
 Discutindo o tema
 Leitura individual
 Dialogo sobre animai...
8. Por que é importante que o aluno desenvolva as atividades
propostas? De que forma a proposta avança rumo à melhoria
da ...
10. Quais materiais foram utilizados para o desenvolvimento
das atividades visando às competências de leitura e escrita,
t...
APRESENTAÇÃO DO CONTEÚDO
LEITURA COMPARTILHADA
APRESENTAÇÃO DOS DESENHOS
EXPOSIÇÃO DOS DESENHOS
DESENVOLVIMENTO DOS TRABALHOS
FINALIZAÇÃO DA ARTE...
TRABALHO EM EQUIPE
PREPARO DA EXPOSIÇÃO
SEMINÁRIO DESCENTRALIZADO
CURSO MELHOR GESTÃO – MELHOR ENSINO
Professor: Daniel Reinó Azevedo -
Matemática
Identificar o C...
 Objetivos: Desenvolver conceitos relacionados aos números
reais; Identificar os números reais; Construir uma reta numéri...
 Material: Barbante; cartolina; pincel atômico; prendedor de
roupas, violão; letra de música em forma de paródia;
 Estra...
PROFESSORES CURSISTAS INSCRITOS NO PROGRAMA MELHOR GESTÃO
MELHOR ENSINO:
Nome CPF
Antonio Marcos da Silva Vieira 273.163.8...
Palavras-chave do conteúdo:
1) Números reais
2) Reta numérica
3. Tipo de apresentação:
( x ) Power Point ( ) Vídeo
4.Quais...
5. O que se espera que o aluno, professor e gestor tenham
aprendido ao concluir as atividades propostas?
 Espera-se que o...
7. Por que é importante que o aluno desenvolva as
atividades propostas? De que forma a proposta avança
rumo à melhoria da ...
9. Quais materiais foram utilizados para o desenvolvimento das
atividades visando às competências de leitura e escrita, ta...
AULA EXPOSITIVA CONVENCIONAL
AULA EXPOSITIVA CONVENCIONAL
AULA EXPOSITIVA CONVENCIONAL
AULA EXPOSITIVA CONVENCIONAL
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA
APLICAÇÃO DO VARAL DA RETA NUMÉRICA
APLICAÇÃO DO VARAL DA RETA NUMÉRICA
APLICAÇÃO DO VARAL DA RETA NUMÉRICA
AVALIAÇÃO PÓS AULA DIVERSIFICADA
0
2
4
6
8
10
12
14
16
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
Alunos
Questões
Graf. 1 Questões x nº de Alunos
Av. Diag.
TABELA 1 QUESTÕES X N º DE ALUNOS
QUESTÕES AV. DIAG.
1 12
2 8
3 3
4 8
5 14
0
5
10
15
20
25
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
Alunos
Questões
Graf. 2 Questões x nº de Alunos
Pós-Teste
TABELA 2 QUESTÕES X N º DE ALUNOS
QUESTÕES PÓS-TESTE
1 16
2 14
3 14
4 21
5 22
0
5
10
15
20
25
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
Alunos
Questões
Graf. 3 Questões x nº de Alunos
Av. Diag.
Pós-Teste
TABELA 3 QUESTÕES X N º DE ALUNOS
QUESTÕES AV. DIAG. PÓS-TESTE
1 12 16
2 8 14
3 3 14
4 8 21
5 14 22
MEDIA 3 9 17,4
MÁXIMA ...
Trabalho final mgme
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trabalho final mgme

935 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
935
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho final mgme

  1. 1. EE MARIA HELENA DENIS FIGUEIREDO SEMINÁRIO DESCENTRALIZADO CURSO MELHOR GESTÃO – MELHOR ENSINO EQUIPE GESTORA: • Jorge Luiz de Sousa Miranda • Sandra Lucia Petratti de Moraes • Rosimar Barros de Deus Miranda • Maria Cássia de Carvalho Santos
  2. 2. Professora: Marcia Furst – Língua Portuguesa SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM FOCO LEITURA Texto: Avestruz – Mário Prata Turma: 7º ano Tempo previsto: 6 aulas
  3. 3. ROTEIRO PARA APLICAÇÃO DA SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 1. Questionamento do título. 2. Leitura individual do texto. 3. Diálogo sobre animais de estimação e sua importância. 4. Leitura compartilhada. 5. Identificando o gênero (crônica). Marcação de elementos narrativo e efeitos de sentido no texto. 6. Elaboração – produção de desenho de um animal, considerado na percepção do aluno “esquisito” 7. Produção de texto “com qual animal de estimação você se parece (identifica)”? 8. Leitura de crônicas diversas. COMPETÊNCIAS E HABILIDADES: Reconhecer características do gênero crônica narrativa, produzir crônica narrativa, trabalhar com outros gêneros narrativos para comparação. ESTRATÉGIA: Produção de crônica narrativa com base no dia a dia do aluno.
