soldadura

345 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
345
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

soldadura

  1. 1. SOLDADORADisciplina de: PraticasOficinais.Professor: Rolando SãoMarcos Alfredo Almeida 2º TER
  2. 2. É um processo de soldagem por fusão em que a fonte de calor égerada por um arco eléctrico formado entre um eletrodo e a peça a sersoldada.
  3. 3. A altíssima temperatura da chama, em um maçarico oxi-acetilênico, porexemplo, funde o metal que se quer soldar, enquanto um LIGEIRO excesso decombustível, de acetileno, na chama, PROTEGE o aço da oxidação pelooxigênio, atmosférico, ou da mistura gasosa, a chamada chama redutora.Assim, os pedaços de aço, que se deseja soldar, são unidos por fusão.
  4. 4. Sua importância caracteriza-se pelo fato de unir todos osmetais comerciais, de ser aplicado em qualquer local, porpropiciar flexibilidade de projecto, reduzir custos deprodução e fabricação e pela facilidade em ser utilizado emrecuperação e manutenção de manufacturados.
  5. 5. Juntas sobrepostas e de ângulo exterior, espessuras finas.
  6. 6. processo de passagem de uma substância do estado sólido para o estadolíquido.
  7. 7. É um processo de junção de metais , ou seja, permite a união de dois ou maiscomponentes metálicos por meio do uso de calor, de um ambiente adequado e deum metal de adição que tenha um ponto de fusão superior a 450ºC, poréminferior ao ponto de fusão dos metais de base.
  8. 8. Muito semelhante ao processo de brassagem, diferencia-se pela menor resistênciamecânica e pela temperatura de trabalho do metal de adição sempre inferior à450°C. A brassagem fraca será usada predominantemente para produzirbrassagem de contacto eléctrico.
  9. 9. Utiliza metais de adição com intervalo de fusão compreendido entre temperaturasa baixo do ponto de fusão do material base e a cima de 450°C.
  10. 10. Juntas de dilatação: Projectada nas estruturas e pisos para absorver movimentações envolvidasno processo de retracção de cura, movimentações térmicas, vibrações, deformaçõespor carga e recalques de acomodação.Juntas serradas ou de corte: Executada em pisos de concreto com a profundidade mínima de 30% daespessura do piso. Sua finalidade é induzir as trincas de modo planejado evitando osurgimento das mesmas em locais aleatórios.
  11. 11. Peço desculpa pela falta de informação, pois não consegui encontrar mais nada sobreeste trabalho.

×