  4. 4. PROFESSORES CURSISTAS INSCRITOS NO PROGRAMA MELHOR GESTÃO MELHOR ENSINO: Nome CPF Arisângela Maria de Andrade 994.744.256-04 Marcia Furst 258.431.758-39 Rosimere R.Belmiro Castro 295.972.798-35 Bethéia Núbia Denis Miotto 221.182.408-05
  5. 5. Palavras-chave do conteúdo: 1. Leitura 2. Conhecimento de gêneros textuais 3. Produção 4. Tipo de apresentação: (x) Power Point ( ) Vídeo 5. Quais os objetivos pretendidos com o desenvolvimento das atividades?  Levar o aluno a compreender a leitura, reconhecimento do gênero crônica, mexer com a imaginação do aluno em relação aos estranhos animais de estimação e sua importância, produção de texto.
  6. 6. 6. O que se espera que o aluno, professor e gestor tenham aprendido ao concluir as atividades propostas.  Conteúdo – gênero textual crônica , leitura, intertextualidade, tipologia textual narrativa  Habilidade – ler, analisar, levantar hipóteses, comparar textos, conhecimento de mundo.
  7. 7. 7. Como foram desenvolvidas tais atividades? (metodologia)  Discutindo o tema  Leitura individual  Dialogo sobre animais de estimação e sua importância  Leitura compartilhada  Identificação do gênero crônica  Marcação de elementos da narrativa  Produção de desenhos (animais que consideram estranhos para se criarem em casa)  Leitura de crônicas diversas  Produção textual
  8. 8. 8. Por que é importante que o aluno desenvolva as atividades propostas? De que forma a proposta avança rumo à melhoria da aprendizagem?  É importante a participação, pois só assim conseguimos diagnosticar as dificuldades enfrentadas por eles em relação à aprendizagem , e essa proposta instiga o interesse do aluno pelos diversos tipos de gêneros textuais e a riqueza de informação que eles nos transmitem 9. De que maneira se pode perceber se os objetivos foram ou não alcançados?  Através da participação coletiva da sala, e da melhora na produção textual
  9. 9. 10. Quais materiais foram utilizados para o desenvolvimento das atividades visando às competências de leitura e escrita, tais como sites, livros, documentos, textos, vídeos, músicas, imagens e materiais digitais em gera? (indicação das referências bibliográficas)  Textos diversos de crônicas  Data show  Imagens  Sites 11. Observações  A aula foi diferenciada e com isso os alunos demonstraram mais interesse , questionaram bastante e a participação foi geral da sala, os alunos expuseram seus trabalhos e fizeram questão de lerem as crônicas que produziram, foi um plano de aula bem elaborado que acrescentou um ponto muito positivo para o crescimento intelecto do aluno.
  10. 10. APRESENTAÇÃO DO CONTEÚDO
  11. 11. LEITURA COMPARTILHADA
  12. 12. APRESENTAÇÃO DOS DESENHOS
  13. 13. EXPOSIÇÃO DOS DESENHOS
  14. 14. DESENVOLVIMENTO DOS TRABALHOS
  15. 15. FINALIZAÇÃO DA ARTE...
  16. 16. TRABALHO EM EQUIPE
  17. 17. PREPARO DA EXPOSIÇÃO
  18. 18. SEMINÁRIO DESCENTRALIZADO CURSO MELHOR GESTÃO – MELHOR ENSINO Professor: Daniel Reinó Azevedo - Matemática Identificar o Conjunto dos Números Reais na Reta Numérica Neste de plano de aula veremos como identificar os números reais numa reta numérica, de maneira mais simples utilizando um varal.
  19. 19.  Objetivos: Desenvolver conceitos relacionados aos números reais; Identificar os números reais; Construir uma reta numérica e posicionar os números reais na reta.  Conteúdos: Conjuntos de números reais; Os números reais na reta numerada.  Público alvo: 8º ano 9 da Escola Maria Helena Denis Figueiredo.  Tempo estimado: 6 aulas
  20. 20.  Material: Barbante; cartolina; pincel atômico; prendedor de roupas, violão; letra de música em forma de paródia;  Estratégias: Conduzir uma aula de reta numérica na metodologia convencional e avaliar, após avaliação, aplicar uma metodologia diferenciada utilizando os materiais acima citados e os resultados serão comparados e tabelados através de gráficos.  Avaliação: A turma será avaliada em dois momentos, antes e após a metodologia diferenciada.
  21. 21. PROFESSORES CURSISTAS INSCRITOS NO PROGRAMA MELHOR GESTÃO MELHOR ENSINO: Nome CPF Antonio Marcos da Silva Vieira 273.163.838-95 Daniel Reinó de Azevedo 118.268.308-80 Silvia Cristina Tanaka 147.182.908-13
  22. 22. Palavras-chave do conteúdo: 1) Números reais 2) Reta numérica 3. Tipo de apresentação: ( x ) Power Point ( ) Vídeo 4.Quais os objetivos pretendidos com o desenvolvimento das atividades?  Desenvolver conceitos relacionados aos números reais, identificar e posicionar os reais na reta.
  23. 23. 5. O que se espera que o aluno, professor e gestor tenham aprendido ao concluir as atividades propostas?  Espera-se que os alunos, após concluir as atividades propostas, tenham aprendido as seguintes habilidades: Compreender a necessidade das sucessivas ampliações dos conjuntos numéricos, culminando com os números irracionais; Saber representar os números reais na reta numérica. 6. Como foram desenvolvidas tais atividades?  Conduzir uma aula de reta numérica na metodologia convencional e avaliar, após avaliação aplicar uma metodologia diferenciada utilizando determinados materiais e os resultados serão comparados e tabelados através de gráficos.
  24. 24. 7. Por que é importante que o aluno desenvolva as atividades propostas? De que forma a proposta avança rumo à melhoria da aprendizagem?  Através da participação dos alunos, no desenvolvimento das atividades, será possível verificar se houve avanços na melhoria da aprendizagem. 8. De que maneira se pode perceber se os objetivos foram ou não alcançados?  Comparando as avaliações antes e depois da metodologia.
  25. 25. 9. Quais materiais foram utilizados para o desenvolvimento das atividades visando às competências de leitura e escrita, tais como sites, livros, documentos, textos, vídeos, músicas, imagens e materiais digitais em gera?  Paródia, barbante, cartolina, pincel atômico, prendedor de roupas e violão. 10. Observações:  Após a aplicação da metodologia diferenciada, houve um grande interesse por parte dos alunos, o conteúdo foi assimilado, os alunos compreenderam melhor, a partir do momento que o professor utilizou nova estratégia: o varal para representar a reta numérica, o violão, como ferramenta de apoio, para cantar a paródia com a participação dos alunos. O objetivo foi alcançado, o que pode ser constatado, através das avaliações diagnósticas e pós aplicação da metodologia diferenciada, sendo representada através de gráficos.
  26. 26. AULA EXPOSITIVA CONVENCIONAL
  27. 27. AULA EXPOSITIVA CONVENCIONAL
  28. 28. AULA EXPOSITIVA CONVENCIONAL
  29. 29. AULA EXPOSITIVA CONVENCIONAL
  30. 30. AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA
  31. 31. APLICAÇÃO DO VARAL DA RETA NUMÉRICA
  32. 32. APLICAÇÃO DO VARAL DA RETA NUMÉRICA
  33. 33. APLICAÇÃO DO VARAL DA RETA NUMÉRICA
  34. 34. AVALIAÇÃO PÓS AULA DIVERSIFICADA
  35. 35. 0 2 4 6 8 10 12 14 16 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Alunos Questões Graf. 1 Questões x nº de Alunos Av. Diag.
  36. 36. TABELA 1 QUESTÕES X N º DE ALUNOS QUESTÕES AV. DIAG. 1 12 2 8 3 3 4 8 5 14
  37. 37. 0 5 10 15 20 25 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Alunos Questões Graf. 2 Questões x nº de Alunos Pós-Teste
  38. 38. TABELA 2 QUESTÕES X N º DE ALUNOS QUESTÕES PÓS-TESTE 1 16 2 14 3 14 4 21 5 22
  39. 39. 0 5 10 15 20 25 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Alunos Questões Graf. 3 Questões x nº de Alunos Av. Diag. Pós-Teste
  40. 40. TABELA 3 QUESTÕES X N º DE ALUNOS QUESTÕES AV. DIAG. PÓS-TESTE 1 12 16 2 8 14 3 3 14 4 8 21 5 14 22 MEDIA 3 9 17,4 MÁXIMA 5 14 22 MÍNIMA 1 3 14

×